O Maranhão é o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social

0comentário
Francila Soares e Pres Augusto Dantas da Equatorial MA, o Secretário da Sedes Márcio Honaiser e o Dir da FAMEM Marcelo de Freitas reconheceram e premiaram os 20 municípios que se destacaram

Mais de 157 mil famílias maranhenses de baixa renda foram cadastradas na Tarifa Social de Energia Elétrica só em 2020

Aconteceu nesta quinta-feira (25), uma cerimônia promovida pela Equatorial Maranhão, Secretaria do Estado de Desenvolvimento Social – SEDES e Federação dos Municípios do Estado do maranhão – FAMEM sobre os resultados alcançados em 2020 com as ações de busca ativa da Tarifa Social de Energia Elétrica – TSEE para famílias maranhenses de baixa renda.

Durante o evento, que revelou dados muito importantes e positivos para o estado. Participaram da cerimônia, o CEO do Grupo Equatorial, Augusto Miranda; o presidente da Equatorial Maranhão Augusto Dantas; a Gerente de Clientes Especiais no Maranhão, Francila Soares; o Secretário da SEDES, Marcio Honaiser; o presidente da FAMEM, Erlânio Xavier, representado pelo Diretor Executivo Marcelo de Freitas e prefeitos de diversos municípios do Maranhão. Na ocasião, as prefeituras que mais avançaram nos cadastros das famílias nos municípios foram reconhecidas e premiadas.

O Maranhão se destaca hoje como o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social, fruto desta importante parceria. Somente em 2020, mais de 157 mil famílias passaram a receber o benefício e conquistaram descontos significativos na conta de energia elétrica, o que significa um crescimento de 20% em relação à 2019. Esses valores economizados pelos clientes, foram destinados a outras necessidades básicas familiares, latentes durante a pandemia, que provocou um aquecimento na economia do estado, com mais de 300 milhões de reais injetados por meio da Tarifa Social. O consumidor deixou de destinar recurso às contas de energias para comprar alimentos, remédios e suprir outras necessidades básicas da família.

Segundo o Governador do Maranhão, Flávio Dino, esta parceria é muito importante para o estado e, por isso, deve continuar em 2021. “Um dos grandes problemas do Brasil reside nas desigualdades sociais, para combatê-las é imprescindível a ação conjunta visando o desenvolvimento, geração de emprego e investimentos como temos visto aqui no nosso estado, porém, ao mesmo tempo as políticas sociais são essenciais, especialmente no momento de grave crise. A tarifa social de energia garante acesso a um bem e direito fundamental, e na medida que as famílias podem ter a tarifa social de energia, nós temos, inclusive, a possibilidade de acesso a outros diretos como: lazer, direito a uma alimentação saudável, ao conforto nas suas residências. No ponto de vista econômico, para o estado significa também o ingresso de recursos públicos que, chegando às famílias, os lares da população do maranhão garantem que a circulação desse dinheiro, agregue outros benefícios, em outros setores econômicos, por isso a parceria do Governo do Maranhão para implementação da Tarifa Social de energia irá continuar em 2021 para que mais dezenas de milhares de famílias do nosso estado possam ter acessa a essa importante política social”, enfatizou Flávio Dino.

Segundo o Presidente do Grupo Equatorial Augusto Miranda, a parceria é de grande relevância para todos. “Esta parceria da Equatorial com o Governo do Maranhão por meio da SEDES e com FAMEM faz parte do planejamento do Grupo Equatorial, de sempre buscar maneiras de evoluir em melhorias e soluções para os clientes. Estamos felizes com os resultados alcançados com essa parceria e pretendemos avançar ainda mais em 2021”, destacou Augusto Miranda.

De acordo com Augusto Dantas, Presidente da Equatorial Maranhão, “ainda temos mais 251 mil famílias potenciais e ainda 206 mil com cadastros desatualizados. Este ano vamos avançar ainda mais nesses cadastros para que estas famílias recebam seus benefícios.  Com a ausência dessas famílias, além de deixarem de pagar menos na conta de energia, mais de 11 milhões de reais deixam de circular na economia do estado”, enfatizou Dantas.

