Prejuízo a vista!

18comentários

Os dirigentes do futebol maranhense não aprendem ou se fingem de burros, pois será que eles ainda não perceberam que o nosso futebolzinho não tem condição de concorrer com a TV. Os caras tinham colocado o futebol aqui nas segundas-feiras e quintas-feiras, mas alguém criticou e resolveram colocar os jogos novamente aos domingos e peitar a televisão. Porém, vem ai no domingo a decisão da Taça Rio entre Vasco x Flamengo, que são as duas maiores torcidas do estado e os “gênios” do marketing esportivo daqui marcaram uma rodada dupla com os três maiores times daqui no mesmo dia e horário. É brincadeira não é?

Não precisa ser nenhum gênio para saber que esta rodada dupla do Campeonato Maranhense será um verdadeiro fracasso de público, pois o Estadual não está nem na metade e o Carioca com Vasco x Flamengo está nas finais. O torcedor daqui que adora os times do rio não vai para o Nhozinho Santos nem de graça no domingo, pois o jogo será transmitido pela TV Aberta e quem é que vai trocar o conforto do seu lar ou do bar para ir para o Municipal ver um futebolzinho de quarta categoria?

Até o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Alberto Ferreira, já disse que prefere ficar em casa e assistir os jogos do Flamengo na TV. E ele ainda disse que com Ronaldinho em campo, ele não perde um jogo no Fla.

E ainda tem dirigente que reclama que o torcedor não vai ao estádio. Porém, porque não colocaram esta bendita rodada dupla do estadual no sábado ou na segunda-feira? Então divirtam-se com o prejuízo…

18 comentários »

Time de futebol ou de beach soccer?

2comentários

Novo Centro de Treinamento do Moto

É uma vergonha um time que se diz profissional como o Moto treinar na praia como se fosse uma equipe de beach soccer. Com o Centro de Treinamento Pereira dos Santos, no Paranã,abandonado, os atletas são obrigados a treinar na praia da Litorânea, onde tem realizado a maioria dos trabalhos desde que o CT fechou. E ainda tem motense que me critica por eu ser boliviano. É brincadeira! Porém, sou o único quem tem coragem de meter o “dedo na ferida” e mostrar como realmente está um dos times mais tradicionais do Maranhão.

O Moto levou 66 anos para ter uma casa, mas por inoperância da sua atual diretoria,que prefere passar a bola para os conselheiros Edmar Cutrim e Jota Pinto, o clube pode voltar ser chamado de “cigano”. Com o fornecimento de energia elétrica cortado, a diretoria do clube terá de procurar outro local para treinar, pois os dirigentes do time não têm como pagar débitos com a Companhia Energética do Maranhão (CEMAR) de cerca de R$ 46 mil. Além de está as escuras, o Centro de Treinamento Pereira dos Santos está com a bomba d’água inoperante por falta de corrente elétrica e água no local só a das chuvas.

Com o CT abandonado a equipe do Moto além de não ter um local digno para treinar não pode trabalhar em dois períodos e nem concentrar antes dos jogos. Coisa de time amador não é? O presidente Gildo Moraes, pediu licença por mais 45 dias, prazo que coincide com o início do Viva Nota. Enquanto isso, quem toma conta do time, pois a sede está abandona, é Rocha Neto, que como primeiro ato tirou Itamar Sousa da diretoria jurídica, uma grande bobagem, pois todo mundo sabe que é o Dr. Iatamar é um advogado super competente.
Para piorar a situação, Rocha Neto vive brigando com de diretor de futebol Waldemir Rosa, o Dadá. Concordo que ele não é um grande diretor de futebol, mas se não fosse por sua intervenção e por sua amizade com os jogadores e comissão técnica, que estão com os salários atrasados, o time já teria parado.

Acho que o principal adversário do Moto além da “pindaíba” é a falta de união entre os seus dirigentes, pois se todos dessem as mãos como fizeram na Segundona, ano passado, o Moto não estava passando esta vergonha.

Gildo Moraes e Dadá

2 comentários »

Quando a diretoria do Sampaio vai aprender a contratar jogador?

