Astro tem que dar exemplo dentro e fora do palco

2comentários

Vou pedir licença para os leitores deste blog, que normalmente acompanham comentários esportivos para falar num caso de polícia que aconteceu em São Luís. Na madrugada se segunda-feira, três marginais, que na hora de folga são jogadores da Seleção Brasileira de Futsal, ao protagonizaram uma arruaça no Hotel Praiamar, na Ponta d’Areia, causaram lesões em um dos hospedes do estabelecimento que voltava do trabalho. Aparentando embriaguês, os seis perseguiram homem identificado como Elias, de Imperatriz, e o obrigaram a pular de uma janela. Na queda de aproximadamente 4 metros de altura, ele sofreu várias escoriações no corpo. A vítima de agressão registrou ocorrência policial no início desta manhã, no Plantão Central da Beira-mar (Reffsa), mas nada foi feito e os protagonistas da agressão já estão em Teresina (PI), onde participarão de mais um jogo amistoso do Brasil.
Além de uma grande covardia, é uma vergonha três atletas embriagados tentarem agredir um cara sozinho.
Porém, como estamos no país da impunidade, o delegado que investiga o caso após analisar as imagens do circuito interno de TV do Hotel e identificar os envolvidos: o fixo Ciço, o pivô Lukaina e possivelmente o ala Gadeia, apenas abriu um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO). Por considerar, que a palhaçada do trio que poderia ter matado um pobre coitado, um crime de menor potencial ofensivo e sequer tem fiança, deve apenas intimar o presidente da Federação Maranhense de Futsal (Fefusma), Alim Maluf Neto, para dar mais esclarecimento e se o quadro da vitima piorar chamá-lo para arcar com as despesas.

É por isso que Falcão é um ídolo deste esporte, porque ele dá exemplo dentro e fora de quadra. Enquanto os colegas estavam bêbados e promovendo arruaça no hotel, ele estava dormindo para seqüência de jogos da Seleção Brasileira no Norte/Nordeste. Muito mais que os dribles desconcertantes, os três deveriam aprender com o melhor jogador de Futsal do mundo como se comportar como atleta profissional. Mas quem nasceu para ser Adriano jamais será Messi.

Sinceramente, diante de tamanha arruaça, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) deveria cortar os três da delegação, até como uma reposta da entidade ao ocorrido, porque o se o cara que pulou da janela tivesse morrido, o trio com certeza estaria preso.

2 comentários »

Sampaio está perto do tricampeonato maranhense

9comentários

Tenho minhas críticas a esse formato do Campeonato Maranhense. Não é possível que possa haver uma competição justa com turno e returno com decisão em ambas, onde o quarto colocado de um dos turnos pode ser campeão. Porém, após assistir duas rodas do Estadual está claro que o Sampaio Corrêa está muito perto de conquistar o tricampeonato. Não apenas por ser o time que melhor se reforçou para a temporada, mas pelo nível fraquinho das outras equipes, enquanto, que adversários como Moto e Maranhão, que também mudaram seus elencos, mas porque que não deram resultados.

Foi feita quase uma reformulação no elenco. Sob a supervisão do técnico Josué Teixeira a diretoria negociou nomes criticados como os zagueiros Robinho e Mimica e trouxe uma defesa mais experiente formada por Augusto Luiz, Fabrício Lopes. A diretoria do Tricolor trouxe ainda os volantes Jefferson e Neto e o atacante Thiago Amaral. Só faltou trazer um meia de ligação mais experiente, porque o clube precisará na Série D.

Já as outras “forças” do futebol maranhense, Moto e Maranhão, praticamente começaram do zero e apesar de seus dirigentes afirmarem que montaram times competitivos, as primeiras rodas do Estadual estão mostrando que os dois estão bem longe do patamar do Tricolor, que lidera de forma isolada a primeira fase do primeiro turno com duas vitórias.

Não sou de Mãe Dinah e nem tenho bola de cristal para saber se esses caras do Tricolor vão jogar bola ou não e se o time será de fato tricampeão, mas uma coisa é mais do que certa. O Sérgio Frota está trabalhando intensamente para manter o Sampaio no caminho das conquistas. Ele pode ser folclórico, às vezes fala umas bobagens, manja pouco de bola, mas faz pelo seu clube o que praticamente nenhum cartola maranhense tem coragem de fazer.

