Vereador Honorato critica governo Temer

0comentário

Durante pronunciamento realizado, na manhã de hoje (23), no plenário da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) criticou o governo Temer pela ausência de políticas de combate à fome e ressaltou algumas ações do governo Flávio Dino, que, segundo ele, têm conseguido potencializar o desenvolvimento econômico e social do estado.

O parlamentar lamentou o retrocesso pelo qual o país está passando, no que diz respeito à carência de políticas de combate à fome por parte do Governo Federal, citando como exemplo desse retrocesso o relançamento da campanha Natal Sem Fome, que havia sido encerrada há 10 anos devido à redução da miséria no país.

“Lamentei profundamente quando, hoje pela manhã, tive conhecimento, por meio de um telejornal, do lançamento da campanha Natal Sem Fome. O lançamento do Natal Sem Fome significa um retrocesso. É a falta de compromisso da gestão de Temer fazendo o povo brasileiro voltar a sentir fome”, destacou o vereador, referindo-se como retrocesso a ausência de ações efetivas para dar continuidade ao projeto de erradicação da fome levado à cabo pelas gestões anteriores de Lula e Dilma que excluiu o Brasil do Mapa da Fome da ONU em 2014.

Maranhão em contraponto com a gestão federal

Durante o pronunciamento, o parlamentar ressaltou ainda as ações do governo Flávio Dino, que, em contraponto com o cenário de crise que assola o país e da ausência de políticas de inclusão do Executivo Federal, tem conseguido potencializar o desenvolvimento econômico e social do estado.

“Nesse momento de desigualdade latente, de ausência de políticas de inclusão, precisamos destacar as ações do governo do estado que tem conseguido, diante deste cenário, diferente de muitos outros estados, manter o nível de investimento nos mais diversos setores, bem como as políticas de fomento ao desenvolvimento”, afirmou o vereador.

Dando sequência ao pronunciamento, Honorato pontuou ainda algumas medidas de incentivo e redução fiscal do Governo do Estado feitas por meio de decretos e leis, deliberadas com Legislativo Estadual, que beneficiam agricultores familiares, empresas de transporte, empresas geradoras de energia eólica, além dos programas como o Mais Empregos, Minha Casa Meu Maranhão e Moto Legal, que concedeu anistia de multas e juros aos motociclistas irregulares do estado.

“Pontuar tais medidas se faz necessário, uma vez que em meio ao contexto de redução dos repasses federais, são poucos os estados que tem conseguido manter suas contas em dia, bem como a sua capacidade de investimento”, destacou o parlamentar.

Após o pronunciamento, o vereador Estevão Aragão (PSB) provocou o colega Honorato pela fala, destacando a postura do vereador por sempre ressaltar durante seus discursos as ações do Governo do Estado, “Parabéns pelo pronunciamento, vereador Honorato, legítimo líder do Governo do Estado na Câmara Municipal”, afirmou Estevão.

Honorato, por sua vez, respondendo ao colega de parlamento, disse: “é muito fácil defender aquilo em que se acredita, por isso o faço todas as vezes que tenho oportunidade”, afirmou o vereador.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio aponta saldo negativo do governo

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) fez uma espécie de levantamento de alguns dos principais episódios de desgaste da imagem do governador Flávio Dino (PCdoB) no mês de outubro.

Além da morte de um comerciante numa “jaula” instalada na Delegacia de Barra do Corda, que ganhou repercussão nacional, ele apontou a falta de apoio à Expoema, que deixou de ser realizada na agenda já tradicional do evento, e a polêmica das emendas parlamentares para a Saúde. Para Edilázio, o saldo de Dino é negativo.

“Estamos findando o mês de outubro, mês este que o governador não vai querer tão cedo lembrar”, disse.

Edilázio lembrou que após a imprensa nacional abordar a trágica morte de um comerciante no “gaiolão” em Barra do Corda, Dino teve de determinar a demolição do cárcere, que feria a dignidade humana.

“Flávio Dino teve que engolir seco e dar o braço a torcer com o gaiolão, lá em Barra do Corda, onde vitimou um empresário. Ele, açodadamente, como sempre faz e é peculiar dos comunistas, nas redes sociais, correu para dizer que aquilo era para o banho de sol dos presos em custódia. Mas não aguentou e viu que realmente estava errado, mandou demolir. Mas não dá o braço a torcer e 24não reconhece que aquele cidadão foi vítima da omissão do Estado”, disse.

