Ataques descabidos a Felipe Camarão

0comentário
FelipeCamarao

Felipe Camarão, secretário de Educação

Felipe Camarão é reconhecidamente um dos melhores gestores do Governo Flávio Dino, tanto que já ocupou vários cargos de destaques dentro da gestão comunista e com reconhecimento do próprio governador.

Entretanto, o atual secretário de Educação do Maranhão parece ter caído em desgraça com alguns blogueiros alinhados ao Governo Flávio Dino. Camarão tem sido alvo de ataques descabidos e injustos nos últimos dias, o que se chama de fogo amigo.

Pelas informações obtidas pelo Blog, a ira contra Camarão seria pela troca efetuada no Teatro Arthur Azevedo, ou seja, a saída de Américo Azevedo e a chegada de Celso Brandão. A “culpa” de Felipe Camarão seria pelo fato de que o autor da troca, o atual titular da Secretaria de Cultura, Diego Galdino, foi uma indicação de Camarão.

O problema é que a rebeldia dos blogueiros parece não ter agradado ao “chefe”, o secretário de Comunicação do Governo Flávio Dino, Márcio Jerry, que utilizando as redes sociais mandou o recado para os “subordinados”.

O líder do Governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira retuitou o recado de Márcio Jerry e também saiu em defesa de Camarão e Diego Galdino.

Ou seja, apesar da rebeldia de alguns blgueiros alinhados ao Governo Flávio Dino, os gestores seguem com respaldo pelos trabalhos desenvolvidos.

E o recado foi dado…

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Edivaldo vistoria obra de pavimentação

1comentário

EdivaldoHolandaJunior

“O Residencial Tiradentes é mais um bairro da capital onde estamos realizando serviços de urbanização. As obras da nossa gestão estão por toda a cidade. Seguimos trabalhando com força total para dar mais qualidade de vida à nossa população e mudar a realidade das ruas em muitos bairros”, afirmou o prefeito Edivaldo. Na manhã desta sexta-feira (13) o prefeito Edivaldo vistoriou as obras de urbanização do bairro localizado na região da Santa Clara. Naquela área da cidade, os serviços foram iniciados na primeira semana de maio. .

O projeto de urbanização do Residencial Tiradentes chega a todas as 17 vias do bairro, onde serão implantados cerca de 7,5 quilômetros de asfalto, beneficiando a aproximadamente 2.500 famílias que residem no local. O serviço contempla ainda a construção de sistema de drenagem superficial para facilitar o escoamento da água da chuva e promover maior durabilidade ao serviço.

Os benefícios das obras de infraestrutura urbana proporcionados ao Residencial Tiradentes são esperados há anos pela população local, que fez questão de acompanhar de perto o início dos trabalhos de pavimentação das vias e comemorar o feito. “Esta tem sido uma marca da nossa gestão: levar serviços públicos essenciais a comunidades nunca antes assistidas e que necessitam da presença do poder público”, enfatizou o prefeito Edivaldo.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, ressaltou a importância da obra para o bairro. “Além de melhorar significativamente o aspecto urbanístico do bairro, os serviços vão melhorar também a mobilidade urbana e o saneamento no local, refletindo, consequentemente, na saúde da população”, disse Araujo.

Os serviços de pavimentação no Residencial Tiradentes foram iniciados pela Rua Sete e vão se estender no decorrer dos dias a todas as demais vias contempladas pelo projeto de urbanização, como as ruas Belo Horizonte, 12 de Setembro, 3 de Maio, 15 de outubro e outras.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Federação tenta ‘jeitinho’ para final

2comentários
SampaioeMoto

Moto e Sampaio fazem decisão na 4ª feira (18)

Dirigentes da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Sampaio e Moto Club se reuniram na tarde desta sexta-feira (13) para encontrar uma saída para o término do Campeonato Maranhense.

A FMF propôs a realização de uma única partida valendo pela decisão do 2º turno e do título do Estadual 2016. Assim, a FMF se livraria desse problemão que precisa resolver.

O Moto de imediato se posicionou contra e nem deveria ser diferente. O Sampaio, também de forma acertada não aceitou tal proposta. Dessa forma, a decisão deve ocorrer lá para junho ou julho.

A falta de datas para as finais do Campeonato Maranhese foi provocada devido a um problema na drenagem do Estádio Castelão que parou o Campeonato Maranhense por 15 dias.

