Imperatriz bate o Náutico e se aproxima do G4

0comentário

O Imperatriz conquistou um resultado muito importante dentro de casa, no Campeonato Brasileiro Série C ao vencer o Náutico por 2 a 0, com gols de Manoel e Raylan.

O primeiro gol do Cavalo de Aço foi marcado aos 10 minutos do segundo tempo. Rayllan cobrou escanteio, Manoel subiu para cabecear e abrir o placar.

Nos acréscimos, o Imperatriz ainda marcou aos 49 minutos. Leandro Mineiro tocou para Rayllan que mandou para o fundo do gol.

O resultado deixa o Imperatriz na 6ª colocação com 15 pontos ganhos, a um ponto do Santa Cruz que é o 4º colocado e a seis pontos de AB e Treze que estão sendo rebaixados para a Série D.

Na próxima rodada, o Imperatriz enfrenta o Treze, no Amigão, em Campina Grande, no domingo (14), às 16h.

Foto: Anderson Cândido / Imperatriz

sem comentário »

Projeto reforça combate ao bullying nas escolas

0comentário

A Câmara Municipal de São Luís aprovou nesta segunda-feira (08), durante sessão plenária ordinária, projeto de lei, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), que institui o Dia Municipal de Combate ao bullying nas escolas na capital maranhense.

A proposta, que estabelece o dia 7 de abril para celebração, seguindo o que já foi instituído a nível nacional, foi aprovada em segundo turno e seguiu para redação final. Posteriormente, será encaminhada para sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A data sugerida faz alusão ao chamado massacre de Realengo, ocorrido no Rio de Janeiro, em 2011. À época, 11 crianças que estudavam em uma Escola Municipal localizada na Zona Oeste foram executadas com vários tiros efetuados por Wellington Menezes de Oliveira, que invadiu a unidade de ensino.

O autor do crime, que é ex-aluno da EM, afirmou ter sido vítima de bullying dentro do ambiente escolar.

“Já temos lei municipal prevendo o combate ao bullying nas escolas. A criação do dia vem para reforça-la. Trata-se de uma data simbólica para chamar atenção para um tema que deve ser pautado o ano todo”, explicou o pedetista.

A iniciativa de Raimundo Penha foi muito elogiada pelos vereadores. “Este projeto soma forças à uma lei já existente, de autoria do ex-vereador Nato, que determina a execução de ações de combate a este tipo de ato de violência dentro do ambiente escolar. Agradeço e parabenizo o vereador Penha por esta importante iniciativa”, comentou Nato Júnior (PP).

Para Sá Marques (PHS), o bullying é um ato criminoso e covarde que deve ser tratado pelas autoridades com uma atenção especial.

“Leciono, há mais de 30 anos, para adolescentes. Já presenciei diversos casos de bullying na sala de aula e fora dela. Isso é uma questão muito séria. Por isso, faço questão de destacar e elogiar a iniciativa do vereador Raimundo Penha, que propõe um dia específico para que possamos, todos os anos, chamar a atenção da sociedade de São Luís no que diz respeito a combater este tipo de crime”, disse.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Osmar quer proibir uso de produtos descartáveis

1comentário

Os canudinhos, sacos, copos e demais utensílios plásticos descartáveis podem estar com os dias contados na capital maranhense.

Um projeto de lei proposto pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), quer proibir a aquisição e a utilização dos descartáveis por estabelecimentos comerciais e no âmbito da administração municipal da cidade.

O projeto de n° 160/2019 ainda precisa ser aprovado pela Casa Legislativa e segue em discussão nas Comissões de Constituição e Justiça, de Saúde e de Meio Ambiente para que, em seguida, seja encaminhado para votação no plenário e posterior análise do Executivo.

Segundo a justificativa do parlamentar, o objetivo é ampliar a discussão e diminuir os danos com o meio ambiente.

“Precisamos pensar no futuro das próximas gerações e compreendo a importância de cuidar da natureza enquanto temos tempo e sei do nosso compromisso em ampliar a discussão sobre o tema’’, enfatizou o vereador.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Rua Grande terá rede elétrica subterrânea

2comentários

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) anunciou, nas redes sociais, a retirada dos postes da Rua Grande e a colocação da rede elétrica subterrânea. O projeto faz parte da nova etapa da obra de requalificação executada por meio da parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Iphan.

