Prefeito foi executado com seis ou sete tiros

0comentário

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) periciou o local do crime e o corpo do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, que foi morto neste domingo (11). Segundo a polícia, o prefeito foi assassinado por arma de fogo.

“O exame de necropsia ainda vai ser finalizado, mas a princípio seria em torno de seis a sete disparos”, diz o delegado Praxísteles Martins, titular da DHPP em Imperatriz.

O corpo de Ivanildo foi encontrado a 2 km de sua chácara no povoado Juçara, em Davinópolis. Já o carro do prefeito foi encontrado abandonado na BR-010, ao lado da mata do 50 BIS, em Imperatriz. Até o momento, após perícia foram encontradas pequenas manchas de sangue e sinais de resistência da vítima em seu quarto na chácara.

“Tinha pequenas manchas de sangue no quarto, mas algo bem discreto. Os móveis não estavam revirados, mas pode até ter havido luta corporal. Tinha sinais de que houve certa resistência”, disse o delegado Praxísteles.

O delegado regional de Imperatriz, Eduardo Galvão, também informou detalhes sobre o dia e o local onde ele pode ter sido morto. Segundo as investigações, na sexta-feira (9) o prefeito informou à família que iria dormir na chácara, onde ele costumava ir para descansar.

“Ele foi sozinho para a chácara e depois desapareceu. Pelas informações, ele aparentemente não foi morto onde foi encontrado, mas morto em algum local e transportado na caminhonete, ou morto na caminhonete e transportado até o local. No local, ele foi encontrado sem camisa, de bermuda, e com tiro no peito”, informou o delegado Eduardo Galvão.

Agora a polícia aguarda os resultados da perícia e começa a ouvir testemunhas, mas ainda não há uma linha de investigação. A ideia é conhecer um pouco da história da vítima nos últimos dias e meses para traçar uma linha mais definida para a investigação.

Leia mais no G1

sem comentário »

Edivaldo comemora Prêmio Prefeito Empreendedor

3comentários

Em mais uma edição, a Feirinha São Luís mostra porque é sucesso ao reunir centenas de pessoas para prestigiar a culinária, cultura e arte maranhense. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, esteve no evento deste domingo (11), na Praça Benedito Leite, Centro Histórico, que marcou a comemoração pelo Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. É a segunda vez que a premiação destaca a gestão do prefeito Edivaldo, que este ano venceu a etapa estadual na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual (MEI) pela iniciativa da Feirinha São Luís. Com o resultado, ano que vem o gestor concorrerá na etapa nacional.

“É mais um reconhecimento por um importante programa da nossa gestão, que agrega uma grande cadeia produtiva e influi na economia, na atividade cultural e no turismo movimentando e mantendo vivo o Centro Histórico da capital. Para nós, a alegria e a satisfação são imensas. Sobretudo, por sabermos que os resultados da Feirinha São Luís, assim como de outras ações da gestão, vêm confirmar o trabalho sério que realizamos, sempre tendo em mente que administramos a cidade para que a população tenha mais qualidade de vida”, pontua o prefeito Edivaldo.

A Feirinha São Luís, desde sua implantação ano passado, já recebeu cerca de 315 mil pessoas que geraram um capital circulante de quase R$ 16 milhões, além de gerar renda nos mais de 120 pontos de comercialização no entorno da praça. No palco montado em frente à Associação Comercial já foram realizadas mais de 400 apresentações culturais. A Feirinha São Luís acontece todos os domingos das 7h30 às 15h.

O coordenador da Feiinha São Luís, Ivaldo Rodrigues, destaca a importância da Feirinha São Luís para a cidade. “A Feirinha São Luís cumpre sua proposta de revitalizar o espaço do Centro Histórico, por incentivar os pequenos produtores e promover o intercâmbio sociocultural. É um atrativo para todos os públicos e idades pela série de atrações que oferece, que une o folclore, a arte, música e a boa comida maranhense. Sem dúvida, uma premiação mais que justa a uma gestão que investe no que São Luís tem de melhor: sua gente e sua cultura”, reforça.

