Sampaio pode ampliar vantagem sobre o Náutico

0comentário

O Sampaio consolidou a liderança no grupo A do Campeonato Brasileiro Série C. Após a grande vitória contra o Ferroviário por 1 a 0, em Fortaleza, o time maranhense contou com o tropeço do Confiança que foi derrotado pelo Náutico por 3 a 1, em Recife.

A diferença entre Sampaio e Náutico no momento é de 3 pontos, mas pode aumentar na 14ª rodada. O Sampaio vai enfrentar o Treze-PB, no Castelão, enquanto o Náutico pega o Globo fora de casa.

Embora sejam dois adversários que brigam na parte debaixo da tabela é bom ter muito cuida, principalmente o Sampaio que vai jogar em casa e não pode deixar escapar a oportunidade de conquistar mais três pontos e engatar a quinta vitória consecutiva.

Se vencer o Treze em casa, o Sampaio jogará mais pressão em cima do Náutico que terá a obrigação de vence no Rio Grande do Norte.

Depois dessa rodada, o jogão que teremos pela frenta, na 15ª será exatamente Náutico e Sampaio, no Afltitos. Vale lembrar que o Náutico bateu o Sampaio no Castelào e tem contas a acertar com o Tricolor.

Mas antes do Náutico, vamos primeiro fazer bem o dever de casa e vencer o Treze, mantendo a excelente campanha do time sob o comando do técnico João Brigatti.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

sem comentário »

Agricultura e desenvolvimento

1comentário

Por Edivaldo Holanda Junior

Hoje, 28 de julho, é o Dia do Agricultor e, nesta data, quero homenagear os trabalhadores e as trabalhadoras rurais, em especial agricultores e agricultoras familiares de São Luís. Na minha gestão tenho mantido ao longo dos anos o compromisso de avançar cada vez mais na política de incentivo e desenvolvimento para o campo.

A produção agrícola é de fundamental importância para a base da cadeia produtiva. Aqui em São Luís, quando assumi a gestão, essa era uma área desassistida, mas graças aos investimentos que temos feito a nossa produção rural agora abastece feiras, mercados e supermercados da capital, oferecendo para a população uma produção nutritiva e de qualidade. Além disso, tornou-se essencial para enriquecer a merenda de mais de 100 mil alunos da rede municipal e ainda alimenta famílias carentes em dezenas de bairros e instituições sociosassistenciais para pessoas em situação de rua.

Há várias frentes de atuação desenvolvidas na minha gestão e uma delas é o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que atualmente beneficia mais de 800 agricultores familiares de associações cadastradas pela Prefeitura de São Luís, garantindo aos sistemas produtivos locais maiores possibilidades de desenvolvimento, geração de emprego, renda, enfim, melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas.

O programa é uma ação do Governo Federal, com contrapartida do Governo do Estado e executado pela Prefeitura. Implantamos em São Luís em 2015 e, desde então, alcançamos cerca de 74 mil famílias ludovicenses, distribuindo mais de 600 toneladas de alimentos. Isto feito já traz muito orgulho para o gestor público, mas trouxe para mim uma alegria a mais, a honraria do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na etapa estadual de 2017.

Graças à estratégia adotada na minha gestão para o setor, a produção agrícola local abastece, além de feiras e mercados, a Feirinha São Luís, um projeto muito especial que revigorou a movimentação de cidadãos e turistas no Centro Histórico, aos domingos, e já faz parte do calendário de lazer e entretenimento da cidade. A Feirinha completou dois anos de atividade e pode-se dizer, sem dúvida, que ela revitalizou no coração ludovicense o orgulho com as coisas da cidade, reocupando espaços e movimentando o comércio na região.

Animados com resultados tão positivos, renova-se a disposição para investir cada vez mais na produção agrícola, favorecendo o pequeno produtor. Há poucas semanas realizamos a distribuição de insumos e implementos agrícolas visando garantir dar mais autonomia e maior rentabilidade ao setor.

Os números desta ação estratégia são muito significativos. No ano passado, foram beneficiadas mais de duas mil famílias de agricultores com aproximadamente 15 toneladas de sementes diversas, sete toneladas de ração para peixes, uma tonelada de fertilizantes, adubo e uréia, 25 mil mudas de hortaliças, cinco mil mudas de juçara precoce, barcos de pesca, motores de rabeta, tratores agrícolas e equipamentos periféricos como pulverizadores, enxadas rotativas, retroescavadeira agrícola, grades armadoras, roçadeiras de arrasto, semeadoras de 400L e plaina dianteira.

A lista vai além: distribuímos patrulhas rurais, kits de irrigação e caminhão refrigerador, veículos do tipo pickup com tração 4×4, caminhões 3/4, freezers, além de kits de manipulação de carnes como ganchos, afiadores e botas, entre outros insumos e implementos, beneficiando mais de 500 agricultores familiares cadastrados pela Prefeitura.

