TCE prorroga prazo de envio eletrônico de peças orçamentárias pelas Prefeituras

0comentário

 Decisão, tomada excepcionalmente, visa proporcionar aos gestores públicos municipais um prazo maior para se adaptar ao Sistema de Auditoria Eletrônica (SAE).


Decisão, tomada excepcionalmente, visa proporcionar aos gestores públicos municipais um prazo maior para se adaptar ao Sistema de Auditoria Eletrônica (SAE).


O Tribunal de Contas do Estado decidiu prorrogar, excepcionalmente, até o dia 27 de fevereiro deste ano, o prazo de registro eletrônico de informações relativas ao planejamento governamental dos municípios (PPA, LDO e LOA) pelo sistema informatizado do TCE, conforme estabelece a Instrução Normativa nº 33.
A prorrogação ocorreu em atendimento a uma solicitação conjunta feita pelos Conselho Regional de Contabilidade, Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Sindicato dos Contabilistas do Maranhão e pela Associação dos Contadores Públicos do Estado do Maranhão. A decisão visa proporcionar aos gestores públicos um tempo maior para se adaptar ao novo meio, sendo adotada apenas neste ano, quando o Sistema de Auditoria Eletrônica – Módulo Planejamento será usado pela primeira vez.

É importante destacar que, mesmo com a prorrogação, só serão recebidas pelo Tribunal as peças encaminhas por meio do sistema. Visando esclarecer e orientar os jurisdicionados, a Supervisão de Controle Externo vai atender, em regime de plantão, durante todo o mês de fevereiro, até às 18h.
PLANEJAMENTO – A implantação do SAE (Sistema de Auditoria Eletrônica) – que proporcionará o recebimento de todos os orçamentos municipais por meio de sistema informatizado, é uma das principais metas da gestão do conselheiro-presidente Jorge Pavão. O primeiro passo está sendo dado com a implementação do primeiro módulo, que acompanhará o planejamento orçamentário. Posteriormente, entrarão em funcionamento mais dois módulos: o de cadastro, previsto para julho, e o módulo de acompanhamento da execução das despesas on line, cujo início de operação está previsto para o final deste ano.

De acordo com o secretário de Controle Externo do TCE, Bruno Almeida, a partir de 27 de fevereiro o tribunal vai receber pelo sistema informatizado todos os orçamentos públicos do Maranhão, o que será um avanço.

“Quando as prefeituras enviarem as suas leis orçamentárias, o tribunal terá como analisar dentro de um sistema eletrônico todo o planejamento orçamentário e, depois, a execução desse orçamento, o que será um grande diferencial, pois vai imprimir um melhor planejamento por parte das prefeituras. E a partir de fevereiro, também, de forma experimental, passaremos a ter acesso às contratações públicas tanto dos municípios como do governo estadual, que partir de abril já será obrigatório, por meio do SACOP, que nos fornecerá um banco de dados fabuloso para planejarmos nossas ações de controle”, destacou.

sem comentário »

Prefeitura de São Luís paga salários de janeiro nesta sexta-feira (30)

0comentário

dinheiro-no-bolso
A Prefeitura de São Luís paga os salários referentes ao mês de janeiro dos servidores públicos da administração municipal nesta sexta-feira (30). Desta forma, o prefeito Edivaldo mantém o compromisso de pagar os vencimentos dos funcionários ainda dentro do mês.

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de auto-atendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. Basta acessar a opção Outros Serviços, escolher a opção Contracheque BB e depois informar o número da matrícula e o mês desejado do documento. As informações também podem ser acessadas pelo site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, informando a matrícula e a senha.

sem comentário »

Mais um caso de nepotismo cruzado no governo da “mudança”

1comentário

O secretário Francisco Gonçalves conseguiu emplacar a mulher em um cargo público, coisa que condenava quando era professor da UFMA

O secretário Francisco Gonçalves conseguiu emplacar a mulher em um cargo público, coisa que condenava quando era professor da UFMA


O governo da “mudança” a cada dia dá provas que o Estado está mudando, mas para pior. Pelo menos dois secretários estaduais conseguiram emplacar suas respectivas esposas no gabinete do governador Flávio Dino (PCdoB). O primeiro foi o poderoso Márcio Jerry (Articulação Política e Assuntos Federativos), cuja companheira, a professora e militante comunista Joslene da Silva Rodrigues (Lene), foi anunciada como chefe de gabinete do Governador ainda em outubro do ano passado, durante o período de transição. O segundo a conseguir emprego para a mulher no principal gabinete do Palácio dos Leões foi Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular). O ato de nomeação foi publicado na edição do último dia 15 do Diário Oficial do Estado e caracteriza-se como nepotismo cruzado.