Edilázio também afirmou que Dino deixou de apoiar a Expoema. “Ano retrasado [2015] ele disse que a Expoema era um evento privado e que o Estado não tinha que se meter. E deu um calote de R$ 70 mil na Associação dos Criadores quando prometeu essa ajuda para que colocasse a logomarca do Governo do Estado nos banners da Expoema. Ano passado nem teve o evento. E este ano ele vai para a Expoema e dá o braço a torcer, mas não reconhece. Agora ele fala que é importante, que traz entretenimento, que gera emprego, que realiza grandes negócios em nosso Estado, que melhora o nosso plantel de ovinos, caprinos, bovinos, equinos, enfim, melhora toda a nossa pecuária”, completou.

Ao concluir o seu pronunciamento, Edilázio lembrou da polêmica sobre a não liberação das emendas parlamentares para a Saúde.

“E ainda no mês de outubro, vem as emendas, ele foi estrebuchar e espernear querendo emenda, que os senadores do Estado do Maranhão tinham que pegar as emendas e mandar para a Saúde do Estado. Enquanto isso ele não dá o braço a torcer, mais uma vez, em relação a esta Casa, em relação aos parlamentares de oposição quando não honra e não paga as nossas emendas. Emendas essas que foram aprovadas, que foram publicadas no Diário e no Orçamento Anual do Estado para a execução no ano de 2017. Mas, mais uma vez, ele dá calote”, finalizou.

Foto: JR Celedônio/Agência AL

sem comentário »

Prefeitura implantará Farmácia Viva em SL

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), firmou parceria com o Governo do Estado, via Secretaria de Estado da Saúde (SES), para a implantação da Farmácia Viva em unidades de saúde do município. A Farmácia Viva é uma estratégia de promoção do acesso da população à medicamentos de origem vegetal, obedecendo aos padrões técnico-científicos de qualidade e segurança.

O convênio foi assinado nesta segunda-feira (23), pelo secretário municipal de Saúde, Lula Fylho e o adjunto de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa. A parceria prevê a implantação de hortas de plantas medicinais em unidades de saúde para distribuição à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), com a orientação quanto à correta preparação e uso dos chamados “remédios caseiros”.

O secretário Lula Fylho informou que em São Luís a Farmácia Viva começará a ser implantada no Centro de Saúde Turu e estendida para todas as Unidades Básicas de Saúde da rede municipal. “Há muito tempo é comprovado que plantas medicinais têm eficiência terapêutica e podem ser utilizadas pela população nas suas necessidades básicas de saúde, e a Farmácia Viva se insere no contexto das práticas integrativas de saúde que complementam a assistência já oferecida aos usuários. É importante ressaltar que tudo será feito com a supervisão dos profissionais”, explica.

“A Farmácia Viva é um programa de grande adesão popular, e São Luís, como maior município do estado, tem muitas unidades com espaços que podem se transformar em hortas medicinais para disponibilizar à população medicamentos fitoterápicos e plantas”, disse o secretário Marcelo Rosa.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Penha participa de aulão gratuito do ENEM

0comentário

O vereador Raimundo Penha participou no último sábado (21) do aulão gratuito para o Enem, no auditório da Faculdade Pitágoras, em São Luís.  As aulas foram ministradas pelos professores Elton Soares, Giuliard Sousa e o deputado distrital Reginal Veras (PDT-DF) e contou com a participação de 200 pessoas, entre jovens e adultos.

O curso “Reinventando o Brasil – ENEM”, é desenvolvido pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP). É uma iniciativa inédita entre partidos políticos do Brasil, coloca em prática a prestação de serviço social com foco na educação, principal bandeira do PDT.

Penha destacou a iniciativa que abrange o desenvolvimento de ações em ensino com foco na melhoria da aprendizagem.

“É um tipo de reforço para eles. Além disso, as aulas diferenciadas de redação e leitura. Tudo isso com o foco na preparação para o Enem e o aulão é um complemento essencial nesse processo”, disse.

Educação a Distância

O curso tem sido aplicado em 05 turmas em bairros de São Luís, onde líderes comunitários coordenam as aulas e exibem em TVs ou Projetores, cerca de 100 video-aulas com duração de aproximadamente 30 minutos cada, neles os professores fornecem dicas que irão ajudar o estudante na hora da prova e, consequentemente, adquirir boas chances de ingressar no ensino superior.

Foto: Divulgação

sem comentário »

‘Torcedores’ voltam a prejudicar o Sampaio

7comentários

A irresponsabilidade de pessoas que me recuso a chamar de “torcedores” vai custar caro para o Sampaio mais uma vez.

