Edivaldo reage a ação de empresários

9comentários
EdivaldoHolandaJunior

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT)

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) se manifestou com preocupação no tweeter após tomar conhecimento de notícias sobre uma possível ação de empresários na Justiça para tentar barrar a licitação do transporte lançada em março pela Prefeitura de São Luís.

“Recebo com muita preocupação notícias de que há tentativas estranhas para atrapalhar a licitação di sistema público”, disse.

Edivaldo reforçou a importância da licitação para melhorar o serviço de transporte público na Capital.

“Não recuarei na missão que o povo de São Luís a mim confiou e a licitação do transporte vai resolver um crônico problema da nossa cidade”.

O prefeito de São Luís finalizou afirmando que acredita na Justiça e que esta vai confirmar o processo transparente.

“Acredito na Justiça e esta verificará a lisura do processo que se deu de forma transparente e honesta para beneficiar a população˜, finalizou.

9 comentários »

Prefeitura leva serviço ao Monte Castelo

1comentário
EdivaldoHolandaJunior

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) acompanha as edições do projeto Todos por São Luís

A caravana itinerante do programa “Todos por São Luís”, projeto executado pela Prefeitura da capital, vai prestar novos atendimentos neste sábado (7), desta vez no bairro do Monte Castelo com a presença do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e da primeira-dama, Camila Holanda .

Em sua 27ª edição, as ações sociais do programa estarão concentradas no Largo da Conceição e nas escolas públicas Barbosa de Godóis e Nossa Senhora Aparecida, das 9h às 14h.

Nesta edição, o programa conta a participação do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), novo parceiro institucional do evento, que vai oportunizar aos visitantes informações relativas a documentações de trânsito e desenvolver ações educativas na área.

Igualmente às edições anteriores, a culminância da programação contempla ações nas áreas de saúde, esporte e lazer; cultura, arte e educação; cidadania, agricultura, entre outras, tendo como principal objetivo oferecer à população serviços básicos essenciais e aproximar a Prefeitura de São Luís da comunidade local.

Além do Monte Castelo, outros bairros circunvizinhos serão contemplados pelas ações do programa, entre eles o Apeadouro, Bom Milagre, Vila Passos, Fé em Deus, Retiro Natal, Baixinha e Bom Jesus.

(mais…)

1 comentário »

Maranhão: ‘Vocês vão se surpreender comigo’

1comentário
WaldirMaranhãodeputado

“Vocês vão se surpreender comigo”, disse em entrevista o deputado Waldir Maranhão

00Preocupado com a avaliação dos pares de que não teria “condições” para exercer a presidência da Câmara, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA) tentou demonstrar otimismo na reunião nesta quinta (5) com alguns líderes partidários e membros da Mesa Diretora da Casa.

“Vocês vão se surpreender comigo”, afirmou a eles, segundo relatou à repórter Nathalia Passarinho, do G1, um deputado que participou da reunião.

Mas, logo depois, na mesma reunião, o presidente interino da Câmara fez um pedido que gerou risos entre os parlamentares.

Maranhão perguntou se seria possível levar adiante uma pauta de votações “leve” para o plenário nas próximas semanas.

Os demais deputados explicaram então que, no atual momento de turbulência, não haveria espaço para isso.

Aliado de Cunha, mas contrário ao impeachment de Dilma Rousseff, Waldir Maranhão tem atuação discreta na Câmara. Só se pronunciou no plenário uma vez este ano, exatamente quando proferiu voto contra a continuidade do processo de afastamento da presidente.

Foto: Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

Leia mais

1 comentário »

Dirigentes reagem a mudanças no Nordestão

2comentários
dirigentes

Antônio Américo, Hans Nina e Sérgio Frota

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) e dirigentes dos dois representantes maranhenses na Copa do Nordeste em 2017, Sampaio e Moto Club se posicionaram contrários à tentativa de redução no número de clubes na competição, medida que atingiria o futebol maranhense.

A ideia foi levantada por dirigentes das federações do Ceará, Bahia e Pernambuco e é considerada “elitista” por parte do presidente da FMF, Antonio Américo.