Para o Diretor Executivo da FAMEM, Marcelo de Freitas, “É muito importante os municípios terem recebido esse incentivo e reconhecimento na busca ativa dos cadastros. Vamos juntos, nesta parceria, para que este ano consigamos alcançar ainda mais famílias potenciais e garantir que as famílias que já recebem o benefício, continuem atualizando seu cadastro e não percam seus descontos na conta de energia. Que a parceria FAMEM, Equatorial e SEDES siga forte em 2021”, ressaltou Marcelo.

O Secretario da SEDES, Marcio Honaiser destacou grande satisfação com os resultados. “Estamos muito felizes com os resultados alcançados nessa primeira etapa da campanha Tarifa Social, com mais de 157 mil novas famílias sendo beneficiadas pelo programa em 2020, que durante uma pandemia com crise financeira e sanitária é uma grande vitória, pois sabemos que as desigualdades, nesse momento, se acentuaram e mais pessoas se encontraram em situação de vulnerabilidade, precisando ter acesso a benefícios como esse. Estamos hoje reconhecendo o trabalho dos municípios que mais se destacaram na adesão de novas famílias ao programa. Mas não só deles, como de todos os profissionais do Cadastro Único e da assistência social dos 217 municípios, que estão na ponta, na linha de frente, contribuindo nesse e em outros programas sociais estaduais e federais, que nós gestores dos cadastros capacitamos e monitoramos continuamente.  Nesta segunda etapa, a parceria entre o Governo do Estado, através da SEDES, Equatorial Energia, FAMEM e municípios se fortalece, especialmente porque muitas famílias ainda podem aderir à tarifa Social da energia e outras que precisam atualizar seus cadastros para não perderem o benefício. E para chegar nessas pessoas será fundamental o trabalho conjunto de todos nós”, afirmou Honaiser.

A cerimônia reconheceu os municípios que se destacaram em dois rankings

– Maior Evolução em Quantidade de Cadastros (os que mais cadastraram clientes em 2020): São Luís, Imperatriz e São José de Ribamar;

 – Maior Evolução em Quantidade de Cadastros (os que mais cresceram em cadastros em 2020): Davinópolis, São Raimundo das Mangabeiras e Sambaíba.

Maior Evolução em Quantidade de Cadastros

Maior Evolução em Quantidade de Cadastros

Mesmo já tendo 79% de aderência da TSEE, o Maranhão precisa continuar avançando. Para 2021, estima-se o cadastro de mais de 250 mil novas famílias, e a atualização de 206 mil cadastros de famílias já beneficiárias.

Para a cliente Monique Fernandes, cadastrada na tarifa social, receber um benefício como este é um grande apoio no orçamento familiar. “A tarifa baixa renda é muito boa para quem necessita, como a gente, porque nos ajuda muito. Com esse desconto a gente pode fazer outros tipos de compras para as nossas residências, pode colocar alguma coisa para vender em nossas casas, ou até pagar outras dívidas. Esse benefício é muito importante para todos nós que não temos muitos recursos”, destacou Monique.

Como se cadastrar – Os cadastros devem ser iniciados nos Centros de Referência em Assistência Social – CRAS, onde os potenciais beneficiários devem ser dirigir com documentação pessoal para cadastrar seu NIS. Quem possui o NIS atualizado, já pode se dirigir à segunda etapa do cadastro, buscando um dos canais de atendimento da Equatorial Maranhão para solicitar adesão à Tarifa Social. Para saber se você tem o NIS ou se ele ainda está ativo, ligue para a Central de relacionamento do Secretaria Especial do Desenvolvimento Social: 0800 707 2003. 

Os canais de atendimento para cadastro na TSEE, para clientes que já possuem o NIS ativo são: WhatsApp (Assistente Virtual Clara) – (98) 2055-0116; Site: www.equatorialenergia.com.br;  Central 116; Postos de Atendimento presencial da Equatorial Maranhão e APP Equatorial. Vale ressaltar que a TSEE é um benefício concedido pelo Governo Federal, desde 2002, às famílias brasileiras de baixa renda, indígenas e quilombolas ou que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC.

sem comentário »

Mesatenistas do Projeto Social Fórum Jaracaty disputam competição neste fim de semana

0comentário

Disputas acontecem neste sábado e domingo, no Golden Shopping Calhau. 

