Honorato pede diálogo com grevistas

2comentários
HonoratoFernandes

Vereador afirmou que a paralisação das escolares é uma violência contra crianças e adolescentes

O vereador Honorato Fernandes (PT) se mostrou preocupado com o início de paralisação dos professores da rede municipal de ensino e propôs a formação de uma frente parlamentar para intermediar a negociação entre a categoria e o Executivo. Na ocasião, o vereador afirmou que a paralisação das atividades escolares é uma violência contra crianças e adolescentes, que terão o direito de acesso à educação usurpado. Violência praticada também contra os professores, que não dispõem das condições mínimas de trabalho e não conseguem avançar o diálogo com a Prefeitura na busca de suas garantias.

“Tenho me preocupado muito com uma situação de violência que será instaurada a de quarta-feira. Violência contra centenas de crianças e adolescentes, que ficarão sem aula, por conta do anúncio de greve dos professores da rede de ensino do município. Mas violência também contra os professores, aqueles que, diariamente, se esforçam para levar o conhecimento às nossas crianças e que não conseguem obter avanços no diálogo com a Prefeitura, no que diz respeito às suas garantias”, destacou o parlamentar.

O parlamentar rebateu ainda as críticas feitas pela presidente do Sindecucação, Elisabeth Castelo Branco, que durante entrevista concedida à Rádio Mirante AM, afirmou que o Legislativo Municipal tem adotado uma postura omissa com relação à luta da categoria.

“Minha indignação se deve ao fato de ter sido atribuída a esta Casa a responsabilidade por uma série de fatos que ocorrem, hoje, no âmbito da educação municipal. Segundo a avaliação da professora Elisabeth, a Câmara tem sido omissa, o que não é verdade, pois esta Casa tem realizado debates importantes, tratando da educação pública. Estamos ao lado do professores e não temos poupado críticas na defesa daquilo que acreditamos ser o correto”.

(mais…)

2 comentários »

Wagner Lopes é apresentado no Sampaio

4comentários
WagnerLopeseSergioFrota

Novo técnico do Sampaio Wagner Lopes é apresentado pelo presidente Sérgio Frota

Para começar a reagir no Campeonato Brasileiro Série B, o Sampaio apresentou na tarde desta quarta-feira (25), o novo treinador Wagner Lopes.

Ele acompanhou ontem no Castelão, a derrota do Sampaio para o Paraná, por 2 a 1, a terceira consecutiva do time maranhense que é o lanterna da competição.

O novo treinador disse esperar contar com a ajuda de todos para tirar o Sampaio da situação atual.

“Eu encaro com muita tranquilidade e muita confiança o trabalho que a gente terá que fazer. Chego com muita motivação para fazer o meu melhor e no primeiro momento tirar o time dessa situação. Não sou o salvador da pátria, pelo contrário eu vou precisar da ajuda da comissão, dos funcionários e dos jogadores. “, disse Wagner Lopes.

O presidente Sérgio Frota prometeu estar mais presente no clube de agora em diante.

“Vou estar mais presente no Sampaio. Vou passar para cá para dentro e se eu tiver problema eu peço licença do meu mandato de deputado, mas o Sampaio vai sair dessa situação”, disse.

O Sampaio também divulgou uma lista com nomes de seis jogadores dispensados: Marcos Damasceno, Felipe Santos, Jeanderson, Ruan Gabriel, Gustavo e o atacante Luís Gueguel que sequer chegou a jogar. Ontem já haviam rescindido com o clube Auremir e Genílson.

Foto: Vinícius Bogéa/ Sampaio

4 comentários »

Secid é ‘feudo’ de Waldir Maranhão, diz Andrea

1comentário
AndreaMurad

Deputados Andrea Murad, Hemetério Weba, Eduardo Braide e a secretária Flávia Alexandrina

Nesta quarta-feira (25), a secretária de Cidades Flavia Alexandrina respondeu aos questionamentos da deputada Andrea Murad (PMDB) durante reunião da Comissão de Obras na Assembleia Legislativa. Andrea levantou uma série de perguntas sobre o nomes ligados a Waldir Maranhão, comissionados na Secid, sendo duas irmãs e mais correligionários, possíveis fantasmas no órgão. A parlamentar questionou ainda sobre um servidor cedido pela Caixa Econômica Federal que recebe um salário em média de R$ 51.000,00 mensais. Na avaliação da deputada Andrea Murad, as explicações só reforçaram que a Secid é um “feudo” de Waldir Maranhão.

