Presente de grego?

1comentário

Sinceramente, achei que o Maranhão ao ficar com a vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro após o Sampaio conseguir o acesso para a Série C nacional, estava ganhando, que por coincidência aconteceu um dia antes do MAC completar 80 anos,estava ganhando um presente indesejável, isto é que tem o poder de tirar a alegria do que está em festa. O Maranhão tanto brigou que tirou o Edgar, principal atacante do Tricolor, do time e ainda estava exigindo que os bolivianos disputassem os jogos decisivos das quartas de final juntamente com a Copa União. Para qualquer bom entendedor, parecia que os maqueanos estavam com olho gordo na boa campanha do rival apesar de se beneficiar com ela.

Porém, após conversar com o presidente do MAC, Antônio Macedo, mudei um pouco a minha opinião, pois o cartola está demonstrando interesse em investir e reforçar seu time para a disputa a Série D e pelo fato dele ter sido sincero ao afirmar que precisará do apoio da torcida e da velha guarda maqueana. Traduzindo para o “futebolêz”, ele precisa de ajuda financeira, porque sozinho não dará conta de montar um time competitivo e bancar as despesas adicionais que sempre aparecem.

O primeiro passo o dirigente já deu ao contratar o goleiro Flaubert, que o segundo melhor da posição no Estado, o lateral Daylson, que é bom jogador, e quer contratar o lateral Tatu e o meia Léo Paraíba, vice-artilheiro do Campeonato Maranhense com 13 gols, que o Moto quer prender, mas não tem dinheiro.

Outro ponto positivo do Antônio Macedo foi ter contratado Meinha e dado carta branca para o cara montar o time. Quem conhece o “Velho” sabe que onde ele chega arruma a casa e vai longe. A prova foi o vice-campeonato maranhense com o modesto Santa Quitéria, que só não fez uma campanha melhor, porque não deram condições para o professor.

Agora, como tudo no Brasil será preciso força política. Antônio Macedo terá que convencer a velha guarda maqueana a investir na Série D, para que a vaga para a competição nacional não vire um “presente de grego”. Espero sinceramente, que ele consiga porque seria o fim da bola desperdiçar uma vaga na Quarta Divisão.

1 comentário »

Sampaio conquista merecido acesso a Série C

2comentários

Foto – Biaman Prado – Castelão lotado…

Após um período de três anos no Purgatório, a Série D do Campeonato Brasileiro, o Sampaio Corrêa volta com glórias à Terceira Divisão. Apesar do passeio na primeira fase da disputa quando terminou com 100% de aproveitamento e a campanha rumo ao acesso teve momentos difíceis. Mas, no fim, prevaleceu a sua força e tradição. Todas as suas principais dificuldades foram criadas antes por si próprio do que pelos rivais.

Desde que precisou encarar a Terceira Divisão, o Sampaio nunca levou muito a sério as dificuldades que poderia encontrar, graças ao planejamento da diretoria que implantou no Estado um novo modelo de gestão esportiva. Podemos até dizer que o futebol no Maranhão se divide em duas eras: antes e depois de Sérgio Frota. Esse maluco que entende um pouquinho de bola, mas um craque em gestão, mostrou que é viável o nosso futebol.

O perfil das contratações sempre considerou jogadores que realmente estivessem identificados com a luta do acesso. Nisto, o setor que mais sofreu foi justamente aquele que mais exigia as preocupações dos dirigentes: o ataque. A receita para isso, foi encontrada dentro de futebol maranhense com as contratação de Edgar e Pimentinha, que infernizaram as defesas dos adversários. É claro que tenho que destacar também a segurança do goleiraço Rodrigo Ramos, da solides dos zagueiros Mimica e Carlinho Rech,a velocidade com habilidade dos laterais Roniery e Deca, os volantes Robson Simplício, Arlindo Maracanã, Eloir e o meia Cleitinho e o atacante Célio Codó, sei que o garoto merece ir para o quadro do globo Esporte, Inacreditável, mas o espigão muitos gols importantes para o Tricolor chegar até a semifinal da Série D e não podemos ser injustos. Não podemos esquecer a presença do técnico Flávio Araújo, que com o Sampaio conquistou seu terceiro acesso a Série C.