O plano estratégico para o setor agrícola de São Luís, adotado em minha gestão, tem mais uma frente de atuação: agregar conhecimento à produção, isto é, vamos a casar ideia de desenvolvimento sustentável na produção rural com o aprimoramento de estudantes das áreas tecnológicas. Por conta disto, ampliamos o convênio com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) para abertura de campo de estágio curricular nos pólos de produção apoiados pela gestão municipal.

Já existe um convênio que beneficia estudantes do IFMA Maracanã e agora vamos expandir a ação de toda rede do Instituto em São Luís. Em resumo, todos ganham: o instituto terá novos campos de estágio para a formação de seus alunos; e o município contará com mão de obra mais qualificada para atuação no setor.

Continuaremos investindo e dando todo o suporte aos agricultores para que ampliem ainda mais esse campo de atuação que beneficia toda a cadeia produtiva, favorece a geração de emprego e renda, auxilia no combate à insegurança alimentar, enriquece a merenda escolar e é fundamental para o crescimento da cidade.

1 comentário »

Hilton entrega obra e anuncia asfaltamento em Carema

0comentário

Na manhã de sábado (27), o prefeito de Santa Rita, Dr. Hilton Gonçalo realizou uma série de inaugurações no bairro Carema. O roteiro que iniciou na praça da prefeitura, seguiu em comitiva para a inauguração da quadra poliesportiva da escola Antônio Costa Ribeiro.

Ao lado da prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo, de secretários municipais, assessores e vereadores de Santa Rita e Rosário, o prefeito Dr. Hilton Gonçalo entregou sete casas, distribuiu créditos do Banco do Povo, entregou mais um sistema de abastecimento de água e realizou o lançamento da pedra fundamental do calçamento e asfaltamento da estrada que liga Carema ao Fogoso.

“Estamos mantendo nossa tradição de inaugurações no Carema em alusão ao Festejo do Sagrado Coração de Jesus. Quero agradecer a todos moradores de Carema que sempre nos recebem com carinho, agradecer a Câmara de Vereadores que sempre colaborou com nossas ações e a toda população do município que sempre acreditou e confiou em nosso trabalho”, destacou o prefeito Dr.Hilton Gonçalo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Itaqui porto do mundo

0comentário

Por José Sarney

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ, reguladora dos portos, em audiência pública realizada em São Luís, com a presença de seu Diretor Geral, Mário Povia, anunciou a licitação de mais quatro áreas no Itaqui, para importar e armazenar combustível, uma das mercadorias que alimentarão o frete de volta da Norte-Sul. Atualmente o combustível de tratores e máquinas da região Centro-Oeste e da região do Matopiba, principais responsáveis pelas centenas de milhões de toneladas de soja que exportamos, é transportado por via rodoviária, cara, ou das refinarias do Sudeste ou dos estoques importados via Paranaguá, no Paraná.

Há alguns anos, escrevi um livro, Maranhão, Sonho e Realidade, no qual disse que o Criador não tinha sido muito generoso com o Maranhão, pois não nos deu nenhum minério, mas terras fracas que necessitam, para se tornarem agricultáveis, de calcário para retirar a acidez do solo. Só temos uma pequena parte de terra realmente boa, na região de Fortaleza dos Nogueiras.

Hoje, na minha velhice, vejo o engarrafamento de navios levando do Maranhão para todo o mundo carga de minérios e — já hoje — soja e outros grãos.

A única riqueza que Ele nos deu foi o Porto do Itaqui, que dizia eu ser “a maior dádiva de Deus ao Maranhão”. E acrescentava que “em torno de um grande porto florescem as mais importantes economias da Terra”. Por isso eu, com uma equipe pequena, com Bandeira Tribuzzi e Emiliano Macieira, ainda como candidato, lancei a minha plataforma de governo girando em torno do Itaqui. Governador, enfrentei uma guerra para construí-lo e outra maior com o Pará e o Sudeste, para escoar Carajás por aqui, o que respondia a indagação com que seus adversários o condenavam: “o que exportar pelo Itaqui?”

Mas o Complexo Portuário do Itaqui, hoje já com nome pomposo, nos diz mais. Presidente da República, enfrentei outra luta pela qual paguei preço alto: fazer a Norte-Sul, cortando com a ferrovia o Brasil de Norte a Sul, para escoar a maior parte da produção nacional pelo Maranhão.

Agora vem uma notícia boa que completa essa visão. Do outro lado da Baía de São Marcos, o canal tem a profundidade de 25 metros (o do Itaqui tem 23), o que possibilita construir ali o moderno porto da Base de Alcântara e outro grande porto com cerca de trinta berços. Dali sairá outra estrada de ferro, de 200 quilômetros, para ligá-los com a Norte-Sul. Alcântara renascerá das cinzas, entre vários portos, retro-portos e uma das mais avançadas bases de lançamento de satélites do mundo.

São Luís e o Maranhão, então, no entorno do Itaqui, serão referência de uma grande civilização, de um grande polo de desenvolvimento. Não estarei mais vivo, mas alguém lembrar-se-á que este velho sonhador sonhou com tudo isso.

Depois falaremos da Base de Alcântara e do que será o grande Complexo Portuário da Baía de São Marcos.

Profecia confirmada.

sem comentário »

Brandão participa do Dia do Vaqueiro em Colinas

0comentário

O governador em exercício, Carlos Brandão, esteve na manhã deste sábado (27) na cidade de Colinas, onde participou das comemorações pelo Dia do Vaqueiro. As festividades integram a programação da Vaquejada do Parque Onildo Maior, que completa 27 anos em 2019. Além de participar da tradicional Missa do Vaqueiro e da Cavalgada na Rua Principal, Brandão aproveitou para vistoriar o início das obras de construção da Ponte Manuel Batista Rosa, que vai ligar o centro de Colinas ao bairro Trizidela.

Um dos mais importantes eventos do gênero no Maranhão, a 27ª Vaquejada de Colinas foi aberta na sexta-feira (26), e se estende até o domingo (28). São três dias de disputa esportiva e vasta programação cultural.

Foi por meio de projeto de lei apresentado por Carlos Brandão, então deputado federal, que o Dia do Vaqueiro passou a ser comemorado no terceiro domingo de julho. A partir da criação da data no calendário nacional, que o parlamento brasileiro passou a discutir a regulamentação da profissão, aprovada em seguida.

O evento é de grande importância para toda a cidade, por aquecer o comércio e o turismo local, como explica a professora Joana de Freitas, que há 27 anos organiza o Café do Vaqueiro.

“O período da vaquejada é um momento muito bom para a cidade inteira. O comércio local, os donos de hotéis e barraqueiros lucram com isso. O evento acelera a economia do município porque todo mundo lucra. Os comerciantes se beneficiam e é um momento onde toda a cidade entra em festa”, ressalta a educadora.

A prefeita de Colinas, Valmira Miranda, também destaca o fortalecimento do setor comercial durante os três dias de Vaquejada em Colinas.

“Uma grande festa que envolve toda a sociedade colinense e de toda a região. Vem vaqueiros de todo o Brasil. Um evento importante, que só traz renda e emprego para nosso município”, pontua a prefeita.

Ponte

O governador em exercício aproveitou para ver de perto o andamento da construção da ponte que vai ligar o centro de Colinas ao bairro Trizidela. Orçada em R$ 2 milhões, a obra é um sonho antigo dos moradores e foi viabilizada em 2011, por meio de emenda parlamentar de autoria de Carlos Brandão, quando ele exercia mandato como deputado federal.

“É uma reivindicação antiga. Essa emenda estava praticamente perdida, nós conseguimos resgatar e agora estamos vendo esse sonho ser realizado, para dar mais conforto e segurança a essa população que há muito tempo reivindica essa ponte”, frisou Carlos Brandão.

Há mais de três décadas a população colinense espera pela obra, que tem previsão de entrega para dezembro deste ano.

“A importância dessa ponta é muito grande para nós. Essa ponte de madeira era um calvário para o município, mas agora com a nova ponte vai melhorar a trafegabilidade na cidade e encurtar distâncias”, comemora o vereador Valterlino.

Natural de Colinas, o deputado federal Márcio Jerry também participou da vistoria. Para ele, a obra vai ajudar a recompor o traçado urbanístico da cidade.

“Essa obra se soma a outras tantas já realizadas pela Prefeitura e pelo Governo do Maranhão. Colina está de parabéns. Uma obra de grande impacto positivo para a cidade”, concluiu.

Fotos: Handson Chagas

sem comentário »

Série Estado Quebrado: segurança pública

1comentário

Por Adriano Sarney

Em mais um artigo desta série, relatarei a minha preocupação com o caos na Segurança Pública do Maranhão, setor em que o governo Flávio Dino (PCdoB) se sobressai pelo seu autoritarismo, incoerência e a total dissociação entre a propaganda e a realidade. De antemão esclareço que não ficarei tão somente nos fatos, oferecerei propostas e ações visando reverter esta situação que interfere diretamente na vida dos maranhenses.

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado Maranhão (SINPOL/MA), mostra a precariedade do sistema de investigação criminal, especialmente no interior. Em todo o estado há delegacias sem as mínimas condições de funcionamento pelas mais diversas circunstâncias, algumas na iminência de serem fechadas e outras com risco de serem despejadas pela inadimplência de seus aluguéis. Ressalte-se, ainda, que 78 municípios (35% do total de 217) que não estão cobertos, sequer, por um policial civil lotado e, pasmem, são apenas 2.152 policiais, entre delegados, investigadores, escrivães, peritos e demais profissionais, para mais de 7 milhões de habitantes.