“A secretária, de forma muito técnica, esclareceu as funções das irmãs Nery e Eny no órgão, mas esqueceu de nos explicar sobre a Marcia Tallita de Jesus Cardoso e sobre outros detalhes das atividades de Nery de Jesus Maranhão Cardoso. Quanto aos correligionários de Waldir Maranhão, muitos ocupando cargos importantes na Secid, a Flavia Alexandrina foi bem clara que tratam-se de pessoas qualificadas, minuciosamente escolhidas por ela através de análise de currículos. Enfim, ela diz que todos esses nomes ligados a Waldir Maranhão são escolhas dela e não indicados pelo presidente da Câmara, é inacreditável. Na minha avaliação, essas explicações só reforçaram que a Secid é um ‘feudo’ de Waldir Maranhão. Agora, sobre o servidor cedido pela Caixa, achei simplesmente uma discrepância com um governo que disse cortar gastos desnecessários nas secretarias e a Flavia nos dizer apenas que ele é um engenheiro eficiente, sem detalhar as funções do Sr. Norberto no órgão”, explicou Andrea no fim da reunião.

Andrea Murad avaliou ainda que a secretária Flávia Alexandrina ocultou outras atribuições dadas à Nery de Jesus Maranhão Cardoso, através de portaria, em que a irmã de Waldir Maranhão além de ser chefe da Gestão financeira de contratos e convênios na Secid, também respondeu pela Superintendência Financeira e para gerir os adiantamentos realizados por meio do cartão corporativo da secretaria. A funções foram reveladas pela deputada na reunião e consideradas pela Flávia como “adequada” e “sem nenhum problema”, confirmando o forte controle de Nery na secretaria. Para Andrea Murad, a irmã de Waldir tinha plenos poderes de gerir contratos, auditar processos, atestar despesas e deter todo o controle financeiro da Secretaria.

(mais…)

1 comentário »

Lei impede reajuste superior a 10,67%

4comentários
MoacirFeitosa

Moacir Feitosa diz que proposta feita aos professores é a melhor que a prefeitura pode fazer

A Prefeitura de São Luís está impedida, por força da lei eleitoral vigente, de conceder o percentual de reajuste de 11,36% pleiteado pelo sindicato dos professores. Conforme a Lei nº 9.504/1997, os agentes públicos não podem autorizar reajustes superiores à inflação apurada no pleito.

De acordo com esta regra, o reajuste máximo para os professores da rede municipal deve ser de 10,67%, correspondente à inflação acumulada registrada em 2015 conforme o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). A primeira proposta da Prefeitura ao sindicato dos professores foi apresentada no mês de março. No total, foram apresentadas quatro propostas, culminando no valor máximo de 10,67% – justamente o valor máximo permitido no período.

O objetivo da restrição é garantir as condições de igualdade do pleito eleitoral, impedindo que candidatos eventualmente utilizem recursos públicos para promoverem campanhas ou para angariar a simpatia de uma parcela do eleitorado.

Finanças

Além da restrição legal para o período, a Prefeitura de São Luís alega a crise econômica e a delicada situação financeira por que passa a maioria dos municípios brasileiros atualmente. De acordo com o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, o percentual de 10,67% proposto ao sindicato dos professores é o máximo possível dentro da delicada situação das contas municipais.

“O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem trabalhado com responsabilidade, visando o equilíbrio das contas do município. Ele reconhece e valoriza o trabalho feito pelos professores da rede municipal, mas a proposta que fizemos ao sindicato é a melhor possível atualmente, tanto por causa da situação financeira do município, quanto por força da legislação vigente que não pode ser descumprida”, afirmou o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

(mais…)

4 comentários »

Deputados inovam na comunicação

2comentários
WellingtonGabinete

Para solicitar a visita, o cidadão pode entrar em contato através do número (98) 99911 0011

A coragem para ouvir e a determinação típica do deputado estadual Wellington do Curso (PP) o fez inaugurar, na tarde desta terça-feira (24), durante deslocamento para participar de uma audiência que aconteceu em Bacabeira, o “Gabinete Móvel”. O objetivo é levar para junto da comunidade, nos bairros periféricos da cidade, as ações do deputado Wellington, ouvindo as principais reivindicações da comunidade.

“Ouvir a população é o que nos motiva a cobrar e a fiscalizar. Por isso, com o Gabinete Móvel queremos percorrer bairros e, assim, os municípios de nosso Maranhão. O que queremos é ouvir os anseios daqueles que não conseguem ir até à Assembleia Legislativa. Além de ouvir, pretendemos encaminhar as reivindicações da população e, assim, cobrar e fiscalizar o cumprimento de direitos”, disse Welligton.