“Para o Sebrae é uma satisfação por ser incentivador do prêmio e pelas parcerias estabelecidas com as prefeituras que foram finalistas. Nada mais justo que o reconhecimento à Feirinha São Luís, que é um produto da economia criativa e prova que com essas ações se incentiva e oportuniza a inclusão de microempreendedores individuais e potenciais empresários na alimentação, cultura, gastronomia da cidade que são referência no país. É uma grata satisfação reconhecer essas iniciativas louváveis”, destacou o diretor-superintendente do Sebrae-MA, João Martins.

Foto: Maurício Alexandre

3 comentários »

Famem repudia morte do prefeito de Davinópolis

0comentário

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cloemar Tema, lamentou a morte do prefeito de Davinópolis e repudiou o crime bárbaro do qual foi vítima.

Ivanildo Paiva, de 57 anos, foi morto a tiros e o corpo encontrado na manhã deste domingo, em Imperatriz. O prefeito tinha ido na noite de sábado para a sua fazenda que fica localizada na zona rural de Davinópolis.

O corpo do prefeito foi encontrado a 2 Km da fazenda. Ele estava sem camisa e vestia uma bermuda preta. O carro do prefeito foi encontrado abandonado na BR-010, ao lado da mata do 50 BIS, em Imperatriz.

Em nota, Cleomar disse que a Famem repudia o ato de violência ao qual o gestor foi vítima e que ratifica o compromisso de reinvindicar a elucidação do crime perante as autoridades competentes.

“O presidente da Federaçào dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cleomar Tema, vem, através desta, lamentar a morte do prefeito da cidade de Davinópolis, Ivanildo Paiva, assim como solidariza-se com a família enlutada. Repudiamos o ato de violência ao qual o gestor foi vítima. E ratificamos o compromisso de reinvindicar veementemente, perante autoridades competentes, a elucidação deste crime bárbaro”, diz a nota.

O governo do Maranhão divulgou nota e manifestou pesar pela morte do prefeito Ivanildo Paiva, de Davinópolis.

“Ao tempo que repudia o assassinato, informa que todas as providências estão sendo adotadas para elucidar o covarde assassinato, trabalhando para identificar autor/autores para que seja feita justiça. Toda solidariedade a familiares e amigos do prefeito Ivanildo Paiva nesse momento de dor e justa indignação”, diz a nota.

A ex-governadora Roseana Sarney também divulgou nota lamentando a morte e se solidarizando com a família de Ivanildo Paiva.

“Lamento profundamente a tragédia que atingiu o amigo Ivanildo Paiva Barbosa, prefeito de Davinópolis, da minha mais elevada estima, que certamente deixa inconsoláveis amigos e familiares que conheciam o seu caráter e a sua generosidade. Que Deus o acolha e nos dê forças neste momento de perplexidade”.

Foto: Divulgação

sem comentário »

OAB: Brisac intensifica campanha no interior

0comentário

O candidato a presidente da OAB/MA, o advogado Carlos Brissac, encerrou neste sábado (10), em Balsas, uma extensa agenda de visitas ao interior do Maranhão. A série de encontros teve início na cidade de Timon, terça-feira (6). Na sequência, Brissac visitou Caxias, Pedreiras, Codó, Presidente Dutra, Coroatá, Barra do Corda e Grajaú. Ele debateu propostas de sua chapa para a Seccional Maranhense e recebeu a adesão de advogados dessas cidades.

Em Timon, o advogado e escritor Nelson Nery  declarou apoio à Chapa 2 – OAB de Verdade por reconhecer em Carlos Brissac qualidades fundamentais para um presidente da Seccional. “Carlos Brissac tem se destacado pela sua atuação, pela sua juventude, pelas suas ideias no sentido de restaurar a importância que a Ordem dos Advogados do Brasil tem não apenas no estado. Percebemos a necessidade de voltarmos a ter uma advocacia combativa e compromissada com a defesa da democracia e dos Direitos Humanos”, destacou.

Outra advogada que também declarou apoio a Carlos Brissac foi Mayara Vieira da Silva, candidata a conselheira pela Chapa 2. “Mayara tem forte atuação na região e seu apoio foi muito importante para o fortalecimento da nossa chapa nessa região”, disse Brissac.  Mayara é candidata a conselheira pela chapa liderada por Brissac.

