Gleissinho comanda classificação do Moto

8comentários

Se a partida com o Vitória-BA era o teste que o Moto precisava para confirmar a sua boa fase, agora não resta mais nenhuma dúvida de que o time comandado pelo técnico Wallace Lemos está no caminho certo. (Veja aqui os gols).

Numa noite em que enfrentou um time da elite do futebol brasileiro, o Moto não tomou conhecimento no Castelão, fez 2 a 0, e garantiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil em grande noite do garoto Gleissinho.

Quando a bola rolou deu logo para ver que o “bicho”não era tão feio assim. O Moto não se intimidou com o Vitória e procurou jogar de igual para igual. Logo a 2 minutos quase Márcio Diogo abre o placar.

Os baianos tiveram a primeira chance com Léo Ceará, mas foi só. O Moto aos poucos foi dominando o adversário até perder uma chance incrível com Dalmo aproveitando uma saída errada do goleiro Ronaldo.

O Moto ainda chegaria com muito perigo no fim do primeiro tempo numa jogada de Léo Paraíba.

No segundo tempo, o Moto ajustou a saída de bola e dominou o Vitória. O time esteve perto de marcar num chute de Dalmo, mas Ronaldo fez grande defesa.

Na metade do segundo tempo, Gleisinho sai do banco para fazer história no Moto. Aos 27 minutos, ele recebe de Juninho dentro da área do Vitória e chuta Ronaldo defende, bola bate em Ramon e sobra com o próprio Gleissinho que, de carrinho faz 1 a 0.

Mesmo com vantagem no placar, o Moto segue no ataque. Em outra arrancada de Gleissinho, o Moto chega numa bela troca de passes, mas Juninho perde o gol.

A noite era de Gleissinho. aos 47 minutos o garoto faz fila e é derrubado dentro da área. Pênalti para o Moto que Juninho cobrou sem chance para o goleiro do Vitória 2 a 0, e a classificação estava sacramentada.

Com o resultado, o Moto garantiu vaga na próxima fase e vai enfrentar o ABC-RN em jogo único a ser disputada no Frasqueirão, em Natal, mas diferentemente da primeira fase, se houver empate a classificação será decidida nas cobranças de pênaltis.

Foto: Reprodução/Rede Bahia

8 comentários »

Flávio Dino mantém Diego Galdino na Cultura

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) confirmou nas redes sociais, a permanência do advogado Diego Galdino no comando da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).

No início da semana, Diego Galdino teve o seu nome especulado para assumir a presidência da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Flávio Dino garantiu a permanência de Galdino e disse acreditar na continuidade do trabalho sério e eficiente que vem realizando à frente da Sectur.

“Entre vários boatos, um diz que Diego Galdino sairá da Cultura. Não há qualquer previsão nesse sentido. Ele permanece e tenho certeza de que prosseguirá o trabalho sério e eficiente que vem fazendo”, disse.

Prevaleceu a máxima que diz que time que está ganhando não se mexe.

Foto: Divulgação/Secap

sem comentário »

Felipe dos Pneus discute situação de vans na MOB

0comentário

O deputado estadual Felipe dos Pneus (PRTB) esteve, na manhã de quarta-feira (13), reunido com o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Lawrence de Melo Pereira, para tratar sobre a demanda dos motoristas de vans, em particular os que fazem o transporte na região de Santa Inês e cidades vizinhas.

O presidente da MOB esclareceu que está sendo feita uma regularização para humanizar o serviço e garantir mais segurança, tanto para passageiros quanto para os próprios motoristas. A intenção é regularizar o máximo de veículos e garantir maior segurança, para que a população seja melhor atendida.

Felipe dos Pneus solicitou que fosse dilatado o prazo para que os motoristas pudessem cumprir todas as normas estabelecidas para o serviço e foi informado que, na semana que vem, o governo irá divulgar uma portaria, que estenderá em 45 dias o prazo de regularização.

“Considero muito produtiva a reunião e agradeço a solicitude do Dr. Lawrence Melo, que se mostrou muito sensível à situação não só dos passageiros, como dos motoristas da nossa região. A informação de que haverá uma ampliação do prazo para regularização é uma demonstração de que o governo quer que o serviço continue, porém de uma forma legal e segura”, concluiu Felipe.

sem comentário »

Juscelino é recebido pelo ministro da Educação

0comentário

O deputado federal Juscelino Filho (DEM/MA) esteve, no fim da manhã desta terça-feira (12), no Ministério da Educação (MEC) com o ministro Ricardo Vélez Rodrígues, com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli, com o diretor de Gestão, Articulação de Programas e Projetos Educacionais (DIGAP), Gilvan Silva Batista, e com o gestor da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Alexandro Ferreira de Souza. Na audiência, foram discutidas demandas do Estado do Maranhão e a liberação de recursos para obras que estão em andamento em vários municípios.

Um dos pleitos do democrata ao ministro foi a regulamentação da execução orçamentária das emendas de custeio para a educação: no ano passado, Juscelino Filho e outros deputados conseguiram aprovar na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019 (LDO 2019) emendas para custeio da educação básica tanto para municípios maranhenses quanto de outros  Estados do país.

Juntas, tais emendas somam mais de R$ 100 milhões, que dependem da regulamentação do MEC, aguardada com grande expectativa pelos municípios. “É preciso definir como se dará a operacionalização dessas  emendas, como elas vão chegar aos cofres dos municípios e com que os municípios poderão gastar esses recursos. Nosso principal pleito foi a celeridade dessa regulamentação, pois temos consciência da falta que eles fazem na manutenção da educação básica”, afirmou  Juscelino Filho.

O deputado aproveitou a reunião no MEC para solicitar, também, a liberação do pagamento de uma emenda impositiva individual sua que irá beneficiar a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e para pedir a agilização de empenho complementar de obras em andamento do FNDE de alguns municípios.

Em resposta, o ministro Vélez se colocou à disposição para ajudar o Estado e se comprometeu com a liberação dos recursos, pois os pleitos expostos por Juscelino Filho são de extrema importância para a educação maranhense.

IFMA de Vitorino Freire

Outro assunto debatido foi a instalação do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) em Vitorino Freire, uma emenda de Juscelino Filho. As obras de construção já tiveram início e agora o deputado federal solicitou à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) que o MEC baixe uma portaria transformando esse Centro de Referência do município em Campus.

“Tomada essa decisão e tão logo seja publicada a portaria, o IFMA poderá ofertar cursos superiores para toda a região, que será muito beneficiada com este novo equipamento”, explicou Juscelino.

Novo encontro

Mais uma audiência será realizada no Ministério da Educação, com a participação do reitor do IFMA, Roberto Brandão, e da reitora da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Nair Portela. “Já solicitei agenda com o ministro para ir com eles ao MEC  levar as demandas das duas instituições federais do Estado. O ministro em breve vai marcar essa reunião”, concluiu Juscelino Filho.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Veja os finalistas da 7º edição do Campus Mobile

0comentário

O Instituto NET Claro Embratel anuncia os finalistas da 7ª edição do Campus Mobile, programa que tem o objetivo de identificar, estimular e contribuir para a formação de jovens talentos universitários para atuação no mercado de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel.

A iniciativa de inovação e empreendedorismo do Instituto NET Claro Embratel, contou com o recorde de inscritos nessa edição, que focou em soluções que impactam diretamente a vida das pessoas. Ao todo, foram 217 projetos de 25 estados do Brasil, com um total de 483 participantes, divididos em quatro categorias.

Na categoria Diversidade foram classificados os seguintes aplicativos:

EmpoderApp: “A plataforma serve para empoderar as mulheres, combatendo as diferentes formas de opressão sofridas e proporcionando um espaço de promoção e proteção de Direitos Humanos, reduzindo o número de casos de violência contra a mulher”, comenta o estudante amapaense Mateus Bezerra, que idealizou a solução junto com os maranhenses, Vitor Hugo Moraes e Brenda Sá.

Diversidade em Ação: O aplicativo é um jogo criado pelos estudantes da Universidade Federal de São Carlos, Jéssica Nascimento e Thiago Yonamine. A ideia central do game é ilustrar, de maneira lúdica, que fazer o bem e respeitar outras pessoas é gratificante e essencial para a sociedade, em um ambiente em que cada escolha que você fizer vai interferir diretamente na sua jornada.

Utilização de aprendizado de máquinas para identificação de sinais (Libras): A solução finalista do Campus Mobile é uma ideia do jovens gaúchos, Luisa Santos e Anderson Maia. Com ele, será possível pessoas com deficiência auditiva se comunicarem com quem não conhece a linguagem de Libras, além de auxiliar os surdos na escrita.

Na categoria Educação foram classificados os seguintes aplicativos:

Arco Didático: A plataforma foi criada por Eduardo Nascimento, Hugo Lima e Vívian Sousa. A solução visa a parceria com as escolas para realizar treinamento de professores por meio de workshops. “A aplicação tem o objetivo de implementar uma nova maneira de abordar o ensino de educação sexual nas escolas e a conscientização sobre o assunto, ajudando e facilitando a participação dos alunos” afirma Hugo. 

Embarquei: É um aplicativo que promete solucionar problemas do transporte coletivo estudantil intermunicipal, criado pelo pernambucano Vinícius Gomes.

Robosquadrão: Idealizado pelos jovens Gabriel Nascimento, Eleazar Braga e Óliver Becker da Universidade de São Paulo, a aplicação é um jogo educativo em que o objetivo é ensinar lógica de programação de maneira fácil e divertida para o jogador.

Na categoria Smart Cities foram classificados os seguintes aplicativos:

Padrinhos Mágicos: A solução busca gerar um apadrinhamento afetivo entre os idosos e crianças com os cidadãos que se dispõe a fazer parte de um bem maior. Com um sistema de “matching” entre voluntários e instituições, para que além de visitas, estas pessoas também possam proporcionar momentos de lazer e de contato humano, que pouco existe no caso dos idosos, além de ajudar no molde do caráter e personalidade das crianças. “A presença de amor e carinho é biologicamente importante na vida de qualquer ser humano. Um simples ato pode mudar muita coisa”, comenta Thiago Martins, idealizador do projeto, junto com os pernambucanos Hugo Silva e Samuel Souza.

Rangoff: É um aplicativo para a compra antecipada de refeições, de modo offline, em estádios de futebol. Com apenas um QR Code, os jovens Thales Santos, Lucas Lacerda e Rodrigo Rosa prometem diminuir as filas para o torcedor conferir o jogo sem dor de cabeça.

Dispositivo de Monitoramento da Qualidade do Ar Conectado a Smartphones: Idealizado por estudantes paraibanos, o projeto monitora de informações referentes a qualidade do ar como: temperatura do ar, umidade do ar e concentração de gases no ambiente. A aplicação foi criada por Henrique Miranda, Gabriel Barros e David Luna.

Na categoria Smart Farms foram classificados os seguintes aplicativos:

Smart Milk IoT: A solução traz sonda capaz de realizar a medição da qualidade do leite instantaneamente de maneira simples e barata. Além de contar com um aplicativo que coleta imediatamente os dados. “Agora, tudo isso poderá ser realizado sem precisar coletar amostras e levá-las ao laboratório, constituindo assim um processo lento, de alto custo e que não permite uma análise instantânea”, comenta Ítalo Alvarenga, criador da plataforma junto dos mineiros Deivid Campos e Gabriel Correa.

Arrent – arrende, plante e cresça: Os estudantes Fernando Pascoal, Guilherme Prezzi e Eduardo Dusik são finalistas com a aplicação em que as pessoas podem ofertar lugares disponíveis para arrendamento de terras para plantio, possibilitando com que os usuários possam ofertar seus espaços agrícolas e alcançar arrendatários. 

Plantar mais: É uma plataforma de orientação que tem o propósito de indicar as culturas com melhor desempenho, através do bioma especifico de cada região sendo filtrado pelo próprio banco de dados do aplicativo com bases científicas e tecnológicas. A aplicação foi criada por Leticia Alves, Victor Oliveira e Victor Souza. 

Agora, os finalistas do Campus Mobile aprimoraram os seus projetos até o mês de junho, em que serão conhecidos os melhores de cada categoria do programa.

Os vencedores da 7ª edição do Campus Mobile ainda poderão concluir seus projetos em uma viagem de imersão para o Vale do Silício, em São Francisco (CA), nos Estados Unidos, com visita à empresas renomadas como Facebook, Google e na Universidade de Stanford, em setembro de 2019.

Sobre o Instituto NET Claro Embratel

A área de Responsabilidade Social do Grupo Claro, composta pelas marcas NET, Claro e Embratel, investe continuamente em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel, com o objetivo de atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento. Desta forma, realiza e apoia projetos como o Campus Mobile, o [email protected], o Programa Dupla Escola, entre outros.

O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas.

Além disso, através de sua Plataforma Institucional, as marcas NET, Claro e Embratel propõem a conexão entre as pessoas para a construção de um amanhã gigante. O movimento é parte de uma inciativa que aborda a gestão corporativa e manifesta o compromisso com a sociedade. Entre as iniciativas estão os Theatros NET São Paulo e Rio de Janeiro, Estação NET Cinema, NET Live Brasília, entre outros. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2017 do Instituto: https://www.institutonetclaroembratel.org.br/wp-content/uploads/relatorio-social/2017/mobile/index.html#p=52

sem comentário »

Câmara intervém e Maria do Amparo será reaberta

0comentário

Após diversas reuniões e tratativas com a Câmara Municipal de São Luís (CMSL), a prefeitura da capital anunciou que assumirá convênio com a Maternidade Maria do Amparo para manter o funcionamento da unidade de saúde, localizada no bairro do Anil.

A decisão saiu nesta última terça-feira (12), durante reunião na Secretaria Municipal de Saúde (Semus), com uma comissão especial formada por vereadores e a diretoria do Centro Assistencial Elgita Brandão, entidade mantenedora da casa de saúde.

De acordo com as informações, a proposta do convênio consiste em manter o kit médico – grupo de profissionais formado por um ginecologista obstetra, um médico anestesista e um pediatra – que será responsável pela assistência às parturientes que chegam até a unidade de saúde, anteriormente coberta pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O vereador Gutemberg Araújo (PRTB), que integrou a comissão especial da Câmara de São Luís, ressaltou a importância da ação da prefeitura para manter funcionamento da Maternidade. “A Maria do Amparo é uma unidade de saúde de grande importância para a população da cidade. É responsável por realizar mais de dois mil partos por ano na capital, então, não poderíamos deixar fechar as portas, pois é uma unidade que atende mulheres de todo o Estado. Sabemos que nossa cidade tem 520 mil mulheres, então é uma demanda muito grande que vai poder contar também com a Maternidade Maria do Amparo”, afirmou Gutemberg.

O parlamentar também evidenciou o papel importante do presidente da Câmara, Osmar Filho (PDT), na resolução do problema e destacou a união de forças para garantir a manutenção do grupo de médicos responsável pela assistência às parturientes que chegam à unidade de saúde, cujo convênio com o SUS foi suspenso em dezembro de 2018.

Além de vereadores e diretores da Maternidade, a reunião contou com a presença do secretário Lula Fylho, titular da Semus, que apresentou a proposta do município assumir o ‘kit médico’ da unidade.

“O prefeito Edivaldo pediu para que tomássemos todas as medidas cabíveis relativas à maternidade. Tão logo haja o aceite oficial por parte da diretoria do Centro Assistencial Elgita Brandão e os trâmites jurídicos ocorram nos prazos certos, vamos iniciar esse novo convênio”, informou o secretário.

Atendimento – A Maria do Amparo é responsável por 11% dos partos registrados na capital maranhense, sendo 180 realizados por mês e 100 mil contabilizados ao longo de 37 anos de existência da maternidade.

O presidente do Centro Assistencial Elgita Brandão, Paulo Henrique Ribeiro, comemorou a possibilidade da unidade voltar a funcionar.

Também participaram da reunião os vereadores Marcial Lima, Joãozinho Freitas, Silvino Abreu, Genival Alves e a secretária adjunta da Semus, Natália Mandarino.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Mical faz primeiro pronunciamento na Assembleia

0comentário

Estreante na tribuna da Casa do Povo, a deputada estadual Mical Damasceno (PTB) proferiu discurso na manhã desta terça-feira (12) para agradecer os votos conscientes que recebeu e reafirmar o compromisso de usar o seu mandato como um instrumento de transformação social.

Com forte influência no segmento evangélico, a parlamentar iniciou  seu pronunciamento agradecendo a Deus, ao pai e pastor Pedro Aldi Damasceno, às comunidades cristãs e a todos os maranhenses que apoiaram o seu projeto político.

Em tribuna, a deputada se pronunciou sobre como deve desenvolver parte das suas ações parlamentares.

“Nosso mandato visa servir com excelência toda a população maranhense, com dedicação especial para a assistência social com projetos relevantes para o nosso povo. Vamos trabalhar as políticas públicas, a valorização da família, a saúde, a educação, o trabalho e a segurança, sempre ouvindo as demandas das comunidades, para termos sucesso em todas as nossas proposições”, afirmou a parlamentar.

Ainda em seu pronunciamento, a deputada reiterou que é fruto da organização política das Assembleias de Deus no Maranhão e dos anseios pela apologia de valores que devem nortear uma sociedade cristã digna deste nome. Agradeceu o governador, Flávio Dino e o senador, Weverton Rocha pelo apoio necessário para essa conquista. E finalizou o discurso dedicando sua vitória a Deus.

Foto: JR Lisboa e Elias Auê / Agência Assembleia

sem comentário »

Quando não se aceita uma simples crítica…

5comentários

Se existe uma coisa que sempre busco nos texto que escrevo é a fidelidade com o público que lê.

Nunca me julguei dono de verdade alguma, mas ao escrever manifesto a minha opinião e posso estar certo ou errado, mas gostem ou não é a minha opinião.

Hoje pela manhã fui surpreendido com uma mensagem pelo whatsapp do técnico Ruy Scarpino, do Imperatriz.

Ruy Scarpino é uma daquelas amizades que o futebol me deu, mas nem por isso deixo de criticá-lo ou o seu trabalho.

Foi o que fiz ontem. assisti todo o jogo entre Imperatriz e Náutico e vi dois times fraquíssimos.

Vi um Imperatriz Apático, lento, sem agressividade e nenhuma inspiração. Essa foi a minha opinião.

Isso foi o suficiente para Ruy tomar satisfação e afirmar que ou não vi o jogo ou não conheço futebol.

Ora, o Imperatriz fez cinco jogos na temporada. Só ganhou do fraquíssimo Santa Quitéria e nada mais.

Ontem, o Imperatriz esteve mal. Pouco chutou mesmo diante de um time que está no seu mesmo nível. Ruy, em sua avaliação disse na TV que o time dominou o jogo e merecia ter vencido.

Tudo bem é o papel dele. O meu eu fiz e afirmei que vi outro jogo.

Nem por isso Ruy, na minha opinião deixou de entender futebol ou não viu o jogo. É a opinião dele. Cabe a ele assimilar ou não as críticas, mas daí tomar satisfação não vai mudar nada.

Técnico de futebol precisa entender que estamos fazendo o nosso papel. E não vai ser qualquer tipo de “fraqueza” dessas ou falta de capacidade de admitir críticas que vai fazer a gente mudar de opinião.

A minha opinião é essa. Não sou obrigado a pensar igual a ninguém…

Foto: Assessoria/Imperatriz

5 comentários »

Hospital de Matões do Norte vai virar ‘policlínica’

0comentário

O secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho fez uma revelação no programa Acorda Maranhão, na Rádio Mirante AM, apresentado por Marcial Lila que explica o real motivo do fechamento do Hospital de Matões do Norte.

Segundo Lula, em conversa com o secretário Carlos Lula, o Hospital de Matões do Norte será transformado em uma policlínica – uma das promessas de campanha do governador Flávio Dino.

A revelação foi feita no momento em que o secretário explicava a superlotação nos corredores dos Socorrões.

“O Socorrão I e o Socorrão II não são causa. Ali é efeito do problema na rede de saúde pública, eu não vou cansar de dizer isso. Quando lota o Socorrão I é porque está faltando hospital em algum lugar. Os municípios não tem condições em investir em saúde e está cada vez mais precária essa situação e alguns hospitais macrorregionais não estão tendo continuidade. Eu tenho conversado com o Carlos Lula [secretário de Saúde do Estado] alguns serviços de saúde eles vão retomar e outros eles vão mudar como Matões do Norte que deixa de ser um hospital de ortopedia e passa a ser uma policlínica. Aqueles 14 municípios que tinha um hospital de ortopedia para ser atendido vão vir para o Socorrão II, então vai lotar”, disse.

Está mais do que claro que o governador Flávio Dino não vai construir novos hospitais. Em casos como esse vai apenas mudar o nome e anunciar a construção e instalação das policlínicas.

Portanto, a primeira policlínica logo estará funcionando em Matões do Norte, onde funcionava o hospital que foi fechado pelo governo do Maranhão.

sem comentário »

Jogada jurídica?

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) revogou o próprio decreto que previa o descumprimento de decisões judiciais que tivessem concedido algum tipo de reajuste salarial no âmbito da administração estadual. No ato publicado em 30 de novembro, o comunista determinava que fossem submetidas à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan) as decisões judiciais para que fossem analisadas e se havia previsão orçamentária para cumprir determinação pela Justiça.

Quando publicou o decreto, Dino foi criticado por especialista em Direito e até foi posto em cheque seu conhecimento jurídico. Outros especialistas preferiram falar em má-fé do comunista, que “agiu como se estivesse na República do Maranhão”.

Os sindicalistas preferiram pensar que o governador estava usando o artifício para evitar pagar a adequação salarial de 21,7% aos servidores que já tinham decisão judicial favorável.

O fato é que cerca de dois meses depois Flávio Dino recuou e revogou seu ato. Fica a dúvida se o comunista recuou devido às ações impetradas contra seu decreto desobediente e se, com a previsão da derrota, preferiu recuar. Ou se há previsão para que seja julgado o recurso que tramita no Tribunal de Justiça que pede a mudança de decisão dos desembargadores sobre a questão da readequação salarial de 21,7%.

A Procuradoria-Geral do Estado, comandada por Rodrigo Maia, diz que houve perda de objeto e, por isso, precisava ser revogada. Mas a justificativa é da mesma Procuradoria que vai de encontro a todos os especialistas em Direito e diz que o decreto não autorizava descumprimento da decisão judicial.

Em pouco tempo, será possível saber qual foi a jogada jurídica do governador do Maranhão que sempre mirou os servidores.

Prejudicar 

O governador Flávio Dino já fez de tudo para tentar retirar os 21,7% dos servidores que já conseguiram na Justiça e evitar que outros funcionários conquistem o mesmo direito.

Mesmo com decisão já proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o governo dinista quer que o Tribunal de Justiça reveja decisão favorável aos servidores.

No recurso, a gestão estadual diz que pesará nas contas a readequação salarial. Direitos dos servidores pesam, mas da estrutura inchada com comissionados que tem padrinhos políticos, não.

Estado Maior

sem comentário »