Por que tanta má-vontade com o Sérgio Frota?

18comentários

Só para variar vai ter muita gente me xingando. Pouco importa. Fato é que estou certo de que o Sérgio Frota merece mais respeito. Não sou advogado e nem tenho procuração para defendê-lo, mas a má-vontade que vem sendo dispensada ao cara por seguimentos da impressa esportiva é sacanagem. O Frota pode ser folclórico, às vezes fala um monte de bobagens, manja um pouquinho de bola, mas dizer que está roubando dinheiro da Amaclub é brincadeira, né? Os grandes responsáveis por esta campanha difamatória são os dirigentes do Maranhão com ciúmes dele por ter contratado Edgar e gente da impressa que não gosta dele.

Se qualquer torcedor tivesse a mínima noção da dinheirama que Sérgio Frota já botou no Sampaio, nunca acreditaria que nessa história absurda de que ele está pegando dinheiro da Amaclub. A verdade é que tem gente que não gosta dele e está se aproveitando da briga dele com os dirigentes do Maranhão por causa de Edgar para tentar queimar o cara no meio esportivo.

A prova que tudo não passa de boataria é a prestação de contas da Amaclub, que ele apresentou hoje para os membros da entidade e para os representantes do Governo do Estado. Nela, está comprovado para onde foram os recursos provenientes do Viva Nota, que não podem ser repassados direto para os clubes, porque nenhum time maranhense consegue tirar certidão negativa para receber repasse.

É curioso como tudo relacionado ao Sampaio é motivo de criticas a Sérgio Frota. Se o valor do ingresso do jogo da Copa do Brasil aumento é porque ele está querendo ficar rico vendendo entrada para o jogo. Se jogador que chegou e não deu certo e pediu para ir embora a culpa foi dele porque não sabe contratar. Para vai! Se isso não é campanha difamatória o que então?

Agora, tem muita gente descendo a lenha no técnico do Sampaio, Josué Teixeira, porque o ataque do Sampaio para o jogo contra o Atlético (PR) está indefinido. Agora, ele tem culpa do Célio Codó e o Júnior Chicão terem se machucado? Não sei porque cargas d’água inventaram que a defesa do Tricolor não presta, mas se esquecem que ela em sete jogos levou apenas quatro gols, em um único jogo, e é a menos vazada do Estadual.

Aliás, o Sampaio treinado por Josué Teixeira é bicampeão maranhense e atualmente lidera o Estadual ao lado do Maranhão. E ainda tem gente que diz que o cara não é vencedor? Só poder ser sacanagem? De tanto pegar no pé dele, ele já está até pensando em ir embora. E um cara com o currículo dele tem emprego em qualquer lugar.

A perseguição ao Josué Teixeira não tem outro objetivo que não seja desestabilizar o time e queimar Sérgio Frota com a torcida do Sampaio. Fico triste ao ver isso, porque se o Frota deixa o Tricolor ele certamente ficará igual ao Moto, que todo mundo sabe como está! Que bom seria se pelo menos mais dois clubes maranhenses tivessem um presidente como ele, pois com certeza não teríamos este futebol medíocre.

Paciência Frota, porque os cães ladram e a caravana passa…

18 comentários »

O Moto não precisa contratar treinador!

2comentários

Tenho certeza que quando o Moto demitiu o Sandow Feques teve muito treinador rezando “Pai Nosso” e “Ave Maria”. Afinal a classe é desunida demais. Vê se pode? A diretoria contratou o Sandow Feques no início de 2012 para fazer o planejamento da nova temporada. Ele indicou jogadores, trabalhou a pré-temporada e definiu metas. Se não fosse pelos seis pontos perdidos no “Tapetão” por ter usado jogadores de forma irregular, a campanha no geral até aqui não é de toda ruim. Foi 44% de aproveitamento dos pontos disputados.

Poxa vida, o cara dirigiu o Moto em apenas 6 jogos. Isso mesmo! Fez só seis partidas e caiu. Foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Já vi treinador com o retrospecto muito pior com moral. É brincadeira? São por situações como essas que não tenho dó de dirigente de futebol. Porém, neste caso, o presidente Sarney Neto acertou ao tirar o cara, porque tem muito torcedor “de meia-tigela”, que não vai nem no estádio e fica queimando o trabalho de profissionais sérios. E a sua saída foi muito mais para preservá-lo do que para puni-lo.

