Choro de perdedor…

6comentários

Enquanto o técnico do Maranhão, Arlindo Azevedo, e o conselheiro do clube, João Vicente, reconhecem o título do Sampaio Corrêa como legítimo e conquistado dentro de campo, o conselheiro e vice-presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Robson Vasconcelos, acredita que o Tricolor tem que perder mais de 12 pontos no tapetão e sequer deveria ser o terceiro colocado no Estadual. O cartola alega que a Bolívia jogou com atletas irregulares e que os pontos vencidos sobre o Iape, que pediu para sair da competição, deveriam ser nulos. Com isso, o MAC deveria ser proclamado campeão maranhense de 2011.

É claro que tudo isso é um absurdo, pois o Sampaio ganhou a parada em campo. O próprio Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão já deu ganho de causa para o Tricolor no caso dos jogadores: johíldo e Eloir,que atuaram com efeito suspensivo e o Departamento Técnico da FMF embaso pelo Departamento de Competições da CBF também deu razão no caso dos pontos do Iape.

Sou totalmente contra “tapetão” no futebol. Para falar a verdade tenho ojeriza a esse tipo de prática, pois futebol é e deve ser decidido dentro de campo. O Sampaio ganhou o Estadual com três rodas antecipação, pois tem mais estrutura e mais time. E seria um absurdo tirar na marra este título do Tricolor.

Como maqueano e defensor dos direitos do seu time, Robson Vasconcelos deveria era cobrar mais investimento dos seus dirigentes na equipe principal e não ficar todo esperando pela conclusão do Centermac para começar a investir em estrutura.

6 comentários »

O Moto tem presidente?

2comentários

Depois da bronca do goleiro Jade, o presidente do Moto Club, Gildo Moraes, deu as caras no Centro de Treinamento Pereira dos Santos. Dinheiro que é bom, para pagar os três meses de salários dos jogadores, ele não levou, porém, pelo menos ele apareceu para falar com os atletas, comissão técnica e funcionários, e mostrar que o clube não está abandonado.

O desabafo do goleiro Jade parece ter mexido com o presidente Gildo Moraes, que depois de mais de 60 dias reencontrou o caminho do CT Pereira dos Santos. Porém, o dirigente não disse o que todos no clube queriam saber: quando o dinheiro vai aparecer? Ele falou no patrocínio de suposto banco, mas não disse qual será a instituição financeira, quanto vai entrar nos cofres e nem quando a galera verá a cor do dinheiro.

Independente dos problemas financeiros, o Moto viaja amanhã para Barra do Corda, mas só Deus sabe como este pessoa viajará: sem grana, sem hotel, sem alimentação e sem nada. Espero que a conta não sobre para o diretor-presidente Dadá, que no final das contas sempre paga o pato. Acho melhor a delegação levar um frito com farofa dentro de uma lata de leito, pois o alumínio conserva o calor do alimento, para não passar forme na estrada, pois se confiar nessa diretoria, eles estão…

É impressionante como muitos analistas esportivos já tinham cantado a bola: que quando o dinheiro do Viva Nota estivesse perto de sair vai ter fila de presidente no Moto. Que coisa feia. Agora, é bom lembrar para os “administradores”, que dos cerca de R$ 200 mil que o Papão receberá mais da metade já está comprometida com as dividas geradas no Estadual.

Por isso, é bom o senhores irem com muita csde ao pote…

2 comentários »

Campeonato Maranhense sem graça é vencido pelo Sampaio

4comentários

O Sampaio venceu com duas rodas de antecipação o Campeonato Maranhense de 2011. A competição disputada no sistema de pontos corrido foi um dos piores campeonatos organizados pela Federação Maranhense de Futebol (FMF). Teve de tudo no estadual deste ano: time que foi expulso da competição por não pagar arbitragem(Nacional), equipe que saiu no meio da competição porque o dono dele não sabe perder (Iape), troca de diretor do departamento técnico (saiu Geografia entrou Pedro Fernandes), promessa mentirosa de um patrocínio, mala branca e o presidente da FMF, Alberto Ferreira, confessando que prefere o Campeonato Carioca. Por outro lado o torneio não teve: emoção, organização e público.

É incrível como a FMF consegue estragar até campeonato de pontos corridos, pois os as “mentes brilhantes” da entidade conseguiram abrir brecha para tapetão por causa da saída do Iape no meio da disputa. Aliás, a saída do Canário da Ilha mostrou que o time só existia em função do sal presidente, o vereador Pereirinha. A Federação também mostrou que não está nem ai para os seus afiliados, pois mesmo sabendo da crise do Nacional, deixou o time abandonado a própria sorte.

Agora, o que mais me irritou foi a FMF, sabendo que o Sampaio poderia ser campeão na antepenúltima rodada, marcou jogos no sábado, domingo e segunda-feira, quando deveria tê-los marcados todos no mesmo dia e horário. Aí aconteceu o que todos esperavam: o tricolor fez a parte dele no sábado e teve esperar até a segunda-feira para acompanhar pelo rádio o tropeço do Maranhão. A coisa foi tão mal organizada, que Rodrigo Ramos que está aqui há mais de quatro anos e já venceu três estaduais (um pelo Imperatriz e dois pelo Sampaio) disparou. “Nunca tinha comemorado um título e depois ir para a cama dormir, sem comemoração e sem nada”, disse.

Porém, o Sampaio não tem naca com isso e fez a parte dele dentro de campo, vencendo os jogos e somando pontos como manda o regulamento da disputa. Embora haja uma ameaça de tapetão por causa dos pontos do Iape, que só o Tricolor ganhou, mas nada tira o mérito dos bolivianos, que a duas rodadas do fim, conseguiram abrir oito pontos de vantagem para o segundo colocado o Maranhão.

Sei que terá gente que falará que o Sampaio foi campeão porque o presidente Sérgio Frota, que é pé-frio, está na Bulgária e o vice-presidente Nilson Garcia provou mais uma vez que é pé-quente, pois eliminou o Sport em plena Ilha do Retiro. É brincadeira né, pois todo mundo sabe que o Frota é um guerreiro incansável, que pegou o Tricolor falido e o transformou em um time estruturado e vencedor. Sem ele, o Tubarão já teria fechado as portas.

Mas este título conquistado pelo Sampaio é a premiação do mais organizado, do melhor estruturado dentro e fora de campo e de quem investiu mais em comissão técnica e elenco. Parabéns, Tricolor pelo seu 30º título estadual e pelo 8º bicampeonato.

4 comentários »

Roberto Dinamite merece o titulo de cidadão maranhense

15comentários

Sei que não é uma coisa que um deputado estadual deveria se preocupar, mas qual é o problema do Magno Bacelar querer dar o título de cidadão maranhense para o presidente do e ex-jogador do Vasco Roberto Dinamite? É bom lembrar que o deputado Camilo Figueiredo já deu para o cantor piauiense, que mora em São Paulo, Frank Aguiar, o titulo de cidadão maranhense e ninguém reclamou. O Dinamite é um cara que tem uma história vitoriosa como jogador e como cartola. O Maranhão tem milhões vascaínos e muitos deles viram e comemoram conquistas do Roberto.

Acho que até que o Roberto Dinamite merece o titulo de cidadão maranhense. Eu mesmo deixei o meu pai louco para me levar ao Nhozinho Santos para vê-lo jogar. O Dinamite como jogador foi para os vascaínos o que o Zico foi para os flamenguistas. Foi um jogador que tinha identificação com o clube e jamais vestiu a camisa do rival. Coisa que Romário e Edmundo não fizeram. Como vascaíno e maranhense me sentiria honrado se ele recebesse o título de cidadão maranhense.

O que considero errado é o deputado estadual Jota Pinto querer criar audiência pública para discutir o futebol, que é uma atividade privada, na qual o poder público não tem nenhuma gerência.

O futebol daqui não precisa de audiência pública, pois todo mundo sabe que o grande causador para o atraso dele é o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Alberto Ferreira, que está se lixando para os deputados, pois tem nas mãos os votos necessários para se perpetuar no poder. E ainda disseram que cancelaram a tal audiência, porque Ferreira se recusou a comparecer a “patuscada”.

Pela primeira vez na vida sou obrigado a concordar com Alberto Ferreira, pois quem em sã consciência comparecerá a um evento para ser xingado? Acho que o se o deputado quer ajudar o futebol deveria perguntar, por exemplo, como um estado mais pobre que o nosso, o Acre, dará R$ 750 mil para os seus times disputarem as Séries C e D do Brasileiro, e o nosso não dará um centavo para o Sampaio? Para com isso, né!

É por isso, que realmente torço para que Magno Bacelar consiga aprovar o título de cidadão maranhense para Roberto Dinamite, pois quero está lá no dia que ele receber a comenda e parabenizá-lo, pois ele merece.

15 comentários »

O grupo do Sampaio na Série D é uma baba

12comentários

Em grupo que tem: Comercial (PI), Trem (AP), São Raimundo (PA) e Independente (PA), passar para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D é uma verdadeira moleza, mas volto a insistir que o Sampaio montar time, pois o Campeonato Maranhense não é parâmetro para nada. No ano passado, o Tricolor precisou de um golzinho para voltar para a Terceira Divisão e não conseguiu.

Em um grupo de cinco times onde dois vão para a próxima fase, o Sampaio tem tudo para passar para a segunda fase, pois com exceção do Tricolor, não tem nenhum time grande. Porém, se não montarem um time competitivo a coisa fica difícil e até sofrida.

O time do Sampaio, que com certeza vencerá o Estadual, é muito fraco para a disputa da Série D. O Tricolor carece de um zagueiro mais experiente para ser referência na defesa, laterais mais ofensivos, um meio de campo criativo e principalmente atacantes goleadores.

Fica o apelo para que a diretoria do Sampaio não se deixe enganar com a possível conquista do Estadual e pense que o time está pronto para a Série D.

12 comentários »

TIME DE FUTEBOL COM MAIS TÍTULOS

4comentários

Aproveitando o clima de festa pela conquista inédita da Copa do Brasil pelo Vasco da Gama, vou publicar um e-mail que recebi do botafoguense João Carlos Júnior do Uniceuma. Nele, o amigo ressalta a grande quantidade de títulos que a “Coisa” realmente conquistou. A mensagem é muito divertida

CAMPEÃO DE TÍTULOS
Segundo estudos do centro estatístico da UFRJ, os times do Manchester, Boca Juniors, Liverpool, Internacional, Grêmio, São Paulo, Palmeiras, Santos, Real Madrid, Barcelona, Milan e muitos outros considerados grandes, levariam juntos cerca de 100 anos para chegar ao número de títulos que tem o Flamengo em quantidade, conquistados e conhecidos pelas entidades competentes.
Qualquer dúvida, os dados estão disponíveis na Internet, é só pesquisar. Somados até a última semana, o Clube de Regatas Flamengopossui:
Títulos Nacionais:5
Títulos Cariocas:31
Títulos Protestados no Tribunal Regional do Trabalho: 5.244
Títulos Protestados na Justiça Civil:922
Títulos Protestados na Justiça Federal:735
Títulos Protestados nos Cartórios de Títulos e Documentos:14.643
Total, são muito mais de 21.500 títulos, ou seja, os outros clubes não passariam nem perto…

4 comentários »

O sentimento está muito mais intenso

10comentários

Foto - Diego Penha / Torcedores do Vasco comemorando título na Cohab

A frase que virou símbolo da luta do Vasco da Gama para retornar a Primeira Divisão: “o sentimento não pode parar”, foi ligeiramente modificada por mim para expressar o que muitos vascaínos de Norte a Sul deste país estão sentindo com a conquista inédita da Copa do Brasil. O sentimento está muito mais intenso, pois o Gigante da Colina ganhou de forma emocionante um titulo que persegui há muitos anos. Na base da garra, o time pôs fim naquela besteira criada por torcedores da “Coisa” de rei do vice, pois o Vascão é campeão.
As imagens de Felipe e Diego Souza com as mãos no rosto é mais perfeita tradução que os nervos à flor da pele no Couto Pereira. A conquista foi sofrida, pois o Coritiba lutou até o final. O Vasco saiu na frente e Coxa foi lá empatou e virou. O time da Colina conseguiu empatar e eles novamente passaram na frente no placar e então foram 16 minutos torturantes na frente da TV. Tinha momento que eu imitei os jogadores no banco de reserva e cobri o rosto para não ver nada, pois era muita emoção.

É preciso também exalta que foi o título da inteligência do treinador Ricardo Gomes, que soube como ninguém usar o regulamento da Copa do Brasil a seu favor e armar a equipe de forma brilhante nos jogos fora de casa. Diga-se de passagem, que depois que Ricardão assumiu o Gigante da Colina, ele deixou de ser um bando em campo e virou uma equipe consistente e que sabe muito bem o que fazer em campo.

A conquista do título foi ainda uma vitória de Roberto Dinamite, que está mostrando que também é craque como cartola. Desde que assumiu o Vasco, Dinamite deu uma nova cara ao time, uma cara feliz e de seriedade, que não tinha com Eurico Miranda.

Acima de tudo foi uma conquista dos milhões de torcedores do Vasco no Brasil inteiro. Aqui em São Luís do Maranhão, não poderia ser diferente, e milhares de pessoas fizeram festa pela consagração na Copa do Brasil.

Agora, o sentimento não pode parar e o Vasco deve manter este espírito vencedor no Campeonato Brasileiro, na Sul Americana e na Libertadores de 2012. Valeu Vascão! O campeão voltou.

10 comentários »

Futebol ganha-se dentro campo…

9comentários

Sou totalmente contra “tapetão”, pois acredito que futebol ganha-se em campo. Acho imoral tirar os pontos do Sampaio conquistados em campo porque o Iape decidiu abandonar o Estadual. Não é justo penalizar o Tricolor pelas lambanças da Federação Maranhense de Futebol (FMF) que permite que qualquer um disputa sua principal competição.

Faltando quatro rodadas para acabar o Maranhense uma polêmica pode tornar o Estadual 2011 ainda mais bagunçado. Se o Sampaio realmente perder os três pontos que conquistou ao bater o Iape por 2 x 1, que foi justamente o motivo que levou o folclórico presidente do finado Canário a sair da competição, o Estadual tornara-se uma verdadeira bagunça.

É justamente, por esta falta de organização no futebol maranhense que ninguém quer assumir o Moto, porque o Léo Cunha largou o Imperatriz, o Walter Lira retirou o JV Lideral da Primeira Divisão. A falta de seriedade nas competições local também afasta o torcedor, que só lota os estádios em competições organizadas pela CBF.

Agora, não adianta tirar os pontos do Sampaio, pois ele ainda continuará líder com quatro pontos na frente do Maranhão e como tem mais time que todos os outros adversários, ninguém tira o bi do Tricolor.

9 comentários »

Será o fim do Moto?

4comentários

Foto Flora Dolores - Dadá e motenses a espera de um milagre...

Gente! a coisa está feia no Moto Club. A derrota sofrida para o Maranhão por 4 x 1 e o protesto dos torcedores pedindo a renuncia do presidente Gildo Moraes é apenas a ponta do iceberg da crise motense. Os jogadores estão com os salários atrasados por mais de dois meses, a alimentação dos atletas é paga por torcedores e o time só não parou por causa do diretor de futebol Dadá, que faz das tripas coração para levar os atletas a campo e tentar amenizar a crise.

Em primeiro lugar, não vou crucificar o Gildo Moraes, porque ninguém sabe o que o cara está passando. Como o Edvan Fonseca falou na rádio Mirante AM, o ele ajudou até onde pôde e deve está impossibilitado de ajudar mais. Soube que até a mulher dele lhe tomou o talão de cheque, pois o cara já estava tirando da família para dar ao Moto. O único erro do Gildo, em minha opinião, é não renunciar, pois parece que ele está esperando o dinheiro do Viva Nota entrar para querer mostrar serviço. O mesmo se aplica ao vice-presidente Rocha Neto, que também sumiu.

Porém, se Gildo largar quem é que vai querer pegar o leme do barco afundando? O Moto tem muitos torcedores ricos com condição de assumir o time, mas quem tem posses não gosta de rasgar dinheiro. O futebol maranhense para quem não é político, que pode se aproveitar do time para ficar conhecido e vencer eleição, não tem nenhum retorno. As competições promovidas pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) são mal organizadas e não tem patrocínio.

Mas o torcedor tem pressa e não quer mais ver seu time alvo de chacota dos rivais e pede a saída imediata de Gildo Moraes. Fica então, a pergunta que não quer calar: quem assumirá o Moto? O time já está abandona a sua própria sorte. O Campeonato Maranhense vai até 3 de julho e o Papão ainda tem quatro jogos na disputa e quem bancará as despesas da equipe até lá?

4 comentários »

Sampaio disputará Copa União com time reserva

4comentários

Por pura falta de organização dos dirigentes do futebol maranhense, Sampaio deve disputar a Copa União, competição tampão no calendário maranhense, com o time reserva, pois a disputa não terá nenhum atrativo para o Tricolor. Se a Bolívia vencer o Estadual, que já está praticamente vencido, já terá conquistado a vaga para a Copa do Brasil de 2012 e a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D e com estará disputando a Quarta Divisão deste ano, com chances de subir para a Série D, a copinha não servirá para nada além de gastar dinheiro.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota, está mais do que certo em jogar a Copa União com o time reserva, pois se fosse ele nem disputaria esta competição, que além de não valer nada para o Tricolor ainda pode atrapalhar a equipe na Série D, que é a principal competição do time na temporada. E espero que o Frota faça isso, pois ele já pagou por ter que disputar duas competições em temporadas anteriores.

A culpa do Sampaio jogar a Copa União com o time reserva é da própria Federação Maranhense de Futebol, que ao conceder vagas para a Série D e Copa do Brasil de 2012 na mesma competição tira do campeão do Estadual motivação a competição, pois financeira mente nenhuma competição promovida por ela vale a pena.

Além do Sampaio, o Moto também já manifestou interesse de não disputar a Copa União alegando falta de recursos e eles estão inteiramente corretos de não entrarem nessa barca furada, pois o time passa por uma crise financeira sem precedentes e mais um prejuízo pode até acabar com o Papão.

Espero que não só o Moto e o Sampaio pensem bem antes de entrar na Copa União, pois os times tem que analisar se vale a pena entrar na disputa apenas de olho no dinheiro do programa Viva Nota.

4 comentários »