4comentários

Apesar do novo técnico do Sampaio Corrêa, Josué Teixeira, afirmar que a lista de dispensa dos jogadores só seria revelada depois da partida contra o Cordino, quinta-feira, no Nrozinho Santos, a diretoria do clube se antecipou e liberou de uma só vez seis jogadores na noite de quarta-feira, após o treinamento. Foram mandados despachados: os atacantes Abuda, Édson Bugrão, Jack Jone, os volantes Luís Maranhão e Welligton, e o meia Rubens. A lista ainda poderá aumentar na próxima semana, pois o treinador pretende avaliar o meia Leandro Mineiro e o lateral-direito Saulo, que estão contundidos.
Na vassourada que a diretoria do Sampaio deu, chamou a atenção, não pela bola que está jogando, mas pela sua fama, o atacante Abuda de 24 anos, que assinou contrato com o clube no final da tarde do dia 29 de março até o final junho deste ano para jogar a Copa do Brasil e o Campeonato Maranhense. Porém, fora de forma o jogador só atuou com a camisa do Tricolor 20 minutos e não foi bem.

Abuda foi revelado pelo Juventus (SP), jogou no Corinthians (SP), Vasco (RJ) e Avaí (SC) e que nunca havia jogado em um time maranhense assinou contrato com o Tricolor depois de uma semana de negociações e com a promessa de ser liberado no final de junho para jogar na China. Ele deveria ser a grande contratação do Sampaio na temporada, mas não vingou.

Acho que o Abuda não deveria nem ter assinado contrato com o Sampaio, pois o estava parado há mais de seis meses e tinha um contrato muito curto. Para o atleta foi um negócio da China (para onde vai no meio do ano), pois encontrou um local para entrar em forma que ainda lhe pagou R$ 5 mil por mês. É brincadeira, não é?

Outro que nem deveria ter vindo para o Sampaio é o atacante Jack Jone,34 anos, fora de forma e com uma lesão que vai e volta é nitidamente um ex-atleta em atividade. Uma contratação totalmente equivocada e coisa de gente que adora rasgar dinheiro.

O mesmo se aplica para o atacante Édson Bugrão (indicado pelo ex-técnico do Edson Porto que até hoje nunca indicou um jogador que preste para o Sampaio) o volante Welligton, o meia Rubens. O meia Leandro Mineiro e o lateral-direito Saulo, que estão no DM do clube também devem ser dispensados nas próximas horas também não acrescentaram nada ao time do Sampaio.

Da lista de dispensa, o único nome que me causou espanto foi o do Luís Maranhão, o Juruna, que vinha jogando bem, mas dizem que depois dos anos que passou no futebol paulista voltou de salto-alto e anda criticando a estrutura física do Sampaio.

A faxina no elenco do Sampaio já era esperada, pois o novo técnico do Sampaio precisa abrir espaço no elenco para trazer os seus “homens de confiança”. Só espero que ele traga jogadores melhor do que os que estavam aqui, pois do contrário será mais dinheiro jogado fora e mais decepção para a torcida.

Ai fica a duvida: porque a diretoria do Sampaio não segurou o atacante Weslei e o meia Elanardo, que marcou gol no Flamengo pela Copa do Brasil, pois com a grana preta gasta com este bando de pernas-de-pau que foram dispensados não dava para pagar dois atletas que viriam para entrar e jogar? Acho que como cartola influente e importante no futebol, o Sérgio Frota deveria ter mais cuidado ao contratar jogadores, pois esse negócio de contratar um monte de atleta e depois dispensar faz ele perder a confiança do torcedor. Volto a repetir, ele deveria fazer com em 1996, quando foi trazido de São Paulo um time inteiro com comissão técnica e tudo e o Tricolor foi campeão de tudo que disputou.

4 comentários »

Cadê a Federação Maranhense de Futebol?

2comentários

É impressionante como a Federação Maranhense de Futebol (FMF) não faz nada pelos times daqui. O Nacional lutou para sobreviver na competição promovida por ela e palavras do presidente do clube de Santa Inês: “A Federação só sabe castigar os clube, enquanto que as outras federações ajudam seus filiados”. O Moto também está agonizando e a entidade máxima do futebol não faz nada. Ou melhor, faz, cobra taxas e mais taxas dos clubes.

