Sampaio perde mais uma na Série B

12comentários
SampaioeParana

Sampaio perde para o Paraná Clube no Castelão por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro Série B

Ainda não foi desta vez que o Sampaio conquistou a primeira vitória no Campeonato Brasileiro Série B. Em sua terceira partida na competição o time maranhense sofreu mais uma derrota, a segunda diante da sua torcida.

O Sampaio estreou sendo goleado pelo Vasco, diante de mais de 32 mil torcedores no  Castelào. Na segunda rodada perdeu para o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis,

Pela terceira rodada, o Sampaio perdeu para o Paraná por 2 a 1, sob o olhar do novo técnico Wagner Lopes que acompanhou a partida do setor de cadeiras.

O Paraná abriu o placar num frangaço do goleiro Ruan. O meia Nádson, ex-Sampaio chutou de longe e o goleiro do Sampaio nào conseguiu defender.

O gol de empate do Sampaio saiu no segundo tempo. Pimentinha faz a jogada pela direita e Felipe Costa aparece para mandar para o gol do Paraná.

Quanto tudo levava a crer que a partida terminaria empatada, a defesa do Sampaio vacilou e o baixinho Robson fez 2 a 1. Com a derrota, o Sampaio segue na lanterninha e até agora não pontuou.

O Sampaio volta a jogar na sexta-feira, às 21h30, contra o Náutico, na Arena Pernambuco, em Recife.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

12 comentários »

Secretária deve explicar ‘feudo’ de Waldir

0comentário
AndreaMuraddeputada

Andrea Murad quer saber os detalhes sobre o expediente dos indicados de Waldir Maranhão

A deputada Andrea Murad (PMDB) entrou com mais um requerimento pedindo que a Assembleia Legislativa convocasse a titular da Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Flávia Alexandrina, para explicar as nomeações das irmãs de Waldir Maranhão e mais 6 doadores de campanha no órgão.

Segundo o requerimento da deputada, ela quer saber a função dos nomeados, os detalhes sobre o expediente dos indicados de Waldir e os pagamentos feitos sem empenho no órgão. Mas antes que o requerimento fosse colocado em votação, a Comissão de Obras da Assembleia fez um convite à secretária para que prestasse esclarecimentos à Comissão. Para Andrea Murad, uma forma de evitar maiores constrangimentos à Flávia Alexandrina.

“Foi pedido que eu retirasse o meu Requerimento para que a Flávia Alexandrina não viesse a esta Assembleia, para que não a convocassem. Não estou fazendo nada além do meu papel de deputada. Então, não retirei meu Requerimento, bolaram agora para ela vir na Comissão de Obras, que ótimo que ela vem, que ótimo que ela vai tirar todas as dúvidas. Espero que ela realmente consiga dar as respostas do porquê que a Secretaria das Cidades hoje é um feudo de Waldir Maranhão”, disse Andrea Murad.

Já o requerimento convocando ainda o reitor da Uema mais uma vez foi adiado por falta de quórum regimental. Já são 3 sessões em que o requerimento não é votado. Na sessão desta terça (24), outros projetos ainda foram aprovados na ordem do dia com a presença de 23 deputados, logo depois 4 se retiraram do plenário impedindo que o requerimento mais uma vez fosse à votação.

“Mais uma vez hoje o plenário da Assembleia esvaziou para não mostrar a cara de quem tem a coragem de votar contra esta imoralidade de não aprovar um simples requerimento pedindo a convocação do Reitor da Uema para vir a esta Assembleia dar as informações que devem ser esclarecidas para blindar Waldir Maranhão por ordem do governador”,discursou.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

sem comentário »

Wagner Lopes é o técnico do Sampaio

0comentário
WagnerLopes

Último clube dirigido pelo novo técnico do Sampaio, Wagner Lopes foi o Atlético-GO

Com pressa para estancar a crise que toma conta do clube após uma sequência de derrotas e perder o título do Campeonato Maranhense para o maior rival, o Sampaio desistiu de esperar o técnico Léo Condé e confirmou o acerto com Wagner Lopes.

Pela manhã, o presidente Sérgio Frota ainda tinha a esperança de acelerar a chegada de Léo Condé que teria pedido 20 dias para se apresentar ao clube.

