Imperatriz é finalista do primeiro turno

9comentários

mac_impO Imperatriz é o primeiro finalista do primeiro turno do Campeonato Maranhense. A classificação foi garantida com o empate por 0 a 0, contra o Maranhão, neste domingo, em pleno estádio Nhozinho Santos. No primeiro jogo, o Imperatriz havia vencido o MAC, no Frei Epifânio, por 1 a 0.

O adversário do Imperatriz na final será conhecido nesta segunda-feira. O Sampaio recebe o Bacabal, às 20h15, no Nhozinho Santos precisando vencer. No primeiro jogo, o Bacabal bateu o Sampaio, no Correão, por 1 a 0 e tem a vantagem do empate.

Os jogos decisivos do primeiro turno serão nos dias 28 e 31 de março.

Foto: Bruno Alves

9 comentários »

Hospital de urgência e emergência terá 300 leitos

5comentários

vinicius-ninaRestabelecimento do fornecimento de alimentação e medicamentos, melhoria na infraestrutura das unidades de saúde do município, restabelecimento do atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram algumas ações destacadas pelo secretário Vinícius Nina (Saúde) como avanços importantes dos três meses da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

O secretário ressaltou a situação encontrada na Saúde municipal ao assumir a gestão. Segundo ele, uma rede superlotada, sem alimentação e remédios; totalmente desabastecida. “Estamos trabalhando para melhorar o fluxo do atendimento. Levar os casos de menor complexidade para as unidades mistas e básicas, que vai ajudar a desafogar as Unidades de Urgência e Emergência. Para isso, temos que melhorar a resolutividade destas Unidades de bairro”, disse.

O secretário destacou que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior é sensível às questões da Saúde. Desta forma, já autorizou a construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde em São Luís. Cinco Unidades serão criadas e 16 outras receberão os reparos necessários para um melhor funcionamento. Além das obras civis, as Unidades também serão reequipadas com nova aparelhagem para exames e procedimentos do dia a dia. As ampliações na Rede de Saúde vão resultar também na contratação de novos profissionais, o que, efetivamente, trará um atendimento de forma mais rápida e de qualidade para a população.

Outro ponto abordado foi a construção do novo hospital de urgência e emergência Dr. Jackson Lago. O projeto apresentado pela antiga gestão não se mostrou viável devido a problemas com a topografia do terreno, entre outros. “O prefeito está buscando um novo local e investimentos que tornem a construção desse, que será um grandioso hospital com cerca de 300 leitos”, disse o secretário.

Foto: Fabrício Cunha

5 comentários »

Apagão no início acaba com sonho do Maranhão

13comentários

maranhaobasquete“Parece que o nosso time é um monte de jogadoras que foram reunidas e entraram no avião para vir jogar aqui”. A explicação  foi do manager do Maranhão Basquete, Antonio Carlos Barbosa ao tentar analisar o vexame do time maranhense no primeiro período do jogo decisivo contra Americana.

Foi assim durante toda a Liga de Basquete Feminino 2013. O Maranhão Basquete mais uma vez foi uma equipe dominada por erros básicos, falta de padrão de jogo e que levaram à desclassificação na semifinal diante de Américana por 76 a 59.

O time paulista liquidou o jogo logo no primeiro período. Com uma defesa forte e errando menos no ataque, Americana chegou a abrir 16 a 0 no placar até fechá-lo em 25 a 7. “Foi ridículo. Vinte pontos é demais”, disse Iziane.

A partir do segundo período, o MB diminui os erros e equilibrou o jogo em 15 a 15, mas com a vantagem do primeiro período,  Americana seguiu na frente com 40 a 22. No terceiro período, Americana venceu por 4 pontos (23 a 19), com o placar a seu favor de 63 a 41, o time de SP seguiu com tranquilidade para garantir vaga na decisão fechando o jogo em 76 a 59.

Mesmo com a derrota, o Maranhão Basquete terminou na 3ª colocação na LBF. No ano passado, o time maranhense terminou na 6ª colocação. Para 2014, três aspectos deverão ser observados: primeiro a manutenção da equipe em atividade o ano inteiro, a definição no comando técnico: Betinho, Barbosa ou outro treinador e por fim a permanência ou não de Iziane.

Decisão

A decisão da Liga de Basquete Feminino terá Americana-SP e Sport-PE. O time pernambucano venceu o São José 73 e 63 para chegar à final. O playoff decisivo terá a primeira partida no próximo sábado, em SP, às 13h. Os outros dois jogos serão realizados em Recife.