Em todas as cidades visitadas, Brissac conseguiu reunir um representativo número de advogados que apoiam a sua candidatura e se ressentem da falta de representatividade da Ordem no Maranhão. “Essas visitas ao interior do estado tem sido fundamentais para que possamos debater com os advogados dessas cidades a realidade que enfrentam no dia a dia do exercício da profissão, identificando as suas necessidade e discutindo como a nossa gestão ajudará esses colegas e, mais que isso, como a OAB do Maranhão se colocará como sua defensora e defensora da sociedade”, declarou.

Brissac lembrou, ainda, que 30% dos membros de sua chapa são do interior do estado, fato que, segundo ele, demonstra a preocupação em assegurar a representatividade da OAB/MA em todo o estado. “Temos propostas para previdenciaristas, criminalistas, tributaristas, por exemplo, para todas as áreas, como ensino jurídico, prerrogativas, causas sociais. Isso significa que, na nossa gestão, todo advogado do Maranhão será, de alguma forma, contemplado”, garantiu.

Agenda

Na próxima terça-feira (13) Carlos Brissac retoma a agenda de viagens pelo interior do estado com visita às cidades de Itapecuru, Santa Inês e Bacabal. Em Bacabal, por exemplo, a chapa 2 ganhou o reforço do advogado Agnelo Rodrigues, ex-presidente da Subseção da cidade e ex-conselheiro da Ordem maranhense. Agnelo, que é uma forte liderança da advocacia local, concorre ao cargo de conselheiro pela chapa encabeçada por Carlos Brissac.  Na quarta-feira (14), Brissac estará na Baixada Maranhense acompanhando de membros da Chapa 2.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prefeito de Davinópolis é morto a tiros

0comentário

A polícia confirmou neste domingo (11), a morte do prefeito de Davinópolis, a 663 km de São Luís, Ivanildo Paiva (PRB).

Ele foi morto a tiros.

Segundo informações, o prefeito teria saído ontem à noite para dormir na sua fazenda que fiza na zona rural de Davinópolis.

Na manhã deste domingo, o corpo do prefeito foi encontrado a 2 Km da fazenda. Ele estava sem camisa e vestia uma bermuda preta.

O carro do prefeito foi encontrado abandonado na BR-010, ao lado da mata do 50 BIS, em Imperatriz.

Ivanildo Paiva tinha 57 anos e foi eleito prefeito de Davinópolis em 2016 com 4.604 votos (49.37%).

Foto: Site da Prefeitura de Davinópolis

sem comentário »

Pinheiro é campeão da 2ª etapa do Beach Soccer

0comentário

A segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, chegou ao fim com direito a uma decisão emocionante entre as seleções de Pinheiro e Santa Helena na noite deste sábado (10). Quem compareceu à arena montada no Parque do Povão, na cidade de Pinheiro, presenciou um jogo cheio de alternativas, lindas jogadas e muitos gols. No fim, melhor para a equipe da casa que venceu por 5 a 4 para sagra-se campeã da seletiva.

Ao entrarem em quadra neste sábado, Pinheiro e Santa Helena traziam consigo campanhas perfeitas com 100% de aproveitamento. Mas para conquistar o título, era preciso vencer nos detalhes. E foi com esse espírito que as duas equipes começaram a partida.

Sem levar em consideração a pressão vinda das arquibancadas, a equipe de Santa Helena dominou o primeiro período. O domínio transformou-se em gols nos 12 minutos iniciais e o selecionado santa-helenense abriu 2 a 0.

O panorama da partida persistiu no início do segundo tempo. Santa Helena aproveitou para fazer 4 a 2. Em desvantagem no placar, mas com a torcida a seu favor, Pinheiro cresceu no fim do período com grande atuação de Thiaguinho e conseguiu reduzir o prejuízo: 4 a 3.