SÃO LUÍS – Após um ano sem competições, por conta da pandemia, os atletas do projeto social Ações Esportivas Fórum Jaracaty retomam as disputas participando do Campeonato Maranhense de Tênis de Mesa – 1ª Etapa, promovido pela Federação Maranhense e que será realizado neste fim de semana – durante todo dia, na praça de alimentação do Golden Shopping Calhau.  

Com patrocínio da Equatorial Energia, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Maranhão, o grupo se mostra confiante na conquista por medalhas. Irão competir sete atletas distribuídos nas categorias mirim (12 e 13 anos), infantil (14 e 15 anos), juvenil (16 e 17 anos) e juventude (18 anos).   

“Competições como essas geram motivações e experiências para nossos atletas”, declara confiante Antônio Ferreira, treinador do grupo. 

Para este ano, o maior desafio aos atletas está sendo a adaptação no uso de máscaras, devido ao esforço físico que requer as atividades. A competição seguirá todos os protocolos de segurança exigidos pelas autoridades do Estado e Saúde com uso obrigatório de máscara, aferição da temperatura, higienização das mãos e espaço restrito aos competidores mantendo distância exigida. 

Para Paola Moraes, 14 anos, que nos últimos ranking ficou entre as primeiras no estadual, com a pandemia novos hábitos tiveram que ser colocados em prática e o uso da máscara durante todo jogo é um grande desafio, por conta do esforço físico que realizam, mas que vem sendo colocado em prática desde que retornaram as atividades no projeto. 

“Estamos nos adaptando, nos treinos sempre ficamos de máscara, utilizamos álcool nas mãos, evitamos contato físico e após os treinos sempre lavamos as mãos com água e sabão. É um pouco complicado ficar o tempo todo de máscara, mas sabemos que é essencial para nossa saúde. São novos hábitos e acredito que estamos preparados para as disputas deste fim de semana”, declarou a atleta. 

sem comentário »

ASSAÍ E EQUATORIAL MARANHÃO INAUGURAM POSTOS DE COLETA DO PROGRAMA E+ RECICLAGEM EM SÃO LUÍS

0comentário

Além de proporcionar a correta destinação de resíduos recicláveis, a parceria oferece descontos na conta de luz para os clientes residenciais e instituições filantrópicas

Com o intuito de dar o destino correto dos resíduos e evitar o descarte impróprio de materiais no meio ambiente, o Assaí Atacadista e a Equatorial Maranhão inauguram, no próximo sábado, dia 27, dois novos postos de coleta itinerantes da plataforma E+ Reciclagem, no Maranhão. O programa oferece descontos na conta de energia elétrica dos clientes em troca da quantidade e tipo de material reciclável entregue por cada consumidor. As estações ficarão instaladas dentro dos estacionamentos das lojas do Assaí na cidade de São Luís (confira os endereços abaixo) e irão funcionar todos os sábados, das 8h às 12h.

Com a iniciativa, os cidadãos maranhenses terão acesso à coleta seletiva e cuidados com o meio ambiente de maneira prática e rápida. O bônus na fatura de energia elétrica pode ser aplicado na conta do consumidor, ou pode ser destinado a uma instituição filantrópica do Maranhão a pedido do cliente, basta sinalizar na hora da entrega dos resíduos.

Os clientes podem entregar diversos tipos de resíduos, como metal, papel, plástico, óleo de cozinha usado e caixas tetra pak (de sucos, leite condensado, leite, extrato de tomate, entre outros produtos) e até mesmo aparelhos eletrônicos, como telefones celulares, pilhas e baterias. Para ter acesso ao benefício, o interessado deve levar os resíduos limpos e separados ao posto Assaí, juntamente com a conta de energia mais recente e um documento de identificação. No local, o atendente irá pesar separadamente cada item, por tipo e classe, e o valor final será revertido em bônus para pagamento da conta de luz. O desconto na conta de energia destina-se aos clientes de baixa tensão, residenciais, de toda a área de concessão da Equatorial, que hoje conta com 1,3 milhão de consumidores em todo o Estado.