Os antigos postes estão sendo trocados por postes integrados com o projeto arquitetônico dentro das características do Centro Histórico de São Luís e que dará um aspecto totalmente diferente no principal Centro Comercial de São Luís.

“Mais um avanço nas obras de requalificação da nossa Rua Grande, que estão em fase final. A Cemar Equatorial Energia, responsável pelo projeto elétrico está retirando os postes antigos e a fiação aérea. A rede elétrica da via será toda subterrânea”, destacou.

“A reforma faz parte do pacote de ações que vêm sendo executadas para a revitalização do nosso Centro, realizadas pelo IphanGovBr e a Prefeitura de São Luís. Muito em breve, entregaremos à população um centro comercial completamente reformado e mais bonito”, finalizou.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Maranhão tem menor incidência de dengue no Nordeste

0comentário

De acordo com o Ministério da Saúde, o Maranhão apresenta a menor incidência de casos de dengue, chikungunya e Zika na região Nordeste. Os dados coletados entre dezembro de 2018 e junho deste ano, apontam que o estado possui uma incidência de 49,7 casos a cada 100 mil habitantes.

A média de incidência de casos segundo o Ministério da Saúde, é de 198,3 casos a cada 100 mil habitantes. Em segundo lugar atrás do Maranhão, aparece Sergipe (93,6), Piauí (116,5) e o Ceará (124,4). O método utilizado para calcular os índices é com a utilização do número de novos casos prováveis dividido pela população do estado.

As últimas três colocações são dos estados de Pernambuco (243,3), Bahia (271,3) e Rio Grande do Norte (378,4). No ranking nacional, o Maranhão aparece em oitavo lugar. Nas três primeiras posições aparecem os estados do Rio Grande do Sul (15,3), Amapá (15,6) e Rondônia (22,0).

Segundo o Ministério da Saúde, são classificados como baixa incidência os estados ou cidades que apresentam menos de 100 casos a cada 100 mil habitantes. A média incidência corresponde de 100 a menos de 300 casos e a alta incidência ocorre quando possuem valores iguais ou acima de 300 casos.

De acordo com o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, ações da secretaria estão sendo intensificadas para combater a transmissão do mosquito transmissor das doenças, o Aedes Aegypti, com atenção especial para municípios que apresentam surtos da doença.

“Podemos afirmar que investir na prevenção é a melhor forma de evitar que o paciente precise de uma assistência mais especializada. Também por isso a população deve manter-se vigilante para evitar a proliferação do Aedes. Nesse contexto, temos nos esforçado na gestão estadual para desenvolver as ações na área da vigilância em saúde e fomentar os serviços de prevenção”, disse o secretário.

G1

sem comentário »

Câmara de São Luís homologa resultado de concurso

0comentário

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), homologou resultado final do concurso público realizado para provimento de cargos de nível médio e superior, além de cadastro de reserva, na estrutura administrativa da Casa de Leis.

O documento foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), na edição datada de 1º deste mês.

O referido documento e a lista final contendo os nomes dos aprovados estão disponíveis no www.camara.slz.br, no campo Concurso.

A homologação tratou-se de mais uma etapa do certame, cuja realização ficou sob a responsabilidade da Fundação Sousândrade, cumprida pela atual Mesa Diretora da Câmara.

Vale destacar que o concurso, segundo o seu edital, tem prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Foram oferecidas 116 vagas, cujos salários variam entre R$ 1.251,73 (nível médio) e R$ 2.565,05 (nível superior).

Os cargos de nível médio são: Assistente Administrativo, Técnico em Comunicação Social – Repórter Fotográfico, Téc. em Com. Social – Divulgação Institucional, Téc. em Com. Social – Rádio, Téc. em Com. Social – Relações Públicas, Téc. em Com. Social – Televisão e Téc. em Informática, Téc. em Assessoramento legislativo.

Para nível superior, os cargos são: Administrador, Analista de Informática Legislativa, Analista Legislativo, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Engenheiro Civil, Historiador, Jornalista, Psicólogo, Radialista, Relações Públicas, Tecnólogo em Recursos Humanos e Arquiteto, além de Procurador.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Números que animam e desafiam

0comentário

Por Felipe Camarão

Uma das frases do combativo líder norte-americano, Martin Luther King, que mais aprecio é: “Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo. ” Parafraseando, posso afirmar que o governador Flávio Dino deu o primeiro passo em 2015, quando assumiu o Governo do Estado, em meio a um triste e vergonhoso cenário que colocava o Maranhão nos últimos lugares no quesito educação.

O Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, divulgado pela ONG Todos pela Educação, na última semana, demonstrou, através de dados e evidências, que a educação do Maranhão avançou muitos degraus na escada da dignidade. Os números nos animam bastante – citarei alguns deles aqui – e também nos desafiam a lutar implacavelmente por essa causa que move nossa alma, que é a educação, como enfatiza o governador Flávio Dino.

No quadro de avanços, destaco a inclusão de crianças e adolescentes, com algum tipo de deficiência, em classes comuns. Do total de 40.162 matrículas desse público, no Maranhão, 37.305 estão em classes comuns e apenas 2.857, em classes especiais e escolas especializadas, de acordo com o Anuário.  Isso significa que demos um passo significativo rumo à inclusão, ou seja, mais de 90% dos estudantes frequentam uma escola regular, parte delas já atendidas pelo Programa Escola Digna, com acessibilidade (rampas, banheiros adaptados), uniformes com inscrição em Braille, formação docente, além dos profissionais para o atendimento educacional especializado, admitidos no concurso realizado no atual governo.

Os números da Educação Integral, no Maranhão, também são relevantes. Até 2014, não havia oferta de ensino integral na rede pública estadual. Ao assumir a gestão, o governador Flávio Dino determinou a implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) e dos Centros Educa Mais (escolas de ensino integral) que, juntos, somam 49 escolas em pleno funcionamento, com uma matrícula de mais de 15 mil estudantes, que ampliaremos no próximo ano.

Melhoramos a distorção idade-série (proporção de alunos com atraso escolar de 2 anos ou mais). Em 2014, o percentual era de 40,9%; em 2018, houve um decréscimo de 6,8%. O Maranhão foi bem avaliado nesse ponto, tanto para o Ensino Fundamental quanto para o Médio, acima da média nacional e a tendência é  reduzir mais ainda esse percentual.

O documento do ‘Todos pela Educação’, também, ratifica a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), com um salto de 2,8 em 2013 para 3,4 em 2017. No ranking dos estados do Nordeste, o ensino médio público estadual do Maranhão saiu do 5º lugar para o 3º, entre os 9 estados, ficando atrás apenas de Pernambuco e Ceará; melhoramos o rendimento dos estudantes (aprovação, reprovação e abandono), com taxas superiores à média do nordeste, entre outros indicadores que demandariam mais laudas para registrar.

Por outro lado, há muitos desafios e degraus para subir. Um deles é elevar a proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática, ainda abaixo da média nacional, mas que está sendo enfrentada com o Pacto pela Aprendizagem, com os municípios maranhenses, cujo foco está na Educação Infantil e Ensino Fundamental, onde se fazem necessários reforços na leitura, escrita e Matemática.

No Ensino Médio, priorizamos, como meta a curto prazo, fazer com que o estudante aprenda mais. Para isso, o governador Flávio Dino já determinou a garantia das condições necessárias à aprendizagem e ao bom desempenho no chão das escolas.

A melhoria nos indicadores, apontada pelo anuário, corresponde ao volume de investimentos do Programa Escola Digna, que visa transformar a vida dos maranhenses, com a oferta da educação pública de qualidade, em todos os níveis e modalidades de ensino.

Desde 2015, o governo vem empreendendo ações que passam pela requalificação dos espaços escolares, valorização do magistério, formação continuada de professores, alinhamento da proposta curricular da rede estadual, acompanhamento dos indicadores, implantação do Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (Seama) e outras medidas importantes.

Indubitavelmente, os números divulgados pelo anuário mostram que esse é o caminho para a transformação social; é a maior obra do governador Flávio Dino, que não é feita de asfalto ou concreto e, sim, de gente com mais dignidade, através da educação. Os números nos alegram, mas, também, incentivam-nos a trabalhar por mais avanços e combate às desigualdades sociais!

