Sampaio Basquete vence, mas atuação preocupa…

0comentário

O Sampaio venceu o primeiro duelo no playoff pela semifinal da Liga de Bastque Feminino (LBF) contra o Santo André por 61 a 59, no ginásio do Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia, em Santo André.

A vitória parecia que seria mais tranquila pois o Sampaio vencia até o terceiro quarto com diferença de 12 pontos, mas novamente a equipe repetiu erros e o desequilíbrio que vimos em vários jogos na temporada e a vitória acabou sendo apertada, por apenas 2 pontos. com direito a muita emoção no fim, por conta do “apagão” das maranhenses.

Dos males o menor, pois o time maranhense volta para São Luís para um ou dois jogos contra o Santo André para definir a sua classificação para mais uma final da Liga.

Ficou mais do que claro que o Sampaio jogou como se já estivesse pensando na final. Mas não dá para pensar no duelo com Vera Cruz Campinas ou Uninassau, sem antes ter passado pelo Santo André.

O fato é que o Sampaio terá que mudar a postura e buscar manter o equilíbrio nesses jogos finais. Não é possível que a equipe não evolua ao ponto de repetir erros, principalmente no ataque como se ainda estivesse começando a temporada.

Ainda bem que vamos contar com um fator a mais para a segunda partida em casa que é a torcida. Na segunda-feira (15), às 19h30, no ginásio Costa Rodrigues a expectativa é que a casa esteja cheia e que o Sampaio volte a jogar o basquete que lhe colocou na condição de favorito na competição.

Não basta ser favorito no papel. É necessário mostrar e fazer valer esse favoritismo em quadra, por isso é necessário jogar mais basquete.

Foto: Jorge Bevilacqua

sem comentário »

Eliziane Gama critica aumento do fundo eleitoral

0comentário

“É contraditório e imoral”, afirmou a senadora e líder do Cidadania, Eliziane Gama, sobre a possibilidade do Congresso dobrar a verba destinada ao fundo eleitoral, em 2020.

A previsão está na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020, ano de eleições municipais, e será de até R$3,7 bilhões. Um grande aumento se comparado ao montante de R$1,7 bilhão destinado à eleição de 2018. Para a parlamentar, a proposta aparece em um momento inadequado e, se depender do partido, não passará.

“Estamos em um momento de contenção de gastos por conta da crise que vivemos. O cidadania fará alterações, fará emendas para impedir que algo desta natureza passe num momento econômico como este”, frisou a senadora maranhense.

Custeado com o dinheiro das emendas de bancada, o Fundo Eleitoral foi criado em 2017, quando ficou proibido o financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Juscelino assegura liberação de recursos para a UFMA

1comentário

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) vai receber R$ 5 milhões do Ministério da Educação (MEC) para custear a manutenção de serviços da instituição e pagamento de contas de energia dos campus e de fornecedores. O repasse foi possível devido à atuação do coordenador da bancada maranhense no Congresso, deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), que esteve reunido, na tarde desta quinta-feira (11), com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e com a reitora da UFMA, Nair Portela, pleiteando esse aporte financeiro para manter a instituição de ensino funcionando normalmente.

Ao tomar conhecimento da situação da universidade, Juscelino Filho entrou em contato com o ministro e agendou a audiência. O deputado expôs as dificuldades que estão sendo enfrentadas pela UFMA e solicitou auxílio do MEC para resolver a situação.

“Fomos procurados pela reitora e demandados sobre a situação atual da universidade. Imediatamente, acionei o ministro da Educação e expliquei toda a situação para ele. Prontamente, o ministro nos atendeu autorizando a liberação de R$ 5 milhões para a universidade. Esses recursos servirão para colocar em dia as contas de energia e alguns fornecedores e efetuar os pagamentos de serviços terceirizados para que a instituição seja mantida com funcionamento normal”, afirmou o deputado federal.

Juscelino Filho disse, ainda, que seu gabinete continuará de portas abertas para continuar lutando por investimentos para a educação do Maranhão. “Estamos atuando por meio do nosso mandato para ajudar o Maranhão e as instituições federais. A UFMA é uma instituição muito importante no Estado para a formação da nossa juventude e continuaremos não medindo esforços por mais investimentos”, concluiu.

Recursos para a educação

Esta não é a primeira vez que o deputado federal Juscelino Filho assegura recursos para custeio da educação. Em 2018, o parlamentar apresentou emenda para auxiliar os municípios brasileiros no funcionamento e na manutenção da rede de ensino pública.

