Cemar cortou a luz do Moto

0comentário

vela_png_thumb

O Moto é a mais perfeita tradução do abandono. A luz do Centro de Treinamento Pereira dos Santos foi cortada há mais de uma semana por falta de pagamento. Sem energia elétrica, a bomba d’água não funciona e os gramados estão queimados por falta de irrigação e mato está tomando conta da sede do clube.

O presidente do Moto, Cleber Verde, abandonou por completo clube. Primeiro, foi time de futebol, que foi rebaixada para a Segunda Divisão. No Tribunal de Justiça Desportiva, onde estás sendo julgado o Escândalo da Série B, a defesa do clube se resume apenas a Itamar Sousa. Agora, o “dirigente” abandonou a sede.

O mais assustador é que Cleber Verde está deixando uma situação “terra arrasada” para a próxima diretoria, pois liberou todos os jogadores que tinham contrato com o clube, inclusive, os pratas da casa e está deixando toda a estrutura do CT se deteriorar.

sem comentário »

Herança do Cine Colossal!

3comentários

Poltronas Velhas do antigo cine colosal no auditório da Federação Maranhese

Fotos: Biné Moraes.

As poltronas do antigo Cinema Colossal estão sendo usadas no auditório da Federação Maranhense de Futebol (FMF). Além do mofo que exalam delas, as recordações dos filmes que assisti nelas são inevitáveis.

Lembro-me do clássico “Tubarão” de Steven Spielberg e logo me lembro da Bolívia Querida. Recordo ainda do Batman de TIM Burton com Michael Keaton e Jack Nicholson. Aliás, vilão interpretado por Nicholson só perde para o presidente da FMF, Alberto Ferreira, que “interpreta” muito bem o cargo de dirigente da instituição.

Agora, nenhum outro filme fez tanto sucesso no Cine Colossal como Ghost (Do outro lado da vida). Saudades da interpretação do saudoso Patrick Swayze no papel do fantasma Sam, que não queria passar para outro lado da existência. É inevitável não comparar com o nosso futebol com tantos escândalos e competições pífias, já morreu e não quer ser enterrado.

É uma pena que as pessoas que hoje sentam nessas cadeiras assistem apenas espetáculos de horror como decisões de “tapetão” e reeleições de Alberto Ferreira. Que pena…

Poltronas Velhas do antigo cine colosal no auditório da Federação Maranhese de F

3 comentários »

Errar é humano, persistir no erro é burrice!

0comentário

Em um ato que prefiro acreditar que foi por inexperiência, o presidente do Moto, Cleber Verde, liberou todos os jogadores do clube, inclusive os prata da casa, na última sexta-feira. Graças ao ato tresloucado, o Papão não terá sequer um jogador para iniciar a temporada de 2010.

Depois de ter liberado o atacante Mizael de graça para o Ceará e ele está valendo hoje mais de R$ 1 milhão, pensei que os diretores do Moto jamais repetiriam o erro. Porém, Cleber Verde liberou de uma só vez: Lucas, Diego Sousa, Gefferson, Delacy, Fabinho, Deco, Juninho e Flaubert. Preocupados com o seu futuro, os atletas já estão procurando clube, pois não querem começar o ano desempregados.

O próximo presidente que assumir o Moto, além de encontrar o time na Segunda Divisão terá que começar a montagem do time para a temporada do zero.

sem comentário »

Antes só do que mal administrado!

0comentário

Para a felicidade geral da nação motense, o deputado federal Cleber Verde antecipou sua saída da presidência do clube ao antecipar a eleição do Conselho Administrativo para o próximo dia 5 de dezembro. Agora, fica a duvida: quem assumirá o Moto? Até o momento não há nenhum candidato, mas se o programa Nota Premiada for aprovado vai chover postulantes ao cargo.

Sei alguns torcedores podem dizer “ruim com ele, pior sem ele”, mas no caso do Moto o melhor mesmo é “antes só que mal administrado”, pois Cleber Verde já assumiu que entende tanto de futebol como de nanotecnologia, ou seja, nada. O atual presidente ainda confirmou que não tem tempo para administrar o clube devido seus compromissos políticos.

Foi por estas razões que fez contratações equivocadas e deixou o time varias vezes abandonado por não delegar funções. Estas foram às causas do inédito rebaixamento para divisão estadual e teve desempenho pífio em tudo que disputou do futebol ao futsal. Ainda bem que Cleber Verde teve humildade para deixar o clube e não concorrer à reeleição.