9 comentários »

Ou cai na frigideira ou cai no fogo

9comentários

Confesso que não entendi a atitude do interventor-presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, de ameaçar expulsar o Maranhão e o Moto por terem ingressado com uma ação na justiça contestando o tal do novo estatuto da entidade que deu peso três, também ninguém sabe por que motivo, ao Sampaio. Com que moral, ele pode punir os clubes se o próprio está no comando da FMF por meio de uma liminar concedida pela justiça comum? É brincadeira, né? Antônio Américo não me faça sentir saudades de Alberto Ferreira, viu!

Na tentativa de tirar Alberto Ferreira do comando da FMF, seguimentos da imprensa do futebol demonizaram a pessoa do dirigente, que contribui muito para sua retira da entidade que dirigiu por mais de 20 anos e já estava passando da hora de sair. Entretanto, esqueceram de exorcizar a casa e espírito ruim que assombra o futebol maranhense dá indícios que não quer sair.

Após a primeira rodada do Campeonato Maranhense, o primeiro sem Alberto Ferreira após 20 anos, nem parece que houve mudança no comando da entidade. Os caras marcaram um jogo do Sampaio contra o Santa Quitéria no mesmo horário do Vasco x Americano e o resultado não poderia ser outro, estádio vazio. Para completar o fiasco, teve o jogo Moto x Bacabal, em plena segunda-feira, à noite, de baixo de chuva, e mais uma vez não deu ninguém nas arquibancadas.

Se não bastasse essa loucura de concorrer com a TV e marcar jogo segunda-feira à noite me vem a diretoria da FMF baixar uma norma que ingressos de meia entrada para estudante e idoso só pode ser vendido até 24h antes da partida. É sacanagem, né? Como que estudante e o idoso, que na sua grande maioria são duros vão gastar dinheiro com passagem para comprar ingressos um dia antes do jogo se o desconto é praticamente o mesmo valor que eles iriam gastar com condução? Os caras da Federação estão querendo que o torcedor fique em casa.

O que me deixa mais preocupado é que a eleição para a FMF está perto e temos dois candidatos; Antônio Américo, que é uma espécie de Alberto Ferreira organizado, e Pedro Vasconcelos, que pertence ao grupo de Alberto Ferreira. Deste jeito o futebol maranhense esbarra naquele dilema: calça de veludo ou bunda de fora!

9 comentários »

Meu 1º Campeonato Maranhense sem Alberto Ferreira

2comentários

O Campeonato Maranhense 2012 terá início neste sábado, com a realização de uma única partida: Imperatriz x Viana, no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, mas a grande novidade é que pela primeira vez em 20 anos, ela não terá o dedo do ex-presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Carlos Alberto Ferreira. Apesar de ter 39 anos, não me lembro de ter assistido nenhum Estadual sem que o ex-dirigente estivesse “presente”, ou melhor, comandando a entidade, porque como é do conhecimento de todos, ele prefere ficar em casa assistindo aos jogos do Flamengo na TV que ir ao estádio.

Não que eu esteja sentindo saudades de Alberto Ferreira até porque fui um dos defensores da mudança de comando na FMF, mas pelo clima de expectativa criado pela sua saída da entidade que comandou por mais de 20 anos. Quero também deixar claro que não tenho nada contra a pessoa dele, mas pela inércia da administração era preciso mudar. E não mudar simplesmente por mudar, mas por uma renovação que trouxesse um choque de gestão ao combalido futebol maranhense.

Antônio Américo deu uma cara de organização ao futebol maranhense, que com Alberto Ferreira era a mais perfeita tradução da palavra bagunça. A outra qualidade do novo dirigente é que ele sabe delegar funções a pessoas competentes enquanto que o antigo além de não fazer nada nomeava amigos e parentes que também além de não resolverem nada se escondiam ao primeiro sinal de problema.