“Nós não somos o que gostaríamos de ser. Nós não somos o que ainda iremos ser.  Mas, graças a Deus, não somos mais quem nós éramos. ” Martin Luther King.

*Felipe Camarão é secretário de Educação do Maranhão

sem comentário »

Eudes Sampaio prestigia o tradicional Lava Bois

1comentário

Ribamarenses e turistas lotaram a Avenida Gonçalves Dias e o Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen para se despedir das festas juninas em São José de Ribamar. O tradicional Lava Bois, em sua 66ª edição, reuniu milhares de brincantes e simpatizantes durante este fim de semana.

O prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio, cumpriu extensa agenda para participar dos dois dias do Lava Bois, além dos arraiais fora de época e na tarde deste domingo caiu na avenida para prestigiar a apresentação do Boi de Ribamar, que arrastou uma multidão até o Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen.

Padrinho do Boi nesta temporada, o prefeito falou da emoção e gratidão de viver este momento:

“É muito gratificante estar aqui, no meio do nosso povo, sentindo a nossa cultura aflorar e perceber o tamanho da dedicação da nossa gente para manter viva essa tradição. Nosso compromisso é com toda São José de Ribamar e vamos continuar trabalhando para fortalecer nossa culturas e suas diversas manifestações”, disse.

Matracas, pandeirões e tambores ditaram o ritmo da festa. Às 19h do sábado (06) a festança foi aberta com o Tambor de Crioula Afro Aruanda, seguido da Dança Portuguesa Juventude de Portugal, Companhia de Dança Swing Louco, Quadrilha Juventude do Sertão e o Boi Tamarineiro, além da agitação no palco do Parque Municial, que ficou por conta da Banda Energia.

Quem levantou cedo, no domingo, acompanhou a chegada dos primeiros batalhões da Grande Ilha de São Luís. Maracanã, Maioba, Pindoba, Mata, Sítio do Apicum, Juçatuba e Panaquatira fizeram o arrastão na principal avenida da Sede da cidade. No palco, a animação foi garantida pelas bandas Samba de Boa e Dudu N’Gandaya.

Acompanhado de uma multidão, o Pai da Malhada (Boi de Ribamar) desfilou na avenida com suas toadas marcantes e conhecidas à tarde. Quando o cantador entoou “Negra Profecia”, principal toada cantada pelo saudoso João Chiador, o povo fez bonito e cantou junto. Foi de arrepiar, como prevê a canção.

A segurança na cidade foi reforçada para o período. Polícia e Bombeiros Militar, Guarda Civil Municipal, Bombeiros Civis e segurança privada trabalharam para manter a ordem e garantir a diversão segura de quem veio prestigiar a festa. Além disso, para garantir a urgência e emergência do público, a Prefeitura disponibilizou equipes médicas e ambulâncias do Samu em pontos estratégicos do circuito.

Fotos: Divulgação

1 comentário »

MP pede afastamento de secretários em Cedral

0comentário

A prática de nepotismo na Prefeitura de Cedral levou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a solicitar, em 2 de julho, em Ação Civil Pública, o afastamento dos secretários de Administração, Fernando Mota, e de Assistência Social, Gisele Gonçalves, dos cargos. Eles são, respectivamente, genro e filha do prefeito Jadson Passinho Gonçalves.

A nomeação de pessoas com relação direta de parentesco com gestores para cargos em comissão é proibida pela Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A ACP foi formulada pelo promotor de justiça Thiago de Oliveira Costa Pires, com base no Procedimento Administrativo nº 01/2017.

Parentesco

O prefeito também nomeou os secretários de Saúde, Alan Sérgio Gonçalves (sobrinho); de Educação, Delma Nogueira Gonçalves (sobrinha); Cultura e Turismo, Nize Amorim Gonçalves (sobrinha) e o chefe de gabinete, Jobson Gonçalves (filho).

O MPMA expediu Recomendações solicitando a exoneração dos parentes, mas Gisele Gonçalves e Fernando Mota permanecem nos cargos, sem qualificações para as funções.