A enxurada de objetos atirados em direção ao árbitro Heber Roberto Lopes, na partida semifinal contra o Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro Série C, levou o Sampaio a uma nova punição do Superior Tribunal de Justiça (STJD).

O Sampaio foi punido e terá que realizar uma partida com portões fechados e pagar multa de R$ 5 mil reais. A punição terá que ser cumprida no Campeonato Brasileiro Série B em 2018.

Imaginem vocês, o Sampaio garante o acesso vai à semifinal e ainda assim esses tidos ‘torcedores’ prejudicam a equipe….

Essa não foi a primeira vez que “torcedores” do Sampaio prejudicaram a equipe. O fato é lamentável, pois por conta da irresponsabilidade de alguns, o time perderá a oportunidade de faturar uma boa grana que será importante para que o clube faça uma boa campanha na Série B.

Esses ‘torcedores’ acham que porque pagam ingresso podem prejudicar o próprio time. Se é para ajudar o time dessa forma que esses ‘torcedores’ fiquem mesmo em casa, pois o Sampaio não precisa de nenhum torcedor assim.

Foto: Paulo Soares/ O Estado

7 comentários »

MP aciona prefeito de Vargem Grande

0comentário

A prática de nepotismo na gestão do prefeito de Vargem Grande, José Carlos de Oliveira Barros, motivou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a pedir, em 10 de outubro, em Ação Pública por ato de improbidade administrativa, a indisponibilidade dos bens do gestor.

O objetivo do pedido, formulado pelo promotor de justiça da comarca, Benedito Coroba, é garantir o ressarcimento dos valores acrescidos ilicitamente, de janeiro a setembro de 2017, ao patrimônio de Ana Kássia Garreto de Sousa, Antonio Garreto de Sousa, Carla Danielle Mesquita de Mesquita e Maria Gorete Leite Costa.

Os servidores estão enquadrados na Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que veta o nepotismo na Administração Pública.

Além da indisponibilidade de bens do prefeito, o representante do MPMA requer a suspensão imediata das remunerações. Também solicita o afastamento, a exoneração e a anulação dos atos de nomeação.

Casos

Ana Kássia Garreto de Sousa, que ocupa cargo comissionado na Secretaria Municipal de Assistência Social, e o diretor do Almoxarifado da prefeitura, Antonio Garreto de Sousa, são cunhados do secretário de Obras, José Sousa Barros Filho.

Também detentora de cargo comissionado na Secretaria Municipal de Assistência, Carla Danielle Mesquita de Mesquita é irmã da secretária de Saúde, Carla Nicoly Mesquita de Mesquita.

O último caso é o da diretora geral do Centro de Educação Infantil do município, Maria Gorete Leite Costa, que é tia da controladora geral do Município, Thais Kellen Leite de Mesquita. O cargo de controladora geral equivale ao de secretário municipal.

(mais…)

sem comentário »

Repórter Afonso Diniz lança blog

8comentários

O repórter Afonso Diniz lança nesta terça-feira (23) uma nova plataforma de notícias e opiniões. Abordando os bastidores do esporte e inquietações sociais, o radialista trará em uma linguagem intimista assuntos, que em um cenário comum não se tornam pautas nos grandes centros jornalísticos.

Por ter ligação forte com o esporte, o Blog do Afonso Diniz terá em sua predominância assuntos desse cunho, mas apostando em uma linguagem mais coloquial e destacando o futebol fora dos gamados. No entanto, Diniz adiantou que outras temáticas também serão uma aposta.

“Coloco em prática uma ideia que vinha amadurecendo alguns dias. Lógico que por ser repórter esportivo vou ter um foco maior no desporto. Mas tenho minha veia cultural, gosto de conversar sobre nossas manifestações e quem me conhece sabe que debato sobre todas as nossas inquietações sociais. O blog vai ser minha sala de estar. Vamos sentar no sofá e bater papo”, afirmou Afonso Diniz.

Ludovicense, Afonso Diniz foi nascido e criado no bairro da maior efervescia cultural da capital maranhense: a Madre Deus. Desde a infância, Diniz sempre esteve ligado as manifestações culturais do Maranhão. Participando ativamente como instrumentista de blocos organizados, escolas de samba e bumba-meu-boi.

Afonso Diniz é bacharel em Comunicação Social formado pela Universidade Federal do Maranhão. Como radialista começou sua carreira na Rádio Timbira AM e há seis anos se transferiu para Mirante AM, onde trabalha como setorista do Sampaio Corrêa. Além do circuito radiofônico, Afonso Diniz é redator no GloboEsporte.com e G1 Maranhão.

8 comentários »

Desfalque é maior

3comentários

É maior do que os R$ 12 milhões anunciados no fim de semana o desfalque para a Saúde de municípios maranhenses a partir do veto do governador Flávio Dino (PCdoB) a emendas de deputados estaduais da oposição para esse setor.

Ao divulgar o valor inicial, O Estado fez a ressalva de que ele se referia aos últimos dois anos e apenas às emendas dos parlamentares que haviam respondido a uma consulta durante a semana: Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Edilázio Júnior (PV), Eduardo Braide (PMN) e Sousa Neto (Pros).

Após a publicação, outros deputados entraram em contato e confirmaram que também tiveram emendas para a Saúde não liberada pelo comunista.

O deputado César Pires (PEN), por exemplo, cita emendas no valor de R$ 500 mil; Graça Paz (PDT), de R$ 700 mil. E há, ainda, uma emenda de R$ 100 mil de Adriano Sarney para o Hospital do Câncer Aldenora Bello não incluída na relação original.

Já o deputado Wellington do Curso (PP) afirma que destinou R$ 1,2 milhão para ações na área da saúde do Maranhão em 2017.

Assim, o valor sobe de pouco mais de R$ 12 milhões, para quase R$ 15 milhões. Recursos que poderiam ser empregados na saúde do maranhense. Mas que foram vetados pelo Palácio dos Leões.

Estado Maior

3 comentários »

Feirinha entra na campanha Outubro Rosa

0comentário

As mulheres deram o tom ao projeto Feirinha São Luís, iniciativa da Prefeitura que acontece todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite e que trouxe, neste domingo (22), uma programação especial em alusão à campanha Outubro Rosa, cujo objetivo é a conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Realizada por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), o evento vai se fortalecendo como espaço de lazer, de comércio e de interação social. Famílias inteiras aproveitam para curtir a praça e ainda levar para casa produtos tipicamente maranhenses.

“Estamos sempre agregando com as celebrações e acontecimentos da cidade, procurando diversificar as atrações, unindo com o lado social para oferecer um evento diferente a cada domingo e o público tem correspondido, estando presente e agregando com animação em todas as edições”, destacou o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Para a empreendedora social Monique Moraes unir divrsão com ações de conscientização é uma ótima maneira de falar sobre direitos e cidadania. “É importante usar a cultura local, atraindo as pessoas para o Centro Histórico, para passar a mensagem da campanha do Outubro Rosa. Assim podemos exercer a cidadania e ficarmos atentas para o assunto da prevenção do câncer de mama e a Feirinha tem essa característica, de celebrar a cidade e ao mesmo tempo, aproximar a população de assuntos mais sérios”, disse.

Na programação cultural deste domingo (22), as mulheres comandaram o palco com a roda de capoeira Angolanas de Upaon Açu, as cantoras Fernanda Garcia, Grupo 1,2,3, grupo Lamparina, Célia Sampaio e grupo Afrôs.

Foto: Renato Carvalho

sem comentário »

Sampaio aguarda resposta do governo

5comentários

Campeão brasileiro da principal competição de basquete feminino no país, a Liga de Basquete Feminino (LBF), na temporada 2015/2016, o Sampaio aguarda com expectativa a liberação pelo Governo do Maranhão, do certificado da Lei de Incentivo ao Esporte para que possa confirmar a participação na temporada de 2018.

O presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias adiantou que sem a Lei de Incentivo, o Sampaio não disputará a competição..

“A gente conta com esse apoio, pois sem ele não tem como participar da LBF. Atualmente, as empresas só patrocinam o esporte por meio da Lei de Incentivo, porque ganham descontos em impostos”, afirmou.

O Sampaio tem até a próxima semana (30 de outubro) para confirmar a participação na competição. Segundo a diretora-técnica, a ex-jogadora Iziane Marques, o projeto do Sampaio Basquete já está na Sedel.

“Já foi dado entrada na documentação necessária para que o Governo do Estado dê a certificação ao projeto, pois, sem ele, fica quase impossível disputarmos a LBF de forma competitiva. Além disso, o prazo para montarmos um time de ponta está acabando, porque a LBF terá início em 8 de janeiro de 2017 e temos menos de dois meses para contratar jogadoras e treinar. E as melhores jogadoras daqui há alguns dias estarão todas empregadas”, disse.

Foto: LBF

5 comentários »