Como já esperado, o Moto, também em crise financeira, ainda não anunciou o novo técnico, porque prefere antes colocar em dia os salários dos atletas, mas achei muito correto o novo diretor de futebol colocar o Paulo César como treinador interino, pois o cara entende muito de bola e provou no clássico contra o Maranhão. Apesar da derrota de virada por 4 x 3, o Papão só não venceu o jogo por dois erros cometidos pela arbitragem. As três mexidas dele no time foram perfeitas, principalmente, a primeira quando ele teve coragem de trocar o Arley, que não estava jogando nada, por Tim Marco.

Sempre fui fã do trabalho dele. Nunca neguei a qualidade PC como jogador de futebol. Tanto é que para mim, atuando no auge da forma física e técnica, ele é foi melhor meio campista do futebol mundial. Não tenho a menor dúvida disso. Mas é fato também que esse rapaz foi colecionador de problemas fora dos gramados. Por sinal foi justamente as “loucuras” que cometeu, como ele mesmo diz, que atrapalharam a sua carreira como atleta.

Pode parecer meio contraditório, mas ao mesmo tempo que achei falta de ética e de respeito com o Sandow Fesques, gostei da chance que foi dada para o Paulo César por parte da diretoria do Moto. Vou ficar na torcida para que dê certo e ele seja efetivado como técnico Moto.

2 comentários »

André Baratz começa bem como treinador

7comentários

Longe de mim ter maldade para criticar o trabalho do André Baratz, que além de amigo é vem se revelando um baita de um treinador. Mas é inegável que ele ainda está começando na carreira de técnico e ainda tem muito que aprender. Esperei um pouco para falar sobre o seu trabalho no Maranhão até fazer uma mea culpa por ter dito neste espaço que o MAC estava contratando um técnico aprendiz. E após uma derrota, a primeira dele na competição, achei o momento ideal para destacar as qualidades dele.

O Baratz foi quem arrumou o time do Maranhão, que fez uma péssima Copa União em 2011. E ele ajeitou a equipe MAC com praticamente os mesmo jogadores que fizeram uma temporada horrorosa no ano passado.
Normalmente, todo treinador que chega em uma equipe nova pede um caminhão de jogadoras, mas com o Baratz foi diferente. Por atitudes como essa que gosto do jeito desse treinador e acho que tem muito futuro no futebol.

É um cara que exige respeito fora de campo e vem correspondendo na beira dele. Baratz dirigiu o Maranhão em seis jogos e tem quatro vitórias, um empate e uma derrota. Se continuar assim em pouco tempo vai conquistar o carinho da exigente torcida do Maranhão. E espero que aconteça, porque do jeito que estava não dá pra ficar.

Diante do bom trabalho que vem realizando, embora seja difícil, acredito que o único time que pode tirar o bicampeonato do Sampaio é o Maranhão de André Baratz.

7 comentários »

Adeus campeão Juracy Vieira!

0comentário

Fique surpreso com o falecimento hoje à tarde do radialista Juracy Vieira. Infelizmente, nunca trabalhei com ele, mas sempre que o encontrava em algum evento esportivo fazia questão de cumprimentá-lo por admiração e respeito ao seu trabalho, que acompanhava pela TV ou eventualmente pelo rádio.

Fiz apenas uma viagem com Juracy Vieira para cobrir um jogo em Parnaíba (PI), onde nos conhecemos melhor, pois tinha mais amizade com o Juracy Filho, por sermos da mesma geração, e foram momentos de puro aprendizado. Pela sua idade e pelo conhecimento, a minha relação com ele era mais de professor e aluno.

Lembro muito bem da última conversa que tivemos na reeleição de Sérgio Frota no Sampaio Corrêa. Ficamos por horas conversando assuntos de futebol e família. E como sempre, ele sempre me dando dicas. Que saudade. Como foi divertida aquela conversa e se soubesse seria a última acho que a teria prolongado.

Como não tenho “bola de cristal” e nem sou Mãe Dinah, resta apenas guardar na memória os poucos e frutíferos momentos que tive com o Juracy Viera e contar para as próximas gerações que tive o privilégio de conhecer um dos maiores radialistas do Brasil. E pela pessoa que foi, com certeza deve estar neste momento ao lado do nosso Senhor!

Fica com Deus Juracy Vieira!

sem comentário »

O Moto não está em crise…

4comentários

Ao contrário de muito analista esportivo, não vejo o moto em crise. Apesar de o clube estar na lanterna do primeiro turno do Campeonato Maranhense 2012 com um ponto negativo em quatro partidas, o Papão tem total chance de se recuperar na competição e de até brigar pelo título, no segundo turno, porque o primeiro já foi para o saco.

O Moto só está na lanterna porque perdeu seis pontos no tapetão, merecidos, por ter escalado jogadores irregulares, mas do contrário estaria ali no bolo brigando por uma vaga no G4. É bom lembrar, que o Papão só punido, porque os dirigentes se esqueceram de ler o regulamento da competição. Porém, não é motivo para jogar tudo que foi feito até o momento no lixo e mandar embora o diretor de futebol, o técnico e os jogadores.

Desprezar todo o trabalho que foi feito até o momento seria amadorismo total, porque o Sandow Feques é um bom técnico e já provou isso ao conquistar um Campeonato Maranhense com o JV Lideral, montado e armado por ele. Agora, é preciso dar tempo para o cara trabalhar, porque nenhum treinador consegue montar um time do nada e torná-lo o favorito da competição. Isso não existe.

Acho que é preciso dar tempo a comissão técnica e a diretoria para trabalhar. O presidente do Moto, Sarney Neto, e o diretor de futebol Daniel Meneses, montaram o time e a comissão técnica praticamente do zero e hoje talvez seriam o quarto colocado do Estadual se não tivessem perdido seis pontos no tapetão.

4 comentários »

Inútil! A gente somos inútil!

1comentário

Os últimos acontecimentos do futebol me fez lembrar um sucesso da banda de Rock lá dos anos 80, Ultraje a Rigor, Inútil. Lembram? Aquela que começava assim: A gente não sabemos escolher presidente, A gente não sabemos tomar conta da gente, A gente não sabemos nem escovar os dente, Tem gringo pensando que nós é indigente. E que tinha o seguinte refrão: Inútil, A gente somos inútil! A canção é a mais perfeita tradução da competência dos nossos dirigentes de futebol e administradores de estádio.

É só comparar com os cartolas de Moto Club, São José de Ribamar, Sabiá e Cordino que atuaram com jogadores irregulares no Campeonato Maranhense. Ou do vice-presidente da Junta Governativa do Imperatriz, Alexandre Santos, que demitiu o técnico Osmar Magalhães após ser goleado para o Tricolor. E por último a Fumdel, que assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público (MP) para adequação do Nhozinho Santos ao Estatuto do Torcedor.

Como é que os caras assinam um regulamento e depois de dois meses dizem que não se lembram de nada. De acordo com o regulamento, para o jogador estar regular é preciso que o nome dele conste no BID. O pior é que os caras ainda querem jogar a culpa na Federação Maranhense de Futebol (FMF), que não teria mandado a documentação dentro do prazo para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Inutilidade pura destes dirigentes.

Outra sensação de inutilidade passou o Alexandre Santos ao demitir, ainda dentro de campo, o técnico Osmar Magalhães devido a goleada sofrida pelo Imperatriz por 3 x 0. O vice-presidente do Cavalo de Aço até chegou a anunciar que estava trazendo o técnico Pita, mas ao tomar conhecimento do ocorrido, o presidente do Colorado imperatrizense, Edvaldo Cardoso não só manteve Magalhães como desautorizou o Santos a não fazer nenhuma dispensa ou contratação no clube. Perguntar não ofende: qual é a função do Santos no Imperatriz?

E para coroar a relação dos inúteis do futebol, a Fumdel assinou um termo de ajustamento de conduto se comprometendo a instalar dez novas catracas eletrônicas,32 câmeras de segurança, sistema completo de monitoramento, corrimões nas arquibancadas, sistema de segurança contra incêndio, divisão física das torcidas em clássicos, aumento na altura do alambrado de três metros para cinco metros, sinalização e desobstrução das vias de acesso ao estádio e nada feito. Por causa disso, o MP está pedindo o fechamento do Nhozinho Santos.

Com tanta inutilidade destes dirigentes já estou achando até inútil escrever neste blog sobre estes caras, porque eles são mais inúteis que pente para careca…

1 comentário »

Uniceuma mostra coragem ao chamar a polícia para investigar caso de adulteração de nota!

1comentário

Vou pedir mais uma vez licença aos leitores deste blog para comentar um assunto que não seja diretamente ligado ao futebol local, mas que interessa a milhares de pessoas e muitos desportistas. Ao comentar o assunto também não estou sendo oportunista porque do contrário estaria falando do retorno de Luiza, aquela que viajou para o Canadá, e nem do caso de estupro no Big Brother Brasil 12, porém muitos colegas me cobraram um posicionamento sobre o assunto da adulteração de notas no Uniceuma. Acho em primeiro lugar que não podemos generalizar a coisa, porque de um universo de cerca de 16 mil alunos não podemos deixar cerca que 200 apodreçam toda a produção.

Conheço de perto o Uniceuma, porque minha esposa se formou e seis primos e uma infinidade de amigos estudaram lá e, hoje, são profissionais de destaque nas profissões que foram formados pela instituição. Acho que a instituição teve muita coragem ao expor suas vísceras de tal forma para expulsar um ou mais elementos nocivos ao Uniceuma e a sociedade. Do contrário, ela poderia dar uma de “João sem braço” e afastar os envolvidos e ficar na dela, porém, por uma questão ética de pura coragem resolveram punir os envolvido doa a quem doer.

Agora mesmo, lá na UFMA, onde me formei com nota 10 na monografia, um professor denunciou que seis alunos estavam fraudando nota comunicou a direção da instituição e nada foi feito. Ao contrário do Uniceuma, que na mera suspeita de irregularidade chamou a polícia para que se for comprovado crime os culpado sejam punidos na esfera criminal e não apenas com atos administrativos.

Neste dias li e escutei muita bobagem como do tipo: a maioria dos envolvido é do curso de Odontologia e que cerca de 700 pessoas participaram da fraude. É sacanagem né?O próprio delegado já disse que sequer interrogou todas as 200 pessoas que foram indicadas pela instituição e afirmou categoricamente que não sabe se todos os indicados estão envolvidos, como é que ele teria afirmado que são mais de 700 pessoas? Para quem não sabe o curso de Odontologia do Uniceuma é o melhor do Maranhão e um dos melhores da região Norte/Nordeste, com avaliação 4 de uma escala que vai de 1 a 5 do MEC, embora tivesse tirado 5 em outros dois itens, mas por causa de um 4 não obteve a nota máxima.

A verdade é que as criticas vem de pessoas invejosas com o sucesso de uma instituição genuinamente maranhense, administrada por pessoas do Estado e que está prestes a ser a primeira universidade particular do Maranhão. As pessoas que fala mal do Uniceuma é porque não tem condições de estudar lá seja financeiramente ou porque não passou no vestibular de lá, porque quem estuda ou estudou fala bem da instituição.

O editorial do jornal O Estado, onde sou funcionário há quase 11 anos, foi preciso ao analisar o fato e por isso vou reproduzi-lo aqui em baixo.
Editoria na integra…

Ao solicitar investigação policial após detectar, em auditoria interna, a adulteração de notas de alunos de alguns de seus cursos de graduação, o Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma) deu uma demonstração pública de que é uma instituição séria. Em vez de se esquivar e tentar negar os fatos, o Uniceuma, desde o primeiro momento, decidiu enfrentar o problema de forma objetiva, sem tergiversar, de modo a esclarecer que a fraude foi uma ação criminosa praticada por pessoas alheias ao ambiente acadêmico, sem qualquer compromisso com os princípios éticos pelos quais a instituição vem primando em seus 21 anos de existência.

Em meio à forte repercussão do caso, é oportuno ressaltar que a fraude foi um episódio isolado, que destoou da seriedade com a qual o Uniceuma sempre tratou a formação dos seus alunos. Nas últimas duas décadas, a instituição tem sido responsável pela preparação de milhares de profissionais, que hoje atuam em diversas carreiras. É um importante legado, sem o qual o Maranhão estaria enfrentando carência de mão de obra especializada, tendo em vista o processo de desenvolvimento que o estado hoje experimenta.

A apuração conduzida pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) não deixa dúvida quanto à neutralidade do Uniceuma no episódio. Todas as evidências apontam para um agente externo, que usou os conhecimentos tecnológicos que detém para violar o sistema de lançamento de notas. Devido à agilidade com que o inquérito policial transcorre e à postura transparente da instituição, a tendência é de que os envolvidos sejam identificados e punidos exemplarmente o mais breve possível.

Devido à invasão do seu banco de dados, o Uniceuma, que já investia alto em segurança de informação, anunciou que destinará ainda mais recursos humanos e materiais para essa área, recorrendo ao que há de mais moderno em tecnologia no mercado. Os atuais alunos e aqueles que pretendem ingressar em qualquer curso da instituição podem ficar certos de que a fraude detectada será punida com rigor, para que fato tão lamentável não mais se repita.

Por ser, reconhecidamente, um centro educacional de qualidade, o Uniceuma experimenta, há vários anos, um processo de franca expansão. São mais de 15 mil alunos, distribuídos em três campi em São Luís (Renascença, Cohama e Anil) e uma unidade de ensino à distância, em Bacabal. A estrutura pujante foi consolidada à custa de muito empenho, competência e credibilidade, que continuarão alicerçando todas as práticas educacionais adotadas pela instituição.

Ante a dimensão ampla que o caso tomou, é necessária a redefinição de critérios e procedimentos, no que se refere à segurança de dados. O desfecho da investigação policial apontará os rumos que deverão ser tomados pelo Uniceuma para não só evitar novas violações, como manter e até mesmo reforçar a confiança da sociedade maranhense.
É o que todos esperam.

1 comentário »

Vem ai a primeira pizza da nova gestão da FMF

4comentários

O processo que tramita na 2ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA), que apura que Moto Club, São José de Ribamar, Sabiá e Cordino que atuaram com jogadores irregulares no Campeonato Maranhense caminha para acabar e numa bela pizza família e com sobremesa de marmelada para todos. O procurador Júlio André, que investiga o caso, em entrevista disse que cada caso é um caso e que colocar jogadores irregulares no início do campeonato não é uma infração tão grande assim. É brincadeira, né? Não existe jogador meio irregular. Ou o atleta está apto ou não está e se entrar em campo devendo documentação está irregular e o time deve perder os seis pontos como manda o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Além do procurador Júlio André, o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo parece ser outro interessado que a confusão dos jogadores irregulares termine em pizza, porque ele disse reconhecer que os clubes tiveram dificuldades para legalizar seus jogadores, pois na sexta-feira (20/01), véspera de abertura do Estadual, foi feriado no Rio de Janeiro (dia de São Sebastião) e a CBF não funcionou. Pura balela, pois nenhum presidente de clube é analfabeto e por tanto deveria ler o que o regulamento diz.

O Regulamento do Campeonato Maranhense, no Capítulo V – Da Condição de Jogo dos Atletas, no Artigo 11, diz o seguinte: “Somente poderão participar do CAMPEONATO os atletas profissionais que tenham seus contratos registrados no Departamento de Registro e Transferência (DRT) da FMF, cujo nomes constem no Boletim Informativo Diário Eletrônico (BID-e) da CBF publicado pela DRT”.

Sem essa história de clubismo, Moto Club, São José de Ribamar, Sabiá e Cordino que atuaram com jogadores irregulares devem ser punidos, pois do contrário a competição cairá ainda mais no descrédito do torce dor. A FMF não deve passar a mão na cabeça dos infratores, pois do contrário estará agindo da mesma forma da gestão anterior, aquela dos mais de 20 anos. Aliás, essa confusão só reforça a minha opinião que Antônio Américo é um clone arrumado de Alberto Ferreira.

4 comentários »