Na ocasião a FMF reclamou do excesso de jogos, mas menos de um mês depois a Sedel ignorando o problema já liberou o Castelão para treinamento do Sampaio, embora o gramado ainda não esteja totalmente recuperado.

Bom, mas qual a alternativa para a FMF? Américo tem que se virar junto à CBF e buscar as datas que precisa para a decisão em caso de conquista do 2º turno pelo Sampaio ou rezar para que o Moto levante a taça na próxima quarta-feira (8) vencendo o Sampaio.

A proposta feita pela FMF aos clubes é absurda, pois significa rasgar um regulamento faltando dois jogos apenas para fechamento da competição.

2 comentários »

Waldir Maranhão descarta renúncia

1comentário
WaldirMaranhao1

Waldir Maranhão, presidente da Câmara

O presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), negou nesta sexta-feira (13) que vá renunciar ao cargo.

“Não tem renúncia. Sem renúncia”, disse a jornalistas.

Maranhão já havia dito a parlamentares, nesta quinta, que se recusava a deixar a vice-presidência da Casa, o que significaria abrir mão da presidência interina.

Líderes partidários começaram a pressionar pela renúncia logo depois que Maranhão tentou anular a votação do impeachment na Câmara.

O deputado do PP assumiu a presidência da Câmara na semana passada, quando Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi afastado por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta quinta, o primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur, afirmou que Maranhão foi eleito, logo é o presidente. “Temos que seguir com o andamento das matérias. O Maranhão errou e deve resolver seus problemas sozinhos. Vamos dar um prazo de 15 dias para a poeira baixar.”

Diante desse cenário, a proposta do primeiro-secretário é que, pelo menos nas próximas duas semanas, Maranhão saia da linha de frente dos trabalhos e as sessões da Câmara sejam conduzidas pelos demais integrantes da Mesa Diretora, com a anuência dos líderes partidários.

Leia mais

1 comentário »

Patrimonialismo e corrupção no Brasil

3comentários

OduvaldoPor Oduvaldo Cruz

Sucedeu ao Ministro do Trabalho e Previdência Social do regime de exceção o que assevera o corrente adágio: o poder não muda o homem, apenas revela o seu caráter. Quando lhe pareceu conveniente, o Coronel Jarbas Passarinho trocou a retidão moral que aparentava possuir pelo cinismo mais desabrido e subscreveu o AI 5, que endureceu a ditadura militar, no governo do General Costa e Silva, em 1968, dizendo: “Às favas, Senhor Presidente, os escrúpulos de consciência”.

O eleitor desonesto, ao vender o voto, também manda às favas seus mais íntimos escrúpulos. “Que se dane a retidão moral”, pensa ele, ao exigir vantagem indevida de candidato. E depois, repetindo a cena “do sujo contra o mal lavado”, clama nas praças contra a classe política: “corja de ladrões”!

É assim, que entre nós, um perigoso sentimento de nojo começa a tomar conta da política. Logo da política, que deve ser a mais digna, a mais elevada e a mais pura de todas as atividades humanas, porque destinada à realização do bem de todos nós. Dela disse Platão: “o princípio que de entrada estabelecemos quando fundamos uma cidade é a justiça”; sobre ela Aristóteles afirmou: “o governo, entre todos os ofícios, é o mais importante” e Weffort assegura que se “o mundo da política não leva ao céu, certamente a sua ausência é o pior dos infernos”.

No dizer de Bloch “da ignorância do passado nasce a incompreensão do presente”. Então, vamos às raízes da nossa formação sociocultural para compreender as causas da corrupção que assola o Brasil.

A moral protestante dos imigrantes que fundaram as Treze Colônias de povoamento da América do Norte se estendia à esfera pública e pautava-se por uma conduta impecável, sem deslizes ou ambiguidades. Puritanos (como eram chamados os calvinistas na Inglaterra), fugitivos das guerras religiosas em seu país, aqueles colonos recusavam a prática da usura, não se locupletavam com o alheio, acreditavam no valor do trabalho, adotavam um comportamento regrado, eram legalistas e desprezavam a ambição desmedida. Eles fundaram os Estados Unidos da América e ainda hoje são celebrados como os pais da nação. As gerações futuras os honraram com um pomposo distintivo:  “Os pais peregrinos”.

(mais…)

3 comentários »

Deputado pede segurança na Ilha

0comentário
WellingtondoCurso

Deputado estadual Wellington do Curso (PP)

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) solicitou esta semana na Assembleia Legislativa que ações preventivas fossem adotadas pelo Governo do estado, através da Secretaria de Segurança Pública, objetivando atenuar os elevados índices de violência, sobretudo na Região Metropolitana de São Luís, periferia e, também, na Zona Rural da capital.

