Prefeitura de São Luís convoca sorteados do Morada do Sol I e II para apresentação dos documentos

0comentário

Titulares e suplentes contemplados que ainda não compareceram para finalizar o processo cadastral e receber a habitação devem fazê-lo até o dia 8 de fevereiro na Central de Habitação, no São Francisco


Morada do Sol I e II integram o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’

A Prefeitura de São Luís convoca os sorteados para aquisição de imóveis no Residencial Morada do Sol I e II, do programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’ para apresentação dos documentos. São 1.135 pessoas, entre titulares e suplentes, contemplados, mas que, até o momento, não compareceram para finalizar o processo cadastral e receber a habitação. O procedimento é executado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) e integra as etapas do programa habitacional do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Os sorteados devem comparecer à Central de Atendimento da Habitação, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 59 – Bairro São Francisco, até dia 8 de fevereiro.

A convocação é para os contemplados dos grupos de idosos, pessoas com deficiência, moradores de área de risco, mulheres chefes de família e na categoria público geral. Os sorteados devem comparecer à central portando documentos pessoais, comprovantes de renda, laudos médicos (em caso de exigência) e demais documentos comprobatórios, conforme o edital nº 002/2019, que está disponível no site da Prefeitura, no link http://www.saoluis.ma.gov.br/edital.asp?id_edital=1412.

O comparecimento no prazo estipulado é indispensável para a aquisição do imóvel, de acordo com o titular da Semurh, Mádison Leonardo Andrade. “Passado o prazo estabelecido, os beneficiários que não entregarem as documentações necessárias, terão seu processo indeferido. É importante que eles fiquem atentos ao prazo porque, após este período, eles serão considerados como desistentes”, ressalta o secretário.

SORTEIO

O sorteio para seleção de contemplados dos Residenciais Morada do Sol I e II foi realizado em novembro passado, chegando a ser ampliado o prazo para entrega da documentação para garantir maior tranquilidade aos sorteados. O Morada do Sol I e II conta com 2.176 casas e com 42,87 m² de área privativa. As casas são estruturadas com sala, dois dormitórios, cozinha, banheiros e lavanderia.

Finalizado o processo de validação dos documentos, os contemplados assinam contrato de financiamento habitacional junto à Caixa Econômica Federal, conforme determinação do Ministério das Cidades. A entrega das casas é determinada pela Caixa Econômica Federal seguindo cronograma do Ministério.

SAIBA MAIS

DOCUMENTOS EXIGIDOS

GRUPO 01 – IDOSOS
a) RG/ CPF atualizados (original e cópia)
b) Certidão de Nascimento e/ou Casamento atualizados (original e cópia)
c) Comprovante de Renda atualizado (original e cópia) para aqueles que
possuem vínculo empregatício
d) Comprovante de Residência atualizado (original e cópia)

GRUPO 02 – DEFICIENTES
a) RG/ CPF atualizados (original e cópia)
b) Certidão de Nascimento e/ou Casamento atualizados (original e cópia)
c) Comprovante de Renda atualizado (original e cópia) para aqueles que
possuem vínculo empregatício
d) Comprovante de Residência atualizado (original e cópia)
e) Laudo médico (original)

GRUPO 03 – MULHERES CHEFES DE FAMÍLIA
a) RG/ CPF atualizados (original e cópia)
b) Certidão de Nascimento ou Casamento ou Averbação atualizados
(original e cópia)
c) Comprovante de Renda atualizado (original e cópia) para aqueles que
possuem vínculo empregatício
d) Comprovante de Residência atualizado (original e cópia)
f) Cartão Bolsa Família

GRUPO 4 – MORADORES DE ÁREA DE RISCO
a) RG/ CPF atualizados (original e cópia)
b) Certidão de Nascimento e/ou Casamento atualizados (original e cópia)
c) Comprovante de Renda atualizado (original e cópia) para aqueles que
possuem vínculo empregatício
d) Comprovante de Residência atualizado (original e cópia)
e) Declaração de ente público ou laudo da Defesa Civil