Maria Virgínia de Andrade, a esposa de Chico Gonçalves, foi contemplada com o cargo de “Assessora Especial do Governador”, com símbolo DGA.

As duas nomeações somam-se a tantas outras motivadas por apadrinhamento político ou relações pessoais dos indicados com figurões do atual governo. Outro caso emblemático envolve o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Antônio Nunes, que conseguiu emplacar a esposa, Danielle Câmara Fernandes Nunes, na Diretoria Administrativa e Financeira da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), um exemplo clássico de nepotismo cruzado.

Outra nomeação que chamou atenção foi a de Felipe Brito Uchoa, que vem a ser namorado da filha do empresário piauiense José Wilson Macedo, o Dedé Macedo, apontado como um dos principais financiadores da campanha de Flávio Dino ao Palácio dos Leões. Segundo o Diário Oficial do Estado do último dia 21, Felipe Uchoa foi nomeado assessor especial de apoio institucional da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), comandada por Clayton Noleto. Ao contemplar o genro de Dedé Macedo com um cargo tão relevante, Flávio Dino deixa clara a influência de Dedé Macedo em seu governo.

E assim vai transcorrendo o governo da “mudança”, que incorre nas mesmas práticas que o seu principal líder tanto condenava nos adversários. É provável que haja diversos outros casos semelhantes que ainda não foram detectados, pois o crime de nepotismo cruzado é muito difícil de ser descoberto.

Vai ver, a propalada mudança nada tem a ver com a melhoria da qualidade de vida do povo do Maranhão, mas sim com um novo padrão social e financeiro para os atuais amigos do poder.

Com informações do Blog de Daniel Matos

chico-esposa-cargo

1 comentário »

Ministério Público desmascara Flávio Dino

2comentários

acordo-educação
Em reportagem produzida e distribuída hoje à imprensa por meia da sua Coordenação de Comunicação, o Ministério Público do Maranhão desmontou uma falácia anunciada pelo governador Flávio Dino e mentia por meio de seus porta-vozes sobre a abertura de concurso público para contratação de professores para a rede estadual de ensino. Diferente do que tentou fazer crer o comunista, o MP deixou claro que o seletivo será realizado graças a um acordo judicial, que o governo estadual está obrigado a cumprir, sob pena de sanções.

Portanto, a decisão de contratar os professores não foi de Flávio Dino. Ele apenas cumpriu uma ordem da Justiça, que se fosse ignorada tornaria a administração estadual passível de punição, na forma da lei. Uma das determinações é que seja feito um levantamento da carência de professores na rede estadual de educação para que se defina o número de vagas a serem ofertadas no certame.

O comunista fará o concurso porque foi obrigado, não por livre espontânea vontade. Até porque a contratação de um contingente expressivo de educadores onerará ainda mais a folha de pagamento do Estado, algo indesejável para o novo governante, que alega ter herdado uma crise financeira da gestão que o antecedeu. Se autorizasse o certame por iniciativa própria, ele estaria incorrendo em mais uma contradição.

Pelo acordo, o edital do concurso deve ser lançado até agosto. Também foi definido que os 4.990 contratos temporários em vigor na Secretaria de Estado da Educação (Seduc) serão mantidos até fevereiro de 2016, de modo a assegurar os 200 dias do presente ano letivo.

Está tudo no papel e Flávio Dino terá que cumprir. Qualquer versão diferente dessa não passa de embuste.

2 comentários »

Mais de mil alunos da rede municipal participam do Festival Maranhão na Tela

0comentário

3233_alunos_municipais_participam_maranhao_tela_260115_foto_fabriciocunha_122
Cerca de 1,2 mil alunos da rede municipal de ensino estão participando do 7º Festival “Maranhão na Tela”. Por meio de parceria firmada ente a Prefeitura de São Luís e o governo do estado, estudantes de 34 Unidades de Educação Básica (U.E.B.) estão tendo a oportunidade de ampliar seus conhecimentos sobre a sétima arte, aliando a diversão com o enriquecimento cultural.