Porém, apesar de ter amigos na nova gestão da FMF como Evandro Marques, Itamar Ferreira e Willam Ribeiro, quero dizer que como jornalista estarei aqui de olho até porque não perdoou ninguém. Mas acredito que esta nova gestão fará um bom trabalho e não veremos mais atrasos no inicio de partida por falta policiamento ou ambulância ou rede nas traves. Sinceramente, acredito no sucesso do Estadual de 2012.

2 comentários »

O planejamento do Moto para 2012…

0comentário

Dizem que tenho má vontade com o Moto, o que sinceramente é uma grande bobagem. A verdade é que critico as coisas quando estão erradas. E ultimamente isso tem sido uma constante no clube. Mas quando a diretoria erra não tem como não criticar, até porque não perdoou ninguém. Achei muito amadorismo, por exemplo, a diretoria motense mandar embora dois jogadores em plena preparação para o Campeonato Maranhense 2012. A impressão que dá é que eles estão contratando jogador no escuro.

Na apresentação oficial a imprensa corneteira de plantão (na qual confesso que faço parte), não criticou a nova diretoria até porque os caras estavam iniciando o trabalho praticamente do nada. Criticar alguém naquele momento seria brincadeira, né? Primeiro precisamos ver se os jogadores desconhecidos prestam. E mesmo que não seja o caso, qual o problema deles voltarem atrás?Tempo e dinheiro, duas coisas que o Papão não tem de sobra antes do inicio do Estadual. Sei que tem gente que pode me chamar de radical, mas é preciso ter mais profissionalismo.

Sempre achei o Daniel Meneses um bom jogador e acho que ele tem tudo para ser um excelente diretor de futebol. Porém, ele precisa ter mais critério nas contratações. O Moto como todo time maranhense não está rasgando dinheiro e nem tem tempo para ficar testando jogador antes do Estadual.

Ninguém vê time grande, com exceção do Flamengo (RJ), contratando jogador ou treinador e dispensando as vésperas de iniciar uma competição. Isso demonstra falta de planejamento. E esse amadorismo pode ser visto em vários times maranhense. O Imperatriz, por exemplo, contratou o técnico Braide Ribeiro com a missão de montar o time e depois de duas derrotas para o Sub 17 do JV Lideral mandou o cara embora. É brincadeira, né? Depois tem gente que diz o futebol daqui está falido exclusivamente por causa dos 20 anos de Alberto Ferreira na Federação Maranhense de Futebol.

sem comentário »

A novela Edgar…

0comentário

Essa novelinha está ficando exagerada, viu? A repercusão do interesse do Sampaio no maqueano Edgar vem sendo impressionante. Em determinado momento colocou até as duas diretorias uma contra a outra. Mas vou ser sincero que essa novelinha está ficando chata, viu? Quer dizer, o Edgol é bom jogador? Lógico que sim! Mas não é nenhum cracaço de bola para valer absurdos R$ 300 mil parcelados em 6x R$ 50 mil pedidos pelos maqueanos. Que isso! Já acho que os R$ 10 mil oferecidos pelo Tricolor pela renovação do seu empréstimo já são totalmente exagerados. Ainda mais porque já é um jogador que tem quase 26 anos e não agregaria valor de mercado tão grande para uma venda futura.

Acho que foi por isso que o jogador expôs publicamente o desejo dele de sair do Parque Valério Monteiro. Afinal nessa altura da carreira onde ele arrumaria uma boquinha tão boa? No Sampaio, ele receberá R$ 5 mil por mês e mais uma casa, enquanto que no clube anterior ele ganhava R$ 1,5 mil e morava em um apartamento chinfrim. Só tenho a convicção de que o Maranhão não vai negociá-lo por um valor nem parecido ao que o Sampaio está ofertando. Até porque os maqueanos perderia a sua principal oportunidade de faturar com a negociação de um atleta em 2012.

Edgar até já se apresentou no Sampaio Corrêa. O jogador foi autorizado a treinar novamente no Tricolor, conforme comunicação feita pelo vice-presidente do MAC, João Vicente, que telefonou ao presidente Sérgio Frota. O que dá indicio de um grande acordo entre as partes interessadas.