Rebaixado em 2009, o Sampaio conquistou o acesso para o Campeonato Brasileiro da Série C. Na tarde deste domingo, no Castelão, ao ficar no empate por 0 x 0, com o Mixto e confimou sua vaga na terceira divisão nacional. O acesso aconteceu graças ao primeiro jogo, já que no Mato Grosso ficaram no empate por 1 x 1.

O acesso do Sampaio foi mais do que merecido. Em 12 jogos, venceu nove e empatou três. Disputou 36 pontos e conquistou 30, e conta com um aproveitamento de 83,3%. O time marcou 32 gols e sofreu apenas seis. Com média de 2,6 gols por partida. Nem o Fluminense (RJ), líder isolado da Série A, tem campanha melhor.

A campanha do Sampaio resgatou o orgulho no torcedor de ser boliviano e por isso ele lotou duas vezes o Castelão resgatando os bons momentos do futebol maranhense. Quero destacar, que o Tricolor colocou mais de 35 mil torcedores no estádio sem ajuda de ingresso grátis. E depois do jogo teve carretas nas ruas e São Luís amanheceu cheia de torcedores uniformizados, existe prova maior que os bons tempos estão voltando? Basta abrir a janela e olhar na rua a felicidade estampada nos rostos dos bolivianos.

Na semifinal, o Tricolor enfrenta o Baraúnas, no Rio Grande do Norte e depois define em São Luis, no dia 06 de outubro, a vaga para final da competição. Mas com a campanha que o time tem tenho certeza que o titulo virá e não duvido que será de forma invicta.

Parabéns! Sampaio pela conquista!

 

2 comentários »

Jogo do ano!

1comentário

O Sampaio Corrêa encara no domingo , às 17h, o Mixto(MT), no Castelão. O jogo é válido pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D e dará a um dos times uma vaga na Terceira Divisão do ano que vem. Na partida de ida, em Cuiabá, o Tricolor arrancou um empate por 1 x 1 e está na vantagem, conquistando o acesso com um empate sem gols ou uma vitória comum. O Alvinegro precisa de um empate de 2 x 2 em diante, ou também de um triunfo simples. O placar de 1 x 1 levará a decisão aos pênaltis. Quem passar, além do acesso, estará também nas semifinais da competição e enfrentará o vencedor de Campinense (PB) x Baraúnas (RN), que empataram o primeiro confronto por 1 x 1, em Campina Grande (PB).

A chance do Sampaio, único time invicto da Série D de 2012, de retornar à Série C, de onde se despediu em 2009, no que seria o início de um martírio que já dura três anos, deixou em polvorosa a torcida tricolor que não esconde a euforia e lotar o Castelão.

Mas, se apenas 40 mil felizardos torcedores terão o privilégio de acompanhar o que pode ser o momento mais importante do futebol maranhense nos últimos anos, do lado de fora, outros milhares de corações com sangue tricolor acompanharão espalhados pelo Brasil e o mundo, o desenrolar dos 90 minutos tão aguardados.

A tarefa não será fácil para os tricolores que terão que passar por cima de um time que incorpora o espírito de seu mascote, o tigre, felino caçador por natureza. É com essa persistência de quem vive as dificuldades da selva, que os matogrossenses tentarão estragar a festa Tricolor. Nada que intimide, ou faça a massa boliviana perder a fé. Que domingo traga de volta a alegria de pelo menos uma parte dessa cidade ‘boleira’. É hora de volta a sorrir! Chegou o momento da redenção, pode gritar torcedor –‘Vamos subir, Sampaio!’.

1 comentário »

Guerra é guerra!

4comentários

Achei muita cara de pau do técnico do Mixto (MT), Everton Goiano, querer fazer treino de reconhecimento do gramado no Castelão, onde enfrentará o Sampaio, pelo jogo de volta da quarta de final da Série D do Campeonato Brasileiro, que vale uma vaga para a Série C de 2013, porque o Tricolor pediu para treinar no Dutrinha e eles responderam que o time iria conhecer o gramado do estádio deles no dia do jogo. Sei que tem muito leitor metido a puritano que dirá que é feio, deselegante, revanchismo entre outras baboseiras, mas guerra é guerra e muitas são decididas nos detalhes.