Novidades

Para LBF do próximo ano, a novidade deverá ser um time da Paraíba que já manifestou interesse de montar uma equipe forte. Além disso, já é dado como certo o retorno de Catanduva-SP.

13 comentários »

Castelão pode ser abastecido por energia solar

1comentário

joaquimhaickel
O estádio Castelão, em São Luís, deverá ser abastecido por energia solar gerada por meio da instalação de placas fotovoltaicas. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel. O trabalho será desenvolvido em parceira firmada entre as Secretarias de Esporte e lazer (Sedel) e Minas e Energia (Seme) que vão formalizar o pedido de documentação para efetivação do projeto.

O assunto foi discutido, esta semana, durante reunião de Joaquim Haickel com representantes da empresa Kyocera Energias Alternativas e Energia Solar, que apresentaram um planejamento para implantação de placas. O encontro contou com a presença do subsecretário da Secretaria de Minas e Energia, Francisco Peres; e o secretário-adjunto de Esportes, Clineu Coelho Filho, entre outras autoridades.

Um representante da Secretária de Estado de Minas e Energia do Estado do Piauí, Paulo Lages, veio a São Luís assistir a apresentação da implantação da energia solar visando à aplicação no seu estado.

Proposta

A proposta, de acordo com Joaquim Haickel, visa dar sustentabilidade a todo Complexo Esportivo do Outeiro da Cruz. Garantirá a economia de energia, principalmente no Estádio Castelão, e deverá beneficiar, também, a população dos bairros próximos.

O projeto, de acordo com subsecretário da Secretaria de Minas e Energia, Francisco Peres, será colocado em prática dentro do Programa de Eficientização Energética, da Seme, que garantirá o preço da conta de energia em um valor equivalente a metade do um valor do custo energético comercializado no mercado do Maranhão.

A captação da energia funcionará por meio de módulos flexíveis e finos de silício dispostos em placas metálicas que serão instaladas em locais estratégicos (como áreas do Estádio Castelão). A estrutura capta a energia solar e encaminha a corrente gerada para um equipamento chamado inversor, fornecendo energia tradicionalmente usada em indústrias, praças e residências.

Na visita foi apresentado o esquema de implantação de uma SPE Solar (Sociedade Propósito Específico) que tem como finalidade a prestação de serviços de energia elétrica a partir da fonte renovável solar por prazo mínimo de 20 anos. As placas geradoras de energia solar vão gerar a produção de energia limpa e consequente equilíbrio do meio ambiente.  A ideia inicial é a aplicação dessas placas metálicas no kartódromo e pista de atletismo para em seguida ser colocada nas estruturas do Estádio.

1 comentário »

Usuários reclamam da falta de abrigos em São Luís

3comentários

abrigo

O Estado

Usuários de transporte coletivo reclamam da falta de abrigo em várias paradas de ônibus de São Luís. Na Avenida Beira-Mar, três pontos de ônibus estão sem cobertura há mais de um mês. Além da demora e do péssimo estado de conservação dos ônibus, as pessoas têm de enfrentar a falta de abrigos, ficando expostas ao sol e à chuva.

Muitas paradas de ônibus não oferecem estrutura para abrigar quem espera pelos coletivos. Durante o verão, o sol castiga os passageiros e no inverno, a chuva se torna um grande transtorno. “Esta parada de ônibus está em estado decadente. Essa situação é vergonhosa para a nossa cidade. O prefeito já deveria ter feito alguma coisa em relação a esse problema”, disse o estudante Anderson da Silva, de 17 anos, referindo-se a uma das paradas da Beira-Mar.

Outra estudante, Ana Beatriz, de 16 anos, acrescentou que durante toda a semana pega ônibus no local e não aguenta ficar muito tempo no sol à espera do transporte. Ela disse que muitas vezes espera o transporte do outro lado da avenida, evitando assim o sol do meio-dia. “Outro dia, uma senhora desmaiou e um taxista que passava no momento viu e a levou para o hospital. Esperar ônibus embaixo desse sol quente não dá”, frisou a estudante.

Ainda na Avenida Beira-Mar, na área do Desterro, as paradas estão cercadas por mato. Os usuários correm risco de assaltos e, segundo alguns usuários, muitos ônibus não param e os motoristas fingem não estar vendo quem está à espera dos ônibus. “Essa parada dá medo. Além do mato, existe a preocupação de sermos assaltados nessa área, pelo fato de ela estar muito afastada e sem iluminação”, disse a estudante Nara Oliveira, de 19 anos.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Trânsito e Transporte (SMTT), informou que fez o levantamento dos locais para implantação de novos abrigos das paradas de ônibus.

Foto: Flora Dolores

3 comentários »