Começo de conversa

0comentário

Antes de a Câmara Municipal aprovar o novo e polêmico Plano Diretor de São Luís, acredito que nós ludovicenses, deveríamos nos decidir se queremos dinamizar a nossa vocação portuária ou pensar em uma outra alternativa econômica e social para as áreas rurais e periféricas da cidade. Existem argumentos contra e a favor de cada uma dessas correntes. Eu acredito na combinação delas; uma atividade econômica portuária que integre as comunidades locais de forma sustentável. Tarefa difícil, mas possível.

Participei no dia primeiro deste mês de uma audiência pública organizada pela Câmara Municipal de São Luís com o intuito de ouvir a população sobre a revisão do Plano Diretor. O projeto de lei chega à casa legislativa e os vereadores querem ouvir as pessoas. Além dos vereadores e conselheiros municipais, representantes do Ministério Público, prefeitura, governo estadual, classe empresarial, sindical, universidade e movimentos sociais também estavam presentes.

Dentre vários pontos polêmicos, como a redução de áreas protegidas de dunas, áreas de aquíferos, área ambiental do Sítio Santa Eulália e da APA do Maracanã, o que chama a atenção para o debate posto neste texto é a redução em 41% da área rural de São Luís e sua conversão para área urbana. Dois argumentos da prefeitura foram colocados para defender tal medida: converter as áreas rurais povoadas e que já tenham o perfil urbano e transformar uma área próxima do porto para instalação de empresas e construção de armazéns que tenham vínculo com atividades portuárias (retroporto). Em resumo, quase metade da área rural será transformada em centros habitacionais urbanos e empresariais.

Nas discussões percebi uma divergência nítida de ideias, uns criticavam a alteração, atacando a prefeitura e as empresas que hoje já estão instaladas nos arredores do porto. Argumentavam questões sociais, ambientais e de infraestrutura. Para eles, esses empreendimentos não fomentam melhorias nas comunidades, não geram empregos para a massa, pagam poucos impostos, o lucro não fica na cidade e são altamente poluidoras. Já outros defendiam a medida de expansão do retroporto, referiam-se à vocação portuária de São Luís e ao desenvolvimento econômico. Para eles, as empresas são as responsáveis pela geração de emprego e renda e por mais receita para o governo e prefeitura. Acreditam que o progresso social só é possível se bem trabalhada a mais importante vocação econômica e estratégica de nossa capital.

Mas será que é possível contemplar essas duas correntes? Será que podemos gerar emprego e renda para reduzir a flagrante pobreza que temos na Ilha e acrescentar mais receita para o governo e prefeitura para aumentar o investimento em saneamento, infraestrutura, fiscalização, segurança, etc, sem prejudicar as populações tradicionais e afetar nosso meio ambiente? Acredito que é possível, apesar de ser um trabalho que exige um esforço generalizado e de um debate mais aprofundado.

A discussão não deve ser sobre aproveitar ou não a nossa maior vocação econômica, mas COMO vamos fazê-la de forma a trazer benefícios aos ludovicenses. Quantos empregos locais esse projeto de retroporto irá criar? Qual o compromisso do poder público em relação a essas comunidades? O incremento de receitas públicas provenientes desses empreendimentos serão investidos de que forma eficiente? Como se vê, ainda temos muito o que discutir. No momento estamos, infelizmente, entre duas situações lamentáveis: não aproveitar a nossa vocação econômica natural ou abrir áreas para que empreendimentos se instalem sem um compromisso social com a cidade.

Algo tem que ser feito e a hora de decidir é agora.

*Adriano Sarney é deputado estadual, economista com pós-graduação pela Université Paris (Sorbonne, França) e em gestão pela Universidade Harvard.

sem comentário »

MAC perde e deixa escapar liderança da Copa FMF

0comentário

Juventude e Pinheiro dividem a liderança da Copa FMF após a realização dos jogos da segunda rodada.

O Juventude bateu o MAC por 3 a 1, em São Mateus. Leonardo e Marcelo (2) marcaram para o Juventude, enquanto Maurício diminuiu para o MAC.

Em Pinheiro, o Pinheiro também fez 3 a 1, contra o Santa Quitéria. Frank abriu o placar para o Santinha. O Pinheiro empatou com Leonardo e virou com Neto. Guilherme fez o terceiro do PAC.

No outro jogo da rodada, o São José venceu o Cordino por 1 a 0, em Barra do Corda, com gol de Matheus.