Como se não bastasse, os Policiais Civis não têm reposição inflacionária, nem tiveram o reajuste e progressões salariais. O governo alega que não tem dinheiro para os policiais, mas gasta R$ 50 milhões por ano em propagandas. Além disso, a Corregedoria da Polícia Civil estaria sendo utilizada como instrumento de perseguição a policiais que trabalham na legalidade.

O Governo do Maranhão vive a divulgar números que apresentam redução da violência no estado. Porém, especialistas e servidores da Segurança Pública afirmam que está existindo de forma sistemática uma operação abafa, para manipular os números dos crimes e, também, evitar a elucidação de diversas práticas delituosas, principalmente assassinatos.

Não obstante, para agravar ainda mais a situação, o governo comunista se nega a nomear os soldados formados e não nomeados do concurso da Policia Militar realizado em 2017. Vale ressaltar que Flávio Dino durante a campanha eleitoral de 2014 prometeu dobrar o efetivo e na de 2018 disse que ia nomear 3.000 policiais, mas foram convocados apenas cerca de 1.700. Ou seja, restaram 1.300 homens e mulheres que reivindicam a nomeação do concurso. Pessoas que abandonaram seus trabalhos e suas famílias para fazer o curso de formação.

Sensibilizado com a situação, visando garantir os direitos dos concursados e por mais segurança à população, tivemos a iniciativa de lançar uma petição pública na internet para pressionar o governo do estado. O abaixo-assinado obteve mais de 10 mil assinaturas e foi entregue em à OAB, que ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) para que todos os concursados da PMMA sejam empossados nas suas respectivas funções.

Diante de todo esse contexto, fica comprovado que o Governo do Maranhão, através da Secretaria de Segurança, realizam uma gestão ineficiente, caótica e criminosa, se comprovadas as denúncias feitas em reunião na Câmara dos Deputados, sobre o possível uso da máquina pública para espionagem de adversários políticos da gestão comunista.

Para superar a grave crise por qual passa a segurança pública, é indispensável que o interesse público seja posto acima do partidário, somado ao investimento, planejamento, inteligência, condições de trabalho, aumento dos salários e do efetivo policial, do combate à corrupção e do compartilhamento de ações e informações entre as polícias civil e militar, que, apesar das determinações constitucionais, vivem em constante rivalidade.

O que a população quer é uma política de segurança pública clara, e isso não se faz aparelhando o sistema de segurança. Precisamos criar consensos e produzir entendimentos em prol de todos os maranhenses.

1 comentário »

Honorato registra candidatura para eleição no PT

0comentário

Foi realizado, na tarde da última sexta-feira (26), na sede do Diretório Municipal do PT/São Luís, o ato simbólico de registro de candidatura da Chapa Municipal “Articulação Nenhum Direito a Menos – Honorato Fernandes Presidente”, para a disputa do Processo de Eleições Diretas (PED) do Partido dos Trabalhadores. Encabeçada pelo vereador licenciado Honorato Fernandes, a chapa disputará o comando do diretório do PT em São Luís.

O ato foi acompanhado por lideranças políticas do PT, entre elas: o secretário de organização do Diretório Estadual do PT, Francimar Melo; a secretária de comunicação do Diretório Estadual do PT, Criscielle Muniz; o vereador Osvaldo Muller, o militante e dirigente do Sindsep/MA, Raimundo Pereira, entre outros.

Honorato Fernandes, primeiro vereador reeleito pelo PT em São Luís, pretende dar continuidade ao comando do Diretório Municipal do PT da capital maranhense e conta com o apoio expressivo de diversos segmentos, como sindicalistas, movimentos sociais, dirigentes partidários, movimentos religiosos, universitários, professores, rurais, LGBT+, movimentos sociais, estudantes, profissionais liberais, Juventude e trabalhadores e trabalhadoras de forma geral. 

Durante o ato de registro da chapa, Honorato destacou a fragilidade democrática que marca o atual cenário político nacional, que a cada dia aponta para um Estado de exceção e a necessidade do partido apresentar um projeto concreto para a cidade de São Luís.

“Mais que nomes, nosso partido tem como compromisso a apresentação de um projeto concreto para a capital maranhense e de reafirmação e articulação das nossas forças, de modo a fazer frente aos ataques às liberdades democráticas hoje tão ameaçadas e as dificuldades gigantes vividas pela população de São Luis”, disse.

A eleição do PED ocorre no dia 08 de Setembro, durante a qual será escolhida a chapa que comandará o diretório do PT em São Luís, bem como a que comandará o diretório Estadual do partido no Maranhão.

Foto: Divulgação

sem comentário »