A FMF é tão incompetente, pois há mais de uma semana o Nacional foi eliminado da disputa e eles não sabem o que farão com os jogos restantes do time na disputa. O presidente Alberto Ferreira, que está há mais de 20 anos no cargo, sequer se manifestou a favor do Nacional. Alberto Ferreira sabia que o time não tinha condições de disputar o Estadual, prometeu que iria ajudar, mas que realmente deu alguma assistência para o time foi o presidente da Associação dos Clubes profissionais, Sérgio Frota.

Agora, fica a pergunta: qual será o próximo time a deixar o Campeonato Maranhense? O que a FMF fará para que outros times não deixem a disputas? A resposta é simples: nada! Alberto Ferreira fala para todo mundo que o seu maior feito durante os mais de 20 anos na entidade foi a interiorização do futebol, mas nada fez até hoje para ajudar os clubes do interior ou da capital.

2 comentários »

Campeonato Maranhense tem a melhor média de gols do Brasil!

3comentários

Para quem diz que só sei falar mal do futebol daqui vou mostrar alguns números que poucos sabem. O Campeonato Maranhense tem média de gol de 3,9 gols por partida superior ao do Campeonato Carioca, o preferido dos maranhenses e o meu também, que é de 3,0 gol por partida. Como o ponto principal do espetáculo de futebol é o gol não estamos devendo nada para ninguém, pois a nossa média de gols por partida não é maior apenas que o Carioca, mas dos outros três principais Estaduais: Paulista, Mineiro e Gaúcho.

Além da maior médias de gols, o Campeonato Maranhense tem também a maior goleada por diferença de gols entre os estaduais, pois a vitória do Iape sobre o Nacional por 11 x 0 supera a do meuá Vascão sobre o América por 9 x 0. A média de gols do Canário da Ilha e do MAC 3,1 é superior a média do Cruzeiro (MG) de 3,0, a maior entre os times da Primeira Divisão.

O Campeonato Maranhense é bom. O que falta é organizar a disputa para que o torcedor compareça, pois ninguém agüenta esta disputa desorganizada, onde os jogos começam atrasados por falta de policiamento ou ambulância, tabela que muda todo dia e com jogos nos mesmo horário dos grandes campeonatos estaduais e uma mudança na presidência da Federação Maranhense de Futebol (FMF), pois ninguém agüenta mais os desmando de Alberto Ferreira, há mais de 20 anos no cargo.

Foto / Hilton Franco – Robson artilheiro do Campeonato Maranhense com 6 gols

3 comentários »

Fracassa a tentativa de arrecadar dinheiro para pagar a luz do CT do Moto

10comentários

Não poderia ser diferente, pois organizar uma festa para o lançamento de uniforme tendo como atração principal uma assistente de palco, que tem como maior feito profissional a capa da revista Playboy deste mês, Babi Rossi, só poderia ser um fracasso. Não conseguiram levar para o Ginásio Castelinho sequer mil pessoas e acho que o “apurado” não deu nem para pagar o cachê da “Panicat”. Enquanto isso, a luz da sede do Moto, o Centro de Treinamento Pereira dos Santos, continua cortada por falta de pagamento e obriga o time a procurar outro local para treinar.

Como havia antecipado aqui no blog, a atração maior da festa de lançamento do novo uniforme do Moto, apesar de não gostas das cores rubro e negra até que ficou bonitinho, seria um fiasco, pois tinha como atração maior uma assistente de palco quando deveria ser um cantor ou uma banda. Porém, os promoters do espetáculo insistiram e o resultado foi um Ginásio vazio.

A loira, que foi trazida para apresentar o uniforme, chegou ao ginásio com quase quatro horas de atraso por volta da meia-noite, vestiu a camisa do Moto por sobre um vestido frustrando os “cuecas de Platão” que esperavam vê-la pelo menos de biquíni. Foi justamente este apelo que ajudou a afastar pessoas do evento, pois a idéia de mostrar uma mulher seminua não é programa de família.

