Jovem de 22 anos é assassinado por idoso no Calhau

0comentário

assassinato310713-300x225Informações do Imirante
Um jovem, identificado como Marcelo Henrique Silva Freitas Gusmão, 22 anos, foi executado por um idoso de aproximadamente 74 anos. De acordo com as informações preliminares, o jovem saiu de casa no início da tarde e foi surpreendido pelo idoso que executou o jovem, em uma parada de ônibus, localizada ao lado do Condomínio Novo Tempo, Calhau.

O autor do crime, de acordo com informações da polícia é um idoso de 74 anos, identificado como Vildaci Guterres Cavalcanti. Ele foi preso em flagrante e encaminahdo para o 4ºDP, no Vinhais.Os dois moravam no mesmo condomínio e já possuíam uma “rixa” de vizinhos.

De acordo com o delegado Jeffrey Furtado, da Delegacia de Homícidios, o autor do crime há alguns anos atrás foi acusado pela família do jovem de abusar sexualmente, quando a vítima ainda era menor de idade. O idoso foi condenado por seis anos de prisão, mas recorre a justiça em liberdade. Ainda de acordo com o delegado, o idoso não possui porte de arma, mas andava armado por que estaria sendo ameçado pela vítima.

sem comentário »

Holandinha foi a São Paulo fazer implante capilar

4comentários

Edivaldo Holanda Júnior já não consegue esconder a calvície

Edivaldo Holanda Júnior já não consegue esconder a calvície

Nem compromisso oficial, muito menos acompanhar o pai em um check-up de saúde, as duas versões oficiais divulgadas. O principal motivo da viagem do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, a São Paulo é estético. Ele foi à capital paulista fazer um implante capilar, como revela o blogueiro Daniel Matos.
A queda de cabelos se deve, principalmente, ao fator genético, pois o pai, Edivaldo Holanda, apresenta calvície acentuada. Entretanto, as pressões do cargo, certamente, influenciaram para o surgimento precoce dela. É evidente que problemas como pro exemplo, o diretor geral do Socorrão I, Yglesio Moyses, tem contribuído e muito para a queda de cabelo do Prefeito.
Ainda jovem, com apenas 35 anos, completados dia 1º deste mês, ele quer conservar a aparência, um direito que lhe assiste, mas para isso, terá que se livrar de muita coisa ruim quem vem atrapalhando sua gestão.
O implante, provavelmente, foi feito na parte superior da cabeça, a popular moleira, que vem perdendo fios progressivamente, o que exige do prefeito certo cuidado na hora do penteado. É claro, que além de cuidar da aparência, Edivaldo Holanda Júnior aproveitou a estadia em São Paulo para recarregar as energias.
O retorno de Edivaldo Holanda Júnior à capital maranhense está previsto para ainda hoje. Além de ter recarregado as baterias, ele voltará de visual repaginado. Resta, agora, conferir o resultado.
Com informações do Blog de Daniel Matos

4 comentários »

Lobão apóia candidatura de Luis Fernando

0comentário

Fim do impasse. O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA), abdicou oficialmente da pré-candidatura a governador na manhã deste sábado (27). Após reunião na casa do senador João Alberto (PMDB-MA), o ministro confirmou que apóia o pré-candidato Luis Fernando.
“Todos, desde o início, pretendiam a minha candidatura ao Governo do Estado. E, desde o começo, ficou em mim a capacidade de decidir se eu seria, ou não, candidato a governador. Pensei muito e cheguei à conclusão de que o Ministério que eu ocupo é extremamente importante para o Brasil, mas em especial para o Maranhão”, declarou.
Segundo o ministro, Luis Fernando foi aceito pela unanimidade do comando partidário para enfrentar o que considerou “luta” a ser travada no ano que vem. “O Luis Fernando foi o escolhido por unanimidade pelo nosso grupo, ele é o pré-candidato do PMDB, que tem uma aliança larga com diversos partidos, para enfrentar essa luta que virá no próximo ano”, comentou.
Para Luis Fernando, a escolha foi um a “honra”. “É natural que os partidos, e o PMDB também, comecem a se articular para as eleições de 2014. E o nosso grupo tem uma característica muito forte de união. E eu sempre disse e repito que, como político, o meu nome está sempre colocado à disposição do partido. Se a base do PMDB entende que em 2014 eu possa disputar a eleição, me coloco, sim, com muita honra, com muita alegria, com muita satisfação, mas com muita responsabilidade, sobretudo, à disposição do partido para isto”, frisou.
Fonte: Bloge do Gilberto Léda