“A ideia elitista de Bahia, Vitória, Fortaleza, Ceará, Náutico, Sport e Santa Cruz era para que só fossem para a Copa do Nordeste os campeões estaduais (nove times) e os demais seriam classificados por meio de ranking, o que não é justo. Depois sugeriram que as vagas fossem definidas por ranking de federações. O Maranhão não seria prejudicado, mas Sergipe e Piauí perderiam vagas e nós não concordamos”, disse o presidente.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse que não aceitará qualquer mudança que prejudique o futebol do Maranhão.

“Os clubes do Maranhão e Piauí agregam muito à competição, aqui temos dois clubes de massa que são Sampaio e Moto e que juntamente com a Federação Maranhense de Futebol brigaram muito para conquistar esse espaço às duras penas e sem ajuda financeira. Nós não vamos aceitar isso e acredito que a CBF também não concorde com essa divisão que estão tentando impor. Eu não tenho a menor dúvida quanto à força das equipes da Bahia e Pernambuco, mas nós não podemos e não vamos aceitar nenhum tipo de mudança que possa colocar o futebol do Maranhão em segundo plano. Estamos atentos a esse movimento e não aceitaremos nada que prejudique o nosso futebol”.

Para o presidente do Moto, Hans Nina o nome da competição é Copa do Nordeste e por isso deve ter equipes de todos os estados.

“Fica evidente a intenção de algumas federações tentarem mudar as regras do jogo com essa situação na Copa do Nordeste sempre que um time de seu estado fica de fora. Isso já aconteceu com o Santa Cruz, quando não se classificou, e a federação lá tentou tirar times do Maranhão e Piauí para incluir seu filiado, e agora acontece a mesma coisa por conta do Ceará. Infelizmente é uma postura que se deve repugnar. O nome é Copa do Nordeste, se eles quiserem outra coisa, que façam um torneio só entre eles três”, explicou.

2 comentários »

São José de Ribamar lança São João 2016

0comentário
Saojoao

São João conta com o apoio do governo do estado e acontece no período de 19 a 29 de junho

Uma festa sem investimentos vultosos, mas que será recheada de brilho, alegria e que valorizará as brincadeiras genuinamente ribamarenses.

Assim será o São João 2016 do município de São José de Ribamar, evento que foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (6) pelo prefeito Gil Cutrim (PDT) durante reunião de trabalho com representantes de grupos folclóricos.

O São João ribamarense conta com o apoio do governo do estado e acontece no período de 19 a 29 de junho em diversos arraiais espalhados pela cidade – Sede (Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, na orla marítima), Vilas (Vila Flamengo), Matinha (sede do Bumba-Boi), Parque Vitória (Praça do Rodão), Panaquatira (Viva), Rio São João (Viva), Piçarreira (Viva), Nova Terra, Turiúba, Laranjal, Miritiua, Parque Araçagi, Parque Jair, Vila Sarney Filho, dentre outros.  Já nos dias 03 e 04 de julho, na sede do município, será realizado o tradicional Lava Bois, evento que encerra oficialmente a temporada junina no Maranhão.

Gil Cutrim explicou aos representantes de grupos folclóricos que, mesmo diante da queda constante de recursos, a prefeitura não está medindo esforços para realizar a festança que, de acordo com o prefeito, além de tratar-se de um evento tradicional do calendário cultural da cidade, fomenta a economia, gera centenas de novos empregos e movimenta o setor do turismo, por exemplo.

“Promovemos e incentivamos todos os eventos do calendário cultural; investimos no apoio as brincadeiras genuinamente ribamarenses; executamos ações no setor da infraestrutura direcionadas ao setor. Realizamos muito e iremos fechar o ano trabalhando pela cultura ribamarense”, disse.

O prefeito anunciou que, já na próxima semana, a prefeitura pagará a primeira parcela dos cachês das dezenas de brincadeiras que irão se apresentar no São João. A medida, adotada desde 2011, visa oferecer fôlego financeiro aos grupos para que eles se preparem bem para as apresentações.

sem comentário »

MP pede afastamento de Léo Costa

0comentário
LeoCosta

Prefeito de Barreirinhas Léo Costa

O Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública por improbidade administrativa, ajuizada nesta quinta-feira (5), requereu o imediato afastamento dos cargos do prefeito de Barreirinhas, Léo Costa, e do secretário de Educação do município, Manoel dos Santos Costa Junior.

Eles estão sendo acusados pela Promotoria de Justiça de Barreirinhas de terem fraudado licitações e contratos administrativos para fornecimento de merenda escolar, que acarretaram prejuízo ao erário no valor de R$ 7.695.714,45.

Também são alvo da ação o presidente da Comissão Permanente de Licitação de Barreirinhas, José de Ribamar Launé Campelo, e os empresários Vivadavel da Costa Silva Sobrinho e Milton Ataíde Caldas, vencedores das licitações fraudadas.

Oriunda de um inquérito civil, a Ação Civil Pública apurou, além das fraudes em licitações, superfaturamento de preços, produtos entregues na merenda escolar de marcas diversas das exigidas nas licitações, itens não entregues ou enviados em quantidades menores e gêneros alimentícios estragados ou em condições impróprias ao consumo.

Autor da ação, o promotor de justiça Francisco Thiago Rabelo também requereu à Justiça a indisponibilidade dos bens dos acusados e das empresas vencedoras das licitações. (mais…)

sem comentário »

Audiência discute Limites Territoriais

1comentário
AdrianoSarney

Deputados Zé Inácio, Wellington do Curso, Adriano Sarney, Bira do Pindaré e Júnior Verde

A Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle realizou conjuntamente com a Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional, na tarde-noite desta quinta-feira (5), no auditório “Neiva Moreira”, do Complexo de Comunicação, audiência pública para debater o Projeto de Lei 028/16, de iniciativa do Poder Executivo. O referido projeto, que se encontra em tramitação na Casa, dispõe sobre a repartição da parcela de 25% do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação –ICMS – pertencente aos municípios, com base a média do Índice de Desenvolvimento da Educação (IDEB).

Os deputados Adriano Sarney (PV) e Vinicius Louro (PR), respectivamente, presidentes da Comissão de Assuntos Municipais e de Orçamento e Finanças, coordenaram a audiência que contou a presença de prefeitos, vice-prefeitos secretários e vereadores de vários municípios, dentre os quais Codó, Trizidela do Vale, São Bento, São José de Ribamar, Arari, Alto Parnaíba, Presidente Dutra e Esperantinópolis.

Participaram também os deputados Zé Inácio (PT), Júnior Verde (PRB), Rogério Cafeteira (PSC) e Fábio Macedo (PDT), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e prefeito de Ribamar, Gil Cutrim (PDT), o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o secretário de Estado da Fazenda, Marcelos Ribeiro Alves, e o secretário de Estado da Casa Civil, ex-deputado Marcelo Tavares.

Adriano Sarney abriu os trabalhos da audiência apresentando um breve resumo sobre a concepção do projeto do Executivo, tomando como exemplo os municípios de Itapecuru Mirim, Miranda do Norte e São Luís, considerando os indicadores de população, área territorial e média do IDEB, respectivamente, assim distribuídos: Itapecuru Mirim 62.110, 1.471, 44 km² e 3,35; Miranda do Norte 24.427, 341,11 km² e 4,05 e São Luís 1.014.876, 843,79 km² e 3,9.

“Como se percebe, há uma tendência dos municípios menores ganharem mais e os maiores perderem. O bolo do ICMS não vai crescer. Apenas a distribuição das fatias será feita de forma diferenciada, ou seja, premiando os municípios que apresentarem melhorias no IDEB”, explicou Adriano.

Foto: Márcio Diniz/Agência AL

Leia mais

1 comentário »

Empresários podem ‘melar’ licitação de ônibus

0comentário
OnibusSaoLuis

Licitação do transporte coletivo foi lançada em março pelo prefeito Edivaldo Holanda Jr.

No fim de março, quando enfim um prefeito de São Luís teve coragem de enfrentar o problema eterno do transporte público coletivo da capital maranhense e anunciar a tão esperada licitação para o setor, a esperança dos usuários dos coletivos foi renovada.