GRUPO 5 – GERAL
a) RG/ CPF atualizados (original e cópia)
b) Certidão de Nascimento e/ou Casamento atualizados (original e cópia)
c) Comprovante de Renda atualizado (original e cópia) para aqueles que
possuem vínculo empregatício
d) Comprovante de Residência atualizado (original e cópia)

sem comentário »

Presidente da CPI da Cyrela entrega relatório que confirma irregularidades cometidas pela construtora

3comentários
Documento produzido pela CPI contém 65 páginas e já foi publicado no Diário Oficial da Assembleia

O deputado Zé Inácio (PT) entregou, na tarde desta quinta-feira (30), o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou e confirmou a existência de irregularidades cometidas pela construtora Cyrela em empreendimentos imobiliários de São Luís..

O documento, com 65 páginas, já se encontra publicado no Diário Oficial da Assembleia e traz as considerações da Comissão, que confirmam os imensuráveis problemas nas estruturas dos prédios construídos pelo Grupo Cyrela, bem como as providências que devem ser tomadas, a partir de agora, pelos órgãos públicos responsáveis pela fiscalização.

Presidida pelo deputado Zé Inácio, a CPI da Cyrela foi instalada no dia 14 de novembro de 2018, iniciando os trabalhos no dia 27 de novembro. Portanto, o relatório final foi entregue dentro do prazo legal previsto no Regimento Interno, de 78 dias. A Comissão funcionou, inclusive, durante o recesso parlamentar, quando foram realizadas audiências para oitivas em São Luís e São Paulo.

Integraram a Comissão, além de Zé Inácio, os deputados Vinícius Louro (Vice-Presidente), Rogério Cafeteira (Relator), Wellington do Curso, César Pires, Bira do Pindaré, Francisca Primo e os suplentes Eduardo Braide, Léo Cunha, Sousa Neto, Neto Evangelista, Paulo Neto, Júnior Verde e Edson Araújo como suplentes.

Considerações finais

Além de graves defeitos na execução da construção dos empreedimentos imobiliários do Grupo Cyrela, tais como vazamento de gás, irregularidades no sistema elétrico e hidraulico e revestimentos cerâmicos inadequados, a CPI constatou, durante as investigações, sérios danos ambientais ocasionados pela má execução dos empreendimentos. Também aponta a omissão de órgãos públicos.

Um dos problemas apontados no relatório da CPI diz respeito ao Condomínio Vitória, cuja parte da construção ocupa Área de Preservação Permanente. Além disso, foi constatado que a Estação de Tratamento de Esgosto (ETE), a quadra esportiva e a piscina foram construidos nas margens do rio Paciência, em áreas sujeitas a alagamentos.

De acordo com o relatório da CPI, “a empresa Cyrela e os órgãos públicos tinham conhecimento de que parte da área estava sujeita às inundações”.

No Condomínio Jardins, outro problema grave foi constatado pela CPI. Conforme o relatório, “o então secretário de Urbanismo do Município e atual secretario municipal de Obras, Antônio Araujo Costa, denunciou que o Grupo Cyrela, quando da construção do condomínio, invadiu a àrea de domínio da Avenida Eduardo Magalhães. Do eixo da via até a construção deveria ser de 21 metros, mas hoje se encontra em apenas 15 metros, ou seja, foi invadido pela empresa área de bem público em seis metros, sendo tal invasão visível até aos olhos de um leigo”.

A CPI constatou que mesmo com a invasão da faixa de domínio, o Grupo Cyrela conseguiu todas as licenças e autorizações para construção do empreedimento Condomínio Jardins. O relatório confirma que “o Grupo Cyrela tinha a perfeita noção dos ilícitos cometidos e não se importou em causar transtornos aos seus consumidores e à sociedade maranhense”.

Em relação aos órgãos públicos municipais, o relatório aponta inúmeras omissões no tocante às licenças ambientais e concessão do Habite-se. “Não podemos afirmar se essas omissões foram propositais ou falta de estrurura e organização dos órgãos públicos do município de São Luís”, destaca o documento.

O relatório da CPI destaca que houve omissão da Caema em relação ao não acompanhamento de obras de constriução da estação de tratamento de esgotos de condomínios. Também após análise de documentos de vistorias no Condomínio Vitória, foi constatado que houve negligência do Corpo de Bombeiros quando da emissão do Certificado de Aprovação do empreendimento.

