Santa Rita amplia serviços em hospital

0comentário

Mais uma conquista para a população de Santa Rita. O prefeito Hilton Gonçalo inaugurou novos serviços no Hospital Municipal Maria Helena Freire. Através de aquisição de novos equipamentos, mais exames de média complexidade estão sendo desenvolvidos na cidade.

A partir de agora a população de Santa Rita conta com o serviço de ultrassonografia, que foi inaugurado na última segunda-feira (9), pelo próprio prefeito Hilton Gonçalo. Na oportunidade o médico foi responsável por realizar o primeiro exame com o novo equipamento em uma gestante.

O Hospital Maria Helena Freire já conta também equipamentos modernos no setor de urgência e emergência. A equipe que trabalha na ala vermelha do hospital dispõe de equipamentos de eletrocardiograma e desfibrilador portátil emergencial.

Com os novos equipamentos, a Prefeitura de Santa Rita visa diminuir a dependência da população da rede pública de São Luís, além de ofertar atendimento com maior agilidade aos casos mais graves.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Feirinha terá programação para as crianças

1comentário

Em sua 19ª edição, a Feirinha São Luís que inova a cada semana, traz nesse domingo  (15), uma  programação especial para a criançada. De 9h ao meio dia terá apresentação de atrações infantis, como Teatro Musical “Mundo Imaginário de Juju Carrapeta”; Trupe Folia e Trenzinho da Alegria; Orquestra Infantil da Escola do Sesi; Show “Tem Criança no Samba”; Boi Barriquinha e Banda Vagalume. Depois do meio dia tem ainda a programação para os pais, com Raimundinho e Banda com Forró Pé no Chão; e Show de Gerude e Banda com participação especial de João Gerude.

O titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, destaca que o projeto Feirinha São Luís é pensado para toda a família. “O sentimento de pertencimento da cidade à feirinha é fortalecido à cada edição do evento, são famílias inteiras que vão passear, com filhos, netos, avós, e até animais de estimação. Nada mais justo do que presentearmos nosso público com uma programação especial para celebrar o dia das crianças”, disse o secretário.

A Feirinha São Luís é um projeto da Prefeitura desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e ocorre todos os domingos, na Praça Benedito Leite, das 7h às 15h, promovendo a reocupação do Centro Histórico desde junho, com o objetivo principal de divulgar e comercializar a produção agrícola familiar da capital e também divulgar as artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura.

O fortalecimento da agricultura familiar tem sido uma das bandeiras da gestão do prefeito Edivaldo que visa dar oportunidade ao produtor de ter mais um espaço de comercialização dos seus produtos. Além do viés da agricultura, a Feirinha também tem atraído grande público em razão de agregar cultura, artesanato e gastronomia em um mesmo espaço.

Ponto alto da gastronomia no evento, a Barraca do Chef tem como convidado nesse domingo Delmo Junior, do Restaurante Feijoada Sabor, especializado em comida típica brasileira, trazendo no menu as especialidades feijoada, mocotó e rabada. A proposta da Barraca do Chef é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca de cada profissional.

Participam da Feirinha 11 polos da grande Ilha, que comercializam produtos diversos a preços competitivos, distribuídos em mais de 90 pontos de comércio, movimentando o turismo na capital e a geração de renda. A Feirinha conta com 29 barracas para venda de produtos agrícolas, 25 para artesanato, 19 de alimentação e 13 food trucks.

Foto: Divulgação

1 comentário »

OAB denuncia uso de gaiolões como cela

0comentário

O uso dos gaiolões como celas e a permanência indevida de presos em delegacias de polícia são denunciados pela Comissão de Direitos Humanos da OAB. A denúncia veio à tona após a morte do comerciante Francisco Edinei que ficou preso por quase dezoito horas no gaiolão da delegacia de Barra do Corda, na região central do estado.

A utilização de gaiolões é comum no Maranhão. O local deveria ser usado para o banho de sol. Só que desde fevereiro deste ano, a Defensoria Pública do Estado fez um relatório e enviou ao Conselho Nacional de Justiça, relatando que a estrutura estava sendo usada como uma cela provisória.

A prática fere a Lei de Execução Penal e a Constituição Federal, que estabelece que uma cela deve ter condições mínimas para encarceramento. No gaiolão, segundo o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Rafael Silva, não é o que ocorre. “Se as pessoas que ficaram encarceradas naquele gaiolão isso ofenderia até a Lei de Proteção a Animais. Não tem qualquer possibilidade de uma ação regular do estado encarcerar pessoas numa jaula. Isso ofende a dignidade da pessoa humana de qualquer pessoa. Nenhuma pessoa poderia ficar encarcerada num local daquele. Então isso precisa ser efetivamente apurado e se esse gaiolão tiver sendo utilizado para essa finalidade ele precisa ser imediatamente desativado” .