Classificação
1 – Juventude e Pinheiro – 4 pontos
3 – Maranhão, Santa Quitéria e São José – 3 pontos
6 – Cordino – 0 ponto

Próximos jogos
13/11 – Quarta-feira
15h30 – São José x Pinheiro – Castelão – São Luís
15h30 – Cordino x Juventude – Leandrão – Barra do Corda
15h30 – Santa Quitéria x Maranhão – Serejão – Rosário

Foto: Divulgação/MAC

sem comentário »

Eudes define prioridades para infraestrutura em Ribamar

0comentário

Na luta insistente para melhorar a infraestrutura do município de São José de Ribamar, o prefeito Eudes Sampaio reuniu nesta quinta-feira (7) com o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto. Intervenções ao longo da MA 201, com vistas a garantir maior fluidez no trânsito da rodovia; conclusão da recuperação da Estrada da Mata e pavimentação de vias localizadas nas áreas limítrofes foram os assuntos tratados no encontro. 

Para o prefeito Eudes Sampaio, o município tem conseguido êxito extraordinário nas políticas de educação, saúde e assistência social, mesmo com as constantes reduções nos repasses constitucionais. Como há financiamento para esses setores, com uma gestão honesta e eficiente, é possível colher bons resultados. 

“No entanto, para a área da infraestrutura”, acrescenta o prefeito, “é necessário buscarmos essas parcerias com o Governo Federal, Estadual e parlamentares, através das emendas. E foi isto que viemos fazer aqui, neste encontro com o secretário Clayton Noleto, que nos garantiu esforço especial para o atendimento de algumas demandas e início de outras”. 

Eudes Sampaio intercedeu pela conclusão da Estrada da Mata, nos trechos que contemplam a Cidade Alta, Quinta, Preçoeira e Rio São João. São mais de 100 mil habitantes que serão beneficiados com a conclusão dessa obra, que será retomada nos próximos dias, conforme garantiu Noleto. “É uma estrada intermunicipal que liga São Luís a São José de Ribamar e contempla também a população de Paço do Lumiar. É uma via extensa que necessita do auxílio do Governo do Estado”, reafirmou o prefeito.     

Tanto com relação à conclusão desta obra como das outras demandas apresentadas, incluindo as intervenções na MA 201 e recuperação de ruas em bairros limítrofes, a exemplo da Maiobinha, Miritiua, Parque Araçagy, Vila Flamengo, Vila São Luís, J. lima, Vila São José, Cohatracs, Parque Florêncio, Nova Terra e Recanto Turu, entre outros, o prefeito saiu bastante animado da reunião. 

“As demandas foram muito bem recebidas pelo secretário, que já tem o apoio e compromisso do governador Flávio Dino, um dos grandes entusiastas das ações em favor do município de São José de Ribamar”, concluiu o prefeito.

Além da retomada da obra da Estrada da Mata, também serão implantados, nos próximos dias, os retornos na Estrada de Ribamar (MA 201) e a recuperação da Avenida João Damásio Pinheiro, na Maiobinha, um dos bairros que a Prefeitura, com esforço próprio, já está trabalhando. 

Foto: Divulgação

sem comentário »

Osmar e Edivaldo vistoriam obra no São Francisco

0comentário

A Rua 7, localizada no bairro do São Francisco foi uma das primeiras a receber na manhã desta sexta-feira (08), malha asfáltica, do pacote de ações do Programa São Luís em Obras.

O presidente da Câmara, vereador Osmar Filho (PDT), acompanhou o andamento dos serviços, junto do prefeito da cidade, Edivaldo Holanda Júnior, do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo; além dos vereadores Pavão Filho (PDT) e Concita Pinto (Patriota).

Com este novo benefício, a comunidade passa a receber mais de 7 quilômetros de recapeamento asfáltico em diversas ruas do bairro.

Segundo Osmar Filho, o início das obras, chega em boa hora, marcando as comemorações do aniversário do bairro.

” Uma alegria acompanhar o trabalho da Prefeitura através do Programa São Luís em Obras. Ação importante para o desenvolvimento da cidade. Aqui, no bairro do São Francisco o trabalho chega em um momento propício para presentear toda a comunidade pela passagem do seu aniversário, celebrado na última segunda-feira (4). Parabenizo a Prefeitura por este programa que está transformando a cidade”, disse agradecido o parlamentar.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Contagem regressiva para a Travessia Felipe Camarão

0comentário

A mais aguardada prova de longa distância da natação disputada no Maranhão já tem dada marcada. A Travessia Felipe Camarão será realizada dia 15 de dezembro, quando os nadadores passarão pelo desafio de enfrentar as águas da Baía de São Marcos, largando na beira-mar e chegando no Iate Clube de São Luís. Nas Maratonas Aquáticas serão três quilômetros com muito vento e mar agitado, o que torna a prova mais fascinante. O evento vai reunir pela primeira vez atletas do Aquathlon – prova que combina natação e corrida.

A promoção da Travessia é da Nina Natação. As inscrições estão abertas e podem ser feitas a partir do dia 11/11 na escola Nina de natação, que fica no Parque Shalom. As federações maranhenses de Triathlon e Desportos Aquáticos darão o suporte técnico e todo apoio logístico para que o evento transcorra dentro de total normalidade e segurança. Contará com a parceria das Associações de Vela, Jet Skis e Caiaques.

O local da largada das Maratonas Aquáticas será na rampa que fica em frente à praça Manuel Beckman, seguindo até o Iate Clube. Está aberta para as categorias de Infantil a Masters 3000m. A prova para Kids e Iniciantes será de 400m como forma de incentivo na modalidade.   

Os atletas do Aquathlon terão um percurso diferenciado e farão a transição no Iate Clube e seguem correndo pela orla do Espigão, com opção de competir 2,5 ou 5 Km. Outra novidade será o revezamento por gênero ou misto.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Operação combate retirada de madeira em Barreirinhas

0comentário

A Prefeitura de Barrerinhas por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, ICMBIO e Polícia Militar do Maranhão realizaram nesta sexta-feira (9) uma operação contra a retirando clandestina da floresta de mangue, na região das Vassouras e Alazão

Segundo o secretário Dion Almeida, os infratores foram identificados, mas conseguiram fugir do local antes da chegada da polícia.

Durante a operação foram apreendidos equipamentos como dois motores, voadeiras e muito combustível.

O prefeito Albérico Filho destacou que os infratores serão severamente punidos e alerta a população para que não utilizem e nem comercialize a madeira retirada clandestinamente.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prefeitura de São Luís garante 100% da frota do ENEM

0comentário

Seguindo orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) manterá a determinação que garante a circulação integral da frota de ônibus da capital no segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para este domingo (10). A decisão tem como objetivo garantir mais tranquilidade aos candidatos, tanto na ida para os locais de prova, quanto na volta para casa.

Por meio de portaria, a Prefeitura de São Luís também autorizou o reforço das linhas de ônibus Campus/Terminal Praia Grande, Campus/Praça Deodoro/Terminal Praia Grande, Uema/Ipase e Terminal BR-135. As empresas do Sistema de Transporte Urbano de São Luís deverão operar no dia 10 de novembro, nos horários de 7h às 19h, com 100% da frota. Para garantir que os ônibus estejam nas ruas, fiscais da SMTT estarão deste cedo com fiscalização nas garagens das empresas. 

Segundo o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, no domingo passado (3), agentes do órgão foram destacados para os principais pontos da cidade, intensificando as atividades de disciplinamento no trânsito e permitindo mais fluidez nas vias, e que, devido ao bom resultado, os trabalhos serão mantidos neste segundo dia de provas.

“Nossas equipes estiveram a postos durante todo o domingo em pontos estratégicos da capital, atuando com rapidez e contribuindo para que os candidatos chegassem em tempo hábil aos locais de aplicação das provas. A operação será mantida também durante a segunda etapa, para maior tranquilidade dos candidatos”, disse Canindé Barros.

Destaque, ainda, para a atuação do Centro de Controle Operacional (CCO) da SMTT, que pelas câmeras de vídeo monitoramento ajudam a identificar pontos com maior retenção de trânsito, facilitando o deslocamento de equipes até o local para a organização do trânsito.

As equipes de agentes de trânsito estarão em pontos estratégicos e com maior fluxo de veículo. São eles: Avenida Jerônimo de Albuquerque (elevado da Cohama, rotatória da Cohab); avenidas São Luís Rei de França (Faculdade Pitágoras/Fama) e São Sebastião; cruzamento da Forquilha com Cruzeiro do Anil; cruzamento do Parque Vitória, Posto Natureza; rotatória da Polícia Militar (Calhau); rotatória Avenida dos Holandeses com a Avenida Daniel de La Touche; Ceuma Anil; UNDB; Canto da Fabril; cabeceira da Ponte São Francisco; CEST (Anil); Cintra; e pontos estratégicos no Centro.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »