Zé Ramalho canta sucessos dos 40 anos de carreira

0comentário

A cidade vive a expectativa para receber uma das maiores vozes da Música Popular Brasileira. Zé Ramalho apresenta-se neste sábado, às 22h, no estacionamento interno do Shopping da Ilha (Maranhão Novo).

O artista passou seis anos distante dos palcos maranhenses e, agora, retorna para um show inesquecível e que será aberto pelas cantoras Tássia Campos, Camilla Boueri e Mila Camões, que formam o trio “123”. A festa será encerrada pela banda Forró com Xote, com o “Especial Luiz Gonzaga”.

O trio “123” apresentará repertório com 70% de música maranhense. Já Forró com Xote, clássicos de Luiz Gonzaga e músicas também de Falamansa e Alceu Valença, entre outros. O grupo é formado por Fábio (voz e triângulo), Gileno (zabumba) e Charlinho (acordeon).

Sucessos – Zé Ramalho é a grande estrela da noite. Ele fará um passeio por seu portfólio para relembrar seus mais tocados sucessos, conservados ao longo de quatro décadas de intenso labor musical. O paraibano apresentará canções como “Avôhai”, “Frevo Mulher”, “Admirável Gado Novo”, “Chão de Giz”, “Beira-Mar” e “Eternas Ondas”. E também “Mulher nova, bonita e carinhosa”, “Eternas Ondas”, “Garoto de Aluguel”, “Vila do Sossego”, “Banquete de Signos” e “Entre a serpente e a estrela” e “Sinônimos”. O público espera ainda a emblemática “Mistérios da Meia-Noite”, tema da novela “Roque Santeiro” (1980).

Zé Ramalho tem dito que voltou aos acordes originais das músicas e que, por isso, consegue uma atmosfera particular no palco. E isto fará em São Luís. A produção trabalha intensamente para apresentar um evento agradável em todos os sentidos.

“Essa apresentação é realmente um presente para o nosso público, que será brindado com um show de alto nível, ao som de uma das mais belas vozes do Brasil. É um presente de fim de ano para os fãs maranhenses de ZÉ Ramalho, um artista que agrada a várias gerações e que conseguiu manter-se na crista da onda ao longo de sua brilhante trajetória”, disse Ricardo Fernandes, da Pororoca Produções, realizadora do evento, em parceria com a Reprise Produções.

Serviço

O quê: Show de Zé Ramalho
Quando: Neste sábado, às 22
Onde: Estacionamento interno do Shopping da Ilha (Maranhão Novo)
Ingressos: R$ 80,00 (pista), R$ 140 (casadinha pista), R$ 130,00 (camarote com acesso ao Front) e R$ 220,00 (casadinha camarote com acesso ao Front); Ingressos Família (5 ingressos): R$ 500 (camarote) e R$ 300,00 (pista), à venda pelo www.bilheteriadigital.com e Casa das Dunas (Avenida Litorânea)

Foto: Divulgação

sem comentário »

Mais de 400 médicos cubanos devem deixar o MA

1comentário

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 457 médicos cubanos atuam no Maranhão pelo programa “Mais Médicos” e eles devem deixar seus postos de trabalho nos próximos dias. O governo de Cuba anunciou a saída do programa social citando as declarações feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em relação à presença dos profissionais no Brasil.

No Maranhão, segundo o Ministério da Saúde, os 457 médicos cubanos atuam na saúde básica em 167 municípios. O Maranhão é sexto estado do país com maior número de médicos pelo programa.

Antes de começarem a trabalhar nas comunidades, os médicos fizeram provas para validação do diploma pelo ministério da saúde e um treinamento sobre o funcionamento do sistema único de saúde (SUS). Eles chegaram ao Maranhão em 2013 e assumiram postos nas unidades saúde básica, principalmente, na zona rural das cidades e em aldeias indígenas.

A Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde deverão fazer um relatório de impacto no Brasil sobre a saída dos médicos cubanos do programa mais médicos. Na manhã desta sexta-feira (16), o Ministério da Saúde divulgou que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas abertas deve ser realizada ainda este mês.

Leia no G1

1 comentário »

Helena Duailibe diz que saúde será prioridade

0comentário

A deputada estadual eleita Helena Duailibe (Solidariedade) com 31.147 votos foi entrevistada no Abrindo o Verbo, com Jorge Aragão, na Rádio Mirante AM. Ela se disse surpresa pelo fato de ter sido votada em 192 dos 217 municípios maranhenses.

“Me surpreendeu. Eu no máximo fui em 30 municípios. Foi um trabalho muito bom e foram pessoas que foram votar voluntariamente e isso aumenta a minha responsabilidade e o meu compromisso com a população maranhense. Nas minhas viagens, as pessoas reclamaram que os políticos só aparecem de quatro em quatro anos e eu vou fazer diferente. Cheguei na Assembleia do jeito que todos gostam, sem comprometimento para defender as pessoas e a Saúde”.

Helena Duailibe disse que terá atuação política em todas as áreas, mas elegeu a saúde como uma de suas prioridades. “Eu estarei na Assembleia defendendo todos os projetos que valorizem a família. Eu estarei em defesa da saúde. Eu sei que terei obrigação de servir em outras áreas, mas é na saúde que eu posso ajudar mais. Eu já falei para o presidente Othelino Neto que tenho interesse em ser presidente da Comissão de Saúde, pois eu já fui secretária de Saúde no Estado e no município e eu sei como as coisas funcionam. Eu quero estar lá sendo uma pessoa que está lá para somar. Eu não quero apenas ficar visitando hospitais em caso de caos. Eu quero propor e sugerir ações para que as coisas funcionem realmente nos hospitais”.

A deputada eleita destacou a importância da mulher na política. “Eu acho que a mulher tem mais sensibilidade. Não é que o homem seja frio, mas é que a mulher até por uma questão da maternidade consegue ter um olhar mais fraterno. Eu acho que o grande problema das pessoas é a humanização do atendimento, então a mulher faz isso com mais diferença. A mulher consegue fazer as tarefas profissionais e ainda chega em casa ela consegue administar as coisas”.

Helena Duailibe disse que se sente apta a uma eventual disputa para a Prefeitura de São Luís, mas somente colocará o seu nome caso seja convocada pelo seu partido e pela população.”Eu já fui vice-prefeita e vereadora de São Luís e ainda secretária de Saúde no Estado e no município. Eu tenho a experiência e poucas pessoas tem a experiência que eu tenho. Nós precisamos conversar agora, então se o partido tiver um partido para a Prefeitura de São Luís e quiser colocar o meu nome e se as pessoas acharem que eu tenho condições eu estou disposta sempre a servir. Eu não entro em aventura, mas tiver viabilidade e se for da vontade de Deus, eu estou preparada”.

Helena comentou sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro sobre os cubanos no Mais Médicos e disse não acreditar que o Ministério da Saúde venha a desmontar o programa.

“Nós temos agora que ter a responsabilidade de saber que o presidente eleito chama-se Jair Bolsonaro e nós temos que nos unir para buscar soluções para o problema da saúde pública. Em 2013, muita gente ficou com medo do que poderia acontecer e que não existiriam vagas para os médicos brasileiros e nada disso aconteceu. Nós precisamos valorizar os nossos profissionais da saúde. Eles não tem um plano de cargos e salários e com isso eles não aceitam trabalhar em lugares longínquos sem nenhuma estabilidade. Eu não acredito em nenhum corte radical. O Ministério da Saúde não vai desmontar um sistema desse. Nós temos dificuldade nos municípios pequenos e com maior pobreza. Saúde tem que sair de qualquer palanque. Saúde não tem bandeira, não tem partido”, finalizou.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Prefeitura de Santa Rita capacita 115 profissionais

0comentário

A Prefeitura de Santa Rita, por intermédio da Secretaria Municipal de Emprego e Renda, realizou na tarde de quarta-feira (14), a aula inaugural do curso profissionalizante de corte e costura. O evento aconteceu na escola técnica de Santa Rita e contou com a presença do prefeito Hilton Gonçalo, a prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo, o vereador Ivo André, secretários municipais e as 115 alunas do curso.

Na ocasião, o prefeito Hilton Gonçalo, acompanhado do secretário Erichson Pinheiro, realizaram a entrega de dezenas de incentivos através do Banco do Povo para novos empreendedores locais. Em sua fala, o prefeito Dr. Hilton Gonçalo, destacou a importância do curso para a vida profissional das alunas.

“Fico imensamente feliz em viabilizar um projeto que promove conhecimento técnico e incentivo para preparar ainda mais a cadeia produtiva local. São ações assim que provam que a prefeitura de Santa Rita, estará sempre a disposição da população para garantir geração de emprego e renda”, destacou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastos com médicos dobrarão, diz Tema

0comentário

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cleomar Tema, mostrou-se preocupado com as últimas notícias sobre a saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos, após divergência do governo de Cuba com as novas diretrizes adotadas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

Para Tema, a substituição dos médicos cubanos não será uma tarefa das mais fáceis para o Governo Federal, visto que o Maranhão possui uma grande carência desses profissionais, além do que poucos querem se submeter a morar nos povoados das pequenas cidades para cumprir carga horária de 40h e ganhar R$ 10 mil de salário.

“Caso o MS não encontre uma estratégia imediata para suprir essa carência deixada com a iminente saída dos cubanos, os municípios maranhenses vão enfrentar sérios problemas, dentre os quais: a elevação significativa dos custos de contratação de novos médicos e a custos mais altos em função da baixa oferta desses profissionais; dificuldade de cumprimento da carga horária exigida pelo MS expondo os gestores as auditorias do DENASUS e as consequências decorrentes destas, dentre outros já de amplo conhecimento dos gestores maranhenses”, enfatizou o presidente.

O déficit de médicos relatado pelo por Cleomar Tema é confirmado pela pesquisa “Demografia Médica 2018”, do Conselho Federal de Medicina-CFM.

A mesma informa que para o atendimento de uma população de 7 milhões de habitantes, o Maranhão tem apenas 6.096 médicos, o que dá uma proporção de 0,87 profissionais por mil habitantes, sendo esta a menor proporção do país entre os estados.

A média recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é de um médico para cada 1.000 habitantes.

Tema finalizou dizendo que pedirá a inclusão do assunto na pauta municipalista que será debatida na capital federal no dia 19/11, durante evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

O encontro contará com a presença do presidente Michel Temer; membros da equipe de transição de Jair Bolsonaro; além da presença de milhares de prefeitos de todo o Brasil.

Criado em 2013, o programa Mais Médicos ampliou a assistência médica nos municípios, reforçando o atendimento regular nas Unidades Básicas de Saúde e na composição das equipes da Saúde da Família.

No Maranhão, 2,4 milhões de pessoas são beneficiadas com o trabalho dos 710 profissionais do programa, onde mais de 450 são cubanos.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edivaldo abre Feira do Livro em São Luís

0comentário

A 12ª Feira do Livro de São Luís (FeliS) será aberta nesta sexta-feira (16), a partir das 18h, com programação até 25 de novembro, no Multicenter Sebrae. O maior evento cultural e de fomento à leitura do Maranhão é uma realização da Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias de Cultura (Secult) e Educação (Semed), correalização do Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae) e conta com patrocínio da Vale e Companhia Maranhense de Gás (Gasmar).

Este ano, a Feira tem como Patrono Graça Aranha, escritor maranhense que completaria 150 anos em 2018, considerado um dos articuladores do movimento que renovou a literatura e a cultura brasileira: A Semana de Arte Moderna. O evento homenageia ainda os matemáticos Joaquim Gomes de Souza e João Antonio Coqueiro, ambos maranhenses.

O prefeito Edivaldo frisou a importância do evento. “A Feira do Livro de São Luís estimula a vivência da cultura e história maranhenses, incentiva a leitura e amplia o conhecimento. Este é o maior evento literário do Maranhão no qual o público poderá conferir e conhecer a literatura nacional e grandes nomes do nosso Estado, ter contato com escritores e realizar atividades culturais diversas”, pontuou o prefeito.

Na abertura, os visitantes serão recebidos com o Circo Tá na Rua, que fará a intervenção circense “Voadores” ao longo do pavilhão e no portal de entrada. No Auditório Graça Aranha, às 19h, a Solenidade de Abertura começa com a apresentação cultural do Coral das Crianças do Educandário Manoel da Conceição Pinheiro Sobrinho, do Bairro de Fátima. Para abrilhantar ainda mais a noite, o Hino Nacional será entoado pela cantora indígena Djuena Tikuna (AM). Em seguida, terá a performance “A arte do Belo”, com o ator Domingos Tourinho.

Programaçao – A programação é toda gratuita e conta com mais de 500 atividades, dentre elas escritores nacionais e locais convidados, lançamentos de livros, palestras, rodas de conversa, mesa redonda e conferências, seminários, plenárias, sessões de cinema, bate-papo literário, workshop, oficinas e minicursos, intervenções artísticas, espetáculos teatrais, performances poéticas, contações de histórias, apresentações culturais, exposições, pocket shows e visita de escritores a escolas da rede pública.

Governo do Maranhão, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Associação dos Livreiros do Maranhão (Alem) e empresa Potiguar, são apoiadores do evento.

A programação completa e outas informações podem ser conferidas no endereço www.feiradolivrodesaoluis.com.br.

sem comentário »

Rubens Jr. diz que início de Bolsonaro é ‘vacilante’

0comentário

O deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) foi o entrevistado desta sexta-feira (16), no Ponto Final, por Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM.

Reeleito para mais um mandato na Câmara dos Deputados com 111.584 votos, Rubens Júnior defendeu que a nova bancada maranhense continue a luta junto ao governo Federal para a conclusão da duplicação da BR-135.

“Eu fico muito feliz em falar da BR-135 até porque eu tive um papel muito importante nessa obra. Essa é uma obra que vinha prometida há muito  tempo e a bancada maranhense na Câmara dos Deputadas colocou a emenda impositiva e com a luta dela nós conseguimos garantir o recurso e o trecho 1 foi concluído. Além disso, a bancada maranhense já garantiu os recursos para os trechos 2 e três. A bancada maranhense tem que exigir agora a conclusão desses dois trechos. O trecho hoje entre Entrocamento e Caxuxa está intransitável e nosso papel é cobrar. Por isso já encaminhei documento ao Dnit e acredito que toda a bancada maranhense vai lutar pela conclusão da obra”, disse.

Rubens Júnior falou sobre os primeiros movimentos do presidente eleito Jair Bolsonaro e considerou “vacilante” o início do novo governo e criticou o anúncio de extinção do Ministério do Trabalho.

“O temor que existe é que nós não sabemos quem será o Bolsonaro presidente. Existe uma diferença entre o Bolsonaro deputado e o Bolsonaro presidente. Nas redes sociais, o Bolsonaro é imprevisível. Ele, como presidente até aqui é vacilante. Bolsonaro anunciou a extinção do Ministério do Trabalho e uma semana depois ele recuou no que fez certo e eu como faço Oposição com responsabilidade não apoio a política do quanto melhor, pior.

Rubens Júnior disse que é à favor do “revalida” para os cubanos que participam do Mais Médicos e fez um apelo ao presidente Jair Bolsonaro que rejeva o seu posicionamento em relação à retirada dos cubanos do programa.

“São mais de 8 mil médicos, a sua maioria atuando na atenção básica no Brasil e que são muito importantes na saúde pública no país. Se confirmado o fim da participação de Cuba no programa Mais Médicos será ruim para comunidades mais carentes. Faltarão profissionais dispostos a trabalhar 40horas/semanais no Programa Saude da Família, por isso faço um apelo ao presidente eleito que reveja o seu posicionamento”.

Perguntado por um ouvinte, o deputado Rubens Júnior explicou a ausência do governador Flávio Dino (PCdoB) no encontro com o presidente Jair Bolsonaro.