Frota também afirmou ter procurado o ex-treinador do Campinense Francisco Diá.

Mas a prioridade era como o clube está sem treinador desde a semana passada, após a demissão de Petkovic, o Sampaio fechou com Wagner Lopes.

O último clube do novo treinador do Sampaio foi o Atlético-GO, mas Wagner Lopes já trabalho no Goiás, Bragantino, Criciúma, São Bernardo e Botafogo-SP.

Wágner Lopes já estaria em São Luís para acompanhar a partida contra o Paraná, nesta terça (24), às 19h15, no Estádio Castelão, em São Luís.

Foto: Globoesporte.com

sem comentário »

Adriano Sarney critica governo Dino

0comentário

AdrianoSarneydeputado

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) ressaltou, nesta terça-feira (24), o agravamento da crise na Segurança Pública estadual nos últimos dias.

Ele lembrou que fez o alerta em 2015 para a necessidade de reforçar o aparato policial na Ilha, convocando tropas da Força Nacional, mas que teve seu requerimento rechaçado pelo governo e rejeitado na Assembleia, na época.

“O governador Flávio Dino (PCdoB) deixou chegar a essa situação extrema para solicitar o apoio da Força Nacional. Desde o ano passado eu venho lutando, com muito afinco, para que tropas federais venham para o Maranhão. Mas o governador trabalhou pessoalmente contra o meu requerimento na Assembleia”, disse Adriano.

Desde quinta-feira (19) a população vive sob clima de insegurança com sucessivos ataques (incêndios) criminosos a ônibus na Ilha.

Na tentativa de reagir à onda de violência, todo contingente policial foi colocado nas ruas. Entretanto, isso não foi suficiente para deter os ataques, que continuaram nos dias seguintes. Até domingo (22), foram registrados sete incêndios a ônibus e outras oito tentativas de incêndio.

O governo divulgou que a ordem dos ataques partiu de lideranças criminosas que estão presas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Houveram prisões de suspeitos nas ruas durante o fim de semana, mas isso não foi o bastante para deter os ataques.

Foto: Kristiano Simas/ Agência Assembleia

sem comentário »

‘Não se pode perder para o Moto’, diz Petkovic

23comentários
Petkovic

Ex-treinador Petkovic criticou a estrutura do Sampaio em entrevista no Rio de Janeiro

O ex-técnico do Sampaio Petkovic falou pela primeira vez sobre a sua saída do Sampaio.

Em entrevista ao Extra, Petkovic atribuiu a queda à perda do título do Campeonato Maranhense para o Moto. ” Lá, não se pode perder para o Moto”, disse.

O sérvio não poupou as críticas ao Sampaio. “Não tem nem médico no clube. O presidente me demitiu, me elogiando”, afirmou.

Veja o que Petkovic disse sobre o Sampaio:

“Fiquei lá 70 dias. Simplesmente, o trabalho foi mostrado e elogiado. O time estava jogando bem melhor, tivemos bons jogos. Até a semana passada, tínhamos aproveitamento de 80%. Aí, você perde dois jogos seguidos, cai para 60 e pouco, perde um Estadual, leva um pênalti e um gol de bola parada, e é eliminado. Conseguimos fazer muita coisa. Não tem nem médico no clube. O presidente me demitiu, me elogiando: “Mas perdemos o Estadual”, ele disse. Dentro da paixão, não se pode perder o Estadual. Não saí chateado pois sabia que isso ia acontecer. Lá, não se pode perder para o Moto (Club). A rivalidade é muito grande”.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

Leia mais

23 comentários »

Mantida prisão de envolvidos em ataques

0comentário

Incendioaonibus

A Justiça decretou a prisão preventiva dos acusados de envolvimento nos incêndios a ônibus em São Luís, que tiveram as prisões em flagrante encaminhadas pela Polícia Civil à Central de Inquéritos e ao Plantão Judiciário do Fórum Desembargador Sarney Costa, desde a última sexta-feira.

Dos seis adultos – quatro homens e duas mulheres – presos em flagrante na madrugada de sexta-feira (20), todos tiveram suas prisões preventivas decretadas pela juíza da Central de Inquéritos, Andréa Maia, atendendo requerimento do Ministério Público, e foram encaminhados ao presídio. Os acusados foram ouvidos em audiência de custódia na manhã de ontem (23), no Fórum de São Luís.