O Assaí Atacadista e a Equatorial já possuem parceria em outras regiões do Nordeste, como o Pará, por meio de postos de coleta do E+ Reciclagem em outras lojas, e agora esse trabalho foi ampliado para o Maranhão reafirmando o compromisso das duas marcas com o meio-ambiente. “O Assaí tem um compromisso com o consumo consciente e a destinação correta de resíduos, o que resulta em nossas Estações de Reciclagem espalhadas por várias cidades do País onde a rede está presente. No Brasil, já são 34 pontos de coletas distribuídos por 9 Estados – com expansão contínua do projeto nos próximos meses. A iniciativa facilita o acesso a práticas de sustentabilidade e ainda beneficia os clientes economicamente, já que traz como benefício o desconto na conta de energia elétrica”, analisa a Diretora de Gestão de Gente e Sustentabilidade do Assaí, Sandra Vicari.

Para a Equatorial Maranhão, esta é uma parceria significativa e é com muita alegria que a distribuidora fecha mais esta expansão do projeto. “O projeto E+ Reciclagem existe desde 2011, e hoje com quase 10 anos no Maranhão, fechar esta parceria com o Assaí é motivo de muito orgulho pra Equatorial, que continua avançando e levando a acesso à reciclagem e à consciência ambiental a mais pessoas” enfatizou Edmilson  Santos, Líder de Operações do Programa de Eficiência Energética da Equatorial Maranhão.

Além dos postos de coleta para a correta destinação de resíduos recicláveis, o Assaí conta com uma série de projetos comprometidos com o desenvolvimento sustentável, que buscam equalizar os impactos da operação no meio-ambiente e potencializar os efeitos positivos nos aspectos econômicos e socioambientais. As iniciativas podem ser conhecidas no endereço:

www.assai.com.br/sustentabilidade

SERVIÇO

São Luís Turu

Posto de coleta E+ Reciclagem

Endereço: Av. São Luis Rei de Franca S/N Anexo Área H3 – Turu

Horário de funcionamento: todos os sábados, das 8h às 12h

São Luís Guajajaras

Posto de coleta E+ Reciclagem

Endereço: Avenida Guajajaras, 270 – São Bernardo

Horário de funcionamento: todos os sábados, das 8h às 12h

sem comentário »

ÚLTIMOS DIAS PARA CONTRATAÇÃO DE JOVEM APRENDIZ NA POTIGUAR

0comentário
FOTO – DIVULGAÇÃO: O Grupo Potiguar está com vaga aberta para a contratação de Jovem Aprendiz para atuar em São Luís. Os interessados devem enviar currículo até o dia 28.02

Envio de currículos somente até 28.02

O Grupo Potiguar informa sobre mais uma nova vaga, dessa vez para contratação de Jovem Aprendiz para atuar no atendimento ao cliente em São Luís. A empresa oferece remuneração e benefícios compatíveis com o mercado.

O perfil para essa vaga é de ensino médio completo ou cursado, disponibilidade para fazer o curso de aprendizagem no SENAC e possuir carteira de trabalho. A carga horária semanal é de 24h, incluindo finais de semana.

Os interessados em participar dessa seleção devem cadastrar currículo no seguinte endereço: http://www.apotiguar.com.br na opção Trabalhe conosco ou ainda enviar currículos para o email: [email protected] com assunto: Seleção Jovem Aprendiz. Mas atenção, o envio do currículo deve se dar somente até o próximo dia 28/02/2020.

sem comentário »

Reeleição de Othelino foi legal, decide ministro Alexandre de Moraes

0comentário

STF confirma que é legal a reeleição de Othelino Neto como presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, decidiu que a reeleição do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi legal, em resposta a uma ação movida pela direção nacional do PROS, no início desta semana, que contestou o pleito.

A decisão foi proferida nesta quinta-feira (24) pelo ministro Alexandre de Moraes, encerrando o assunto que foi provocado por setores políticos que visam interesses nas eleições de 2022 e miram, no presidente da Assembleia, um alvo pelo nível de seu exitoso desempenho ho à frente do Legislativo e por seu perfil de articulador.