O gol fez a equipe pinheirense acreditar ser possível conseguir o empate. Nos 12 minutos finais, Pinheiro mostrou toda a sua força e comandou as ações ofensivas. Inspirado e autor de três gols, Thiaguinho comandou sua equipe rumo à virada: 5 a 4 e título assegurado para Pinheiro.

Com os três tentos da final, Thiaguinho terminou a segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer como artilheiro do torneio, com 8 gols anotados. O triunfo rendeu à Seleção de Pinheiro a vaga para a fase final do Estadual. O vice-campeonato também classificou Santa Helena para a fase final.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Longe do sinal vermelho

0comentário

Por José Sarney

Foi tranquilizador o anúncio do governo de que os aposentados e pensionistas estão longe da ameaça de terem dificuldades para receber os seus vencimentos. O alerta nasceu das dificuldades das finanças públicas estaduais que fizeram com que o Tesouro recorresse à Emap (Empresa Maranhense de Administração Portuária) e dela retirasse recursos, além dos saques já feitos no fundo de pensão dos funcionários públicos, que ficou reduzido a valores baixos.

Por outro lado, o aumento do endividamento do estado passou a níveis altos, de 3,2 bilhões em dezembro de 2014 a 4,6 bilhões em meados deste ano.

Isso representa não só um aumento do serviço da dívida como das amortizações obrigatórias pelos contratos. Com o aumento dos juros a pagar há a diminuição dos recursos disponíveis para o Estado gastar em saúde, educação e investimentos.

O Maranhão tem uma tradição de finanças organizadas, sem nunca ter atraso. Roseana tinha verdadeira obsessão no controle das finanças estaduais e do cumprimento exato e fiel da Lei de Responsabilidade Fiscal, chegando mesmo à distribuição anual das datas de recebimento dos ordenados, sempre no mês vencendo.

Um dos grandes problemas da previdência pública brasileira tem sido o seu descontrole por parte dos estados. Como dois exemplos mais gritantes citamos o Rio Grande do Sul, falido há vários anos, tendo que arcar com cerca de 90% dos encargos dos aposentados, que crescem cada vez mais, e não tendo dinheiro para isso. O mesmo acontece no Rio de Janeiro, e quase todos os estados vão entrando nesse desfiladeiro.

Foi antecipando essas dificuldades que, no tempo em que fui governador, já eram grandes, tomei uma decisão da maior importância ao fazer a Ponte de São Francisco, sobre o Rio Anil. As terras do outro lado, onde hoje está edificada a São Luís moderna, era uma mata que tinha por finalidade abastecer as caldeiras a vapor da fábrica de tecidos Camboa, que estava falida.

Então, sem que dissesse a ninguém que ia construir a Ponte, e prevendo a valorização dessas terras, comprei-as, pelo Estado, para o Ipem (Instituto de Previdência do Estado do Maranhão). Quando essas terras passaram a ser de sua propriedade, ele loteou-as, dando aos funcionários preferência na compra. Como eram vastas e grandes, até hoje o instituto dispõe de muitas áreas. Assim, o Ipem ficou rico, saudável, com grande liquidez e transformou-se no mais sólido do Brasil. Era a maneira de afastar para sempre o perigo de não ter dinheiro para pagar os aposentados. Nunca ninguém havia mexido nestes recursos.

Perdi amigos, que, de olho em enriquecer, achavam que eu devia ter comunicado a eles que ia fazer a ponte. Sei que tal procedimento é raro, mesmo a nível mundial. Basta lembrar que Konrad Adenauer, grande estadista e notável construtor da nova Alemanha, quando teve de mudar a capital do país depois da guerra, escolheu a área de Bonn, onde diziam que ele era grande proprietário de terras, e Washington, a capital americana, baseada no compromisso entre estados do Norte e do Sul, ficou à margem do Rio Potomac e 13 milhas acima de Mount Vernon, a fazenda do principal fundador dos Estados Unidos.

Assim, tenho orgulho desse procedimento que mostra a minha lisura de homem público.Sempre se censura o que não se faz de bem, com razão, mas ninguém elogia o que não se faz de mal. Tenho um zelo muito grande pelos aposentados e sempre lutei por eles ao longo de minha vida pública.

Coluna do Sarney

sem comentário »