Eles foram presos por suposta participação nos incêndios ocorridos na noite de quinta-feira (19) em diferentes pontos da cidade. No carro em que estavam os suspeitos foram encontrados um galão com combustível (gasolina), isqueiro, faca, aparelho de telefone celular, drogas e outros objetos. Conforme consta nos autos, todos são integrantes da facção Bonde dos 40. A juíza informou que, diante das evidências de envolvimento dos acusados e para garantir a ordem pública, foi decretada a prisão preventiva dos acusados presos em flagrante.

O plantão judiciário, na noite do último dia 20 (sexta-feira), recebeu autos de prisão em flagrante de mais sete acusados de participação nos incêndios e todos tiveram decretada a prisão preventiva. Os acusados possuem antecedentes criminais. Nos autos de prisão consta que a ordem para os ataques a ônibus partiu de dentro da Penitenciária de Pedrinhas.

Nos dias 20 e 21 (sexta-feira e sábado) também foram apreendidos dois adolescentes acusados de envolvimento nesses episódios. Após audiência de custódia, com a presença do Ministério Público e Defensoria Pública, realizada ontem (23), em que foi ouvido o acusado de 17 anos, apreendido na madrugada de sexta-feira, na companhia de seis adultos, o juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude, José dos Santos Costa, não decretou a internação provisória do menor, por concluir que não havia indícios de sua participação nos incêndios.

O outro adolescente, apreendido pela polícia no sábado (21), foi liberado pelo Ministério Público, no plantão criminal, e entregue à família. Nesse caso também foi verificado que não havia indícios de participação nos episódios de incêndio a ônibus. Os processos envolvendo os dois adolescentes, segundo o juiz José dos Santos Costa, continuam em tramitação e serão entregues ao Ministério Público que decidirá se ingressa com representação contra os adolescentes.

Divulgação de informações incorretas– circula nas redes sociais na internet uma noticia de janeiro de 2014, como se fosse referente aos presos envolvidos nos incêndios a ônibus em São Luís na semana passada. A informação da noticia refere-se à decisão da juíza Lewman de Moura Silva, na época auxiliar da 1ª Vara Criminal de São José de Ribamar, determinando a soltura de dois homens suspeitos de participação nos ataques a ônibus na Vila Sarney Filho, que resultaram na morte da menina Ana Clara Souza. Na ocasião, o Ministério Público Estadual divulgou nota, explicando os motivos que levaram os promotores de Justiça a não denunciar os dois acusados. Conforme a nota, não havia nos autos provas testemunhais ou materiais da participação deles no delito, razão pela qual o Ministério Público não os denunciou.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

sem comentário »

Força Nacional chega ao Maranhão

0comentário

ForcaNacional

Já está no Maranhão parte da tropa da Força Nacional de Segurança Pública que vai ajudar no policiamento das ruas de São Luís.

Por volta de 14h30, chegou o primeiro comboio com quarenta e oito homens. O restante é aguardado para chegar no fim da tarde de hoje.

Ao todo serão 128 homens da Força Nacional ajudando no patrulhamento das ruas.

O pedido da Força Nacional de Segurança Pública foi feito pelo governador Flávio Dino (PCdoB) ao Ministério da Justiça depois que São Luís começou a ser tomada por uma onda de ataques a ônibus.

De quinta-feira até hoje (24), foram registrados dezesseis ataques a ônibus em São Luís, sendo que sete foram totalmente incendiados.

Foto: Jéssica Melo/ TV Mirante

sem comentário »

Ponto para a Prefeitura de São Luís

0comentário
Ecopontos

Prefeitura de São Luís investe em Ecopontos para combater descarte irregular de resíduos

Já está em pleno funcionamento o primeiro Ecoponto de São Luís. Localizado na avenida dos Africanos, o espaço disponibilizado pela Prefeitura à população é destinado à entrega voluntária de materiais descartáveis e inservíveis não recolhidos pela coleta convencional de lixo, combatendo, assim, o descarte irregular de resíduos na capital maranhense.