Apesar ser uma cobrança já feita por Wellington, dessa vez, o deputado fundamentou sua solicitação fazendo referência ao clamor da população do bairro Cruzeiro de Santa Bárbara, que foi ontem às ruas como forma de protesto.

“Os moradores do bairro Cruzeiro de Santa Bárbara protestaram contra a insegurança na região.  Um dos fatos que os levou a protestar foi a morte de um comerciante, de 69 anos, vítima de latrocínio. Infelizmente, casos como esse não são raros em nosso estado. E é por isso que trago aqui o questionamento da população: ‘quantos inocentes terão que morrer?’. Estamos falando de pais de família, de trabalhadores, o que nos faz perceber o caráter emergencial de se reforçar a segurança.”, salientou.

Fazendo referência à insegurança, o deputado Wellington voltou a cobrar a ampliação do número de Unidades de Segurança Comunitárias (USC) no Maranhão, solicitação feita por ele no ano passado.

“Não podemos assistir a essas cenas como se fosse algo comum. Não, não podemos banalizar a vida. É preciso fazer algo. E é preciso que se faça rápido. Desde o ano passado, solicitamos a ampliação do número de USC’s, principalmente, nos bairros considerados mais violentos ou afastados do centro. Enquanto as forças do Estado não se fizerem presentes, a violência continuará dominando um trágico cenário marcado pela morte de inocentes e por muita dor. Nós não podemos aceitar isso.”, declarou.

sem comentário »

Começa o Brasileirão Série B

0comentário
CampeonatoBrasileiro2

Sampaio é o único representante maranhense

Começa hoje (13), o Campeonato Brasileiro – a mais importante competição de futebol do país. A bola começa a rolar exatamente pela Série B, onde está o Sampaio – único representante maranhense na competição.

Teremos três jogos esta noite: Vila Nova-GO x Bragantino-SP (19h15), Oeste-SP x Atlético-GO (20h30) e Tupi-MG x Goiás-GO (21h30). Outras 7 partidas serão disputadas neste sábado (14).

Equipes como Vasco-RJ, Goiás-GO e Bahia-BA entram como destacados favoritos ao acesso, mas isto é o que vamos ver ao longo da competição.

O Sampaio não figura na lista como favorito ao acesso, mas também não o vejo na lista daqueles equipes que vão brigar para não cai.

Depois da bela campanha no ano passado quando esteve perto de conquistar o acesso à Série A, o Sampaio começa a competição este ano sem um time ainda em formação, pois a base do ano passado foi desfeita e talvez esteja ai o maior adversário Tricolor.

Para a estreia, em relação ao time do ano passado permanecem apenas Léo Rodrigues, Luis Otávio, Mimica, Edgar e Pimentinha. Mas desses, apenas Edgar anda bem. Muitos jogadores chegaram nas últimas semanas, mas deverão entrar aos poucos na equipe.

Pelo que estamos vendo no Estadual, o destaque da equipe é o atacante Edgar que atravessa a sua melhor fase no Sampaio.

Como ponto negativo, o time tem um setor defensivo muito vulnerável nas bolas aéreas e já não tem aquela excenete pegada no meio-campo.

É mas estou falando do Campeonato Maranhense e Copa do Brasil, Série B é outra coisa.

É isso que nós vamos ver de hoje em diante…

sem comentário »

Coragem e determinação de Edivaldo

8comentários
EdivaldoHolandaJunior

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT)

A realização da primeira sessão pública da licitação do serviço de transportes é um marco jamais alcançado na prestação deste serviço à população de São Luís.

A coragem e a determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) foram fatores fundamentais para que ocorresse a tão sonhada licitação do transporte público de São Luís.

“Com a licitação do sistema de transporte público de São Luís, cumprimos mais um compromisso da nossa gestão com a população de São Luís. É um dia histórico, porque nenhuma outra gestão havia conseguido pôr em prática esta iniciativa. Ao fim deste processo, a nossa cidade terá um sistema de transporte com a qualidade que tanto merece”, destacou Edivaldo.

Na semana passada, Edivaldo chegou a se manifestar nas redes sociais e demonstrava preocupação diante da possibilidade levantada por empresários de barrar a licitação na Justiça. Mesmo com a ameaça, o prefeito se mostrava firme e confiante na Justiça.