“Para mim, a população deve ter pleno acesso aos políticos que escolheram. Sempre pensei assim, antes mesmo de ser deputado estadual. Logo após a eleição eu retornei para agradecer a confiança e o mandato a mim confiado. Como parlamentar, tenho hoje a certeza do quão importante é participação da população em nossas ações. O nosso gabinete, na Assembleia, está sempre de portas abertas, mas eu e minha equipe percebemos que é preciso fazer mais”, afirmou.

AdrianoSarneyCaravana

Deputado Adriano Sarney (PV) anunciou a Caravana Verde, que vai percorrer o Maranhão

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) anunciou ontem (24) a Caravana Verde, que vai percorrer o Maranhão. “Essa ação vai ser muito importante pois vamos dar voz à população”, declarou o deputado, que está preparando a agenda de atividades do projeto para este ano.

A Caravana Verde é um projeto desenvolvido pelo deputado com objetivo de ampliar o diálogo com a população, lideranças sociais e comunitárias, não somente da Grande Ilha mas também dos diversos municípios do interior, para tratar dos principais problemas de cada região, coletar sugestões e discutir ações e projetos já desenvolvidas pelo parlamentar na Assembleia.

Paralelamente à Caravana Verde, vale lembrar que o deputado Adriano Sarney foi eleito, este ano, presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa. Os trabalhos começaram com a discussão sobre os limites territoriais municipais da Ilha e de outras regiões do estado. Outros assuntos estão em pauta como metropolização, zona franca e o Anel da Soja.

Fotos: Divulgação

2 comentários »

Hora do Sampaio levantar

1comentário
SampaioDanielBarros

Sampaio foi derrotado nas três primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro Série B

O novo treinador do Sampaio Wagner Lopes começa a trabalhar hoje. Ontem, ele assistiu a derrota do time em pleno Castelão para o Paraná por 2 a 1, a terceira consecutiva no Campeonato Brasileiro Série B e não deve ter gostado nada do que viu.

A competição ainda está no início, mesmo assim a torcida Tricolor já anda muito assustada com o “fantasma do rebaixamento”, mas tudo por conta do time que o Sampaio tem.

Nos últimos cinco jogos, a defesa do Sampaio levou 12 gols e foram cinco derrotas, sendo três delas pela Série B, com 8 gols sofridos e apenas 1 gol marcado.

Wagner Lopes terá muito o que corrigir, mas de imediato diria que o Sampaio não tem um time, mas apenas alguns jogadores à altura de vestir a camisa do clube, embora tenha um elenco enorme.

Tem problemas em todos os setores e precisa se reforçar bastante e mandar embora uma legião de “craques e promessas” que estão longe de ter condições de sequer ajudar o Sampaio a se manter onde está.

Aliás, acho que no momento o primeiro trabalho de Wagner Lopes será esquecer essa utopia. O Sampaio deve olhar para a parte debaixo da tabela onde esstá e se afastar o quanto antes de lá.

E iniciar logo uma reação, de preferência na sexta-feira, na partida contra o Náutico, às 21h30, na Arena Pernambuco, em Recife.

Foto: Biaman Prado / O Estado

1 comentário »

Sousa Neto defende policiais

2comentários
SousaNeto

Sousa Neto voltou a cobrar a valorização do Governo Flávio Dino aos policiais maranhenses

O deputado estadual Sousa Neto (PROS) voltou a cobrar a valorização do Governo Flávio Dino aos policiais maranhenses, que, devido aos ataques criminosos, estão sobrecarregados e sem a devida valorização. O deputado lembrou que o Estado gastará quase R$ 1 milhão com a Força Nacional, mas os policiais do Maranhão não estão sendo valorizados.

“São os nossos policiais que vão para as ruas, inclusive no momento de folga, principalmente em um momento de crise eles são lembrados. O Governo Flávio Dino em 30 dias gastará R$ 927.080,00 com diárias, hospedagens e alimentação com homens da Força Nacional. Já os nossos policiais que vieram de deslocamento do interior do Maranhão até agora não receberam um centavo e estão quase 48 horas acordados combatendo a criminalidade”, afirmou.

O deputado lembrou que até a jornada operacional que os policiais tinham direito foi retirado pelo Governo Flávio Dino, desvalorizando ainda mais o sacrifício e esforço dos policiais maranhenses.

“Pior foi que o Governo Flávio Dino tirou a jornada operacional, que é aquela jornada em que o policial que está em casa de folga e é chamado para o serviço. A jornada operacional proporcionava uma diária de R$ 130,00”, lamentou.

Sousa Neto finalizou apelando, mais uma vez, para que os deputados estaduais assinem a PEC 300 do Maranhão, algo que foi prometido pelo governador Flávio Dino durante a campanha eleitoral.

“Espero que depois de mais essa demonstração de empenho dos nossos policiais, os colegas deputado possam assinar a PEC 300, que dá o verdadeiro valor à categoria da Polícia Militar. Só lembrando que isso não é o deputado Sousa Neto quem está criando, mas sim foi uma promessa de campanha do governador”, finalizou.

A PEC 300, que está sendo reapresenta agora pelo deputado Sousa Neto, já conta com sete assinaturas. Além do próprio autor, já assinaram os deputados Andrea Murad, César Pires, Cabo Campos, Adriano Sarney, Wellington do Curso e Edilázio Júnior.

Blog de Jorge Aragão

2 comentários »

PSDB fecha com Eliziane Gama

5comentários
PSDBeEliziane

PSDB definirá o nome do candidato a vice de Eliziane Gama durante as convenções partidária

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) fechou ontem, em Brasília, apoio à candidatura da deputada federal Eliziane Gama (PPS) à Prefeitura de São Luís. O acordo é para que a sigla tenha a prerrogativa de indicar o candidato a vice, na chapa de Gama e ocupe espaços no Governo. O PSDB definirá o nome do vice durante as convenções partidárias.

Com a aliança já firmada entre o PSDB e Eliziane Gama na capital, o deputado federal João Castelo (PSDB) abre mão, automaticamente, da disputa. O ex-governador do Estado e ex-prefeito de São Luís, figurava até então, nas pesquisas de intenção de votos já registradas na Justiça Eleitoral, empatado tecnicamente com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A articulação que resultou na aliança entre os dois partidos, contou a com a participação efetiva das lideranças nacionais de cada sigla. Na reunião de ontem, por exemplo, estavam presentes do PSDB, o vice-governador e presidente do diretório estadual, Carlos Brandão, o suplente de senador, Pinto Itamaraty, o deputado federal João Castelo, João Almeida e o senador Aécio Neves, ex-candidato a Presidência da República.

Pelo PPS estavam presentes o presidente nacional da sigla, Roberto Freire, o deputado federal Rubens Bueno, do Paraná, e a deputada Eliziane Gama.

(mais…)

5 comentários »

Edivaldo vistoria Hospital da Criança

2comentários
EdivaldoHolandaJunior

Edivaldo Holanda Jr, Helena Duailibe e Antônio Araújo vistoriam obra no Hospital da Criança

O prefeito Edivaldo acompanhou na manhã desta terça-feira (24) o início dos trabalhos de concretagem da laje de cobertura do novo Hospital Odorico Amaral de Matos – O Hospital da Criança, na Alemanha. Acompanhado dos secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos) e Helena Duailibe (Saúde), Edivaldo percorreu o canteiro de obras e visitou os novos setores em construção da unidade.

Edivaldo analisou o andamento dos serviços com os engenheiros responsáveis e revelou satisfação com a celeridade da obra.

“Os trabalhos estão bastante avançados. A cada etapa concluída vamos desenhando uma nova história para este importante hospital infantil. A nossa meta é entregar à população, em breve, um novo Hospital da Criança, para atender o dobro da sua capacidade atual. Isso resultará na melhoria significativa do atendimento à saúde infantil em nossa cidade”, afirmou Edivaldo.

A obra do novo Hospital da Criança é fruto de parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o governo do Estado, com recursos da ordem de R$ 14 milhões. Deste total, R$ 10 milhões são oriundos do convênio firmado entre o Município e o Estado. Com a ampliação da unidade, o Hospital da Criança vai passar a contar com uma grandiosa estrutura de atendimento, em quatro andares, e disponibilizará serviços nunca antes ofertados à comunidade.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a reforma do Hospital da Criança representa um avanço gigantesco para o atendimento à saúde infantil da capital.

“Ampliaremos a oferta de todos os serviços médicos para o público infantil. Além disso, a unidade vai passar a disponibilizar atendimento em novas especialidades médicas e ofertar procedimentos hospitalares que, atualmente, temos que buscar em outras casas de saúde”, frisou a secretária.

Foto: A. Baeta

2 comentários »