A previsão é que sejam implantadas 10 unidades do tipo – todas em pontos da cidade que sofram com o descarte irregular. Outros três novos Ecopontos já estão em fase de implantação na área Itaqui-Bacanga, no Bequimão e no Turu. Os produtos recicláveis coletados nesses pontos serão enviados a cooperativas de reciclagem. Já os produtos orgânicos e inertes (madeiras, resíduos de construção civil, vidros, plásticos, latas de alumínio, etc.) serão encaminhados para destino final adequado.

A iniciativa integra a política de resíduos sólidos implantada na administração do prefeito Edivaldo, visando à melhoria da gestão integrada de resíduos na capital, para que a coleta do material descartado na cidade tenha destinação final ambientalmente adequada. A medida reforça as ações desenvolvidas pela Prefeitura na área da limpeza pública em São Luís, uma das primeiras capitais brasileiras a se adequar ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

(mais…)

sem comentário »

Paço do Lumiar abre seletivo para médicos

0comentário

A Prefeitura de Paço do Lumiar anunciou a realização de um seletivo para a contratação temporária de médicos. O edital nº02/2016, que trata das normas do Processo Seletivo Simplificado para admissão temporária de médicos já está disponível na página da prefeitura na internet.

Estão sendo disponibilizadas um total de 15 vagas, sendo 8 para contratação imediata e mais 7 para cadastro de reserva, distribuídas nas especialidades de Clínico Geral (10), Cardiologista (2), Geriatra (1) e Pediatra (2). A remuneração mensal varia entre R$ 2.642,48 a R$ 3.523,30, de acordo com a especialidade e a carga horária de trabalho.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas nos dias 6 e 7 de junho, mediante a entrega de títulos na sede Secretaria Municipal da Saúde (Semus), localizada na Avenida 13, CSU – s/nº, Maiobão, no horário das 8 às 14h. No ato da inscrição, os candidatos devem apresentar RG, CPF, documentos de comprovação de títulos e de experiência profissional, juntamente com a ficha preenchida corretamente.

A análise e seleção dos candidatos ocorrerão com a avaliação curricular de títulos e da experiência profissional. O resultado preliminar está previsto para ser divulgado até o dia 8 de junho.

A jornada semanal de trabalho será de 40 horas semanais para clínico geral e de 30 horas para as outras especialidades. A contratação terá prazo determinado de 12 meses, podendo ser prorrogada por igual período. Para mais informações acerca do certame, acessar o edital pelo site www.pacodolumiar.ma.gov.br.

sem comentário »

Wellington pede reforço na Segurança

0comentário
WellingtondoCurso

Deputado estadual Wellington do Curso (PP)

Durante pronunciamento, na tarde desta segunda-feira (23), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna para cobrar que suas solicitações em defesa da Segurança Pública no Maranhão sejam colocadas em prática. Para Wellington, o atual contexto presenciado pelos maranhenses revela a pertinência de se convocar mais policiais, implantar Unidades de Segurança Comunitária, dentre outras medidas.

“Nossa preocupação, desde o início do mandato, foi e é em defesa do povo do Maranhão. Como cidadão, eu sempre tive a preocupação quanto à insegurança. Como parlamentar, encarei como um desafio cobrar medidas que combatam a violência em nosso estado. Por isso, várias e várias foram as vezes em que solicitei a convocação de policiais militares, policiais civis e, ainda, a implantação de Unidades de Segurança Comunitária. Se tais medidas já tivessem sido adotadas, talvez hoje nossa população não estivesse refém da violência que, ultimamente, ‘dominou’ nossa cidade.”,

Ao ser questionado sobre a onda de violência que assombra, principalmente, São Luís, o deputado Wellington mencionou que não há de se falar em solução imediata, já que a violência é um “problema estrutural”.

“Nós não podemos fechar os olhos e iludir a população afirmando que o problema da violência será solucionado em nossa capital. Não, enquanto a educação não for priorizada, a saúde for negada e a geração de emprego e renda for inexistente, nós teremos sim que conviver com a criminalidade. Precisamos sim investir em Segurança Pública, óbvio, mas não podemos esquecer que a violência é um problema estrutural: decorre da ineficácia das políticas públicas. Caso não concedamos oportunidades aos jovens, nós continuaremos perdendo para a criminalidade. O Estado precisa entender que ações de Segurança devem ser colocadas em prática sempre, e não apenas quando ônibus forem incendiados.”, concluiu.

sem comentário »