Se os organizadores da festa pretendiam levar mais de cinco mil pessoas para a festa do Moto, primeiro deveriam mudar o tema do evento, pois o time não está levando nem 500 torcedores para o estádio e em segundo trazer uma atração de qualidade que atraísse público de todas as idades.

Porém, os promoters da festa disseram que ela foi apenas primeira de muitas e ai fica a pergunta, o Moto virou uma empresa de eventos como Marafolia? Acho melhor, ele se concentrarem mesmo no futebol, pois se o Campeonato Maranhense terminasse hoje o Papão estaria fora da Copa do Brasil de 2012 e Série D de 2012. E o time, coitado, sequer tem um local para treinar, pois a luz do CT está cortada por causa de uma divida de cerca de R$ 46 mil e os jogadores terão de treinar na praia como se fossem atletas de beach soccer.

10 comentários »

Festa do Moto deveria ser proibida para menor de 18!

11comentários

Faço minhas as palavras do brilhante jornalista Marco Aurélio D’Eça que em seu blog /www.marcoaureliodeca.com/, que intitulou: “Festa do Moto não é pra família…”, pois evento que tem como atração principal a modelo Babi Rossi em trajes sumários com certeza não é um programa para levar a esposa e as filhas. Até o local do “show” deveria ser mudado do Ginásio Castelinho, que é um local destinado a espetáculos esportivos e culturais, para uma casa de shows eróticos, por exemplo, a Zero Um ou a Rosana.

Acho muito apelativo trazer como principal atração num lançamento de uniforme, uma pseudo artista que tem como maior feito na carreira ser a capa da revista masculina Playboy de abril. Fico imaginando a cena: um bando de bêbados gritando gostosa para Babi Rossi desfilando seminua com as cores do Moto. Com certeza não é um evento para levar a minha esposa e minha filha.

Não sou promotor de eventos, mas para um festa de lançamento de uniforme seria melhor convidar um cantor que torce para o clube dar um show ou trazer um ídolo do passado, mas infelizmente as pessoas daqui preferem bajular dirigente e fazer festa para ex-jogador em atividade.

Apesar das criticas a festa, espero que seus organizadores consigam êxito, pois ela está sendo feita para arrecadar dinheiro para o Moto, que está com a luz e a água da sede no Paranã cortados por falta de pagamento.

11 comentários »

Em panela que muito se mexe ou sai doce ou sai salgado

1comentário

O Sampaio perdeu para ele próprio. Como havia alertado aqui no Blog, o Sandow Feques mexeu muito no time e contrariou a máxima do futebol: em time que está ganhando não se mexe. Se ele tivesse repetido a mesma escalação que empatou com o Sport na Ilha do Retiro com certeza, o Tricolor teria se classificado para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. E ele também foi muito infeliz ao escalar Bugrão, que fez apenas uma partida com o grupo, no lugar de Rôni, artilheiro do time.

Por sua ousadia, Sandow Feques pagará caro, pois está em vias de ser substituído por Oliveira Canindé, que foi campeão brasileiro da Série D com Guarany (CE) ou Flávio Araújo, que foi dispensado pelo Fortaleza (CE). São dois bons nomes, mas para que dê certo não basta apenas mudar a comissão técnica, mas sim o time inteiro.

A eliminação na segunda fase da Capo do Brasil para o fraco Santo André frutou a expectativa do torcedor maranhense. O sucesso do Sampaio na competição nacional devolveu a auto-estima da torcida do Maranhão, seja a dos bolivianos torcendo a favor ou dos motenses secando. Há muito tempo não via tantas pessoas nas ruas com a camisa do Tricolor e até os vendedores de matérias esportivo “pirata” nos retorno estavam com camisas e bandeiras expostas em quanto antes só tinha coisa de time de fora.

Acho que o Sampaio só vencerá a Série D se repetir a tática de 1996 quando foi campeão brasileiro da Série D de forma invicta, porque trouxe um time inteiro, com comissão técnica e tudo, que estava em destaque no Campeonato Paulista.

O Tricolor só foi longe na Série D do ano passado, porque trouxe Arnaldo Lira com meio time da Bahia. Se Sérgio Frota continuar montando time dentro de competição e trazendo jogador por indicação de empresário, o Sampaio acabará caindo da Quarta para a Quinta Divisão.

1 comentário »

Te liga Sandow!

2comentários

Acho que o técnico do Sampaio, Sandow Feques, está pisando na bola ao escalar contra o Santo André no jogo de volta uma equipe bem diferente da que despachou o Sporte (PE) em plena Ilha do Retiro e da que venceu o Ramalhão por 3 x 2 em São Luís. O tricolor vinha vencendo e estava invicto, mas bastou o treinador mexer no time, que a Bolívia perdeu os 100% de aproveitamento e a invencibilidade.

Para mim futebol é momento e o grupo que vinha jogando estava correspondendo, mas por sugestão ou talvez imposição de algum diretor, o Sandow Feques desfigurou a equipe. Por causa da mudança radical, o treinador está correndo sério risco de ter racha no time as véspera de uma decisão. Sandow tem que escalar os atletas da confiança dele e não por jogador que foi indiciado por outro treinador.

A outra falha do Sandow foi ter colocado o time titular para jogar contra o Imperatriz, pois corria o risco de perder um jogador importante para a partida decisiva contra o Santo André. O resulto, o Tricolor, com todo respeito ao Imperatriz e ao seu técnico Vinícius Saldanha que é um grande treinador, foi derrota para um time de garotos. Com isso, o grupo que vai para São Paulo perdeu um pouco da auto-estima, pois está vindo de derrota e chega cansado, porque a garotada do Cavalo deu uma canseira na Bolívia.

É por este e outros motivos que defendo a idéia que para o Sampaio subir da Série D para a Série C é preciso repetir o mesmo que foi feito em 1996, quando o Tricolor foi campeão invicto da Terceirona, porque a diretoria da época trouxe um time inteiro com comissão técnica e tudo do interior de São Paulo. Se Frota trouxesse uma equipe destas que disputam a A2 ou A3 com certeza economizaria mais que montar um equipe parta a disputa como tentou fazer nos últimos anos.

2 comentários »

Muito barulho por nada!

19comentários

O Moto Club está trazendo a panicat Babi Rossi para apresentar o novo uniforme, pois não tem jogador para usar como modelo, pois no atual elenco motense só tem atleta que pode servir de manequim para “prótese de perna de pirata”. É muito oba-oba para pouco time.
Não é barrismo de torcedor boliviano, mas seria melhor ver a panicat Babi sem o uniforme do Moto ou melhor sem traje nenhum, porém, teriamos uma pelada dentro e fora de campo, pois é isso que tem sido os jogos do moto no Estadual.

A minha critica também não é contra o lançamento do uniforme, que está sendo chamado de “golpe de marketing”, pois espera arrecadar muito dinheiro com a venda da nova camisa do Papão e de produtos com a marca do clube como fazem os grandes times do planeta.

O que estou contestando é realização de uma enorme festa por nada, pois do que adianta lançar uniforme nosso de clube não tem time para disputar o combalido Campeonato Maranhense.
O Moto tem um dos times mais fracos da competição e seus diretores não se entendem. Para quem não sabe, a festa está sendo promovida para arrecadar dinheiro para custear time, pois os conselheiros já não agüentam mais meter a mão no bolso para manter a equipe.

Nesta mesma festa, um dos maiores ídolos do clube, Kléber Pereira, trabalhará como modelo apresentando o novo uniforme, quando deveria está sendo apresentado como novo reforço do clube para a temporada. Apesar de Kléber ser um ex-jogador em atividade, acho que ele ainda tem muito a contribuir, pois o futebol maranhense permite que um atleta com 37 anos possa jogar. Basta lembrarmos que Paulo César jogou no Iape com mais de 40 anos.

É por isso que sou favorável a vinda da Babi, mas sou contra a festa, pois ao invés de estarem se preocupando com uniforme novo deveriam estar é reforçando a equipe que em cinco jogos só tem sete pontos.

19 comentários »