Se dependesse de mim e da diretoria do Sampaio, o time do Mixto iria treinar na praia, no Jabotão, Campo do Major, Campo da Unidade 105 da Cidade Operaria entre outros, mas no Castelão ele só pisaria na hora do jogo, si quisesse! O Flávio Araújo para treinar teve que pedir o campo de um amigo dele, no qual o gramado era infinitamente melhor que o Dutrinha, todo esburacado.  É por isso que acho que estes caras do Mixto não merecem privilégio.

Porém, não podemos confundir rivalidade com imbecilidade, isto é, devemos Recber os visitantes com educação e não tratá-los com regalias e torcer para que a vaga seja decidida dentro de campo, até porque os artistas são os jogadores, e não dirigentes ou mídia. O fator campo que o Sampaio tem que explorar é o apoio da sua torcida cantando, gritando e empurrando o time durante os 90 minutos.

O jogo do Sampaio contra o Mixto será o mais importante do futebol maranhense de 2012. Portanto, é preciso ficarmos atentos a todos os detalhes para não corrermos o risco de perder o acesso para a Série C dentro de casa.

4 comentários »

Torcedores travestidos de vândalos!

4comentários

Poderia escrever páginas e mais paginas sobre como ficou bacana o Castelão depois da reforma e da maravilhosa presença da torcida que compareceu em massa, mas após ver as imagens de vandalismo no local fiquei enojado. Embora muitos digam que é assim em diversos lugares. Deve ser assim mesmo em São Paulo, no Rio, em Porto Alegre, Salvador, Recife, mas porque tem que ser assim na mais simpática das capitais que é São Luís. Fique pensando seriamente em parar de escrever e falar sobre o futebol. Em deixar de freqüentar, ouvir o meu bom e velho rock and roll e tomar minha cerveja em paz nos sábados e domingos de bola. Mediocridade, burrice, ignorância cansa até mesmo os mais rudes. Cansa quem fica na cabine, cansa quem esquenta a cuca no solão do gramado. Cansa bons e maus.

Xingamentos e ofensas gratuitas contra profissionais que trabalham nos jogos é uma tecla velha da vida de estádios, uma página comum em meio ao mar de imbecis que são muitos de nossos torcedores. Alguns jornalistas costumam escrever o termo “vândalos travestidos de torcedores”, pois neste texto, afirmo o contrário, não são vândalos travestidos de torcedores, mas sim torcedores, gente “de bem”, que paga todos os seus impostos, que tem família, emprego, e que dentro das arenas da bola viram bestas, e o adjetivo animal seria um elogio.

O que me doeu a alma, o espírito e me deixou envergonhado, foram os casos de desrespeitos ao patrimônio público, que não é meu e nem seu, mas de todos que pagam impostos. Enquanto torcedores vibravam pela honrosa vitória do Sampaio, se abraçavam; vândalos queimavam cadeiras, quebravam o forro, portas e louças dos banheiros, na mais perfeita tradução de selvageria. E não havia motivo para isso, porque os dois times saíram felizes, a arbitragem foi perfeita e o time da casa ganhou.

O pior é que ninguém denunciou ou chamou a polícia para coibir o que estes animais estavam fazendo, porque não acredito, que no estádio lotado, 40 mil torcedores,absolutamente ninguém viu a ação dos vândalos. E a conta ficará para todos nós, porque cada uma das 300 cadeiras que custa em média R$ 40,00 serão repostas a custa de dinheiro público. Assim como os torcedores fiscalizam os animais que atiram objetos em campo e prejudicam o time casa, eles deveriam ficar de olho no estádio, até porque aquilo tudo que está lá é nosso.  

A beleza deste esporte que sou apaixonado desde que me conheço por gente, está na magia de um gol inacreditável, do drible sem espaço, da cabeçada certeira e do grito de gol. Mas nada, nenhum gol, nenhum titulo ou acesso é mais belo ou mais importante que qualquer torcedor ou estádio.

Pensem nisso.

4 comentários »

Edgar livre para jogar no Sampaio!

2comentários

Como o próprio caderno E+ do jornal O Estado do Maranhão adiantou nesta segunda-feira, o atacante Edgar ganhou uma nova liminar para poder jogar no Sampaio ou no time que quiser. O desembargador James Magno Araújo Farias, entendeu que o jogador não pode ficar sem trabalhar até que o caso seja julgado em definitivo. Porém, dificilmente o jogador terá condições de enfrentar o Mixto, domingo às 17h, no Castelão, no jogo de volta da oitava de final do Brasileiro da Série D, que vale uma vaga para a Série C de 2013.

Confesso que já estou enjoado desta novela envolvendo o Edgar. Já foram tantas idas e vindas, que fica até difícil para a CBF saber se cara tem condições de entrar em campo contra o Mixto. O consultor para assuntos jurídicos da entidade que dirige o futebol brasileiro, Valed Perry, disse que sim, mas eu assim como técnico Flávio Araújo achamos melhor não botar o garoto para jogar, porque o Tricolor conseguir o acesso, os caras lá de Cuiabá podem dizer que ele jogou de forma ilegal e a campanha maravilhosa do Tricolor, único invicto na competição, pode ir para a roça. Se a Bolívia já chegou até aqui sem ele, pode esperar mais um pouco. E os dirigentes do Maranhão estão esquecendo, que dependem do acesso do Sampaio para poder ganhar uma vaga na Série D de 2013.

Como essa novela, apesar de muita chata, parece que ainda vai ter muitos capítulos, é melhor esperar. A única coisa que parece certa é que o Edgar não vai mais jogar no Maranhão, porque como ele mesmo diz: lá não tem mais clima nem para treinar. O que eu acho é que tudo poderia ser resolvido na base da conversa. O MAC poderia ter vendido parte dos direitos federativos do jogador como todo clube grande faz e esperar uma possível negociação para lucrar a sua parte. Enquanto, que o jogador, não deveria ter inventado a história fiada da assinatura falsificada. Só espero que o caso Edgar não termine como o do Zé Raimundo, Furacão. Para quem não se lembra! O jogador queria jogar no Moto, mas a diretoria maqueana não deixou e ele acabou saindo para o Papão, praticamente de graça.

Legal mesmo é perceber que essa novela chata está chegando ao fim. Não aguento mais tanta resenha furada.O Edgar tem direito de jogar onde quiser. A escravidão no Brasil já acabou. O MAC precisa ser ressarcido, mas não pode interromper a carreira do jogador. Acho que alguém precisa ceder para que esta confusão acabe.

2 comentários »

A melhor solução é parar!

0comentário

Mais uma rodada da Copa União se fechou com o Imperatriz na liderança. Daí tudo bem, pois o professor Vinícius Saldanha faz um excelente trabalho no Colorado e tem um grupo muito qualificado. Porém, o que realmente chama a atenção nesta disputa tapa buraco da FMF, é a campanha pífia do Moto Club. O Papão só não é o lanterna desta competição, porque o Sampaio pediu licença dela, nada mais justo, pois está decidindo uma vaga na Série C e a disputa não vale absolutamente nada para o time tricolor, que por ser o atual campeão maranhense já garantiu vaga na Copa do Brasil e no Brasileiro da Série D, caso não consiga o acesso.

Longe de mim querer desmerecer a vitória do Cordino sobre o Moto por 2 x 1, no Leandrão, mas a forma como o time rubro-negro se apresentou é de causar vergonha em qualquer motense. E ainda tem a goleada do Imperatriz por 5 x 1 no início da semana, no Frei Epifânio. Quero destacar, que não é nada de extraordinário o Cavalo dar uma goleada acachapante no Papão, mas a forma como aconteceu. Para quem não se lembra, o time rubro-negro chegou em Imperatriz horas antes do jogo para economizar com hotel.

Porém, o retrato mais acabado da crise motense foi o ônibus que levou a delegação ter abandonado o time em Barra do Corda por falta de pagamento e obrigado os jogadores a voltar de carona para São Luís. Somados a isso tem um suposto calote no hotel de Caxias. Para vai! Se não bastasse o time passar vergonha dentro de campo os jogadores e comissão técnica ainda tem que passar por constrangimentos fora das quatro linhas, é brincadeira, né? Cadê o Conselho Deliberativo que se mete na administração desastrosa (para não dizer um palavrão) de Vera Baldez?

Gente! não é vergonha nenhuma parar as atividades. Vergonhoso é submeter o clube a vexames, que só afastam ainda mais os torcedores. O Moto já parou uma vez e quando voltou ganhou uma casa, o CT Pereira dos Santos e ganhou um monte de título. Continuar do jeito que está só levará o Papão para o fundo de um buraco, que dificultará ainda mais seu soerguimento.

sem comentário »

O Sampaio tem a melhor campanha do Brasil

5comentários

Pimentinha, o novo xodó da torcida boliviana

Vendo o time do Flávio Araújo jogar me faz pensar se é possível alguém frear essa arrancada. Com 93,9% de aproveitamento dos pontos disputados, o Tricolor tem uma das melhores campanhas da história dos Brasileiros da Série D. Após 10 jogos (o time maranhense tem campanha melhor que o Fluminense-RJ com 76,3%. Também tem o melhor ataque da competição com 31 gols. De quebra vem consagrando o atacante Pimentinha, como um dos artilheiros do torneio, com 4  gols em apenas 4 partidas, sendo que ele foi titular em apenas dois jogos. Agora é tão bom que os bolivianos nem se lembram mais do Edgar, que está sub judice com o MAC.

Se engana quem pensa que parou por aí. Liderado pelo volante goleirão Rodri Ramos, o Tricolor tem uma das melhores defesa do Brasileiro da Série D. Sofreu apenas 5 gols em 10 partidas. Precisa mais o que? Nada! Apenas tranquilidade para seguir colecionando vitórias. E o treinador é muito competente para fazer a equipe manter essa regularidade. Dono de dois acessos nacionais na carreira, pelo Icasa-CE e América-RN, ambos na Série C, o professor está praticamente invicto desde que assumiu o Sampaio.

Nessa pegada acho difícil o Sampaio perder o acesso a Série C e esse título. Até porque tem a disposição o melhor elenco de todos os times que disputam as quartas de final. Talvez o clube do bairro de São Pantaleão seja o retrato mais bem acabado de que planejamento bem feito trás resultado. Engraçado é que muita gente não lembra que por trás dessa campanha invejável está à dedicação do presidente Sérgio Frota. Este “maluco” está vendendo bens dele para manter a folha do tricolor em dia e dar todas as condições necessárias para o time disputar a competição. E ainda tem idiota que diz que o cara ta lavando dinheiro no clube Lembram? Se isso não for inveja de motense e atleticano, outra coisa não é!

A verdade é que o Sampaio, hoje, tem time e estrutura de equipe de Série B, apesar de estar disputando o falido futebol maranhense. É só lembrar que na Copa do Brasil, o Tricolor fez dois jogos equilibradíssimos contra o Atlético (PR), que atualmente disputa a Segunda Divisão. É por isso e outras coisas que acredito muito no sucesso do Sampaio na Série D.

5 comentários »

Castelão vai virar um caldeirão!

3comentários

 

A contar pelo termômetro do treino de ontem, no Castelão e pela loucura que foi a distribuição dos 32 mil ingressos dos 40 mil da capacidade máxima da praça esportiva, que acabam em 1h30, o Sampaio Corrêa deverá receber dos torcedores, na partida contra o Vilhena (RO), o apoio necessário para o time conseguir a vaga para a quarta de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Afora a histeria do torcedor pelos ingressos que foram dados de graça pelo governo do estado em comemoração aos 400 anos de São Luís, o jogo tem tudo para ser um sucesso. O Castelão todo remodelado com poltronas confortáveis, banheiros e bares recuperados e dois telões de LED de última geração, é um atrativo a mais para o espetáculo.

 

Sem clubismo, a campanha do Sampaio na primeira fase do Brasileiro da Série D, com 100% de aproveitamento, mostrou mais uma vez que o time do Flávio Araújo, dois acessos nacionais na carreira, pelo Icasa (CE) e América-RN, ambos na Série C, está jogando o fino da bola quando se fala da parte tática. Impressionante! É verdade que não tem nenhum jogador individualmente primoroso, ou um goleador impiedoso, mas quando se fala em defender poucas equipes do mundo atualmente tem a mesma capacidade que o Tricolor. Aliás, a ocupação de espaço trabalhada pelo treinador pode ser o diferencial para as partidas do mata-mata do Campeonato Brasileiro da Série C.

 

O interessante é que o treinador conseguiu substituir as peças que perdeu. Ou seja, saiu o Edgar (que foi obrigado a voltar ao MAC por determinação judicial), mas entrou no lugar dele o Pimentinha, na reta final da primeira fase. O primeiro é mais técnico, mas não tem muitas diferenças. O Carlonho Rech, contundido, foi substituído por Johildo, e a zaga continuou com a mesma firmeza. Ainda tem o Weclei, ex-Atlético-PR, que mostrou ter muito potencial. Isso tudo somado com a boa fase do Clayton, a manutenção do Arlindo Maracanã e da maioria do elenco, faz do Tricolor uma equipe muito forte para a disputa de uma vaga na Série C de 2013. É claro que não pode amolecer nesse Brasileiro. Senão tudo vai por água abaixo.

 

É bom lembrar que está campanha excelente do Sampaio é fruto da perseverança do presidente Sérgio Frota, que sozinho e contra todos, está fazendo das tripas coração para manter o grupo nesta reta final rumo a Série C. O mínimo que o torcedor neste momento pode fazer é ir ao estádio em retribuição ao dirigente e a governadora Roseana Sarney, que entrou para o torcedor maranhense um dos estádios mais modernos do Brasil.  

 

3 comentários »

Diretoria não cumpre promessas e jogadores passam vexame!

1comentário

Independente das pessoas me acharem boliviano demais em meus comentários, procuro ser o mais isento possível. E até em cima do que estou vendo nesse Futebol Maranhense tenho a convicção de que só não verei o Moto Club na Série B da Copa União do próximo ano, porque a competição não tem rebaixamento. Não digo isso em cima do trabalho que é feito pelo Paulo César e principalmente pela qualidade técnica do Papão, que é superior a muitos adversários. Era quase certo que aconteceriam estes problemas de falta de dinheiro e jogadores reclamando salários atrasados. Afinal alguém em sã consciência acreditava que com Vera Baldez as coisas seriam tão diferentes? Para vai! Deu no que deu.

 

Apesar da mudança de diretoria, o Moto segue mergulhado em crise, pois dos R$ 120 mil de patrocínio que a presidente Vera Baldez prometeu durante a campanha não passa de promessa. Aprova mais acabada de que a atual administração não mudou em nada o quadro de caos que infelizmente o Papão vive é suposto calote em um hotel na viagem do time à Caxias, para enfrentar o Sabiá pela Copa União. Agora, foi o atraso no embarque para Imperatriz para enfrentar o Cavalo de Aço, hoje à noite, no Frei Epifânio D’Abadia.

 

A delegação do Moto tinha viagem marcada para às 9h de domingo, no entanto, os atletas ficaram esperando, e só à noite, consegui embarcar. Com o atraso, o time chegou a Imperatriz, somente hoje, às 6h, dia do jogo. E para piorar a situação, rumores dão conta que foi técnico Paulo César que teve de arcar com as despesas de viagem, porque a diretoria, que além de não pagar os atletas não deu nenhum centavo para a delegação.

Como perguntar não ofende: o torcedor quer saber por que a vice-presidente e o diretor de futebol Kleber Pereira se afastaram do clube? Será que a presidente tem a resposta? Enquanto isso, os jogadores reclamam os salários atrasados e a comissão técnica pede condições de trabalho.

1 comentário »