Grupo político definiu seu pré-candidato ao Governo em 2014

Grupo político definiu seu pré-candidato ao Governo em 2014

sem comentário »

Procuradora-geral Regina Lúcia impetra Mandado de Segurança contra desembargador Jaime Ferreira

0comentário

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, contesta ordem para soltar "Júnior do Mojó”,

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, contesta ordem para soltar “Júnior do Mojó”,

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, impetrou, na manhã desta sexta-feira, 26, Mandado de Segurança contra a ordem judicial do desembargador Jaime Ferreira de Araújo, que determinou a soltura do ex-vereador de Paço do Lumiar, Édson Arouche Júnior, o “Júnior do Mojó”, acusado da morte do empresário Marggion Lanyer Ferreira Andrade, ocorrida em outubro de 2011, em um terreno no Araçagi, em São José de Ribamar. O Mandado de Segurança foi distribuído para o desembargador Kleber Carvalho Costa.

Na última sexta-feira, 19, Jaime Ferreira, na qualidade de plantonista substituto, concedeu habeas corpus em favor do acusado, com o argumento de que não há elementos que justifiquem a prisão ou comprovem que Mojó estaria agindo para dificultar o trabalho da Justiça.

No Mandado de Segurança, a procuradora-geral de justiça refuta as razões utilizadas pelo desembargador para conceder a liminar, apontando que Júnior do Mojó, logo ao saber da decretação de sua prisão, fugiu de São Luís e permaneceu foragido por muito tempo, até que a ordem de prisão fosse cumprida.

O Ministério Público sustenta ainda que existem motivos para a manutenção da prisão preventiva, especialmente pela gravidade do crime: homicídio qualificado; pela repercussão social dos fatos, considerando que Júnior do Mojó exercia grande influência no meio, por ocupar mandato de vereador na época do crime; e por garantia de aplicação da lei penal, em razão do risco de fuga do acusado. “A decisão causou tumulto ao processo penal ao determinar a liberdade do acusado e, por consequência, causou relevante abalo à ordem pública em virtude da elevada periculosidade do mesmo”, declarou, no mandado, Regina Rocha.

Anteriormente, o Tribunal de Justiça já tinha negado, por unanimidade, habeas corpus ao acusado, de acordo com parecer do Ministério Público. Na ocasião, a Segunda Câmara Criminal do TJ, autora da decisão, desconsiderou os mesmos argumentos utilizados pelo desembargador Jaime Araújo e ressaltou a necessidade da prisão preventiva de Júnior do Mojó. “Assim o eminente desembargador desprestigiou o entendimento sufragado, por unanimidade, pelos integrantes da Segunda Câmara Criminal, violando o princípio da colegialidade”, afirmou, no documento, a procuradora-geral de justiça.

sem comentário »

Jornalistas pedem empenho no processo de Décio Sá

0comentário

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, recebeu, na manhã desta sexta-feira, 26, a visita do presidente do Sindicato dos Jornalistas, Douglas Cunha, e também do diretor Uziel Azoubel. Eles pediram, oficialmente, ao Ministério Público para manter o empenho na instrução e nas demais etapas processuais a fim de garantir a condenação dos envolvidos. Décio Sá foi assassinado em 23 de abril de 2012.

Douglas Cunha manifestou preocupação com a possibilidade de impunidade. “Se esse caso ficar impune, será um prejuízo não apenas à vítima e seus familiares, mas também a todos os profissionais da imprensa e à sociedade maranhense”, destacou. Outro receio do Sindicato dos Jornalistas é que os envolvidos sejam liberados, de forma liminar, e possam eliminar provas, indícios ou coagir testemunhas.

A procuradora-geral de justiça informou que o MPMA está adotando todas as medidas necessárias para garantir o andamento do processo e evitar manobras para atrasar os feitos judiciais. “Trata-se de um caso que temos acompanhado atentamente, de forma vigilante. O Ministério Público está empenhado em combater crimes praticados por organizações criminosas”.

Em fevereiro, a procuradora-geral impetrou mandado de segurança junto ao Tribunal de Justiça para suspender uma liminar concedida pelo desembargador Raimundo Nonato Souza que havia interrompido o depoimento das testemunhas.

No dia 16 de maio, a Procuradoria Geral de Justiça ingressou com uma Reclamação junto ao Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão questionando decisões contraditórias proferidas pela Justiça em habeas corpus em favor do advogado Ronaldo Ribeiro. O MPMA questionou, ainda, o fato de que os habeas corpus sempre serem protocolados no plantão judiciário, às vésperas ou depois de já iniciados os atos da instrução processual.

Regina Rocha agradeceu o empenho da imprensa na fiscalização e acompanhamento do caso Décio Sá e de outros crimes e irregularidades no Maranhão. “A imprensa tem o trabalho essencial de publicizar questões e direcionar a atenção da sociedade para problemas que precisam ser resolvidos. O Ministério Público agradece a parceria com os jornalistas”.

Participaram do encontro o promotor de justiça e assessor da PGJ, Emmanuel Guterres Soares; a diretora da Secretaria para Assuntos Institucionais, Fabíola Fernandes Faheína Ferreira; e o coordenador de Comunicação do MPMA, Francisco Colombo.

Sindicato dos Jornalistas cobra agilidade no Caso Décio Sá

Sindicato dos Jornalistas cobra agilidade no Caso Décio Sá

sem comentário »

Ricardo Murad soluciona caso de Maju

0comentário

Imagem da campanha de Maju no fece para arrecadar donativos para o seu tratamento

Imagem da campanha de Maju no fece para arrecadar donativos para o seu tratamento

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB), anunciou hoje (25), por meio de sua página pessoal no Facebook, que já houve entendimentos com o pessoal de São Paulo para a solução do caso da pequena Maria Júlia, conhecida aqui como Maju.
Segundo ele, amanhã (26) será concluído o processo para que ela viaje “imediatamente” à capital paulista, onde será submetia a uma cirurgia chamada de Artrodese de Coluna Lombo-sacra. Maju viajará acompanhada da família, com custos bancados pelo Estado.
“Acabei de ter um entendimento pessoal com o Dr. Moraes, neurocirurgião que irá tratar da Maria Júlia. Estamos entendidos e amanhã concluiremos o processo para que a viagem se dê imediatamente e sem nenhum custo para a família”, postou o secretário, por volta das 19h30 na rede social.
É assim que trabalha um gestor público. Atento a todas as necessidades da população e resolvendo o problema e não dando desculpas ou fazendo discursos…

sem comentário »

Quem tem honra faz assim…

0comentário

Artigo: por Marco D”Eça

Blogueiro Marco D'eça tem sofrido ataques covardes

Blogueiro Marco D’eça tem sofrido ataques covardes


Foram concluídas as peças com as quais interpelarei cível e criminalmente os senhores Leandro Miranda, titular do blog apócrifo Marrapá, e César Bello, que edita o próprio, pelos crimes de calúnia, difamação, injúria e também por danos morais.

Nas conversas com os advogados, pedi apenas que a ação possa ter possibilidade de resultados imediatos – com medidas cautelares ou liminares – para que seja garantida a reposição imediata da verdade de quem tem a honra de pai de família amoroso, marido correto e profissional íntegro em mais de 20 anos de carreira.
Os dois agressores terão duas opções: provar as injúrias, calúnias e difamações que perpetraram covardemente contra mim – o que sei não ser possível, já que sabidamente falsas – ou se desmentir publicamente, revelando motivos e mandantes das agressões.

Por isso nas ações foram incluídos os pedidos de medidas cautelares e de liminares.

Peço desculpas aos meus leitores – apoiadores e críticos – por ainda não ter respondido às infâmias pessoais, profissionais e até familiares que venho sofrendo sistematicamente, há mais de dois meses, por estes dois covardes com os quais nunca mantive qualquer tipo de relação.

Aliás, um deles – o senhor Leandro Miranda – nunca vi na vida; duvidava até de sua existência, razão pela qual é difícil entender tanta agressão e covardia.

O silêncio periódico foi orientação dos advogados, até que se juntasse todas a documentação que desmentirá os agressores – na Justiça e perante o público.

Mas decidi falar agora por que as agressões extrapolaram todos os limites da canalhice, e começaram a atingir minha família – mãe e pai já em adiantada idade; esposa e filhas; irmãos, irmãs e primos – que acabam sofrendo constrangimentos e humilhações por causa da irresponsabilidade de covardes fracassados.

A família, que não convive na trincheira da política, não entende que as agressões têm apenas um motivo: me intimidar e calar as críticas que este blog fez, faz e continuará fazendo ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e ao seu tutor, Flávio Dino (PCdoB).

Em respeito à minha família e a você, leitor, garanto, peremptoriamente, serem falsas, covardes, absurdas e criminosas as acusações que me fazem, sem razão pessoal alguma – a menos que estejam movidos pela inveja – os senhores César Bello e Leandro Miranda.

Também em respeito a você, leitor, assumo compromisso público de, caso provada verdadeira qualquer uma das acusações – ainda que seja a mais insignificante – publicar aqui mesmo neste blog.

Mesmo por que, quem lê este blog sabe que nunca escondi que minha esposa atuava como assessora da Prefeitura de São Luís desde a primeira gestão de Tadeu Palácio (PP). E que decidiu, por si só, se desligar da referida função quando da vitória de Edivaldo Júnior (PTC), simplesmente por que não acreditava em sua capacidade de administrar São Luís.

E esta atitude digna ela tomou ainda em dezembro do ano passado.

Aliás, se fosse correto, o titular da Seconzinha, Márcio Jerry – um dos insufladores das agressões perpetradas – teria confirmado que ela pediu seu desligamento, por não acreditar na gestão que se iniciava. Nem ela, nem eu.

Aliás, em uma sexta-feira de janeiro, no extinto bar Rout 66, reiterei para que ele exonerasse minha mulher. Testemunhas: Weverton Rocha, Caio Hostílio, Rodrigo Costa, e o próprio Marcos Murad, proprietário da casa, entre outras pessoas não ligadas à política.

Chega a ser ridícula a acusação de que critico Holandinha por que ele demitiu minha mulher. Ora, o Maranhão inteiro sabe que me posicionei contra a candidatura do atual prefeito desde quando ela foi definida.

E como mostrado acima, a decisão da minha mulher era a de pedir pra sair se ele vencesse, como de fato ocorreu.

Esta história foi contada no blog – em posts ou comentários. E também compõe o escopo do processo por calúnia, injúria e difamação.

As demais acusações soam até absurdas, tanto quanto as perpetrações covardes contra o finado Décio Sá, logo após a sua morte. Me deram tantas assessorias, que, fossem reais, me tornariam um milionário, com a incrível renda de mais de R$ 200 mil por mês.

Aliás, ainda se fosse verdade, não consigo vislumbrar nenhum tipo de crime em prestar consultoria e assessoria para quem quiser. Inclusive os dois covardes, se tivessem credibilidade, teriam esta opção de trabalho.

Mas, submetidos que são, preferem dar verniz de crime a uma atividade perfeitamente lícita.

Em respeito a você leitor, afirmo com a dignidade de quem tem história no jornalismo maranhense – história absolutamente vitoriosa, diga-se: nunca recebi um tostão de nenhuma secretaria do governo municipal de São Luís, seja nesta ou em gestões anteriores; seja em folha oficial, suplementar ou mesmo por meio de fantasmas, como afirmam os agressores.

Aliás, desafio mais uma vez Márcio Jerry – insuflador das agressões contra este blog – a mostrar a lista de fantasmas que estariam sob meu comando. Se existisse, ele teria acesso e poderia fazê-lo.

Não faz por que não tem como fazer; por que sabe serem mentirosas as informações que fez plantar nos dois covardes.

Mesmo assim, estou encaminhando à Procuradoria-Geral do Município, pedido de declaração oficial se há qualquer tipo de funcionário SP ligado a mim – ou se existia entre os demitidos pelo prefeito Edivaldo Holanda, ainda que pelo laço mais tênue possível.

O documento da PGM também comporá a ação contra os dois covardes.

Minha renda mensal se compõe do meu salário no jornal O Estado do Maranhão, da assessoria que mantenho na Câmara Federal – e esta também publica – e dos anúncios deste blog. E tenho orgulho de dizer que são rendas acima da média-padrão do mercado maranhense, por que conquistadas ao longo de 20 anos de credibilidade.

São estas rendas, somadas às da minha mulher, uma profissional gabaritada na área da Educação e da construção civil, que me permitem viver com dignidade junto à família que escolhi.

Mas esta não é uma condição exclusiva minha.

Há muitos outros jornalistas no Maranhão, respeitados, com credibilidade audiência comprovada, que também têm um padrão de valor para os anúncios publicados em seus blos e para o serviço que prestam, como profissionais liberai que são.

Mas são jornalistas que se dedicam à profissão, e não aventureiros, que apenas veem no jornalismo uma forma de se dar bem.

Estes não duram muito tempo, como muitos que aparecem e desaparecem rotineiramente.

É por respeito a você leitor, pela minha dignidade profissional, que faço hoje este comunicado-desabafo.

Tenho convicção que, para aqueles que são da minha convivência, não preciso explicar nada; e para os que não são, não adianta explicação.

Mas a você leitor, faço questão de garantir: sou profissional crítico, polêmico, mas correto e leal. Tenho orgulho de estar onde estou por mérito pessoal, competência e reconhecimento profissional, atributos que certamente invejam os medíocres e fracassados.

E sou ainda mais orgulhoso de saber que minha família e meus leitores – apoiadores ou críticos – confiam em mim…

Marco Aurélio D’Eça

sem comentário »

Governo e Prefeitura unidos farão obras importantes em SL

0comentário

[/caption]

Viaduto do São Cristovão

Viaduto do São Cristovão

Um Termo de Compromisso será assinado entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de São Luis para a realização de obras na área de mobilidade urbana. O acordo foi discutido pelos secretários de Estado chefe da Casa Civil, João Abreu, e de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha; e o secretário municipal de Governo, Rodrigo Marques, nesta quarta-feira (24), no Palácio Henrique de La Rocque. A reunião contou, ainda, com a presença do secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho.

“O próximo passo é a elaboração e a assinatura do Termo de Compromisso que vai estabelecer as responsabilidades de cada um na realização das obras”, declarou João Abreu. Ele revelou que entre os serviços a serem realizados estão a construção dos elevados da Forquilha e Calhau.

O secretário de Governo da Prefeitura de São Luís, Rodrigo Marques, disse que os técnicos estaduais e municipais já estão trabalhando em conjunto. “Além de assinar o Termo de Compromisso estabelecendo as responsabilidades de cada um, pretendemos elaborar um projeto que envolva a participação federal em outras ações”, revelou.

Esta foi a segunda reunião do grupo que pretende unir esforços para melhorar a mobilidade nos principais pontos de circulação dentro de São Luís. Atualmente, o governo estadual desenvolve algumas obras que vão melhorar o tráfego, como a Via Expressa (cuja primeira etapa, do Jaracati ao Cohafuma, já foi entregue), a Avenida IV Centenário (que ligará as avenidas Beira-Mar e Franceses) e a duplicação da Estrada do Araçagi (em processo de licitação).

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)
Viaduto do Calhau Viaduto do Calhau

sem comentário »

Alessandro Martins sofre infarto

1comentário

Alessandro Martins está internado no São Domingos

Alessandro Martins está internado no São Domingos

O dono da extinta concessionária de automóveis Euromar, o playboy Alessandro Martins, sofreu um infarto e está internado no Hospital São Domingos, em São Luís. O estado de saúde dele é estável e vem sendo acompanhado por médicos do hospital.
Alessandro Martins ficou conhecido nacionalmente pelo escândalo de sonegação fiscal envolvendo a Euromar, de propriedade dele, a Volkswagen e o Detran –MA, que culminou com a sua prisão no dia 7 de julho de 2010. Ele foi preso por sonegação fiscal e estelionato pelo delegado Augusto Barros, que veio foi ao Rio com mandado de prisão para levá-lo ao Maranhão. Ele não chegou a parar na cadeia, mas ficou quase um mês detido no comando geral da Polícia Militar.
Após se livrar do processo de sonegação fiscal, Alessando Martins se envolveu em outra confusão. Desta vez com a ex-esposa, Roberta Brasil, ex-”BBB 6″ com quem tem uma filha. Ela teria o denunciou por ameaça de morte, após uma das várias brigas do caso. E assim como no escândalo da Euromar, o playboy conseguiu escapar.
O ex-empresário conseguiu escapar do escândalo da Euromar e ainda conseguiu arrancar uma boa grana da Volkswagen e curte a vida com seus carrões: Ferrari, Porsche entre outros, e belas mulheres. Em seu currículo envolvimentos com famosas entre elas: Monique Alfradique, a ex-panicat Juju Salimeni, e as BBBs Natália Casassola e Laisa Portela.
O ex-empresário fez fama no Maranhão como maior vendedor de carros de todos os tempos, independente da marca e dos métodos de venda adotados. Atualmente, Alessnadro Martins busca voltar ao mundo empresário na área de postos de combustível.

1 comentário »

Casamento gay

0comentário

Casamento Gay é uma realidade no Maranhão

Casamento Gay é uma realidade no Maranhão

Se é verdade que os deputados em Brasília rejeitam qualquer lei que garanta direitos iguais à população LGBT brasileira e o Governo Federal pouco se esforça neste sentido, é também verdade que a Justiça brasileira assumiu o papel de garantir tais direitos. O resultado é que o Brasil está caminhando favoravelmente pela permissão do casamento civil entre homossexuais e os contrários têm muito pouco à fazer neste sentido. O jornal O Estado publica hoje, em seu Classificadão, o primeiro edital de proclama com anúncio de um casamento gay no Maranhão. Cumprindo o que determina a lei, o casal de empresários Ruber Paulo da Silva Marques e Armando de Souza Filho comunica a união civil, formalizada no Cartório de Registro Civil da 2ª Zona.
Desde que o Supremo decidiu pela validade das uniões estáveis homoafetivas em maio de 2011, diversos casais gays e lésbicos passaram a procurar a Justiça para que essas uniões ganhassem o status de casamento civil. Outros tantos casais buscaram nos tribunais o direito de se casarem diretamente, sem ter lavrado o documento de união estável. A ampla maioria das decisões judiciais foram favoráveis a esses casais e os Tribunais de Justiça de três Estados brasileiros resolveram unificá-las. O primeiro Estado a ter o casamento civil regulamentado foi Alagoas, em janeiro de 2012. Depois o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi permitido na Bahia, em 11 de outubro de 2012. Já o Tribunal de Justiça de São Paulo publicou decisão parecida em 18 de dezembro que começa a valer em 18 de fevereiro. A Justiça do Piauí também prometeu que vai autorizar os casamentos homoafetivos.

Ruber e Armando foram beneficiados por uma resolução aprovada em maio pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obriga os cartórios de todo o Brasil a celebrar o casamento civil e converter a união estável homoafetiva em casamento.
Amparados pela lei, os dois aguardam apenas o cumprimento dos ritos formais para serem, de fato e de direito, considerados um casal.

sem comentário »