A Federação Maranhense de Futebol (FMF) foi com sede de mais ao pote e se deu mal!

0comentário

A nossa Federação de Futebol mais uma vez aprontou das suas. Com o objetivo de fazer uma “caixinha”, a entidade inexplicavelmente subiu de R$ 12 mil para R$ 30 mil o valor do registro de times novos para que possam disputar o Campeonato Maranhense da Segunda Divisão. O reajuste assustou os clubes que pretendiam entrar na disputa e apenas quatro times jogarão a Série B maranhense: Moto, Chapadinha, Juventude e Santa Quitéria, que já tinham registro.

O pobre Codó, que perdeu o registro da equipe que já disputou o Estadual e pretendia entrar com outro nome, tentou juntar o dinheiro de tudo quanto foi lado, mas não conseguiu arrecadar vultosa soma de R$ 30 mil reais para poder participar da Série C. A tentativa frustrada do Codó, mostra que a FMF deu um tiro no pé ao aumentar o valor da taxa de inscrição, pois não arrecadou nada com a mudança.

Se um time de prefeitura não teve condições de investir R$ 30 mil reais para disputar a segunda Divisão Maranhense, como que as equipes de empresários cada vez mais populares no sul do Maranhão teriam condições? Quem perde com isso, são os atletas principalmente do interior que perdem uma oportunidade de serem observados e subirem na profissão.

A ganância dos dirigentes da FMF só ajudou ao Moto, que contrariando o Estatuto do Torcedor disputará a Série B maranhense no mesmo ano que foi rebaixado, pois jogará um torneiozinho com outros três times no qual sobem dois para a primeira divisão. Essa é apenas uma das razões que afasta o torcedor do Maranhão dos estádios.

sem comentário »

O Moto não está preparado para disputar o Campeonato Brasileiro da Série D

0comentário

Me espanta a forma como os dirigentes do Moto Clube vem conduzindo o time. Nem mesmo o constrangimento do rebaixamento para a Segunda Divisão maranhense serviu de alerta para a diretoria do Papão, que continua tratando o clube como se fosse um time amador. O rubro-negro estréia no Campeonato Brasileiro da Série D contra o São Raimundo (PA) no próximo domingo e sequer tem um time formado.

A maioria dos jogadores contratados pelo Moto ainda não teve seus contratos encaminhados a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que recebam condição de jogo. Pior é que o time ainda está em formação, pois o técnico Abel Ribeiro disse que aguarda a chegada de mais três reforços ainda esta semana para jogar contra o São Raimundo. Espero que um deles seja goleiro, pois a equipe só tem Flaubert para a posição e se ele se machucar algum jogador de linha terá que ir para gol. Que o torcedor e a diretoria do Moto não se iludam com a vitória por 4 x 0 sobre a inexperiente equipe do Maranhão formada por jogadores de categoria de base, pois esse jogo não é serve como parâmetro de nada.

Apesar do Moto está em um grupo tecnicamente fraco na Série D formado por: São Raimundo (PA), Cristal (AP) e Tocantins (TO), não sinto que a equipe maranhense irá longe na competição. A receita para o sucesso em Campeonato Brasileiro é capacidade e fôlego para investir e elenco em condições de suprir as necessidades que qualquer situação. Veja que o Papão não conseguem ter nem uma coisa e nem outra. O que mostra que seus dirigentes e torcedores deveriam se preocupar.

sem comentário »

Maranhão e JV Lideral vão “brincar” na Taça Cidade de São Luís

1comentário

Sem risco de rebaixamento, o Maranhão jogará a Taça Cidade apenas para fazer número. Com um time formado na sua maioria por jogadores das categorias de base e poucos reforços locais, a equipe do MAC é bem acanhada e promete dar muita dor de cabeça para o seu torcedor.

Os apaixonados e saudosistas podem dizer que o Maranhão sempre se deu bem em competições locais quando jogou com times formados nas categorias de base. Mas é bom lembrar que essa mesma garotada serviu de suporte para o MAC no Campeonato Maranhense e o time só melhorou depois que trouxe jogadores mais experientes do futebol cearense e piauiense.