“Em primeiro lugar não foi uma decisão do governador. Há uma ação de todos os governadores do Nordeste em bloco. Quem convocou a reunião foi o governador João Dória e nós entendemos que este não tem a legitimidade para convocar um encontro para discutir a região. E nós já pedimos uma reunião do o presidente para tratar exclusivamente do Região Nordeste, sem qualquer intermediário. Não foi uma atitude unilateral, não foi por questões partidárias. Eu concordo que o governador Flávio Dino deva se movimentar em comum acordo com os governadores do Nordeste”.

Rubens Júnior também entrou na polêmica sobre a retirada de recursos do FEPA pelo governo Dino e disse que não houve saque, mas sim remanejamento do orçamento.

“Hoje, 100% dos recursos do FEPA é utilizado para pagamento dos aposentados. Há um desvirtuamento (uma fake news) que o dinheiro dos aposentados venha sendo utilidado para o Mais Asfalto isso é impossível. Não houve saque do FEPa. O que existe é um remanejamento do orçamento do que havia sido planejado para o FEPA. Nunca houve um centavo de remanejamento de recursos do FEPA que não seja para pagamento do salário dos aposentados e o governador Flávio Dino já disse que não há nenhum risco de suspensão ou atraso no pagamento de aposentados”, finalizou.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Hildo Rocha pretende comandar o MDB no Maranhão

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha anunciou o interesse em disputar o comando do MDB no Maranhão.

O parlamentar reeleito em outubro com 77.661 votos para mais um mandato na Cãmara dos Deputados foi o primeiro a colocar o seu nome à disposição do partido.

“Tenho amplas condições de fazer um MDB melhor. Tenho mandato, tenho articulação com a classe política e disposição para lutar pelo partido”, afirmou à coluna Estado Maior.

Outro nome que pode aparecer na disputa é o do deputado federal João Marcelo que é filho do senador João Alberto e que atualmente comanda o partido.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Beach soccer: etapa de Caxias tem média de 6,7 gols

0comentário

A terceira etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções 2018, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, começou a todo vapor na cidade de Caxias. Após a realização de duas rodadas, o ponto alto do evento é a quantidade de gols: o torneio tem, até o momento, média de 6,7 gols marcados.

A elevada média de gols é um dos atrativos desta etapa que reúne seis seleções da Região dos Cocais. Em disputa, duas vagas para a fase final do Estadual. E quem largou na frente para conquistar a tão desejada premiação desta etapa foi a Seleção de Aldeias Altas, responsável pela maior goleada do campeonato até aqui.

Aldeias Altas estreou diante de Caxias e não tomou conhecimento dos donos da casa. Com uma atuação perfeita, os aldeias-altenses ignoraram a torcida local e superaram os caxienses por 10 a 1 na rodada de abertura.

O expressivo triunfo deixou Aldeias Altas na liderança de sua chave com 3 pontos ganhos e muito perto das semifinais. Após perder na estreia, Caxias se recuperou na rodada seguinte ao vencer Timon por 1 a 0 e está na segunda colocação do grupo.

Quem também ajudou muito a aumentar a média de gols desta etapa foi a Seleção de Parnarama, que passou por Matões por 5 a 3. O revés na rodada inicial, fez Matões voltar à quadra pressionado precisando vencer São João do Sóter a qualquer custo para seguir vivo no torneio. E Matões conseguiu a tão desejada vitória na segunda rodada: 5 a 3.

Com os resultados, as seleções de Parnarama, Matões e São João Sóter seguem com chances de avançar às semifinais da etapa. A rodada desta sexta-feira (16) será decisiva. Parnarama e São João do Sóter se enfrentam para decidir quem avança na competição.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Premiação

A premiação de cada etapa seletiva desta edição do Campeonato Maranhense de Beach Soccer corresponde às duas vagas para a fase final do torneio, que serão destinadas ao campeão e vice da etapa. Além disso, as equipes receberão troféus e medalhas.

Jogos de hoje

19h – Parnarama x São João do Sóter – Arena Balneário Veneza
A seguir – Aldeias Altas x Timon – Arena Balneário Veneza

Foto: Divulgação

sem comentário »