Espero que os responsáveis pelo Moto não entregue o comando do time novamente nas mãos de uma pessoa mal preparada para administrá-lo. O dinheiro do Nota Premida, se vier, não é garantia de boa administração, mas de mais responsabilidade.

sem comentário »

Pererinha é um chorão!

4comentários

O presidente da Câmara de São Luís e dono do Iape, Isaias Pereira, o Pererinha, está se revelando um mal perdedor. Depois de todo papelão que aprontou na final da Taça Cidade de São Luís: com ameaça de tirar o time de campo e mandar seus capangas baterem em torcedor do Sampaio, agora, ele partiu para a guerra com o presidente do Tricolor, Sérgio Frota. O dirigente do Canário da Ilha mostrou todo o seu destempero ao mandar Frota lavar a boca com creolina antes de tocar no seu nome e ainda o chamou de mafioso.

A agressividade de Pererinha também teve como alvo o árbitro da partida Sampaio 1 x 1 Iape, Mayron Frederico, que antes ele elogiava como um dos melhores do Maranhão, mas depois do jogo disse que o mesmo deu o titulo ao tricolor de forma premeditada. Por muito menos, o presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, foi suspenso por 270 dias. Como no futebol maranhense não tem Lei, nenhum procurador do Tribunal de Justiça Desportivo se interessou em punir o dirigente.

O choro de Pererinha prosseguiu com o anuncio que estaria retirando o Iape do futebol profissional, mas no dia seguinte participou da reunião do Conselho Arbitral para discutir a formula de disputa do Estadual de 2010. Acho que alguém o lembrou que no próximo ano haverá “Nota premiada” e ele mudou de idéia.

Fico pensando se Pererinha fosse Irlandês, o que faria no lance da bola conduzida com a mão pelo atacante Thierry Henry antes da assistência para o gol de William Gallas que resultou na classificação dos franceses para a Copa de 2010? Acho que o dirigente do Iape deveria copiar a elegância dos irlandeses em protestar de forma civilizada e não agir como o time Cerro Porteño, após a eliminação para o Fluminense na Copa Sul-Americana, no Maracanã.

Acho que o Pererinha entende de futebol, pois montou uma equipe competitiva que ficou na frente de times tradicionais como Moto e Maranhão e que tem muito a acrescentar ao futebol. Porém, já está na hora dele deixar de ser rabugento e aprender a perder, pois o esporte é feito de vencedores e perdedores.

4 comentários »

Sampaio vence Taça Cidade e dá adeus a série de vices!

0comentário

poster blog

Foto (Biné Moraes): Time campeão da Taça Cidade de São Luís

A equipe do Sampaio Corrêa venceu a Taça Cidade de São Luís e deu adeus ao trauma dos vice-campeonatos. Apesar da ansiedade dos jogadores e dirigentes, o Tricolor conseguiu conquistar o primeiro título após dois anos. O troféu e a vaga para a Copa do Brasil de 2010 foi uma conquista dos jogadores, da comissão técnica e da diretoria, em especial o presidente Sérgio Frota.

Depois de um ano conturbado, os atletas do Sampaio conseguiram dar a voltar por cima. O autor do gol do título, o atacante Thiago Miracema, por diversas vezes foi alvo de criticas, mas soube manter a calma e confiança em seu trabalho. Foi ano também da recuperação do meia Kleo, que voltou a jogar um futebol de qualidade. Porém, entre os jogadores o goleiro Rodrigo Ramos era um dos mais ansiosos, pois estava há dois anos lutando por uma conquista com a camisa do Tricolor.

O técnico Edson Porto havia amargado o rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série C para a D e um vice-campeonato Estadual, queria muito conquistar um título com o Sampaio. Vencer a Taça Cidade para ele tornou-se muito mais uma questão moral que profissional. Não que ele precisasse provar algo para alguém, pois todos sabem que o treinador Porto é competente, trabalhador e honesto.

Agora, não dá para destacar a conquista da Taça Cidade de São Luís sem lembrar de Evandro Marques, que iniciou o ano como diretor de futebol, Batista Oliveira, Fernando Cadilhe, Dr. Adelson Lopes, Touro Weba, Nilson Garcia e principalmente ao presidente Sérgio Frota.

Acho que de todos, o presidente Sérgio Frota era o que mais merecia a conquista, pois lutou muito pelo Sampaio. Por ter sido vice-campeão maranhense por duas vezes e uma da Taça Cidade de São Luís, foi apelidado de “rei do vice” e “pé frio”, mas soube transformar as criticas em vitórias. O Frota não é torcedor de gravata e aventureiro que cai de pára-quedas na presidência de um clube de massa, mas um dirigente sério, competente e trabalhador.

Agora, a grande duvida será quanto à permanência de Sérgio Frota à frente do Sampaio. O dirigente já disse que só ficará se houver patrocínio do “Nota Premiada” e mais apoio dos tricolores. Porém, Frota disse que será difícil deixar o time depois do apelo da torcida para que fique. Para o bem do Tricolor e do futebol maranhense seria bom que ele fique, pois ajuda a melhorar a credibilidade do esporte.

Independente da permanência de Frota, o Tricolor está na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série D e precisa preparar-se para as duas competições para que possa ter um ano vencedor.

Parabéns Sampaio por mais uma conquista!

sem comentário »

Pereirinha fez um “papelão” na final

5comentários

Com atitudes anti-desportistas, o presidente da Câmara de São Luís e dono do Iape, Isaias Pereira, o Pererinha tentou tirar o brilho da festa da final da Taça Cidade de São Luís. O dirigente ameaçou tirar o time de campo, seus capangas agrediram torcedores nas cadeiras e alegou que a arbitragem beneficiou o Sampaio. Muito mais importante que saber vencer é saber perder e Pererinha comportou-se como um “menino mimado” na decisão.

Ao retardar o início da partida com a nítida intenção de pressionar a arbitragem de Mayron Frederico que estava bem na partida, Pereirinha protagonizou uma cena no mínimo bizarra e ridícula. A sua ida ao vestiário só serviu para deixar o seu time mais tenso.

Outra prova do desequilíbrio emocional dele e de sua trupe aconteceu quando o Sampaio empatou o jogo, pois seus asseclas protagonizaram um grande tumulto nas cadeiras. No final do jogo seus capangas agrediram torcedores e um deles, um senhor, foi derrubado e por pouco não se machucou gravemente.

Dizer que o Sampaio foi ajudado pela arbitragem é outra grande bobagem, pois o Mayron Frederico foi muito bem na partida. Acho até que o arbitro falhou a favor do Iape ao deixar de expulsar Pires de campo após fazer uma falta em um jogador que ia em direção ao gol.

Dirigente tem que saber qual é o seu lugar, pois o fato dele pagar o time, pagar a banda e os torcedores, não o dá direito de tentar bagunçar a final da Taça Cidade. Se confirmada sua ameaça de deixar o futebol, ele estará fazendo um grande favor, pois cartolas como ele em nada acrescenta ao esporte. E como a torcida do seu time é formada por funcionários do seu gabinete não farão falta nas arquibancadas.

5 comentários »

Cleber Verde dá calote em jogadores!

2comentários

O presidente do Moto Clube, Cleber Verde, adiou o pagamento dos jogadores do clube pela terceira vez. Como o mandato do dirigente está acabando, a intenção dele é “empurrar com a barriga” as dividas para que fiquem de herança para a nova diretoria.A situação além de constrangedora é ruim para a imagem do time que foi bastante arranhada em 2009.

Para os jogadores de fora: os volantes Clayton e Sandro Alagoano, o atacante Jack Jone, o lateral-direito Julinho e o zagueiro Paulão, a situação é constrangedora, pois eles estão aguardado há mais duas semanas para retornarem aos seus lares, mas não querem ir de mãos abanando. Já o atacante Didi Cearense, o meia Leomir e lateral-esquerdo Rigo cansaram de esperar por seus salários e retornaram para seus estados de origem com a promessa que um dia serão pagos pelo presidente Cleber Verde.

A situação como um todo é uma total falta de respeito aos profissionais, pois eles não pediram para jogar no Moto e se vestiram a camisa do clube alguém convidou. Salário é obrigação e não favor, pois estes homens têm família. O calote também suja a imagem do Papão, pois quem é que vai querer jogar em um time que não paga? Desta forma, a próxima diretoria terá muita dificuldade para contratar alguém de fora.

Além dos jogadores contratados, atletas e funcionários do clube também estariam sem receber seus vencimentos. É por esta e outras razões que Cleber Verde não deixará saudades nos torcedores.

2 comentários »

Mayron Frederico é o arbitro da final

0comentário

Vejo com receio a indicação do árbitro Mayron Frederico dos Reis para apitar Sampaio x Iape que decidirá a Taça Cidade de São Luís, domingo à tarde, no Estádio Nhozinho Santos. Considero o melhor de sua safra de árbitros, mas o mesmo é muito jovem e trabalha como prestador de serviço na Câmara Municipal, que presidida pelo patrono do Canarinho da Ilha, o vereador Isaias Pereirinha.

Em todos os jogos que apitou do Iape, Mayron Frederico sempre atuou com imparcialidade, mas o mesmo tem de certa forma uma relação de trabalho com Pererinha. Já outros acham que por ser jovem foi intimidado pelo presidente do Sampaio, Sérgio Frota, que destacou na imprensa que via com temor, ele trabalhar em jogos do Canarinho da Ilha.

Estou mais preocupado em preservá-lo, pois o considero um excelente árbitro e temo que aconteça com ele o mesmo que aconteceu com o Jucelino Souza Santos, que apitou o primeiro jogo da decisão, mas por um erro de interpretação foi parar na “geladeira”. Também considero o Jucelino competente, honesto e um bom árbitro, mas foi duramente criticado pela sua falta de maturidade.

A arbitragem brasileira passa por um momento ruim com árbitro falhando em jogos decisivos e indo parar na “geladeira”. A FMF tem em seu quadro árbitros profissionais mais experientes que poderiam trabalhar nessa final como Marcelo Filho ou o Robson Martins. Por isso, para a própria segurança do Mayron Frederico e da partida seria melhor que ele tivesse ficado de fora do sorteio.

sem comentário »

“O sentimento nos trouxe de volta”

3comentários

A comemoração tomou a avenida

Torcedores comemorando o retorno

Eu e o jornalista Mario Reis e sua filha Mikaela

O jornalista Marcelo Sirquis

A beleza da torcedora vascaína

Tocedores vibrando

A Força Jovem

Eu e a Galera do Bequimão

Fotos do fotojornalista Biné Moraes.

Além dos mais de 81 mil pessoas no Maracanã que comemoram a vitória do Vasco da Gama sobre o Juventude (RS) por 2 x 1, que garantiu por antecipação o acesso a 1ª Divisão, torcedores do clube a 3015 Km de distância do Rio de Janeiro também fizeram a festa pelo retorno. Cerca de 1.000 torcedores do Gigante da Colina, em São Luís, deram um show de torcida no último sábado em uma casa de evento na Daniel de La Touche, no Parque Shalom.

Em um clima que tudo lembra um estádio de futebol: torcida organizada, bandinha, sinalizadores e fogos, bandeiraços e muito torcedor, o “Bar do Vasco” se transformou em um pedaço do Maracanã em São Luís. O local já virou ponto de encontro dos vascaínos em dia de jogos do Gigante da Colina.

Apesar dos 3015 Km que separa São Luís do Rio de Janeiro, o time da Cruz de Malta tem a segunda maior torcida na Capital do Maranhão e supera as torcidas dos dois maiores times do Estado: Sampaio e Moto, juntos.

Embora esteja na Serie B, o Vasco jamais deixou de pertencer à elite do futebol nacional. Pois por onde passa o time arrasta multidões e tem uma das maiores torcidas do país. Com o rebaixamento para a Segunda Divisão no fim do ano passado, o Gigante da Colina sofreu outro duro golpe. A redução das cotas de televisão em 50% e a descrença de muitos jogadores e torcedores.

Passado quase um ano da queda para a Série B e de um trabalho árduo de recuperação da marca, o clube começa a projetar um ano melhor com o retorno à elite do futebol e com a recuperação da auto-estima dos vascaínos, que abraçaram o projeto “O sentimento não pode parar”. Para a felicidade da nação cruzmaltina, o sentimento não só parou como aumentou e deu forçar para a grande virada do clube em todos os sentiudos.

Porém, o mérito desta conquista esta no empenho dos jogadores, comissão técnica, torcida e principalmente do grande trabalho desenvolvido pelo Presidente Roberto Dinamite à frente de sua diretoria.

Parabéns Vasco da Gama! “Sua torcida é bem feliz! Norte-Sul, Leste-Oeste do País”…

3 comentários »