“Não recuarei na missão que o povo de São Luís a mim confiou e a licitação do transporte vai resolver um crônico problema da nossa cidade. Acredito na Justiça e esta verificará a lisura do processo que se deu de forma transparente e honesta para beneficiar a população”, afirmou.

licitacao

Licitação

Oito propostas foram credenciadas para participar do processo licitatório.  Os trabalhos foram coordenados por membros da Central Permanente de Licitação (CPL) da Prefeitura de São Luís, com acompanhamento de integrantes do Tribunal de Justiça (TJ), do Maranhão, e da equipe de controle externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que asseguraram a transparência e lisura do processo.

“Agradeço a toda a equipe envolvida no processo e reforço que continuaremos firmes na defesa de um sistema de transporte com qualidade para a nossa população”, disse o prefeito.

O presidente da CPL, Madison Leonardo Silva, acredita que todo o processo seja concluído até o final do mês de junho, considerando os prazos administrativos em casos de recursos. Ao final do processo, São Luís contará, pela primeira vez, com normatização legal sobre a prestação do serviço,

A licitação também alcança a manutenção e gerenciamento dos terminais rodoviários da capital, que permanecerão sob supervisão da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

“Esse é um divisor de águas na história do transporte público de São Luís. A partir desse momento, teremos segurança jurídica para administração e teremos mais força para cobrar qualidade dos serviços. O serviço de transporte em São Luís nunca foi licitado, daí esta condição precária que temos”, afirmou Madison Leonardo.

8 comentários »

‘Momento pede harmonia’, diz Braide

2comentários
Deputado estadual Eduardo Braide (PMN)

Deputado estadual Eduardo Braide (PMN)

O deputado Eduardo Braide (PMN) defendeu, nesta quinta-feira (12), a unidade da classe política do Maranhão neste novo momento do país. Na tribuna, ao citar o Papa Francisco, o parlamentar destacou que é preciso haver maturidade dos políticos maranhenses.

“Cito a mensagem do Papa Francisco, que pediu ao Brasil ‘harmonia e paz, com a ajuda de orações e do diálogo’ nesses momentos de dificuldade, para dizer que é também o momento de toda a classe política do Maranhão estar unida para que o principal objetivo seja a recuperação da economia do país, com a retomada geração de emprego e renda”, destacou o deputado.

Eduardo Braide ressaltou ainda que é preciso que, por meio da intervenção da classe política maranhense, o Governo Federal passe a solucionar os problemas de sua competência. “Para que se tenha ideia, na área da Saúde, preciso citar que 85 aparelhos de radioterapia, autorizados pelo Ministério da Saúde, já deveriam ter sido instalados no país. Nenhum deles foi. E como é que uma lei federal obriga que o paciente com câncer, por exemplo, deve ter o prazo de 60 dias para iniciar o tratamento após o diagnóstico, se ele mesmo não faz a sua parte na estruturação da rede pública de Saúde? ”, completou o parlamentar.

Ainda na área da Saúde, Eduardo Braide ressaltou que o atendimento também fica comprometido pelo descaso do Governo Federal com a rede assistencial hospitalar. “A Santa Casa, a APAE e outras entidades filantrópicas estão quase fechando, devido a defasagem da tabela do SUS, assim como o atraso no repasse dos recursos federais. Isso compromete a qualidade no atendimento principalmente em São Luís”, reforçou.

O deputado citou obras importantes de infraestrutura no Estado, ainda não entregues pelo Governo Federal. “A ampliação do aeroporto de São Luís ainda se arrasta, comprometendo o fluxo e o atendimento dos passageiros em nossa capital. E é claro que não posso esquecer a duplicação da BR-135. Em audiência pública, nesta semana, aqui na Assembleia, o DNIT informou que a entrega do primeiro trecho da duplicação, foi adiada novamente, e só vai ser entregue em abril de 2017”, detalhou Braide.

Ao encerrar o seu pronunciamento, Eduardo Braide voltou a pedir unidade da classe política tendo como exemplo, a harmonia e o respeito às opiniões divergentes demonstrados durante as manifestações de milhares de brasileiros que acompanham o processo de impeachment nas ruas. “Temos que aprender com a lição que veio das ruas: em que mesmo diante da manifestação de brasileiros com posições divergentes em relação ao impeachment, houve tolerância e respeito às opiniões. Essa é a postura que a população merece e espera da classe política a partir de agora”, finalizou.

2 comentários »