Até sexta-feira (30), alunos de 24 escolas de Ensino Fundamental e dez creches assistem às sessões especiais do Festival de Animação Estudantil (Animarte), realizadas às 9h e às 14h30 no Cine Praia Grande e no teatro Alcione Nazaré.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, diz que a parceria segue a orientação do prefeito Edivaldo, de promover o regime de colaboração entre as diversas instâncias do poder público e assegurar o acesso à cultura para as crianças e adolescentes de São Luís.
“Além do ensino regular, a garantia de uma educação de qualidade passa pelo acesso a atividades de lazer, esporte e cultura. Assim, amplia-se o conhecimento e vivência dos estudantes para um desenvolvimento mais sadio e que valorize a formação cidadã”, ressaltou o titular da Semed.

Liana Cristina Sousa, gestora adjunta da U.E.B. Zuleide Andrade, localizada no povoado Maracujá, zona rural de São Luís, disse que achou muito interessante a iniciativa de convidar os estudantes para assistir à produção apresentada no festival. “Os alunos ficaram eufóricos e com muita expectativa por causa deste convite. Uma atividade como essa é importante porque representa um incentivo para conhecer os produtos culturais”, destacou a gestora.

Giovanna Santos Aguiar, 11, estudante da U.E.B. Uruati, também na zona rural, disse que os filmes do festival são muito diferentes do que está acostumada a ver, mas que gostou deles. “As animações tratavam de diversos assuntos, envolvendo meio ambiente, reciclagem, lixo… achei legal”, afirmou.

O FESTIVAL
Em sua 7ª edição, o Festival inova trazendo o Anim!Arte, que tem como objetivo incentivar a cultura e o crescimento profissional e artístico na área de animação entre os estudantes. O Maranhão na Tela é um festival de cinema focado no fomento à produção audiovisual maranhense, realizado anualmente pela Secretaria de Estado da Educação com a equipe do Festival. Este ano, a Seduc firmou parceria com o município para ampliar as ações de Formação de Platéia do projeto Núcleo Arte Educação. Toda a programação está disponibilizada no site oficial do Festival: www.maranhaonatela.com.br.

Fonte: Secom de São Luís

sem comentário »

O serviço de saúde do município de Barra do Corda ganhou mais um importante reforço

0comentário

1507184_1530024953951642_2541844067729962954_n
A Prefeitura de Barra do Corda através da Secretaria Municipal de Saúde realizou na tarde desta segunda-feira (26), a entrega de uma nova ambulância para ao diretor do Hospital Acrísio Figueira, Peterson Silva.

Conforme o Secretário de Saúde Dr. Alexandre Miranda o veículo vai reforçar a frota de atendimento a população do município. “essa ambulância vai nos ajudar a melhorar ainda mais a qualidade dos serviços prestados”, garantiu o Secretário.

Desde o inicio da atual gestão muitos foram os investimentos, como por exemplo, Inauguração do Centro de Reabilitação, reforma/ampliação e construção de novos postos de saúde, contratação de médicos que hoje atuam na sede e zona rural, entre outras ações, e agora a aquisição de mais um veiculo feito com recursos próprios do município que irá promover um atendimento a saúde mais ágil, humano e de qualidade.

“Sabemos que a nossa população precisa ter um bom atendimento nessa área, por isso trabalhamos todos os dias para melhorar a rede municipal de saúde através de parcerias e também de recursos próprios”, ressalta Eric Costa.

sem comentário »

Prefeitura realiza obras de drenagem na Avenida São Marçal

0comentário

3232_recapeamentoavenidasaomarcalcomruanossasenhoradagraca_joaopaulo.fotosjuracymeireles5
Dando continuidade às ações para prevenção de alagamentos na capital, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), realizou no último sábado obra de drenagem profunda na Avenida São Marçal, no bairro do João Paulo, próximo ao supermercado Mix Mateus. O local é um ponto crítico de alagamento no período chuvoso.
“Entendemos ser esta uma prioridade neste momento, a fim de evitarmos transtornos aos moradores e comerciantes da região. Em paralelo, estamos avançando com o nosso Plano de Contingência, no sentido de minimizarmos ou até mesmo evitarmos ocorrências nas chamadas áreas de risco neste período”, destacou o prefeito Edivaldo.

O secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, acompanhou os trabalhos e enfatizou a importância da obra para os moradores e o comércio em geral da região. “O prefeito Edivaldo está levando dignidade e cidadania aos moradores e comerciantes do João Paulo, que sofriam há décadas com os transtornos ocasionados pelos recorrentes alagamentos devido à ausência de drenagem”, lembrou.

No local a rede antiga de drenagem foi substituída por uma de vazão maior. O serviço foi realizado em três etapas. A primeira, executada no ano passado, consistiu na instalação de 20 metros de rede de tubulação de concreto, interligando a galeria ao canal do Coroado.

Na semana passada, a Prefeitura deu prosseguimento à obra com a desobstrução de bueiro situado no cruzamento da via com a Rua Frei Caneca. A etapa realizada no último sábado iniciou por volta de 14h e se prolongou até o início da manhã de domingo (25). As duas pistas da avenida precisaram ser interditas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), para execução do serviço.
Além dos tubos de concreto, com diâmetro de 600 milímetros, o sistema de drenagem desse trecho da Avenida São Marçal foi ampliado ainda com a construção de mais uma caixa para captação de águas pluviais, com 1,5 metros quadrados e tampa de trilho, situada na lateral de uma das pistas.
Canaletas

Ainda como parte das ações para prevenção de alagamentos na Avenida São Marçal, a Semosp construiu cerca de 10 metros de canaletas de concretos no Cruzamento da avenida com a Rua Nossa Senhora das Graças, corrigindo outro problema histórico de alagamento no bairro.

Antes da instalação dos blocos de concreto para construção do sistema de drenagem superficial, a água acumulada na pista foi drenada e a lama que tanto incomodava os moradores foi retirada com a ajuda de uma escavadeira hidráulica.

A correção da pavimentação danificada pela água empossada foi feita em duas etapas. A primeira consistiu na colocação de uma camada de brita. Finalizando o processo, foi feita a aplicação do asfalto, sendo 20 toneladas ao todo.

“Olhar essa obra sendo feito é um alívio. Quando começava a chover, a água invadia aqui no posto e a gente procurava subir em cadeiras até secar. Fazia onda. Situação muito crítica”. Telmira Aguiar Pires. Frentista.

“Estou torcendo para essa obra resolva mesmo o problema. Moro aqui há 30 anos e todo inverno a situação se repetia. Nem precisa chover forte para alagar. Entrava água nas lojas, ônibus passava e molhava pedestres”. Maira Xavier. Frentista

“Agora apareceu um prefeito para fazer o serviço bem feito. Antes, era tudo mal feito e a gente sofrendo com a lama e mau-cheiro, além de buracos quando a água secava.” Célida da Piedade (62), aposentada.
Fonte: Secom São Luís

sem comentário »

TJDMA já condenou 45 prefeitos e ex-prefeitos em 3 anos

0comentário

tjma_0
O Tribunal de Justiça Maranhão (TJMA) ja condenou quarenta e cinco prefeitos e ex-prefeitos, entre os anos de 2012 e 2014, por envolvimento em algum tipo de crime no exercício do cargo.

As penas aplicadas incluem cassação de mandato, bloqueio de repasses estaduais e federais; detenção em regime aberto, convertida em prestação de serviços à comunidade; afastamento; pagamento de multa de cinco vezes o valor da remuneração; e a inabilitação ao exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos.

Entre os crimes que levaram os prefeitos e ex-prefeitos à condenação constam atraso ou fraude na prestação de contas, lesão ao erário público, desvio de verbas, falsidade ideológica, contratação de servidores sem concurso, fraude em licitações, falta de comprovação de aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), má aplicação dos recursos do FUNDEB, fragmentação de despesas e dispensa irregular de licitações.

Pelo levantamento do TJMA, foram condenados, em 2012, os prefeitos Raimundo Galdino Leite (São João do Paraíso), Mercial Lima de Arruda (Grajaú), João Batista Freitas (São Vicente Férrer), Agamenon Lima Milhomem (Peritoró), Lenoílson Passos da Silva (Pedreiras), Antonio Marcos de Oliveira (Buriticupu), Lourêncio de Moraes (Governador Edison Lobão), Rivalmar Luís Gonçalves Moraes (Viana), Cleomaltina Moreira (Anapurus), Socorro Waquim (Timon), José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire), Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin (Barra do Corda), João Alberto Martins Silva (Carolina), José Francisco dos Santos (Capinzal do Norte) e Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia).

Na lista constam ainda os ex-prefeitos Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII), José Reinaldo Calvet (Bacabeira), Francisco Rodrigues de Sousa (Timon) e Jomar Fernandes (Imperatriz), além de Glorismar Rosa Venâncio, a Bia Venâncio (Paço do Lumiar) e Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió), que foram cassados por improbidade administrativa.

A relação de gestores e ex-gestores que sofreram condenação, em 2013 é formada por Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió), Deusdedith Sampaio (Açailândia), Ademar Alves de Oliveira (Olho D’água das Cunhãs), José Vieira (Bacabal), Francisco Rodrigues de Sousa, o “Chico Leitoa” (Timon), Cláudio Vale de Arruda (Formosa de Serra Negra), Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia), Maria José Gama Alhadef (Penalva), Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII) e Francisco das Chagas Bezerra Rodrigues (Riachão).

Os condenados em 2014 são Atenir Ribeiro Marques (Alto Alegre do Pindaré), Marcos Robert Silva Costa (Matinha), Antonio Reinaldo Sousa (Passagem Franca), Raimundo Nonato Borba Sales (Cantanhede), Jomar Fernandes (Imperatriz), Manoel Albino Lopes (Altamira do Maranhão), Nerias Teixeira de Sousa (São Pedro da Água Branca), José Miranda Almeida (Brejo de Areia), Alcir Mendonça da Silva (Zé Doca), Adail Albuquerque de Sousa (Montes Altos), Glorismar Rosa Venâncio (Paço do Lumiar), Antonio de Castro Nogueira (São Domingos do Maranhão), Aluísio Holanda Lima (Olho D´Água das Cunhãs) e Francisco Alves de Holanda (João Lisboa).

Fonte: Tribunal de Justiça do Maranhão

sem comentário »

Pacote de maldades de Flávio Dino atinge o futebol

7comentários

Flávio-Dino1
O pacote de maldades do governador Flávio Dino parece não ter fim. O novo secretário de Estado de Desportos e Lazer, Márcio Jardim (PT), afastou o Sampaio Corrêa e a Federação Maranhense de Futebol (FMF) da administração dos jogos no Castelão. Por ordem de Jardim, o controle das partidas voltará às mãos da Sedel, o que privará o Tricolor e o futebol do Maranhão de uma importante fonte de receita.

Se não bastasse, o governo da “mudança” não ajudar em nada o futebol maranhense, a medida, com certeza, causará prejuízo ao futebol profissional do estado, em especial ao Tricolor, que contava com o faturamento obtido com a venda de ingressos, de cerveja, comida, publicidade e outras receitas para manter o bom desempenho que apresentou nos últimos anos nas competições que disputou, com destaque para o título do Campeonato Brasileiro da Série D, em 2012, e o vice da Série C, em 2013.

Sem o dinheiro da venda de ingressos, o Sampaio perderá a capacidade de investir na contratação de um bom time para as competições que disputará na atual temporada, entre elas o Campeonato Maranhense, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série B e ainda terá que pagar para jogar no local. A FMF tinha direito a 10% da renda das partidas e também sairá perdendo.

Pelo contrato firmado com a Sedel, o Sampaio também estava autorizado a explorar comercialmente a mídia no placar eletrônico e as placas de publicidade ao redor do campo. Essa receita será extinta, assim como a gerada pelo contrato firmado com a marca de cerveja Proibida, que rendia R$ 12 mil por mês à Bolívia Querida. Uma boa noticia para os donos de bares, que tinham prejuízo com a venda da cerveja, e para os torcedores, que não suportavam mais aquele “mijo de vaca” que chamam de Proibida. Entretanto, uma fonte de arrecadação a menos para o Tricolor.

A nova filosofia colocada em prática no futebol maranhense, com estímulo ao profissionalismo das relações comerciais, vinha dando resultados expressivos dentro de campo. Agora, corre-se o risco de um retrocesso.

Mais uma mudança para pior promovida pelo novo governo.

7 comentários »

Prefeitura de São Luís inicia amanhã as inscrições para o Projovem

0comentário

visãoA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e em parceria com o governo federal, inicia nesta quarta-feira (21) as matrículas para Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano. As inscrições podem ser efetivadas até o dia 23 de fevereiro em 12 Unidades de Educação Básica da Prefeitura de São Luís. Neste ano, a parceria entre os governos federal e municipal garantiu 2100 vagas para jovens de 18 a 29 anos que são alfabetizados e não concluíram o Ensino Fundamental.