No Maranhão, a Assembleia Legislativa segue presidida pelo deputado Othelino Neto e os integrantes da atual Mesa Diretora.

Fonte: Blog da Sílvia Tereza

sem comentário »

Flávio Dino volta a choramingar para Bolsonaro e diz que tem bancado sozinho os leitos de UTI no Maranhão

0comentário

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), voltou a usar as redes sociais para criticar a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), alegando que o governo federal não tem assumido parte das despesas com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado.

Segundo Dino, apesar da legislação garantir que o governo federal compartilhe as despesas, isso não vem ocorrendo com o Maranhão.

Em entrevista ao Jornal Nacional, o governador @FlavioDino afirma que o Maranhão vem bancando sozinho os leitos de UTI para coronavírus, embora a lei determine que o governo federal também assuma parte das despesas. Essa é uma questão que vem sendo levantada por diversos Estados

sem comentário »

Gestão de Othelino Neto investe em obras de adaptação que garantem mais acessibilidade na Assembleia

0comentário
Agência Assembleia

Gestão de Othelino Neto investe em obras de adaptação que garantem mais acessibilidade na Assembleia

Entrada principal da Assembleia Legislativa possui rampa de acessibilidade

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), autorizou a elaboração de estudos e projetos de engenharia e arquitetura de adequação às normas e recomendações técnicas para dar condições de acessibilidade ao conjunto de edificações que faz parte do Parlamento Maranhense. 

“Nosso prédio já melhorou muito nesse aspecto de facilitar a mobilidade de pessoas com deficiência física. Sua concepção original não incluiu a acessibilidade, porém, agora, fizemos várias alterações. Hoje, com a inauguração da tribuna acessível, concluímos mais uma etapa da série de transformações pelas quais tem passado a Assembleia Legislativa para garantir a acessibilidade a todos”, destacou Othelino. Agência AssembleiaNo Plenário da Casa do Povo, há rampa de acesso à tribuna

No Plenário da Casa do Povo, há rampa de acesso à tribuna

A Sede da Casa do Povo já passou por adequações em suas principais vias de acesso. Na área externa do Palácio Manuel Beckman, algumas intervenções já foram solicitadas à Prefeitura de São Luís. 

“Já pedimos à Prefeitura que fizesse uma intervenção no canteiro da avenida para que, mesmo aqueles que parem no ponto de ônibus do outro lado da Avenida Jerônimo de Alburqueque, tenham condições de vir à Assembleia sem nenhum tipo de obstáculo que os faça depender de outra pessoa”, explicou o presidente. 

Já no plenário, rampas foram implantadas na entrada principal, assim como no acesso à tribuna. Tudo, no sentido de oferecer melhores condições de acesso à Casa do Povo. Agência AssembleiaTribuna do Plenário Nagib Haickel é a única do estado adaptada para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida

Tribuna do Plenário Nagib Haickel é a única do estado adaptada para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida

Tribuna adaptada 

A mais recente das intervenções foi a tribuna do Plenário Nagib Haickel, que agora é a única do estado adaptada para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Nesta semana, durante sessão plenária, a deputada Andreia Martins Rezende (DEM), usuária de cadeira de rodas, comemorou a adequação da Assembleia Legislativa às normas de acessibilidade. 

“Desde o início do meu mandato, eu tenho sinalizado, em minhas falas, e, principalmente, ao pé do ouvido do meu presidente, o meu desejo de ter o meu lugar de fala igual aos dos demais colegas.  E para que se torne um marco histórico, aqui estou eu falando desta tribuna acessível”, ressaltou. Agência AssembleiaÁrea de estacionamento com vagas para pessoas com deficiência, idosos e gestantes

Área de estacionamento com vagas para pessoas com deficiência, idosos e gestantes