Vejam bem, gosto do futebol do Edgar e acho que sim seria uma baita contratação. Sobretudo por ter conseguido manter o elenco campeão maranhense, a diretoria do Sampaio não teria a necessidade de fazer uma loucura financeira tão grande de buscar uma atacante em outro Estado. Só acho que o negócio é totalmente fora da realidade do futebol maranhense…

sem comentário »

Bad boy e mal agradecido…

4comentários

De bad boy a mal agradecido!

Há poucos dias comentei aqui no blog que no futebol maranhense não há gratidão. Veja só o que aconteceu: o atacante Edgar, que estava prestes a acertar sua transferência para o Sampaio, resolveu brigar na justiça para se desvincular do Maranhão. É uma tremenda ingratidão o que o jogador está fazendo com o pessoal do MAC, em especial com o João Vicente, que tirou ele lá de Bacuri, lhe deram uma profissão, casa, comida, roupa lavada e um nome no futebol local.

Com a desculpa esfarrapada que não teria assinado contrato com o Maranhão até 2014, Edgar quer se desvincular do clube e assinar com o Sampaio, a quem ele faz juras de amor. Sinceramente, não acredito que os maqueanos falsificaram a assinatura dele em um documento.
Acho que ele está fazendo uma puta sacanagem com os caras do MAC, porque o time estava prestes a negociá-lo com o Sampaio, por um valor muito abaixo dos R$ 1,5 milhão, que estava estimada a sua multa rescisória.

O que me deixou mais chocado na atitude de Edgar foi o que ele respondeu a João Vicente, quando este, pego de surpresa, pergunto: “porque você está fazendo isto comigo que sempre te tratei como filho?”. E ele respondeu: “No Maranhão eu recebia apenas R$ 1,5, morava e comia mal. É assim que o senhor trata seus filhos?”. É muita ingratidão.

O João Vicente estava convencendo a diretoria do Maranhão a liberar o Edgar pelo valor que o Sampaio estava oferecendo, cerca de R$ 200 mil. Espero que o exame grafotécnico que os advogados do jogador tem em mãos esteja correto, porque do contrário o atleta deve ficar na geladeira até 2014, quando encerra o contrato que os maqueanos tem mãos cuja a assinatura bate com a dos recibos de pagamento assinados pelo atleta.

Não acredito que o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, que estava prestes a contratar Edgar, esteja por trás da decisão do jogar de ganhar o passe na Justiça, porque quem vê a barba do vinho arder geralmente coloca a sua de molho. Até onde sei o Frota é um cara muito correto e nunca se meteria numa tramóia desta.

Acho que o futebol de Edgar não vale tanto esforço e dinheiro, porque é um jogador de quase 26 anos, que apresenta sérios problemas de disciplina, uma bomba-relógio. Pronto falei. Dadas as devidas proporções, ele é um Adriano do Corinthians.

4 comentários »

Planejamento do Tricolor para a temporada 2012

4comentários

Toda vez que critico algum time ou algum dirigente, o torcedor daquele time tende a se virar contra mim. Até me acusando de ser clubista por torcer pelo Sampaio. Puta bobagem! Veja só o que vem acontecendo com o meu Tricolor. Primeiro estão fazendo um baita esforço para comprar o Edgar, que além de custar muito caro para um jogador de 25 anos, ele tem sérios problemas de comportamento, é só lembrar porque foi dispensado do Brasil de Pelotas e o sumiço durante a Copa União de 2011. Para falar a verdade nem sei se vale á pena tanto investimento.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota, quer contratar o Edgar em definitivo. Só que para isso precisa depositar para o Maranhão algo em torno de R$ 200 mil por cerca de 70% dos direitos do atleta. Até parece que os maqueanos são trouxas, né? Que nada. Eles estão se livrando de uma bomba-relógio por uma boa grana. O mais estranho é que se o dirigente tem toda essa bolada para dar por um atleta prestes á completar 26 anos e com sérios problemas de disciplina porque ainda não se manifestou em pagar um atacante de nome? É no mínimo curioso, né?