De acordo com Rafael Silva em maio deste ano o Ministério Público e a Defensoria Pública do Estado entraram com um uma Ação Civil Pública contra o governo do Maranhão, por causa da superlotação da delegacia de Barra do Corda, afirmando que presos estariam sendo mantidos indevidamente sob custódia.

“Há uma Ação Civil Pública que foi proposta pelo Ministério Público do Estado juntamente com a Defensoria Pública do Estado. Os defensores e promotores de Barra do Corda ingressaram exatamente em maio desse ano, em 2017, questionando a Delegacia Regional de Barra do Corda em Ação proposta contra o estado do Maranhão, mas a respeito da Delegacia Regional de Barra do Corda vendo as condições de encarceramento de presos provisórios e definitivos que estariam lá, o que ofende a Lei de Execução Penal, a Convenção Interamericana de Direitos Humanos bem como a Constituição Federal. A Comissão de Direitos Humanos da OAB juntamente com a Comissão de Política Penitenciária da OAB nós vamos pedir a habilitação nessa Ação Civil Pública para nós pudermos nos manifestar e acompanhar o andamento dessa Ação Civil Pública”, revelou o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB.

A morte de um preso pode acarretar impactos civis, administrativos e penais para o estado, de acordo com Rafael Silva. “Esse fato ele gera a necessidade de uma apuração administrativa por parte da Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública para apurar a forma como os servidores públicos lá da delegacia agiram nesse caso. É preciso também esclarecer que a família tem direito a acionar a Justiça contra o estado do Maranhão por reparação por danos morais, uma vez que o estado quando encarcera uma pessoa ele assume uma responsabilidade por sua integridade física e moral e também aspectos penais aí haver a partir da investigação, da apuração do caso se há uma relação de causalidade entre a forma como a pessoa ficou encarcerada e a morte dela. Se houve esse nexo de causalidade isso, inclusive, pode gerar um efeito penal de responsabilização”, finalizou.

Leia mais

sem comentário »

Frota busca patrocínio da Caixa ao Sampaio

2comentários

O presidente do Sampaio, deputado Sérgio Frota (PSDB-MA) esteve na última quarta-feira em Brasília numa reunião na Caixa Econômica Federal (CEF) com o presidente Gilberto Occhi; o vice Marco Jacinto e o diretor executivo de marketing, Gerson Bordignon para tratar sobre o patrocínio da Caixa ao Sampaio para a disputa da Série B em 2018.

Também participaram da reunião o senador João Alberto (PMDB-MA), o deputado federal João Marcelo (PMDB-MA) e o deputado estadual Roberto Costa (PMDB-MA).

Sérgio Frota já vem tentando a algum tempo o patrocínio da Caixa ao Sampaio. Ele deixou a reunião empolgado com a possibilidade do acordo com a Caixa.

“Na manhã desta 4ª feira, dia 11, estive na Caixa Econômica Federal, em Brasília reunido com o senador João Alberto, deputado federal João Marcelo, deputado estadual Roberto Costa, do Maranhão e com o presidente e diretoria deste órgão. Em pauta, o tão almejado patrocínio para o Sampaio Corrêa. Meus agradecimentos sinceros aos três”, destacou nas redes sociais.

Se for confirmado o patrocínio da Caixa, o Sampaio ainda terá a cota paga pela CBF para a Série B.

Sem dúvida uma boa grana para o Sampaio fazer bonito na competição nacional.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Vacinação animal continua no fim de semana

1comentário

A campanha de Vacinação Antirrábica Animal, realizada pela Prefeitura de São Luís e executada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), continua nesta sexta-feira (13), das 13h às 17h e sábado (14), das 7h às 13h. A ação, direcionada para cães e gatos com mais de três meses de idade, está sendo realizada de casa em casa para cumprir a meta de imunizar 160 mil animais em São Luís. Somente no primeiro fim de semana da campanha, foram vacinados mais de 15 mil animais.

Nesta nova etapa da campanha, as equipes da Semus vão percorrer os bairros Sacavém, Coroadinho, Jordoa, Filipinho, Alemanha, Ipase, Parque Timbira, Jaracati, São Francisco, Ilhinha, Calhau, Ponta d’Areia, Ponta do Farol e adjacências. A orientação da Semus é para que as pessoas exijam a identificação do vacinador.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, comemora a grande participação da população na campanha de imunização e diz que a raiva está sob controle na capital maranhense. “Precisamos manter esta situação e para isto a gestão do prefeito Edivaldo tem investido na vigilância e prevenção, porque a única forma de evitar a raiva é com a imunização dos animais”, destacou o secretário.

O coordenador da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) da Semus, João Batista Pires, diz que a primeira etapa da campanha atingiu os objetivos. “Totalizamos 15.233 animais vacinados, sendo 9.358 cães e 5.875 gatos, porque houve uma grande participação da população. Precisamos que essa colaboração continue porque a vacinação é fundamental para preservar a saúde não apenas do animal, como de todas as pessoas que têm contato com ele”, afirmou.

Foto: Maurício Alexandre

1 comentário »

Moto faz nova aposta arriscada em Marcinho

12comentários

O Moto Club faz novamente uma aposta arriscada e mantém o técnico Marcinho Guerreiro no comando da equipe para a temporada 2018.

O presidente Célio Sérgio defende que Marcinho obteve os melhores resultados entre todos os técnico que comandaram o Moto este ano, incluíndo Ruy Scarpino, Marcelo Vilar e Leston Júnior.

Mesmo com os argumentos de Célio Sérgio, as críticas por parte dos torcetores foram muitas. Ex-jogador do Moto, Marcinho tem forte identificação com o clube, mas ainda lhe falta mais experiência para comandar a equipe principal. Com um pouco mais de tempo e estudo, logo acho que estará preparado.

Mesmo com os resultados obtidos na temporada sob o comando de Marcinho, o que se viu foi um Moto sem padrão tático, mas também, os problemas financeiros e disciplinares, certamente influenciaram no trabalho e isso precisa ser levado em consideração.

Mas a escolha é da diretoria e não minha. Espero estar errado e que Marcinho consiga dar ao Moto uma nova cara neste novo momento que será de ainda mais dificuldade do que foi este ano.

Vale lembrar aos dirigentes que o Moto terá somente 11 jogos para acertar no Campeonato Maranhense e garantir vagas na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D em 2019. Será um início de temporada curta para salvar 2018 e 2019.

E se vacilar nestas competições, o futuro do Moto será ainda mais tenebroso…

Este é apenas um aviso….

Foto: Reprodução/ TV Mirante

12 comentários »

Alcântara recebe moto para ações da PM

0comentário

O município de Alcântara, localizado no litoral ocidental maranhense, e pertencente à Região Metropolitana da Ilha, recebeu nesta quarta-feira (11) do governo do estado, uma motocicleta que vai fortalecer as ações da Polícia Militar na sede e zona rural. A solenidade de entrega dos veículos foi realizada no auditório da Secretaria de Fazenda (Sefaz) e contou com a presença do prefeito Anderson Wilker (PCdoB), que estava acompanhado do vereador Ivan Ferreira.

Para o prefeito de Alcântara, a entrega da nova motocicleta é mais um apoio que o governador Flávio Dino oferece ao município, ampliando a parceria entre estado e município, já que Alcântara foi beneficiado com outras ações, incluindo veículos. “É mais um grande avanço que o governo do estado, na pessoa do governador Flávio Dino delibera aos municípios, no fortalecimento das ações da Polícia Militar. Em Alcântara vamos fazer a parceria entre a PM e a Guarda Municipal, já que 70% de nossa população vive na zona rural e isso vai reforçar nossa segurança juntando com os veículos que já temos nas polícias militar e civil, principalmente no combate ao tráfico de drogas”, destaca Anderson.

Para o governador Flávio Dino (PCdoB), 61 municípios foram beneficiadas com 103 novas motocicletas e o Maranhão já chegou a marca de 833 novos veículos (carros e motos) destinados para as forças policiais do Estado, totalizando 303 motos. “É uma iniciativa de modernização e fortalecimento das polícias para melhorar sua eficiência, e é apenas uma das medidas, pois já fizemos novos batalhões, contratação de policiais e promoções”, afirmou o governador, que destacou o impacto das ações do Programa Pacto pela Paz, desenvolvido pelo Governo do Estado e que reduziu índices de criminalidade em todo o Maranhão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Barbárie e covardia

2comentários

Pilhado em grave escândalo no setor de segurança pública – a revelação de uma jaula a céu aberto, em Barra do Corda, que levou à morte de um empresário detido por infração no trânsito – o governador Flávio Dino (PCdoB), mais uma vez, utiliza-se de um argumento pífio para tentar esconder a incapacidade do seu governo de dar respostas claras à sociedade. Ele tenta responsabilizar o governo passado pela gaiola humana, como se não estivesse há três anos no comando do estado.

Não é de hoje a incapacidade gerencial do governo comunista no setor de Segurança Pública. Saíram da pasta comandada pelo delegado Jefferson Portela – que ascendeu ao posto por causa de sua militância de guerrilha na campanha do PCdoB, em 2014 – alguns dos mais graves escândalos de brutalidade, bestialidade e barbárie social registrados no Maranhão desde 2015.

Quem não se lembra, por exemplo, da execução do mecânico Irialdo Batalha, morto em praça pública por um vigilante que fazia as vezes de policial militar, em Vitória do Mearim, em maio de 2015, com a anuência dos próprios PMs?

Qualquer que seja a justificativa de Flávio Dino para a cela pública em Barra do Corda, ele não tem desculpas para a barbárie mostrada em âmbito nacional, digna das piores imagens exibidas pelos fundamentalistas do Estado Islâmico. E não adianta culpar terceiros pela própria incapacidade.

Coluna Estado Maior

2 comentários »