Recomendações

O relatório da CPI traz, também, as recomendações aos órgãos públicos para que a fiscalização e os mecanismos de punição comecem a funcionar de fato. Sugere a elaboração de uma Comissão Especial para estudar e apresentar propostas de suplementação da lei que institui o Estatuto da Metrópole (Lei Federal 13.089/15) e da lei que institui o Código de Proteção do Meio Ambiente e dispõe sobre o Sistema Estadual do Meio Ambiente e o uso adequado dos recursos naturais do Estado do Maranhão (Lei Estadual 5.405/92).

À Câmara Municipal foi solicitada a criação de uma Comissão Especial para atualização da Lei Municipal 3.253/92, que dispõe sobre zoneamento, parcelamento, uso e ocupação do solo urbano, e a averiguação das concessões das Licenças Ambientais, Licença de Ocupação do Solo e Habite-se.

À Prefeitura caberá desenvolver meios mais eficazes para a fiscalização dos grandes empreendimentos imobiliários em São Luís, bem como sistemas de integração entre as secretaria municipais de Meio Ambiente, Urbanismos e Habitação, e de Trânsito e Transporte.

Foi solicitado, ainda, que o Executivo municipal tome medidas judicias cabíveis, relativas ao processo de invasão da faixa de domínio da avenida Eduardo Magalhães, pelo Grupo Cyrela, referente ao Condomínio Jardins.

Ao Ministério Público caberá promover acareação entre secretários municipais e ex-secretários com funcionários e ex- funcionários da empresa, oitiva entre engenheiros, investigação de omissões de certificados de projetos aprovados, das responsabilidades de agentes públicos e técnicos e montar uma força tarefa para agilizar a conclusão dos inquéritos sobre os empreedimentos do Grupo Cyrela que tramitam no órgão.

Já o Governo do Estado terá a responsabilidade de desenvolver meios eficazes de fiscalização das outorgas de uso de recursos hídricos e de emissão de efluentes, bem como aprovar o Projeto de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário nos grandes empreendimentos imobiliarios no Estado. Além disso, terá de melhor fiscalizar os municípioshabilitados a licenciarem pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, entre outras responsabilidades.

3 comentários »

Prefeito Edivaldo antecipa em quatro dias salário dos servidores que será pago nesta sexta-feira, 1º

0comentário

De acordo com o calendário, folha seria paga apenas dia 5 de janeiro; a antecipação faz parte da política de valorização do funcionalismo municipal colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo


Prefeito Edivaldo incia 2019 antecipando salários de servidores municipais para esta sexta (1º)

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior inicia o ano antecipando em quatro dias o pagamento dos servidores municipais e os salários de janeiro dos servidores municipais estarão nas contas nesta sexta-feira (1º). Conforme o decreto N° 51.777, que estabelece as datas máximas de quitação da folha de pagamentos, o salário seria pago no dia 5 de fevereiro. Assim como nos anos anteriores, a gestão municipal elencou como prioridade a valorização do funcionalismo público municipal.

“Nossa política de valorização do servidor tem como um de seus principais pilares o pagamento em dia e, sempre que é possível, antecipamos a folha por entendermos que isso é uma forma de valorização dos nossos servidores. A medida também tem impacto positivo na economia da nossa cidade, pois incentiva o comércio de bens e serviços. Nossa prioridade é manter em dia o calendário de pagamentos, reconhecendo a importância do servidor municipal para a prestação de um serviço de qualidade à população”, enfatiza o prefeito Edivaldo.

O secretário municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, frisa que a Prefeitura vem equilibrando as contas públicas a partir de um rígido planejamento orçamentário. “Quem faz o serviço público são os nossos servidores, que merecem ser valorizados. A antecipação salarial é resultado de muita organização e planejamento da gestão do prefeito Edivaldo”, garantiu o titular da pasta.

VALORIZAÇÃO

Os servidores municipais comemoram a antecipação. Um deles é Claudionor Mendes, que diz se sentir mais valorizado quando os salário é antecipado. “O prefeito Edivaldo está de parabéns. Ele tem feito um bom trabalho, valorizando os servidores”, afirmou.