Além do Edgar, Célio Codó e Tiago Amaral, que veio do Rio de Janeiro, o presidente do Sampaio está prestes a contratar um atacante que jogou no Botafogo. Com a nova dupla de defesa que ele trouxe: Fabrício Lopes e Augusto Luiz, em substituição aos zagueiros Mímica e Robinho que foram emprestados a um time gaúcho, parecendo que a diretoria tricolor está com aquela tática de investir muito dinheiro em peças importantes, priorizando qualidade e não a quantidade.

Até ai tudo bem, mas é bom lembrar que a temporada é longa e como já disse nesse mesmo espaço, que vencem aquele que tiver melhor opção de elenco e capacidade superar a dificuldades que aparecerem durante a temporada. Porém acredito que o Sérgio Frota está mais experiente e conseguirá o tão sonhado acesso a Série D.

4 comentários »

São José vem para brigar por título em 2012

4comentários

Como já era esperado, o presidente de honra do São José de Ribamar, Gil Cutrim, está montando um baita time para a temporada 2012. Conheço o Gil desde adolescente e sei que sempre gostou de coisa boa. Ele dará todas as condições para o presidente Raimundão e o diretor de futebol Dadá montar uma equipe de ponta, mas cobrará, pois como o conheço, sei que detesta rasgar dinheiro, por ser um pouco pão-duro, e quando o está Moropóia estiver pronto será difícil bater o Peixe-pedra. O torcedor ribamarense pode ter certeza, que este ano o time não brigará apenas para não cair.

Achei que a diretoria acertou em buscar o experiente treinador Ronaldo Bagé. Ele pode não ser um estrategista de primeira linha, mas é um cara inteligente que sabe planejar e formar boas equipes. Fiquei também contente com a contratação do lateral-direito Daílson, que é um lateral de muita qualidade que vinha assediado por muitos clubes maranhense. Tenho certeza que ele pode ajudar bastante o meia Juninho Pindaré, que será o articulador que faltou ao time na temporada passada, a tornar o time mais aguerrido. E com a chegada do zagueiro Juninho Bahia a defesa, que vacilou muito em 2011, tende a melhorar.

Porém, acredito que mais jogadores devam chegar, pois o técnico Bagé já entregou uma lista com nomes para o presidente Gil Cutrim analisar e como ele não está economizando esforços na montagem do time podem esperar que mais jogadores devem chegar em São José de Ribamar nos próximos dias.

4 comentários »

Ele é o cara!

1comentário

Sem duvidas o jogador mais valorizado do futebol maranhense nesse período de contratações é o lateral-direito Daílson. O cara está sendo disputado no tapa por Maranhão, Moto e São José de Ribamar. Até o Sampaio, por onde já passou, também estaria interessado no atleta. Acho curioso como de repente, ele passou a ter tanto valor no futebol local ao ponto de negociar com os três times grandes da capital e mais o Peixe-pedra.

Formado nas categorias de base do Bahia, Daílson, foi repatriado pelo Sampaio. Apesar da boa qualidade como jogador, não conseguiu se firmar como titular. Inconformado com a reserva, ele foi parar, não se por provocação, no rival Moto. Lá no CT Pereira dos Santos, talvez, por problemas financeiros que o clube passou nos últimos anos transferiu-se para o Maranhão.

Nem de longe quero botar olho gordo na negociação de Daílson com seja lá qual for o clube, acho até bacana ele está se valorizando, mas não concordo com esse leilão que ele está fazendo. Gosto do futebol dele e por isso o aconselho a escolher logo o seu destino para não parecer que esperando até o último momento pela melhor oferta. Até porque, dinheiro não é tudo na vida.

Se ele for para o Sampaio, por exemplo, com certeza será reserva de Arlindo Maracanã, porém, a equipe disputará duas competições nacionais e tem um calendário praticamente fechado o ano inteiro. Se optar pelo Maranhão, terá a tranquilidade de ser o dono da posição, mas a equipe não tem ambição nenhuma na temporada. O São José é time de político e como é ano eleitoral lá será um paraíso, porém, a cobrança será maior por parte dos torcedores-eleitores. Caso seu destino seja o Moto, provavelmente ele será titular, mas lá ele disputará apenas competições locais.

Sinceramente, desejo sorte e cuidado ao Daílson e que ele faça a melhor escolha, pois já não é mais nenhum menino.

1 comentário »