Após aprovada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019, o MEC baixou portaria, no mês de março deste ano, para incluir entre os elementos financiáveis com recursos do orçamento impositivo, as emendas para custeio da educação já a partir de 2020.

A destinação de recursos para o custeio da educação vai seguir os moldes das emendas, também de custeio, indicadas para a área da saúde nos últimos anos. O Fundo Nacional de Saúde, por exemplo, já fazia com as chamadas emendas de custeio para PAB (Atenção Básica) e MAC (Média e Alta Complexidade).

Foto: Divulgação

1 comentário »

Edivaldo acompanha as Férias Culturais na Deodoro

0comentário

Ao lado do público, o prefeito Edivaldo Holanda Junior e a primeira-dama Camila Holanda acompanharam na noite desta quarta-feira (10) uma edição especial do Sarau Histórico no Complexo Deodoro, Centro Histórico de São Luís. A ação, da Prefeitura de São Luís, integra o programa Férias Culturais e é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur). Nesta edição, o Sarau teve como tema central os Bustos do Panteon, coleção de monumentos que homenageia 18 personalidades históricas maranhenses.

O Férias Culturais tem como finalidade proporcionar, no mês das férias escolares, opções para que moradores e turistas conheçam mais sobre a riqueza e as belezas de São Luís. Nesta sexta-feira a atração é o grupo Choro Regional Tira-Teima que se apresentará às 18h na praça da Mãe d´Água.

“Estamos no Férias Culturais e trazendo para a área central de São Luís várias atividades que permitem que as pessoas possam participar com suas famílias de um momento de lazer com tranquilidade. Esta edição especial do Sarau Histórico na praça do Panteon é um momento muito especial. Temos aqui um grande teatro a céu aberto, misturando cultura, literatura, música, poesia e muita beleza”, disse o prefeito Edivaldo.

Também prestigiaram a edição do Sarau Histórico do Férias Culturais, o presidente da Câmara de São Luís, vereador Osmar Filho, o superintendente regional do Iphan, Maurício Itapary, além de secretários municipais.

O Sarau Histórico, que nasceu no bojo do programa Reviva, da Secretaria Municipal de Turismo, nesta edição se deslocou do circuito da Praia Grande para o Complexo Deodoro, região que compreende as praças Deodoro e Panteon e as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro. O complexo foi totalmente revitalizado recentemente pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, que também são parceiros na obra de requalificação da Rua Grande que está sendo finalizada.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Claro incorpora oferta de produtos e serviços da NET

0comentário

A partir de agora, a NET está na Claro. Os serviços residenciais de TV por assinatura, telefonia e banda larga da NET passam a ser incorporados ao portfólio da Claro, consolidando a oferta multisserviço da marca que nasceu no Brasil e hoje está presente em vários países.

“A Claro, que é líder em telecomunicações na América Latina e a operadora que mais cresce no mercado móvel brasileiro, passa agora a deter também a liderança em TV por assinatura e banda larga no país. Ao concentrar os investimentos e atuação mercadológica, fica ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços”, destaca o presidente da Claro, José Antônio Félix.

A NET deixa de ser uma marca com atuação independente e passa a integrar o portfólio da Claro dando nome aos serviços voltados ao segmento residencial.

Os produtos e serviços voltados a pequenas e médias empresas passam a ser também consolidados no portfólio da Claro Empresas. Já no segmento corporativo, a Embratel segue sendo a marca da Claro dedicada às soluções que incluem aplicações em nuvem, segurança digital, IoT e serviços de TI.

Para tranquilidade e conforto dos clientes, os planos e canais de atendimento permanecem os mesmos. Lojas, sites e aplicativos serão atualizados para facilitar a interação e comunicar a novidade.

O Claro Clube passa a ser um programa integrado de benefícios para todos os clientes da Claro. O Claro Clube oferece descontos para teatro e cinema, além de permitir acúmulo de pontos e troca por aparelhos, serviços, passagens, e outros benefícios.

Comunicação reforça posicionamento da Claro

A Claro planejou uma estratégia de comunicação integrada com o objetivo de posicionar a companhia para oferecer as melhores e mais inteligentes soluções para seus clientes.