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. Basta acessar a opção Outros Serviços, escolher a opção Contracheque BB e depois informar o número da matrícula e o mês desejado do documento.

Além dos terminais do Banco do Brasil, a informação sobre vencimentos também pode ser acessada pelo site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, no menu esquerdo da home, informando a matrícula e a senha.

sem comentário »

Cresce o número de acidentes com quebra de postes no Maranhão

0comentário
Segundos a Cemar houve um aumento de 29,6% no número de acidentes com quebra de postes de energia elétrica em todo Estado, em 2018

Os acidentes de trânsito com quebra de postes da rede elétrica tendem a tornarem-se mais comuns em períodos chuvosos, principalmente pelo descuido com a pista molhada. Estes acidentes afetam tanto os ocupantes dos veículos e seus familiares, como os moradores próximos ao acidente, já que o mesmo pode ocasionar interrupção no fornecimento de energia elétrica para a população local.

Os números de acidentes com essas características, que envolvem os postes da rede de energia elétrica no Estado são preocupantes. Durante todo o ano de 2018, no Maranhão,foram contabilizados pela Cemar 2.735 acidentes em vias públicas com quebra de postes de energia, uma média de quase 7,4 postes por dia. Destes, 328 aconteceram em São LuísEm relação ao ano de 2017, houve um aumento de 29,6% no número de acidentes com quebra de postes em todo Estado.

ANOESTADO DO MARANHÃOGRANDE SÃO LUÍS
20182.735 acidentes328 acidentes
20172.110 acidentes512 acidentes

É muito importante a atenção, principalmente agora, época de chuvas constantes e intensas. Segundo as autoridades de trânsito, esse tipo de acidente normalmente acontece pelos seguintes fatores: excesso de velocidade, más condições das vias, estado de embriaguez, sonolência do condutor ou falha mecânica e falta de atenção dos condutores como, por exemplo, o uso do celular ao volante e à falta de manutenção dos veículos.

Segundo o Executivo de Segurança da Cemar, Francisco Ferreira, “com o período chuvoso as pistas ficam escorregadias e muitos obstáculos ficam cobertos pela água dificultando a percepção dos motoristas. Os principais cuidados são andar sempre em velocidade reduzida e manter a manutenção dos veículos em dia. Evite sair com seu veículo durante as chuvas fortes e, redobre a atenção durante as chuvas no período noturno”.

Nos pontos com os maiores registros de ocorrências, a Cemar instalou defensas (elementos de concreto na frente dos postes – atualmente essas defensas são feitas com manilhas recheadas de areia), cujo objetivo é amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes, dificultando a queda do poste sobre o carro, preservando assim a vida do motorista e dos passageiros.

As vias com o maior número de acidentes em São Luís são as avenidas: Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche, São Luís Rei de França, Guajajaras, Litorânea, Holandeses, Portugueses, Africanos, Franceses, Estrada da Maioba- MA – 202, e a Estrada de São José de Ribamar – MA 201. Estes acidentes geralmente ocorrem durante a madrugada e nos finais de semana, segundo os órgãos de trânsito.

O que fazer quando acontece um acidente com quebra de poste?

A Cemar aconselha as pessoas a não se aproximarem de fios e cabos partidos ou caídos e que não toquem em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Em caso de ocorrências dessa natureza, a Companhia orienta que a população entre em contato por meio da Central 116 e informe o local com ponto de referência. A Cemar dispõe de equipes de plantão, que trabalham 24 horas.

Assessoria de Imprensa da Cemar

sem comentário »

Espetáculo “Pãozinho com Ovo” no Rio de Janeiro

0comentário
Fim de semana será animado no Teatro Clara Nunes (Shopping Gávea) neste sábado (02) e domingo (03), com a peça “Pãozinho com Ovo” que apresentará “O Sequestro do Riso”

Aos maranhenses que estarão neste fim de semana no Rio de Janeiro (RJ), não podem perder o espetáculo “Pãozinho com Ovo”, que chega ao palco do Teatro Clara Nunes (Shopping Gávea) com o tema “O Sequestro do Riso” no sábado (02), às 17h e domingo (03), às 16h.

Uma oportunidade única para fechar a temporada de férias com muito humor maranhense, inclusive, meia-entrada para quem é do Maranhão, ou seja, pode escolher qualquer sessão e pagar apenas 50%.

Para quem ainda não conhece a peça, temos a certeza que vai se divertir muito. Clarisse Milhomem resolve se vestir de Xuxa e fazer um show para conseguir dinheiro. Zé Maria, com toda sua ingenuidade e fã incondicional da Xuxa, deixa-se enganar por Clarisse. Mas, é claro, que Dijé descobre a farsa.

Após desmascarar Clarisse, eles recebem uma visita bem inusitada, que lhes lança um castigo: “O riso será preso pra sempre, e o mundo não poderá mais sorrir, a menos que eles completem uma missão”. Assim, Dijé e Zé Maria decidem ir atrás de Clarisse, para que, juntos, comecem uma aventura hilária e didática.

Afinal, que missão seria mais nobre que essa: a de fazer o mundo voltar a sorrir?

Um espetáculo que propõe mexer com a memória afetiva dos pais e contemplar o universo infantil dos filhos. “Pãozinho com ovo: o sequestro do riso” é um painel de grandes sucessos infantis de várias gerações.

Entre várias gargalhadas, músicas e outras personagens que marcaram as gerações, a trupe do Pão com Ovo abordará, com muito bom humor, valores universais. E convidamos você a embarcar nessa grande aventura!

Serviço:

Pãozinho com Ovo

Onde: Teatro Clara Nunes – R. Marquês de São Vicente, 52 – Gávea, Rio de Janeiro

Quando: Sábado (02), às 17h e domingo (03), às 16h

Texto: Bruno Magno

Direção musical: Lauande Aires

Direção Geral: César Boaes

Informações: (21) 2274-9696

Realização: Santa Ignorância Cia 

sem comentário »

POTIBOY SOLIDÁRIO EM PROL DA APAE

0comentário

FOTO – DIVULGAÇAO: O boneco Potiboy, Mascote do Grupo Potiguar  que já se encontra nas lojas, foi criado para ter um fim social, e parte de suas vendas será doada para a APAE de São Luís.

Tem novidade nas gôndolas das lojas do Grupo Potiguar. Um personagem famoso que veio para ajudar entidades e causas sociais relevantes.

Estamos  falando do Potiboy, o simpático mascote do Grupo Potiguar que aparecia em animações comerciais da empresa na TV, e que acabou sendo produzido também no formato de boneco.

Símbolo da empresa e que é reconhecido como um verdadeiro amigo das famílias e da garotada, o Potiboy foi fabricado pela empresa para cumprir uma missão muito especial – ajudar a desenvolver projetos sociais de entidades maranhenses, tendo parte da renda de sua venda revertida para esse fim.

Nessa primeira campanha, o Potiboy que já está à venda, terá parte dos recursos de sua venda revertidos para a APAE / Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís; cujo foco é o desenvolvimento de ações voltadas para a promoção do bem estar e desenvolvimento das pessoas com deficiência.

sem comentário »

Câmara retoma atividades com discussão de projetos importantes e polêmicos

1comentário
Plenário da Câmara Municipal de São Luís será palco de votações relevantes

A Câmara Municipal de São Luís inicia, na próxima segunda-feira (04), às 
10h, as atividades referentes à 19ª Legislatura.

Este ano, além de comemorar os seus 400 anos com uma vasta programação 
que será desenvolvida ao longo dos próximos meses, a Casa presidida pelo 
vereador Osmar Filho (PDT) analisará matérias importantes e polêmicas, 
como são os casos do programa “Escola sem Partido” e a proposta que 
regulamenta o serviço privado de transporte individual de passageiros, o 
Uber

A lista de assuntos inclui, ainda, mudanças no Plano Diretor na capital 
maranhense, que está na fase das audiências públicas; Lei de Diretrizes 
Orçamentárias (LDO), que estabelece orientações para a confecção da Lei 
Orçamentária Anual (LOA); e também votação de prestação de contas de 
ex-prefeitos.

As discussões sobre regras para construções e uso do espaço urbano na 
capital prometem embates entre movimentos sociais, o setor imobiliário e 
a prefeitura nos próximos meses, quando um projeto substitutivo do Plano 
Diretor chegará ao Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo 
municipal.

As discussões acerca de mudanças no Plano Diretor de São Luís começaram 
em 2017, quando foram realizadas várias reuniões e audiências públicas 
com a sociedade civil.

Desde então, o projeto ficou parado e não foi apreciado na Câmara 
Municipal. Durante o ano passado, vereadores cobraram do prefeito 
Edivaldo Júnior (PDT) uma reavaliação do Plano, antes que fosse levado 
ao plenário, mas qualquer decisão nesse sentido deve ficar mesmo para 
este ano.

Escola Sem Partido – Outro tema polêmico, que trata da criação do 
programa “Escola Sem Partido” (Projeto de Lei 113/2017), deve ser um dos 
principais temas nas discussões sobre educação. A proposta obriga as 
escolas a respeitar as convicções do aluno, de seus pais ou 
responsáveis.

Pelo texto, os valores de ordem familiar têm precedência sobre a 
educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e 
religiosa. O autor do projeto, vereador Francisco Carvalho (PSL), 
defende a ideia de uma escola sem partido. “Somos a favor da família. 
Escola deve ensinar Português e Matemática”, afirmou o parlamentar.

A matéria foi apresentada em 2017 e recebeu parecer favorável da 
Comissão de Educação , na época presidida pelo vereador Ricardo Diniz 
(PRTB).

Um dos parlamentares que é contra a proposta é o petista Honorato 
Fernandes. Segundo ele, a projeto é uma ameaça à liberdade de expressão.

Há ainda o Projeto de Lei nº 001/2017, de autoria do vereador Paulo 
Victor (PTC), que trata da regulamentação das Operadoras de Tecnologia 
de Transporte Credenciadas (OTTCs) que atuam com transporte individual 
de passageiros em São Luís.

A proposta cria regras sobre a limitação da frota do Uber, Cabify, 99 
Pop e outros aplicativos na capital.

O texto foi apresentado ainda em fevereiro, no início da nova 
legislatura, mas ainda tramita pelas comissões de Constituição e Justiça 
e pela de Transporte. A proposta é polêmica, principalmente, porque, em 
maio daquele ano, a Mesa Diretora da Casa promulgou lei que proíbe o 
serviço do Uber na capital maranhense.

A regra é resultado de uma proposta da agora ex-vereadora Luciana 
Mendes, apreciada e aprovada no plenário da Câmara em outubro de 2016.

A nova proposta de Paulo Victor que tramita na Casa desde fevereiro de 
2017 sofreu modificações após uma série de reuniões entre os 
parlamentares, taxistas e motoristas de Uber. As novas emendas foram 
apresentadas pelos vereadores Genival Alves (PRTB), Beto Castro (PROS) e 
Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM).

Orçamento – Temas como Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que 
estabelece orientações para a confecção da Lei Orçamentária Anual (LOA), 
e também votação de prestação de contas de ex-prefeitos que faz parte do 
cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado ano 
passado entre a Câmara e o Ministério Público Estadual (MP), aguardam 
vereadores na volta do recesso parlamentar, a partir do dia 4 de fevereiro.

1 comentário »

Cinco pacientes do CAPS AD acolhidos na última Ação Resgate são transferidos para a Fazenda Esperança, em Coroatá

0comentário
O coordenador do CAPS AD Estadual entre pacientes e funcionários da instituição.

Cinco dependentes químicos que encontravam-se nas ruas do Mercado Central até a última Ação Resgate promovida em parceria pela Polícia Civil, por meio do 1° Distrito Policial (DP), o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS) e Blitz Urbana, foram transferidos, hoje pela manhã para a Fazenda Esperança, em Coroatá. O objetivo da ação é acabar com a “cracolândia” que se instalou no local.

Eles, ficaram, sob cuidados da secretaria de saúde através do CAPS AD Estado e outros órgãos parceiros, amanhã ele e mais cinco pessoas em situação de rua e usuários de múltiplas drogas irão para Fazenda esperança de Coroatá, administrada pelo CAPS AD Estado, em ônibus da secretaria e com todo o tratamento pago através de convênio desta comunidade terapêutica com o Governo do Estado.