O desenvovimento do Projovem Urbano em São Luís está associado à política de Educação Integral do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que prevê a elevação do nível de escolaridade aliada à qualificação profissional. “O Projovem Urbano é uma ferramenta eficaz de formação cidadã, que possibilita aos jovens abrir novas possibilidades profissionais e de vida. Por isso mesmo, é um programa que tem e terá toda a atenção do prefeito Edivaldo”, afirmou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.

O Projovem Urbano tem duração de 18 meses e, ao longo do período, oferece aos jovens a possibilidade de concluir o Ensino Fundamental e ainda um curso de iniciação profissional com certificação, aulas de informática e auxílio de R$ 100 por mês. O Programa também possibilita ao participante o desenvolvimento de ações comunitárias com efetivo exercício da cidadania.

Matrículas

Neste ano, as matrículas poderão ser feitas nas Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Roseno de Jesus Mendes (Vila Janaína), Tancredo Neves (Cidade Operária), Cidade Olímpica (Cidade Olímpica), Alberto Pinheiro (Centro), Monsenhor Frederico Chaves (São Francisco), Olinda Desterro (Vicente Fialho), Rubem Almeida (Coroadinho), Newton Neves (Vila Palmeira), Ministro Mário Andreazza (Liberdade), Rosália Freire (Vila Izabel), João de Souza Guimarães (Divinéia) e Luzenir Mata Roma (Cidade Operária).

Para efetivar a inscrição, o interessado deve apresentar original e cópia dos seguintes documentos: carteira de identidade, comprovante de residência e Histórico Escolar ou Declaração Escolar que informe último ano cursado pelo jovem. “Caso o interessado não possua histórico ou a declaração escolar, será realizado um teste de proficiência no ato da matrícula para efetivá-la”, explicou a coordenadora do Projovem Urbano em São Luís, Karla Santos.

Neste ano, o jovem poderá optar por um dos três arcos ocupacionais no ato da matrícula: Construção e Reparos II, Serviços Pessoais ou Telemática. O primeiro garante qualificação profissional para os interessados em se tornar eletricista de instalações, trabalhador da manutenção de edificações, instalador e reparador de linhas e aparelhos de telecomunicações, bem como instalador de sistemas de telecomunicações. Já os jovens que optarem por Serviços Pessoais serão qualificados para atuar como depilador, cabeleireiro, maquiador, manicure e pedicure. Já os jovens que optarem pelo arco ocupacional Telemática receberão qualificação profissional para atuar como helpdesk/ operador de microcomputador, assistente de vendas e telemarketing.

LOCAIS DE MATRÍCULA DO PROJOVEM URBANO COM ENDEREÇO COMPLETO:

1 – UEB. ROSENO DE JESUS MENDES:
Avenida José Ribamar de Oliveira, s/nº – Vila Janaína.

2- UEB TANCREDO NEVES:
Avenida Este, Unidade 201, nº 500 – Cidade Operária.

3 – UEB CIDADE OLÍMPICA:
Avenida 29 de Dezembro, Nº 50, Quadra 39, Bloco B – Cidade Olímpica.

4 – UEB ALBERTO PINHEIRO
Rua do Passeio s/nº – Centro (antigo prédio do Colégio Dom Bosco).

5 – UEB MONSENHOR FREDERICO CHAVES
Rua Presidente Dutra, nº 200, Sítio Campinas – São Francisco.

6 – UEB OLINDA DESTERRO
Avenida Brasil, nº 100 – Vicente Fialho.

7- UEB RUBEM ALMEIDA
Rua da Mangueira, nº 400 “B” – Coroadinho.

8 – UEB NEWTON NEVES
Avenida Principal, nº 100 – Vila Palmeira.

9 – UEB MINISTRO MÁRIO ANDREAZZA
Rua Correa de Araújo, nº 400 – Liberdade.

10 – UEB PROFA. ROSÁLIA FREIRE
Avenida dos Portugueses nº 1000 – Vila Izabel.

11 – UEB PROFESSOR JOÃO DE SOUZA GUIMARÃES
Avenida Argentina, nº 94 – Divinéia.

12 – UEB PROFESSOR LUZENIR MATA ROMA
Avenida Este Interna, Unidade 205, nº 100 – Cidade Operária

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

sem comentário »