A coragem e determinação do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) não foi abalada e permanece a mesma, mas infelizmente a notícia não é das melhores. O Blog do Jorge Aragão recebeu a informação que pelo menos um dos empresários que trabalham no ramo do transporte público coletivo de São Luís deverá recorrer à Justiça contra o Edital de Licitação.

O empresário, que o Blog do Jorge Aragão por enquanto não revelará o nome, já adiantou que nas próximas horas conseguirá até uma decisão judicial que suspenderá a licitação, sonho de todos os usuários do transporte coletivo da capital.

Segundo o que tem sido dito pelo próprio empresário a colegas mais próximos, além da decisão judicial que seria obtida no Tribunal de Justiça, através de uma liminar, a iniciativa também teria amparo até mesmo no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Já a população e o prefeito Edivaldo querem encerrar, o mais rápido possível, o processo licitatório para que a assinatura do contrato com as empresas vencedoras seja efetivada e o sistema de transporte de São Luís passe a viver uma nova realidade.

Agora é ficar atento a eventuais manobras, aguardar e conferir.

sem comentário »

Brasileirão terá novos horários de jogos

0comentário

CampeonatoBrasileiro2A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou ontem à noite, em São Paulo o Campeonato Brasileiro 2016 que começa no outro fim de semana (14 e 15) em suas Séries A e B.

A novidade nesta temporada é que teremos futebol todos os dias da semana. A CBF anunciou que teremos futebol pela Série A toda segunda-feira, às 20h, mas não marcou nenhuma partida para o horário na primeira rodada.

Outra novidade já conhecida é a realização de jogos aos sábados, 16h, concorrendo com a Série B que mantém os jogos às terças, sextas e sábados.

A Série A será disputada segunda, quarta, quinta, sábado e domingo. Aos Sábados teremos jogos às 16h, 18h30 e 21h. Aos domingos também serão três horários: 11h, 16h e 18h30.

A Série B terá jogos nas terças e sextas às 19h15, 20h30 e 21h30. Aos sábados, as partidas serão disputadas às 16h, 16h30 e 21h.

As Séries C e D terão seus jogos aos domingos.

Este ano, os três times da capital disputarão o Brasileirão. O Sampaio será o representante na Série B, a estreia será no dia 14 de maio, contra o Vasco, às 16h, no Castelão, enquanto que Moto e Maranhão estarão na Série D que começa no dia 12 de junho.

sem comentário »

Fim da reeleição

2comentários
FlavioDino1

Governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB)

O quase consolidado impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT) e a consequente posse do vice-presidente Michel Temer (PMDB) no comando do país encerram em seu contexto uma questão que pode mudar totalmente o cenário das eleições de 2018. Temer tem acordado com os partidos que o apoiam – PSDB, principalmente – que vai trabalhar para acabar com o princípio da reeleição a partir das próximas eleições.

Ocorre que, para acabar com a reeleição de presidente da República, a reeleição de governador e de prefeito também têm que entrar no pacote. E é exatamente aí a questão que mexe com o cenário eleitoral de daqui a dois anos.

Atualmente, presidentes, governadores e prefeitos podem ser reeleitos. Mesmo que o princípio seja derrubado, os atuais chefes dos Executivos municipais podem disputar a reeleição de outubro, já que não haverá mais tempo para impedi-los neste pleito.

Mas os atuais governadores terão que se submeter à nova regra em 2018, o que levará o governador Flávio Dino (PCdoB) a buscar um sucessor entre os seus aliados, num período de dois anos. E ele próprio terá que deixar o mandato, em abril de 2018, para poder disputar outro posto – o Senado, por exemplo.

A cogitação do fim da reeleição abre, portanto, um leque enorme de possibilidades para as próximas eleições de governador do Maranhão, com influência direta, inclusive, nas eleições municipais de São Luís, em outubro.

Mas, óbvio, é preciso deixar claro, tudo isso ainda no campo das especulações, mas com fortes possibilidades de tornar realidade.

Coluna Estado Maior/ O Estado

2 comentários »