“Da última ação no mercado central realizada no dia 24 janeiro com moradores em situação de rua, mais 5 pacientes após desintoxicação em nossa unidade de saúde foram encaminhamos na manhã de hoje para fazenda esperança de Coroatá onde deverá ficar em tratamento por 12 meses. Assim vamos continuar com nosso trabalho de formiguinha, porém de grande responsabilidade social”, disse o coordenador do CAPS AD Estado, Marcelo Soares.

Ao todo este mês já foram realizadas três ações de resgate no centro de São Luís e encaminhados com estes 26 pessoas para Fazenda Esperança de Coroatá e dois para nossa unidade de internação da Cohab, UA Estadual, somando 28 pessoas fora da rua e dos riscos dela.

O CAPS AD é destinado ao atendimento diário, com assistência clínica, acompanhamento e reabilitação psicossocial de usuários com transtornos mentais decorrentes do uso de álcool e drogas. O CAPS AD é um serviço de saúde aberto ao público, oferecido pelo Sistema Único de Saúde.

Dentre os serviços disponibilizados, estão o atendimento individual e em grupo, os tratamentos medicamentoso e psicoterápico, orientação familiar, atividades comunitárias, oficinas e visitas domiciliares. O CAPS estima atender a, aproximadamente, 100 pacientes por dia. O CAPS possui uma estrutura física com refeitório, banheiros, salas de atendimento da equipe de saúde e de terapia de grupo, adequadas ao atendimento diário deste quantitativo, explicou.

O CAPS AD está situado na Rua Conde D’Eu, s/n, no bairro do Monte Castelo e funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h, atendendo demanda espontânea.

Veja o vídeo da partida:

sem comentário »

Valentyne Boutique Sensual promove promoção em toda a sua linha de produtos

0comentário

A temporada de descontos mais esperada do ano chegou! Toda loja que está em promoção até amanhã (31). A Valentyne Boutique Sensual, localizada na Rua Euclides Faria, 74 Centro Comercial Mac Center Cohama, São Luís (MA). Aproveite para sair da rotina e apimentar seu relacionamento. Aproveite para sair da rotina e apimentar seu relacionamento.

As novas lingeries do tamanho P ao Plus Suze já estão disponível na Valentyne Boutique Sensual. Lá você também encontra acessórios para o seu fetiche.

Então, como a promoção da Valentyne Boutique Lingerie as clientes podem ainda aproveita a ocasião para renovar de vez as suas lingeries.

sem comentário »

WORKSHOP GRATUITO NA POTIGUAR COM DICAS SOBRE HOME OFFICE

0comentário
FOTO – DIVULGAÇÃO: Nesse sábado (02.02), na loja Potiguar da Cohama tem o wokshop gratuito com dicas de como montar um home office em pequenos espaços, para estudar ou trabalhar em casa, e de forma mais produtiva.

Trabalhar em casa é algo que está sendo cada vez mais comum em diversas profissões. O trabalho remoto deve ser tão produtivo e importante quanto aquele feito de forma presencial nas empresas, e para isso, ter um ambiente adequado é o primeiro passo para conquistar excelentes resultado; assim como, para quem está se dedicando aos estudos para ingresso em faculdades, concursos públicos ou cursos de pós- graduação.

Pesquisam mostram que a produtividade intelectual pode ser muito bem estimulada quando se estuda ou trabalha em um ambiente que promova o bem estar, estimule a criatividade com itens que vão desde a o tamanho e altura (ergonomia) certas de cadeiras e mesas; a iluminação adequada e outros itens que devem compor um escritório doméstico ou home office.

E para ajudar os interessados em montar um cantinho desses bem produtivo, a loja Potiguar da Cohama promove nesse sábado (02.02), à partir das 09H30 o workshop gratuito “Trabalhe e Estude em Casa – Dicas para Home Office”. O workshop será  ministrado pela arquiteta Amenna Maia, na Sala de Cursos da loja; aberto ao público e gratuito.

sem comentário »