Em um discurso emocionante, a parlamentar agradeceu ao presidente Othelino Neto pela iniciativa e destacou a importância da adequação. “É um sentimento de muita alegria e de muito orgulho, porque essa tribuna adaptada era uma reivindicação antiga. Desde o início do meu mandato sentia o desejo de ter a minha fala como a dos demais colegas. Não posso deixar de ressaltar a sensibilidade do presidente Othelino, que fez o possível e o impossível para que todo o prédio estivesse adaptado”, completou Andreia.Agência AssembleiaRampa de acesso ao Plenário Nagib HaickelRampa de acesso ao Plenário Nagib Haickel

sem comentário »

Franquia Instituto Ana Hickmann abre unidades em 4 estados

1comentário

Santa Catarina, Maranhão e Piauí recebem as primeiras franquias da marca; expansão também chega ao interior de São Paulo

Com a missão de levar cursos profissionalizantes para todo o país, a franquia Instituto Ana Hickmann anuncia a inauguração de mais seis unidades em quatro estados: Nova Odessa (SP), Ferraz de Vasconcelos (SP), Grajaú (SP), Biguaçu (SC), Imperatriz (MA) e Teresina (PI).

As clínicas de Santa Catarina, Piauí e Maranhão são as primeiras de seus estados. “Seguimos com nosso plano de expansão em todo país. Quanto às inaugurações no estado de São Paulo, começamos de maneira mais forte pela capital e, agora, queremos ampliar nossa presença em todo o estado”, comenta Sidney Eduardo Kalaes, presidente do Grupo Kalaes e sócio do Instituto Ana Hickmann.

Em 2021, o Instituto Ana Hickmann estima encerrar o ano com mais 50 unidades, totalizando 80 franquias em todo Brasil. Para isso, uma das estratégias da rede é focar em cidades de 100 mil a 150 mil habitantes. A previsão é de manter uma média de três a quatro novas unidades por mês.

“Além de estar presente nas capitais e cidades polo, sabemos que pequenos municípios, muitas vezes, possuem oportunidades mais limitadas de empregos e, por isso, buscamos contribuir com capacitação profissional nesses locais”, ressalta Kalaes.

Ensino de qualidade

Atualmente, o Instituto Ana Hickmann conta com 12 cursos em seu portfólio: barbearia, fotografia, design de sobrancelhas, gestão de salão, manicure e pedicure, unhas decoradas, maquiagem, cabeleireiro, moda sustentável, embelezamento do olhar, micropigmentação e cabelos cacheados.

A marca, que foi lançada em 2018 em parceria entre a empresária e apresentadora Ana Hickmann e o Grupo Kalaes, oferece uma inovadora proposta pedagógica e educacional para que as pessoas tenham a oportunidade de aprender uma nova profissão.

O Instituto Ana Hickmann oferece um programa de incentivo, no qual os alunos que mais se destacam são indicados para o Programa de Encaminhamento ao Mercado de Trabalho. Segundo Sidney Kalaes, a marca se compromete a entregar o currículo dos alunos para empresas do setor.

“Queremos ajudá-los de ponta a ponta: desde a sua formação em uma nova profissão, até a entrada no mercado de trabalho. Com o Instituto Ana Hickmann, acreditamos que essa proposta educacional pedagógica vem de encontro com o que as pessoas estão buscando para melhorarem de vida – com um novo emprego ou com um pequeno empreendimento”, explica Kalaes. 

Ainda como parte deste empenho da marca em contribuir com o aprendizado dos estudantes, a instituição também oferece cursos complementares extracurriculares sem custo, como “Marketing Pessoal” e “Pronto para uma entrevista de trabalho”.

Outros investimentos são voltados aos colaboradores do Instituto, como o Programa de Orientação Pedagógica (POP) para coordenadores pedagógicos, com o intuito promover uma gestão profissional de excelência, e o Programa de Formação de Instrutores (PFI), para mantê-los sempre atualizados e preparados com as melhores práticas de ensino.

Para ser proprietário de uma franquia, o investimento varia entre 145 mil a 300 mil. O prazo de retorno estipulado é de 14 a 24 meses.

Serviço:

Unidade Nova Odessa (SP)

Avenida Ampelio Gazzetta, 2438, Sobreloja B – Jardim Bela Vista

Unidade Grajaú (SP)

Rua Professor Oscar Barreto Filho, 122 – Parque América

Unidade Ferraz de Vasconcelos (SP)

Avenida Brasil, 825B

Unidade Biguaçu (SC)

Rua Pedro José de Azevedo, 15, sala 205 – Centro

Unidade Imperatriz (MA)

Rua Godofredo Viana, 816

Unidade Teresina (PI)

Avenida Frei Serafim, 2053

Ficha Técnica

Taxa de franquia: de R$ 19.900 a R$ 75 mil

Capital de Giro: de R$ 12 a R$ 40 mil

Área para Instalação: a partir de 130 m²

Tipo de negócio: Escola profissionalizante que atua na área da beleza

Ano de fundação: 2018

Ano de fundação do franchising: 2018

Número de funcionários por franquia: Entre 7 e 9 (+ Instrutores)

Número de unidades próprias: 0

Número de unidades franqueadas: 35

Royalties: 8% sobre o faturamento bruto

Taxa de publicidade: 2% sobre o faturamento bruto

Faturamento médio da unidade: média de R$ 120 mil por mês

Lucro mensal: Entre 20% e 30% sobre o faturamento bruto

Prazo para retorno: Entre 14 e 24 meses

Sobre o Instituto Ana Hickmann

O Instituto Ana Hickmann é uma rede de escolas profissionalizantes que atua nas áreas da Beleza, Fotografia e Moda Sustentável, oferecendo os cursos de barbearia, fotografia, design de sobrancelhas, gestão de salão, manicure e pedicure, unhas decoradas, maquiagem, cabeleireiro, moda sustentável e embelezamento do olhar. A empresária e apresentadora Ana Hickmann e o Grupo Kalaes são sócios da marca. Atualmente, a rede possui mais de 35 unidades.

Site: www.institutoanahickmann.com.br

Sobre o Grupo Kalaes

O Grupo Kalaes é uma holding de franquias multissetoriais fundada por Sidney Eduardo Kalaes, empresário de sucesso com 26 anos de atuação no segmento, reconhecido no mercado como o “Professor Franquia” e o “Franqueador das celebridades”, tendo como sócias Ana Hickmann e Sabrina Sato. Atualmente, o Grupo conta com as marcas Instituto Ana Hickmann, Maislaser, Odonto Special e Além do Olhar – Ateliê de Sobrancelhas.

Site: www.kalaes.com.br

1 comentário »

ALERTA MÉDICO SOBRE OS PERIGOS DA UMIDADE E DO MOFO

0comentário
A clínica médica do HSLZ, Dra. Isadora Marques, orienta o que fazer em casa para tentar diminuir os casos de alergias respiratórias

UM MAL CUJA INCIDÊNCIA É MAIOR EM PERÍODOS CHUVOSOS E CAUSA DANOS PULMONARES

O período chuvoso, comum no Maranhão nessa época do ano, provoca o aumento da umidade do ar e do mofo, o que traz um risco e tanto para a saúde pulmonar.

Segundo a clínica médica do HSLZ Dra. Isadora Marques a umidade favorece a maior transmissibilidade das infecções virais e também desencadeia os quadros de alergias respiratórias, as famosas rinites.

“A umidade é um agente propício para a maior proliferação de ácaros e mofos, que são os principais agentes relacionados às alergias respiratórias. Algumas condutas podem ser tomadas em casa para amenizar o despertar desses quadros respiratórios: Manter o ambiente sempre bem arejado, favorecendo a maior circulação do ar; trocar as colchas de cama com maior frequência para evitar a retenção de partículas de ácaro e poeira, manter banheiros bem arejados, assim como ter cuidado com papel de parede que pode acumular mofo”, alerta a médica.

O mofo causado pela umidade e pelas infiltrações, oferece sérios riscos à saúde pulmonar

O mofo, também causado pelas infiltrações em paredes, pode levar a doenças como a Micose Bronco pulmonar alérgica, onde os sintomas são parecidos com os de uma pneumonia mais branda. E em casos mais extremos, as pessoas podem até ir a óbito por causa de pneumonias graves provocadas pelo mofo. O contato crônico com o fungo pode ocasionar também anemia severa, predispondo as pessoas a infecções graves. E quem mais sofre com essas questões são crianças, idosos e gestantes, e pessoas com baixa imunidade.

A Dra. Isadora lembra ainda que, as alergias respiratórias são caracterizadas clinicamente por sintomas muito semelhantes aqueles relatados por pacientes que apresentam síndromes gripais, inclusive a Covid19, tais como tosse, coriza, dor de cabeça, obstrução nasal, congestão facial.

“No contexto dessa pandemia, esses sintomas muitas vezes levam as pessoas a procurarem os hospitais achando que possam estar infectadas pela Covid19. Portanto, é muito importante seguir essas dicas em casa para tentar minimizar a ocorrência dessas alergias, e também contribuir para a diminuição do acesso desnecessário aos pronto socorros e hospitais nesse momento de pandemia”, declara a médica.

sem comentário »

Cães podem comer frutas?

0comentário

Especialista indica quais os alimentos podem ser ofertados como petiscos para seu pet

São vários os benefícios das frutas para humanos, fonte de vitaminas, nutrientes e opção saudável de lanche. Mas será que os pets podem comer esses alimentos? Algumas frutas podem fazer muito bem para os cachorros, no entanto, é preciso ter cuidado porque algumas podem fazer mal para eles.

A sugestão é oferecer as frutas como petiscos entre as refeições. “As frutas geram benefícios, tais como:  aprimorar a digestibilidade e melhorar a qualidade das fezes. Mas é preciso ter equilíbrio e jamais substituí-las pela alimentação, pois são animais carnívoros”, explica a médica  veterinária do PetMania, Rayule  Cristina. 

Antes de escolher quais frutas podem oferecer para os pets, é necessário o animal passar por um veterinário para essa avaliação, frutas contêm calorias e, quando são frequentes na dieta dos cães, podem fazer com que ganhem peso. “Se a vontade do dono é dar frutas aos cães essa oferta não pode exceder 10% da necessidade calórica diária do animal”, completa a médica  veterinária.

O tutor deve ter em mente quais as frutas que podem ser servidas ao pet e a quantidade indicada. Para dar uma ajudinha separamos cinco opções de frutas que vão ajudar na alimentação do seu peludo.

 Confira:

Banana

Uma das frutas que cachorros podem comer e que está na lista de favoritas das crianças, é a banana sendo  uma boa fonte de vitamina A e de vitaminas do complexo B, assim como de minerais importantes para o organismo do pet, como cálcio, ferro, magnésio e potássio. Por ser rica em frutose e em calorias, deve ser oferecida com muita moderação, a fim de evitar obesidade e diabetes.

Melancia

Assim como o melão, a melancia é muito rica em água, o que é ótimo para refrescar o pet em dias quentes. O aumento da ingestão hídrica também é bom para prevenir problemas no sistema renal. Não bastasse isso, a fruta também é rica em vitamina A. Nesse caso, sirva sem casca e sementes.

Maçã

A maçã, assim como a pêra, pode ser oferecida para os cães, mas eles não devem nunca ingerir a semente dessas frutas. A semente da maçã e da pêra produzem cianeto quando mastigadas/ “maceradas” e, por isso, são tóxicas. A maçã pode ser oferecida com ou sem casca, em pedaços ou raspada (como comumente fazemos com crianças pequenas). A maçã é, ainda, ótima para quadros de diarreia, pois uma substância contida nela, a pectina, tem ação prebiótica, ou seja, atua beneficamente na microbiota intestinal.

Manga

Uma verdadeira fonte de fibras! Nesses casos é preciso não permitir que tenham contato com o caroço e nem com a casca, pois é perigoso que engasguem.

Caqui

Docinho e saboroso, o caqui é rico em vitamina C. Em se tratando de cães, isso não é lá uma grande vantagem: ao contrário dos seres humanos, os cães conseguem sintetizar a substância. Ou seja, não é necessário obtê-la a partir da alimentação.

A fruta é rica em fibras e não faz mal para os cães. Só fique atento para remover todos os caroços e seja comedido nas quantidades. O excesso de açúcar aumenta o risco de obesidade e diabetes. 

sem comentário »
https://www.blogsoestado.com/marciohenrique/wp-admin/
Twitter Facebook RSS