 “É uma Claro muito mais completa, que oferece a melhor conectividade ao cliente, na fibra e no 4.5G. Que permite falar ou navegar, dentro ou fora de casa, no Brasil ou no exterior. E leva o melhor conteúdo para todas as telas. Uma Claro pronta para fazer o próximo novo acontecer”, afirma Paulo Cesar Teixeira, CEO da unidade de Consumo e PME da Claro.

Para representar o movimento de transformação, o apresentador Tiago Leifert será o porta-voz da comunicação que explica a ampliação da marca ao assumir também o portfólio de serviços residenciais.

Nesta ação, a esfera da Claro se expande ao receber os produtos da NET, em uma solução simples e visual, que entrega a mensagem de forma direta e objetiva. A mesma animação será a nova assinatura, reforçando a ideia de integração do portfólio e ampliação e alcance da marca.

Confira o filme da campanhahttps://www.youtube.com/watch?v=YqgwbLAaj0U

Um movimento planejado e pronto para o futuro

A Claro e a NET fazem parte da mesma empresa desde 2015. Antes disso, em 2011, haviam lançado o Combo Multi, oferta integrada de serviços das duas marcas. A consolidação de toda a oferta de serviços na marca Claro é um movimento alinhado às tendências tecnológicas apontadas para o setor.

Em breve, o Brasil terá a chegada do 5G, a mais nova tecnologia de conectividade móvel que promete transformar definitivamente a forma como as pessoas se relacionam, trabalham e se divertem.  A tecnologia 5G permitirá velocidades de conexão móvel muito maiores, com tempo de resposta muito menor. Com milhões de pessoas e dispositivos conectados, haverá um salto em automação e operação autônoma de máquinas, viabilizados pelo uso intensivo de aplicações baseadas em inteligência artificial.

Aplicações avançadas de realidade virtual e realidade aumentada também farão parte do dia a dia, enriquecendo as experiências de educação e entretenimento, que se tornarão interativas e imersivas.

Tudo isso chegará através das redes móveis, que precisarão multiplicar a quantidade de antenas de transmissão e conectá-las via fibra óptica para garantir capacidade de transmissão necessária.

A Claro está preparada para o 5G e para levar o futuro a seus clientes: “Estamos juntando conteúdo, tecnologia de ponta, fibra óptica e mobilidade, um passo fundamental e definitivo para preparar a Claro para continuar levando o novo para os nossos clientes. O mundo continuará evoluindo numa velocidade sem precedentes, assim como nossas soluções”, afirma Marcio Carvalho, diretor de Marketing da Claro.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Osmar Filho homenageia Defensoria Pública do MA

0comentário

Em sessão solene realizada nesta quinta-feira (11), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), homenageou os dezoito anos de atuação da Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA).

Treze defensores públicos e 28 servidores foram condecorados. Foi a primeira vez que o Poder Legislativo ludovicense prestou homenagem ao órgão.

Para Osmar Filho, a Defensoria é o órgão que acolhe a população, assegurando os direitos de todos os cidadãos, em especial os mais pobres.

“É importante homenagear aqueles que ajudaram a construir a história da Defensoria. E ao mesmo tempo, é uma maneira de reconhecer os valiosos serviços oferecidos pela instituição em quase vinte anos de atuação, principalmente em São Luís’’, enfatizou o parlamentar.

O defensor público-geral, Alberto Pessoa Bastos, afirmou que o reconhecimento da Câmara para com a instituição soma-se à gestão moderna e de dialógica do presidente Osmar Filho.

“É relevante destacar que a gestão do presidente Osmar Filho tem sido marcada pelo diálogo recorrente com as parcerias institucionais firmadas principalmente com a Defensoria em prol de trabalhos conjuntos que poderão agregar no desenvolvimento da cidade. Orgulha-nos essa homenagem e ficamos lisonjeados pela valorização e visibilidade à essência humana com que trabalha o órgão’’, destacou.

Participaram da solenidade os vereadores Pavão Filho (PDT), Marquinhos (DEM), Sá Marques (PHS), Cezar Bombeiro (PSD), Beto Castro (PROS), Ricardo Diniz (PRTB),  Nato Júnior (PP), Barbara Soeiro (PSC), Concita Pinto (Patriotas) e Paulo Victor (PTC); o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão, Thiago Diaz; o promotor de Justiça Márcio Tadeu Silva Marques; e o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral, Tyrone José Silva.

Fotos: Paulo Caruá

sem comentário »

Gastão Vieira pede apoio pequenas e médias empresas

0comentário

Durante audiência realizada nesta terça-feira (9) com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o deputado federal Gastão Vieira (PROS-MA) solicitou o apoio financeiro, tecnológico e abertura de mercado internacional para pequenas e médias empresas do Brasil, em especial do Estado do Maranhão. “Tive uma longa reunião com o pessoal do BNDES para discutir cenários para a pequena e média empresa, e estamos articulando uma reunião em São Luís, em que vamos discutir todas essas questões, vendo de que forma nós podemos passar para as pequenas e médias empresas linhas de crédito e de financiamento para que elas possam ter tecnologias adaptadas ao seu pequeno negócio”, afirmou o deputado.

O parlamentar acredita que o desenvolvimento do Nordeste ou de qualquer plano de desenvolvimento da região terá de vir das pequenos e médias em empresas. “Os incentivos para grandes empresas vão permanecer. Mas o centro de tudo vai ser a pequena e média empresa. Se elas tiverem apoio tecnológico, crédito, abertura de mercado externo, vão efetivamente compor a espinha dorsal desse novo Plano de Desenvolvimento do Nordeste”, argumentou Gastão.

Na ocasião, Gastão propôs ainda, uma visita da direção técnica do banco a São Luís (MA) para um debate com empresários maranhenses de diversos ramos, entidades classistas e instituições financeiras para aprofundar a discussão sobre o tema.

O deputado reforçou a necessidade de discutir a questão da exportação de pequenos negócios maranhenses. “Devemos encontrar meios para que os pequenos e médios empresários tenham um mercado externo para exportar seus produtos para diversos países, ou seja, sair desse mercado de consumidor local, que é importante, mas que no fundo não resolve muito. Devemos pensar e chegar a outros mercados”, frisou o parlamentar ao adiantar que a ideia foi muito bem recebida pelos dirigentes do BNDES.

As reivindicações de Gastão Vieira foram feitas aos chefes dos Departamentos de Assuntos Legislativos e de Fomento do BNDES, Victor Alexander Burns e Gustavo Gimenez, respectivamente. O encontro aconteceu no gabinete do deputado em Brasília.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Gil Cutrim esclarece voto na Reforma da Previdência

0comentário

O deputado federal Gil Cutrim (PDT) divulgou nota na qual pontuou os motivos pelos quais votou a favor da Reforma da Previdência, ontem, em Brasília.

De acordo com o pedetista, após análise de cada ponto contigo na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) enviada a Câmara, vários deles foram corrigidos, como mudanças previstas na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e deficientes de baixa renda; e do regime de capitalização que o Governo queria criar, o que tiraria das empresas a responsabilidade pela aposentadoria do trabalhador.

“É importante que a população saiba que para que nosso país volte a crescer reformas estruturais precisam ser realizadas independentemente das ideologias partidárias. É preciso que nós, da classe política, enxerguemos só o povo como prioridade, nossas vaidades não podem ser um impeditivo para avançar. Nosso principal objetivo deve ser uma agenda positiva que vise a geração de emprego e renda e o bem-estar dos brasileiros .A Reforma da Previdência é uma medida dura, porém fundamental à retomada da economia. A previsão é que o país economize R$ 1,071 trilhão em dez anos. Respeito muito o meu partido PDT e corroboro com o que há de melhor em defesa do trabalhador brasileiro. Mas farei uma oposição que pensa no melhor para o país! Não farei uma política raivosa, e sim com bom senso, pensando sempre no compromisso em trazer o bem-estar à população”, afirmou Cutrim.

Abaixo, leia a nota na íntegra:

É importante que a população saiba que para que nosso país volte a crescer reformas estruturais precisam ser realizadas independentemente das ideologias partidárias. É preciso que nós, da classe política, enxerguemos só o povo como prioridade, nossas vaidades não podem ser um impeditivo para avançar. Nosso principal objetivo deve ser uma agenda positiva que vise a geração de emprego e o bem-estar dos brasileiros. A reforma da Previdência é uma medida dura, porém fundamental à retomada da economia. A previsão é que o país economize R$ 1,071 trilhão em dez anos.

Analisamos com bastante critério cada ponto contido na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) enviada à Câmara dos Deputados pelo Governo. Junto com o meu partido PDT, rejeitamos o texto inicial e brigamos para que fossem retiradas mudanças que estavam previstas na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e deficientes de baixa renda. Se esse idoso não tivesse tempo mínimo de contribuição para se aposentar pelo regime geral ao atingir 65 anos, ele deveria continuará recebendo R$ 400 até completar 70 anos, o que seria desumano. Essas foram propostas do Governo que conseguimos corrigir. Saliento que além da importância para os beneficiários, entendo que manutenção desse benefício é fundamental para economia dos pequenos municípios.

A mudança na aposentadoria rural foi um outro ponto crítico de contribuição da desigualdade que batalhei pessoalmente através de emenda para que fosse modificado do texto original. De acordo com o IBGE, são 8 milhões de brasileiros acima de 65 anos que vivem da agricultura familiar, são eles os trabalhadores rurais e estão enquadrados na categoria do INSS como “segurados especiais”, incluindo os pescadores, extrativistas vegetais e indígenas, neste grupo.

Pelo texto, a idade mínima fica mantida em 55 anos para mulheres e 60 para homens. Pelo Governo, o trabalhador rural não poderia se aposentar por idade sem nunca ter contribuído.

Outro item importante que corrigimos foi a do regime de capitalização que o Governo queria criar, o que tiraria das empresas a responsabilidade pela aposentadoria do trabalhador.

Por fim, deixo claro que minha decisão durante a votação da reforma da Previdência foi por entender este é o caminho para o avanço do Brasil, com a diminuição das desigualdades do atual sistema que faz com que os mais necessitados sustentem os mais ricos. Repito, é uma mudança dura, mas necessária para retomarmos o avanço que todos queremos para o país.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Previdência: maioria da bancada do MA vota a favor

0comentário

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, nesta quarta-feira (10), o texto-base da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Foram 379 votos a favor e 131 contra a matéria.

Dos 18 deputados federais maranhenses, 14 votaram a favor da proposta de Reforma da Previdência. Apenas 4 votaram contra.

Votaram a favor, os deputados Aluísio Mendes (Podemos), André Fufuca (PP), Cléber Verde (PRB) , Edilázio Júnior (PSD) , Gastão Vieira (PROS), Gil Cutrim (PDT), Hildo Rocha (MDB), João Marcelo Souza (MDB) , Josimar Maranhãozinho (PL), Júnior Lourenço (PL) , Juscelino Filho (DEM) , Marreca Filho (Patriota), Pastor Gildenemyr (PL) e Pedro Lucas Fernandes (PTB)

Os votos contra foram de Bira do Pindaré (PSB), Eduardo Braide (PMN), Márcio Jerry (PCdoB) e Zé Carlos (PT).

Leia mais:

Veja como os deputados votaram no texto-base da reforma da Previdência

Veja os principais pontos do texto-base aprovado

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Hildo Rocha preside Comissão da Reforma Tributária

0comentário

O deputado Hildo Rocha (MDB-MA) foi eleito presidente da Comissão Especial da Reforma Tributária e o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), o relator do colegiado. A comissão foi instalada nesta quarta-feira (10). A comissão tem como missão debater a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 45/19), que propõe a reformulação de todo o sistema tributário do País. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, participou da reunião que marcou o início dos trabalhos que serão liderados pelo deputado Hildo Rocha.

Rocha afirmou que vai garantir a participação de todos os integrantes da comissão para produzir um texto de consenso e que atenda às necessidades da população. Segundo o parlamentar, os trabalhos no colegiado devem durar cerca de três meses.

“Nosso sistema está ultrapassado, a Constituição não alterou e já passou da vez de se modificar. O sistema é injusto, no que se refere à cobrança de tributos, sobretudo, em relação ao consumo”, explicou.

De autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), a proposta acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue também o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos esses tributos incidem sobre o consumo. No lugar, é criado o IBS – Imposto sobre Operações com Bens e Serviços, de competência de municípios, estados e União, além de um outro imposto, sobre bens e serviços específicos, esse de competência apenas federal.D

Hildo Rocha enfatizou que o sistema tributário brasileiro é injusto porque penaliza os mais pobres. “Pretendemos fazer uma reformulação completa no sistema tributário a fim de acabar com a injustiça existente. Hoje os pobres pagam mais do que os ricos. Nós vamos simplificar o sistema para diminuir os custos das empresas, acabar com a sonegação e assim proporcionar aos estados e municípios condições de prestarem serviços públicos de qualidade”, destacou o parlamentar.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »