UBER e mototaxista devem indenizar mulher que pagou a mais por corrida

0comentário

A empresa Uber do Brasil Tecnologia LTDA deverá indenizar uma usuária da plataforma que digitou errado o valor de uma corrida, pagando o equivalente a cem vezes mais. O mototaxista que fez a corrida foi condenado solidariamente. Os dois deverão, ainda, ressarcir a autora em 939 reais, valor pago equivocadamente pela corrida. A sentença é do 8º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo de São Luís. Na ação, a autora narrou que contratou uma corrida de mototáxi junto ao aplicativo do UBER, em novembro de 2023, pelo valor de R$ 9,39. 

No entanto, ao pagar a corrida, a requerente digitou errado, enviando um pix no valor de R$ 939,00. Relatou que, na oportunidade, tentou falar sobre o recebimento do pix com o mototaxista responsável pela viagem, mas ele não respondeu. Diante de tal situação, ela resolveu entrar na Justiça pedindo indenização por danos materiais e morais. Ao contestar a ação, a requerida Uber argumentou que não cometeu nenhum ato ilícito, tampouco houve cobrança indevida. Nenhum requerido compareceu à audiência marcada pelo Judiciário. 

“Na questão em análise, destaco que a responsabilidade entre os fornecedores, assim considerados aqueles que antecedem o destinatário final em uma relação de consumo, é solidária, nos termos dos artigos 7º, parágrafo único, e 25, do Código de Defesa do Consumidor (…) Quanto ao mérito, as provas acostadas aos autos comprovam que a requerente contratou transporte de Uber moto no dia 3 de novembro de 2023, onde o nome do motorista constava no aplicativo, bem como o valor a ser pago no valor de R$ 9,39”, pontuou a juíza Suely Feitosa, titular da unidade judicial.

PAGOU CEM VEZES MAIS

“Ocorreu que a requerente, por erro de digitação, efetuou pagamento em valor bem superior ao acordado (…) No caso, a requerente fez um pix de R$ 939,00 (…) Sendo assim, o mais recomendado seria que os demandados efetuassem a devolução dos valores recebidos de forma indevida (…) Destaco que cabe a responsabilização de quem recebe um valor via PIX por engano e não devolve a quantia (…) Ou seja, aquele que não devolver a quantia que lhe foi transferida por engano via pix poderá ser processado judicialmente e ser obrigado, ao final do processo, a retornar os valores acrescidos de juros e correção monetária”, esclareceu a magistrada, citando decisões e sentenças proferidas por outros tribunais em casos semelhantes.

A Justiça entendeu que, quanto ao pedido de indenização por danos morais, vale esclarecer que ele consiste na lesão de direitos cujo conteúdo não é pecuniário, nem comercialmente redutível a dinheiro. “Em outras palavras, podemos afirmar que o dano moral é aquele que lesiona a esfera personalíssima da pessoa, seus direitos de personalidade, violando, por exemplo, sua intimidade, vida privada, honra e imagem, bens jurídicos tutelados constitucionalmente (…) Como se vê, restou plenamente demonstrada a conduta ilícita da parte requerida, daí, o dever de reparar os danos morais sofridos pela requerente”, observou.

Após análise das provas anexadas ao processo, a juíza decidiu: “Julgo procedentes os pedidos, para condenar solidariamente, a empresa e o mototaxista, a pagarem o valor de R$ 929,6, a título de danos materiais (…) Deverão, ainda, pagar 3 mil reais à autora, pelos danos morais sofridos”.

sem comentário »

Sebrae promove a palestra ‘Desvendando a Reforma Tributária: Impactos, tendências e benefícios

0comentário

Palestra do Sebrae vai  elucidar os impactos e benefícios da reforma para micro e pequenas empresas em São Luís e São José de Ribamar

Pensada sob medida para os empresários de São Luís e São José de Ribamar, o Sebrae promove, nos dias 20 e 22 de fevereiro, respectivamente, a palestra “Reforma Tributária: impactos, tendências e benefícios”. O evento será uma oportunidade para debater e entender o tema que é crucial e as nuances desse novo panorama fiscal para o mundo empresarial na atualidade.

A gerente de atendimento da Unidade de Negócios do Sebrae em São Luís, Paula Waldira Ferreira, enfatiza a necessidade de compreensão abrangente da reforma, principalmente para o micro e pequeno empresário. “Ao nos concentrarmos nas micro e pequenas empresas, a palestra reconhece a importância vital desses segmentos para a economia local. Essas empresas muitas vezes são a espinha dorsal das comunidades, gerando empregos, impulsionando o comércio e contribuindo para o desenvolvimento regional. Portanto, capacitar esses empresários com conhecimento sobre a reforma tributária é investir no fortalecimento da base econômica local”, frisou.

A reformulação do sistema tributário pode representar uma mudança significativa no panorama financeiro das micro e pequenas empresas, impactando desde a carga fiscal até os processos contábeis, como conta o palestrante Iomar Rodrigues, consultor do Sebrae e especialista no assunto, que destaca a importância da simplificação do sistema tributário. “Falaremos das tendências para os próximos 5 anos, os impactos positivos e negativos e finalmente os benefícios que poderão ser extraídos desse novo ordenamento para as micro e pequenas empresas. Compreender essas alterações é essencial para que os empresários possam se antecipar, adaptar e até mesmo identificar oportunidades que possam surgir no novo cenário”, ressaltou.

Diante desse cenário, a presença dos empresários nesse evento torna-se não apenas recomendada, mas essencial, coloca Paula Waldira:. “Estar atualizado e preparado para as mudanças é um passo decisivo para garantir a sustentabilidade e o crescimento contínuo dos negócios locais. A palestra não é apenas uma oportunidade de aprendizado, mas uma ferramenta estratégica para enfrentar os desafios tributários com confiança e visão de futuro”, concluiu a gerente.

Com vagas limitadas, o evento é gratuito e acontecerá no Sebraelab, localizado no Multicenter Negócios e Eventos, em São Luís, no dia 20/02/2024, das 19h às 21h, e na Sala do Empreendedor de São José de Ribamar, no dia 22/02/2024, das 14h30 às 17h.

Para mais informações, a Unidade disponibilizou os números 98 9192-2356 (São Luís) e 98-9 9268 7399 (São José de Ribamar).  A palestra é uma realização do Sebrae e tem parceria da Sala do Empreendedor de São José de Ribamar.

Sobre a Reforma Tributária – Após três décadas de debates, foi aprovada a Reforma Tributária no Brasil que concentra-se na reformulação da tributação sobre o consumo, com o objetivo de simplificar o sistema tributário do país. Em linhas gerais, a reforma unifica impostos sobre o consumo em um Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

Segundo o texto, cinco impostos que existem hoje serão substituídos por dois IVAs, sendo: Três tributos federais (PIS, Cofins e IPI) dão origem à Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), de competência federal; e ICMS (estadual) e o ISS (municipal) serão unificados no formato do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), com gestão compartilhada entre estados e municípios.

A expectativa é que seja um sistema tributário mais simples e eficiente que atraia mais investimentos e estimule o crescimento econômico do país.

sem comentário »

Esporte na Minha Cidade: torneio Sub-12 terá jogos decisivos neste fim de semana

0comentário

As últimas duas rodadas da fase de grupos serão realizadas na Arena Olynto, em São Luís

Quatro equipes brigam pelo título Sub-12 Masculino no Esporte na Minha Cidade. (Paulo de Tarso Jr./AP Assessoria)

A quarta edição do projeto Esporte na Minha Cidade, iniciativa que conta com o patrocínio do governo do Estado e do Grupo Audiolar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, terá continuidade neste sábado (17) e domingo (18), com as rodadas decisivas da fase de grupos do torneio de futebol 7 Sub-12 Masculino. Todos os jogos serão realizados na Arena Olynto, no bairro Olho d’Água, em São Luís.

A segunda rodada do torneio Sub-12 do Esporte na Minha Cidade ocorre na tarde deste sábado (17), a partir das 15h. Vencedores na rodada de abertura, Craques da Veneza e Projeto Paredão se enfrentarão no Campo 1 da Arena Olynto, enquanto Seve e Academy Alemanha jogam no Campo 2.

Já na tarde deste domingo (18), serão disputadas as partidas da terceira e última rodada do torneio Sub-12. Paredão e Seve disputam o primeiro jogo a partir das 15h, e o segundo duelo da rodada, entre Academy Alemanha e Craques da Veneza, terá início às 15h45. Os dois times de melhor campanha avançam à final do Esporte na Minha Cidade.

Além das disputas do futebol 7 Sub-12 Masculino, o Esporte na Minha Cidade também contará com um torneio de Fut 7 Beach Adulto Feminino. Quatro equipes estarão na briga pelo título dessa categoria.

Vale destacar que todas as equipes participantes da quarta edição do Esporte na Minha Cidade receberam kits com bolsas esportivas e uniforme completo. Esse material será utilizado pelas equipes durante a competição. A entrega desses kits ocorreu durante o lançamento oficial do projeto, realizado no fim do ano passado.

Forma de disputa 

As competições das categorias Sub-12 Masculino e Beach Adulto Feminino do Esporte na Minha Cidade contarão com uma fase de grupos, onde as equipes se enfrentam em turno único. Os dois melhores times de cada torneio avançam à final. Ao todo, 120 atletas vão participar da quarta edição do Esporte na Minha Cidade.

Premiações

Os times campeões e vice-campeões de cada categoria do Esporte na Minha Cidade serão premiados com troféus e medalhas. Durante a solenidade de encerramento das competições, haverá, também, a entrega dos prêmios individuais: Melhor Jogador, Artilheiro, Goleiro Menos Vazado e Melhor Técnico.

Todas as informações sobre o Esporte na Minha Cidade e a programação completa de jogos estarão disponíveis nas redes sociais oficiais do projeto (@esportenaminhacidade).

TABELA DE JOGOS

1ª rodada 

Seve 0 x 3 Craques da Veneza

Academy Alemanha 0 x 3 Paredão

2ª rodada – Sábado (17.02)

15h – Craques da Veneza x Paredão (Arena Olynto 1)

15h – Seve x Academy Alemanha (Arena Olynto 2)

3ª rodada – Domingo (18.02)

15h – Paredão x Seve (Arena Olynto 1)

15h45 – Academy Alemanha x Craques da Veneza (Arena Olynto 1)

sem comentário »

Golden Shopping Calhau promove “Lavapratinhos” e Carnaval exclusivo para os pets neste final de semana!

0comentário

A folia ainda não encerrou no Golden Shopping Calhau. Neste final de semana, o agito continua para a garotada no sábado (17) com o “Lavapratinhos”, a partir das 16h, evento ideal para quem não pôde curtir o Carnaval ou para quem deseja repetir a dose da grande folia que teve no empreendimento nos últimos dias. A animação ficará por conta de um pocket show com os Bolofofos.

Já no domingo (18), é a vez dos pets! Uma programação especial foi preparada para este dia envolvendo concurso de fantasias, sorteio de vários brindes, degustação de guloseimas e até uma feirinha de adoção. O PET DAY começa a partir das 15h e acontecerá por meio de uma parceria com a ONG Amada, as lojas Terra ZOO e a de petiscos Snackel.

Pais e mães de pets que desejam que seus bichinhos participem do concurso de fantasias, fiquem ligados que a categoria é para cães de até 50cm e as inscrições estão sendo realizadas antecipadamente no quiosque da Snackel (próximo ao O Boticário) ou no próprio dia do concurso.

sem comentário »

Tarifa Social de Energia Elétrica: entenda o que é e quem tem direito ao benefício

0comentário

No Maranhão já são mais de 1 milhão de clientes da Equatorial cadastrados no Programa

A preocupação com a economia faz parte da realidade de muitos brasileiros, especialmente para as famílias de baixa renda. Pensando nisso, foi criada a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), programa do Governo Federal que concede descontos na conta de energia elétrica.

A iniciativa é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e beneficia famílias de baixa renda, quilombolas, indígenas ou pessoas que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC, com descontos que podem abater até 65% do valor da conta de energia. No Maranhão, cerca de 1,1 milhão de clientes já recebem o benefício.

Apesar de ser um dos estados brasileiros com maior número de inscritos no programa, ainda existe mais de 500 mil famílias maranhenses que podem receber os descontos. Esse número se deve pela falta de conhecimento ou pelo atraso na atualização do NIS, como explica Renato Mendes, Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão. “A Distribuidora continuamente realiza ações que possibilitam a estas famílias a oportunidade de acessar o benefício, mas é importante que os clientes, sempre que possível, compareçam ao CRAS do seu munícipio e mantenham seu cadastro atualizado”, destaca Renato.

A beneficiária e dona de casa, Maria Creusa Silva, se cadastrou recentemente e afirma que percebeu uma diminuição considerável no valor da sua conta de energia, o que trouxe uma grande folga nos seus gastos mensais. “Este auxílio é muito bom por conta da economia, está dando para economizar bem no mês. Agora posso comprar outras coisas pra dentro de casa, senti muita diferença no meu orçamento”, destaca a moradora do bairro São José, município de Imperatriz.

Conheça os requisitos para aderir à Tarifa Social:

Para solicitar o benefício as famílias devem verificar se atendem os requisitos de cadastro do programa. Podem receber a Tarifa Social de Energia Elétrica:

• Família inscrita no Cadastro Único com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa ou;
• Idosos com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC;
• Famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até 3 (três) salários-mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência cujo tratamento exija uso continuado de aparelhos que demandem consumo de energia elétrica.

A Gerente de Experiência do Cliente, Francila Soares, explica que o cadastro pode ser feito presencialmente ou pela internet e convida as famílias maranhenses aptas a receberem o benefício a se cadastrarem. “Até pelo WhatsApp nossos clientes conseguem se cadastrar na Tarifa Social. Basta enviar uma mensagem para o número (98) 2055-0116 e solicitar o serviço pela Clara, nossa assistente virtual. Pelo site www.equatorialenergia.com.br também é possível fazer o cadastro. E para aqueles que preferem assistência presencial, basta se direcionar a uma de nossas agências de atendimento para fazer a solicitação”, destaca.

Confira abaixo a documentação necessária:

• CPF;
• Identidade ou Registro Administrativo de Nascimento do Indígena (RANI) para as famílias indígenas;
• Número de Identificação Social (NIS) ou número do Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social – BPC;
• Caso possua o Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social – BPC, informar o número do benefício;
• Número da conta contrato do imóvel.

sem comentário »

Folia com tradição e inclusão social na APAE de São Luís

0comentário

Muito mais que um baile de carnaval…. Trata-se de um evento que já é tradição, e sempre bastante aguardado por todos os familiares e alunos do Centro de Atendimento Educacional Especializado / CAEE Eney Santana, mantido pela APAE DE São Luís.

Estamos falando do Baile de Carnaval do CAEE Eney Santana, que aconteceu na última nessa sexta – feira (09.02) na sede da APAE de São Luís no Outeiro da Cruz. E como nos anos anteriores, contou com muitos foliões animados, que aproveitaram para curtir o carnaval livre de julgamentos ou preconceitos; em um ambiente acolhedor e seguro.

Na festa maior da folia para pessoas com deficiência múltipla e/ou intelectual, teve participação especial da escola de samba Marambaia. E quem também brilhou foi o Bloco Tradicional da APAE de São Luís; que esse ano prestou uma homenagem aos autistas, com o samba-tema “O Fantástico Mundo do Autismo”. A composição de autoria do compositor Ribão Doludo, com direção e produção do Professor e Mestre Maneco foi mais uma oportunidade de conscientizar contra o preconceito para com as pessoas com Transtornos do Espectro Autista.

Fundado em 1996, o Bloco tem cerca de 70 participantes – entre jovens, adolescentes e adultos com deficiência, matriculados no CAEE Eney Santana. Com um vasto currículo de apresentações aqui e em outros Estados, o Bloco Tradicional da APAE é sinônimo de folia com alegria e superação. Faz sempre bonito por onde passa, mostrando o quanto as pessoas com deficiência podem ser produtivas e criativas, só precisando de mais oportunidades e espaços na sociedade para mostrar todo o seu talento.

sem comentário »

Tempo de tela aumentou mais de 50% entre as crianças desde 2020, diz estudo

0comentário

Especialista enumera os prejuízos dessa exposição para o desenvolvimento infantil

Em meio à rotina cheia de compromissos, em que os pais precisam trabalhar fora e cuidar das crianças em casa, a televisão, o tablet e os telefones celulares costumam ser “aliados” na hora de distrair os pequeninos enquanto os responsáveis cuidam das demais tarefas no lar. Porém, um estudo publicado pelo Instituto de Pesquisa do Hospital Infantil de Alberta (Canadá) junto às Universidades de Calgary (Canadá) e College Dublin (Irlanda) alerta que as telas não são tão parceiras assim.

De acordo com a pesquisa, o tempo em frente aos computadores, tablets, televisores e smartphones aumentou mais de 50% entre os anos de 2020 e 2022. Os dados coletados identificaram que a média de tempo de tela entre as crianças passou de 162 para 246 minutos diários. Isso significa que hoje em dia as crianças passam mais de quatro horas por dia na companhia desses dispositivos eletrônicos.

A coordenadora do curso de Psicologia da Facimp Wyden, Rosemar Andrade, afirma que esse longo tempo de exposição pode causar males ao desenvolvimento da criança. “Pesquisas divulgadas recentemente observam uma piora na qualidade de vida infantil. O impacto deste excesso de telas vai desde a saúde física até a emocional, afetando também as áreas cognitivas, socioafetivas, linguísticas e psicomotoras”, explica.

A especialista ressalta que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a recomendação é que crianças de até um ano de idade não tenham contato com o mundo digital e que, dos dois aos cinco anos, o tempo liberado seja de, no máximo um hora por dia, sempre sob a vigilância de um adulto. 

“A primeira infância é extremamente importante. Esse é o momento em que cada pequenino vai viver e experienciar tudo aquilo que tem direito. Nós, adultos, temos o dever de proteger essa criança e orientá-la para que tenha as melhores experiências. Nada substitui o toque, o olhar, o contato com os pais, o cheiro, os amiguinhos, passar por todos esses momentos que são essenciais no processo de aprendizagem”, reforça.

A especialista diz ainda que esses estímulos rápidos por meio das telas induzem a uma produção elevada de dopamina, o que pode causar prejuízos. “A dopamina é um neurotransmissor que eleva o nível de todas as funcionalidades. Quando está baixo, pode causar depressão, entre outros transtornos. Mas quando está muito elevado, pode desencadear alterações cardiovasculares e no sistema nervoso”, acrescenta.


Outro fator preocupante e também já identificado em estudos é a relação das longas horas de exposição e o atraso na comunicação verbal e não-verbal. Rosemar esclarece que ficar em frente às telas de forma passiva desencadeia uma série de impactos prejudiciais ao desenvolvimento cognitivo. De acordo com a especialista, o crescimento saudável requer que o indivíduo tenha uma participação ativa no processo. A criança deve ser estimulada a explorar o ambiente, ter brincadeiras em contato com a natureza e realizar atividades psicomotoras.

“Esse atraso linguístico acontece, também, porque a criança, embora quieta e ‘hipnotizada’, acaba por não se comunicar, sem interagir com os colegas ou com a família. O indivíduo fica ali, “preso” em uma imensidão de imagens e movimentos repetitivos, estímulos rápidos e inapropriados para a idade, intoxicando o cérebro e dificultando o processo de desenvolvimento”, finaliza.

sem comentário »

Aeroporto de São Luís registra mais de 1,5 milhão de passageiros em 2023

0comentário

O terminal é o quinto mais movimentado entre as capitais do Nordeste

O Aeroporto de São Luís, administrado pela CCR Aeroportos, registrou movimentação de mais de 1,5 milhão de passageiros em 2023, números que comprovam o crescimento operacional do terminal, após o período crítico da pandemia e Covid-19.

Foram exatos 1.545.269 viajantes que passaram pelo aeroporto no ano passado. Com isso, o terminal fechou com uma movimentação 12% acima de 2022m quando 1,4 milhão de pessoas passaram pelo terminal.

“Tivemos uma tendência de alta no número de passageiros, e temos boas perspectivas para este ano. Os investimentos que a CCR Aeroportos faz no Aeroporto de São Luís trarão uma melhor infraestrutura para as operações existentes e maior conforto aos passageiros”, afirma o gerente do Aeroporto de São Luís, Marcelo Angelim.

Entre os maiores do país

O tráfego aéreo doméstico leva o Aeroporto de São Luís a ocupar posição de destaque no ranking dos maiores do Brasil. O aeroporto desponta entre os 25 maiores do país e entre os cinco das capitais do Nordeste – fica atrás de Recife, Salvador, Fortaleza, Natal e Maceió.

Em dezembro de 2023, 130.941 pessoas embarcaram e desembarcaram no Aeroporto de São Luís, o que representa 2% a mais em relação ao mesmo período de 2022. No acumulado entre esses dois anos, 2023 teve um crescimento de 12% acima de 2022.

Além do Aeroporto de São Luís, outros quatros aeroportos administrados pela CCR Aeroportos estão entres os 25 maiores do Brasil. São eles: Aeroporto Internacional de Curitiba – Afonso Pena, Aeroporto Internacional de Goiânia – Santa Genoveva, Aeroporto Internacional de Navegantes e o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

Sobre a CCR Aeroportos

A CCR Aeroportos é uma divisão de negócios do Grupo CCR que opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em quatro países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros por ano.

sem comentário »

Equatorial Maranhão orienta a população sobre cuidados com energia elétrica no período chuvoso

0comentário

Distribuidora compartilha dicas de segurança para evitar incidentes

É comum que no início de cada ano as chuvas se tornem frequentes em todo o estado e com elas aumentem as ventanias e ocorrências de acidentes com raios e trovões. Durante esse período o cuidado deve ser redobrado, principalmente em relação aos perigos que envolvem energia elétrica, tanto em ambientes internos quanto externos.


Fora de casa – Grandes volumes de chuva costumam vir acompanhados de rajadas de vento que deslocam objetos, derrubam árvores ou mesmo a fiação elétrica. Em casos como esses é recomendado:

  • Buscar abrigo seguro e afastado de campos de futebol, piscina, lagos, lagoas, praias e locais elevados;
  • Evitar contato com cercas elétricas, de arame e estruturas metálicas;
  • Jamais se abrigar perto de árvores, postes ou embaixo da fiação elétrica e jamais se aproximar de cabos partidos.

Dentro de casa – Apesar de não estarmos diretamente expostos às descargas elétricas, é preciso tomar algumas precauções para se proteger não somente de raios, mas também de danos nas instalações elétricas. Nesses casos é recomendado:

  • Desconectar da tomada equipamentos eletroeletrônicos sensíveis quando perceber que a chuva se transformou em uma tempestade com raios;
  • Evitar o manuseio de equipamentos elétricos que estejam conectados a tomada com o corpo molhado e pés descalços;
  • Caso a chuva inunde sua residência ou estabelecimento comercial, com projeção de alcançar a altura das tomadas, desligue o disjuntor imediatamente;
  • Não utilizar equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou que estejam em locais inundados, pois há risco de choque elétrico, faz-se necessário realizar a manutenção antes do uso;
  • Só instalar, desligar ou remover antenas se o tempo estiver bom. Se sua antena cair sobre ou próximo à rede elétrica, não tentar segurá-la ou recuperá-la;

O Executivo de Segurança da Equatorial Maranhão, Gabriel Vieira destaca a importância de manutenções preventivas e destaca que muitos acidentes acontecem pela falta de conhecimento dos riscos que o manuseio da energia elétrica pode representar.

“Para evitar acidentes é importante certifica-se que sua instalação elétrica esteja dentro dos padrões técnicos, que o sistema de aterramento da unidade consumidora esteja dimensionado de forma adequada e que as revisões e manutenções sejam realizadas de forma rotineira. Quanto mais complexo o sistema e maior o número influências externas (poeira, umidade, temperatura, etc.) menor deve ser o período entre manutenções preventivas. Além disso, cultive hábitos de prevenção simples que podem evitar acidentes, tais como: não sobrecarregar tomadas, se for usar mais de um aparelho eletrônico, não utilize tomadas “T” (benjamins), prefira filtros de linha; estar atento quanto a potência dos eletrodomésticos e capacidade da tomada/ instalação e não utilizar adaptadores que fazem a supressão do plug terra ou redução do diâmetro dos plugs das tomadas.”, orienta Gabriel.

Em casos de acidentes, para socorrer uma vítima que recebeu uma descarga elétrica é preciso ter cuidado, para que outro acidente não ocorra. Mantenha a calma, acione o Corpo de Bombeiros (193) ou o SAMU (192) e jamais toque na vítima. Já em caso de equipamentos energizados, recomenda-se o desligamento imediato do disjuntor. Quando a fonte de alimentação do choque elétrico se tratar de fios da rede de distribuição de energia, deve-se entrar em contato com a Central de Atendimento da Equatorial Maranhão pelo número 116. Esteja atento e previna-se!

sem comentário »

15 de fevereiro: Dia Internacional de Luta contra o Câncer infantil

0comentário

Diagnóstico precoce, por meio de investigação médica e tratamento especializado, são as principais formas de evitar a evolução

Reconhecido como a primeira causa de morte por doença em crianças, o câncer infantil está atrás apenas das mortes causadas por acidentes, no Brasil. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (INCA) que aponta ainda que, no triênio 2023/2025, 7.930 novos casos de câncer atingirão a população de 0 a 19 anos de idade, a cada ano no território nacional.

Diferente dos casos na população adulta, o tumor infantil não possui fatores de risco ou formas de prevenção; o diagnóstico precoce, por meio de investigação médica e tratamento especializado, são as principais formas de evitar a evolução.

Ainda de acordo com o INCA, os tipos mais comuns são as leucemias, tumores do sistema nervoso central, linfomas, neuroblastoma, sarcomas e o tumor de Wilms, neoplasia maligna originada no rim. 

O pediatra e professor do curso de Medicina da Faculdade Pitágoras, Daniel Portela, orienta que pais e responsáveis fiquem atentos a sinais do corpo da criança. “Sintomas como febre persistente, suores noturnos e perda repentina de peso, podem ser confundidos com outras doenças, por isso a informação pode ser aliada para que um diagnóstico precoce salve vidas”, explica o especialista.

O médico também cita algumas características específicas nos casos de neoplasias. “Geralmente surgem manchas no corpo, cansaço, dor nos ossos, anemia, dor de cabeça, falta de equilíbrio, estrabismo e inchaços. Esses quadros são comuns nos diagnósticos de câncer infantil”, diz.

A depender de cada caso, será realizada quimioterapia, medicação alvo, radioterapia ou cirurgia. Portela destaca a importância de realizar o tratamento numa unidade especializada, onde a criança ou adolescente irá receber apoio de uma equipe multidisciplinar. “O paciente precisa de acompanhamento de todos os profissionais; uma equipe que esteja envolvida na cura, mas também na qualidade de vida física, psicológica e social desta criança”, afirma o pediatra.

Portela enfatiza que o câncer infantil não está relacionado ao estilo de vida. “Não existem fatores ambientais ou riscos de exposição associados ao surgimento de tumor infantojuvenil. A única forma de amenizar os danos causados às crianças é manter a periodicidade às consultas médicas”, conclui.

Em alusão ao dia 15 de fevereiro, data conhecida internacionalmente pelo  Combate ao Câncer Infantil, o médico destaca os principais sintomas associados a esta enfermidade:

  • Perda de peso contínua e inexplicável;
  • Dores de cabeça com vômito de manhã;
  • Aumento do inchaço ou dor persistente nos ossos ou articulações;
  • Aumento ou inchaço na região abdominal, pescoço ou qualquer outro local;
  • Pupila esbranquiçada ou alterações visuais, como estrabismo;
  • Febres recorrentes não causadas por infecções;
  • Manchas no corpo e sangramentos repentinos;
  • Cansaço exagerado;
  • Palidez.
sem comentário »
https://www.blogsoestado.com/marciohenrique/wp-admin/
Twitter Facebook RSS