A secretária de Assistência Social alegou ter a capacitação necessária ao cargo, apresentando cópia da carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do certificado de presença em palestra sobre responsabilidade civil, levando o MPMA a contestar a relação dos documentos com a atuação da secretaria de Assistência Social.

O secretário de Administração não apresentou nenhuma informação sobre sua qualificação para o cargo ocupado.

“A nomeação para o secretariado e para cargos em comissão do Município não guarda qualquer conexão entre o nível de formação do secretário e/ou agente público com o cargo a ser por ele ser exercido”, afirma o promotor de justiça. “O que se percebe é que a atual gestão tem colocado a relação familiar ou as relações pessoais acima do dever para com a sociedade de Cedral”.

Pedidos

Além do afastamento liminar de Gisele Gonçalves e Fernando Mota, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 1 mil, até o limite de R$ 500 mil, o MPMA também requer a proibição dos acionados de exercer qualquer função pública comissionada no Poder Executivo, enquanto tiverem parentesco com qualquer dos membros do Poder Executivo.

Como pedidos finais, o Ministério Público pede a proibição de nomear para cargos comissionados, nesta ou em administração futura, qualquer parente, até terceiro grau, de qualquer dos membros do Poder Executivo, sob pena de multa diária e pessoal ao prefeito no valor equivalente ao dobro da remuneração do(a) servidor(a) nomeado/contratado(a).

Requer, ainda, que o Município não contrate, em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, qualquer parente até terceiro grau com qualquer dos membros do Poder Executivo, sob pena de multa diária e pessoal ao Prefeito no valor equivalente ao dobro da remuneração estabelecida para cada servidor(a) indevidamente nomeado/contratado(a).

O MPMA também solicita a declaração de nulidade dos atos de nomeação e que os secretários abstenham de exercer funções públicas comissionadas no município de Cedral, enquanto mantiverem parentesco com o chefe do Poder Executivo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Jogador do Sampaio diz que foi chamado de ‘macaco’

0comentário

O Sampaio divulgou nota oficial condenando o ato criminoso cometido por um torcedor contra o zagueiro Odair, após a partida contra o Botafogo-PB, pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Além do Sampaio, o Botafogo condenou o ato racista. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não se manifestou sobre o assunto.

Odair foi chamado de “macaco’ no momento em que deixava o campo do Estádio Almeidão. O Sampaio venceu o jogo, por 2 a 1, e retornou ao G4. Veja a nota do Sampaio:

“Viemos através desta repudiar o que aconteceu ontem com o zagueiro Odair Lucas, que foi chamado de macaco por um torcedor do Botafogo-PB. Temos certeza que a maioria da torcida do Botafogo não aprova este fato, só que não podemos ficar calados, não é apenas um xingamento qualquer ao fim do jogo, é um crime cometido contra um ser humano. Não ao racismo”, diz o Sampaio.

A diretoria do Botafogo condenou o ato racista, mas disse que não flagrou e nem foi informado por jogadores adversários sobre ofensas.

“O Botafogo Futebol Clube vem a público repudiar veementemente quaisquer ofensas racistas que tenham sido proferidas a partir da arquibancada do Almeidão na noite de sábado (6). O clube tomou conhecimento do ocorrido a partir das redes sociais que um jogador do Sampaio Correa, Odair Lucas, afirmou ter sido agredido com ofensas racistas por um torcedor do Botafogo.

O clube reitera que tal atitude vai frontalmente de encontro aos valores defendidos pelo Botafogo, tais como o respeito e a diversidade nas arquibancadas do Almeidão ou de qualquer estádio. São valores inegociáveis para todos que fazem o clube e que devem refletir na postura dos nossos torcedores.

O relato da ofensa pegou a todos que fazem o clube de surpresa. Passamos por situações muito mais adversas no Almeidão e em nenhum momento flagramos ou fomos informados por jogadores adversários de ofensas racistas terem partido de algum torcedor do Botafogo em nossa história recente.

Somos do estado em que metade da nossa população é negra, somos nordestinos e sabemos que preconceito e discriminação não cabem mais na nossa sociedade. O Botafogo externa toda solidariedade ao atleta Odair Lucas.

O Botafogo somos todos nós, sem exclusão. Não ao racismo!”.

Foto: Elias Auê / Sampaio

sem comentário »