Logo no primeiro teste, o amistoso contra o Moto que perdeu por 4 x 0, o time do Maranhão deixou claro que a garotada precisa de jogadores mais experientes para servirem como referência para eles dentro de campo. Do contrário, esse será apenas o primeiro dos muitos vexames que o MAC passará no restante da temporada de 2009.

Assim como o Maranhão, o JV Lideral que já tem vagas garantidas na Copa do Brasil de 2010 e Campeonato Brasileiro da Série D de 2010 por ter conquistado o Campeonato Maranhense também vai brincar na Taça Cidade de São Luís. E só vai disputar a competição porque foi coagido. Competição essa muito democrática, pois será disputada por times da Primeira e da Segunda divisões maranhense.

Acho que a Federação Maranhense de Futebol (FMF) deveria escolher melhor os times que disputam as competições “organizadas” pela entidade. Realizar disputas apenas para preencher calendário só afasta os torcedores dos estádios, pois ninguém é bobo de pagar ingresso para ver times brincando dentro de campo.

1 comentário »

O Sampaio não se planejou para disputar a Série C

4comentários

A derrota para o Rio Branco por 3 x 1 na Série C, a terceira em quatro jogos, mostra que a equipe do Sampaio está pagando pela falta de planejamento. Montar time durante a competição é um sinal claro que o Tricolor definitivamente não se preparou para disputar a Terceirona e que corre sério risco de rebaixamento.

No ano passado, o Sampaio passou pelo mesmo sufoco na Série C ao reforçar o time durante a disputa e por pouco não foi rebaixado para a Série D. Naquela ocasião, o presidente do Tricolor, Sérgio Frota, pagou pela sua falta de experiência como dirigente futebol ao fazer contratações equivocadas.

Este ano, esperava-se mais do Sampaio, mas o presidente Sérgio Frota mais uma vez comprou “gato por lebre” e fez uma série contratações inúteis. Só na lateral esquerda foram contratados três jogadores: Anderson, Almir e Raí, mas o titular é o volante improvisado de lateral-esquerdo, Tica. Para o ataque, que foi o “calcanhar de Aquiles” do Tricolor em 2008, foram contratados seis jogadores: Gabriel, Thiago Miracema, Tico Mineiro, Léo Guerreiro, Lindoval e Jacques, mas os dois gols marcados por atacante do time na Série C foram feitos por Célio Codó, que já estava na equipe.

Por ter vencido com facilidade o primeiro turno do Campeonato Maranhense, o presidente Sérgio Frota acreditou que o time estava pronto para a Série C, mas a perda do titulo para o JV Lideral ligou o sinal de alerta e que se não reforçasse o time ele será rebaixado. Agora, para os sampaínos resta apenas torcer para que as contratações provoquem efeito positivo e o Sampaio reaja na disputa e que pelo menos permaneça na Terceira Divisão.

4 comentários »

Artilheiro do Campeonato Maranhense encontra o Imperador

0comentário

Mal chegou a Cidade Maravilhosa para jogar no Duque de Caxias, o atacante Valdanes, artilheiro do Campeonato Maranhense com 12 gols, teve a “sorte” de encontrar a estrela do Flamengo, Adriano, o Imperador. Os dois almoçaram em um restaurante no bairro da Barra da Tijuca e conversaram bastante sobre futebol.

Durante o encontro, Valdanes disse que o Imperador lhe deu conselhos profissionais. Porém, acho que o Imperador no momento é a pessoa menos apropriada para aconselhar a carreira de alguém. Este ano, Adriano trocou um contrato milionário com a Inter de Milão no qual recebia 8 milhões de euros por mês para ganhar 200 mil reais no Flamengo, se receber. Além do mais, o atacante do Mengo costuma faltar a treinamentos e constantemente freqüenta festas regadas a muita bebida alcoólica e mulheres fruta, no Morro onde morou antes da fama.

O Valdanes é um garoto extremamente talentoso e de um futuro muito promissor e fico preocupado ao saber que ele vem se relacionando com atletas com o currículo do Imperador, pois já vimos muitos talentos maranhense se perderem por falta de orientação.

sem comentário »

Santo de Casa Faz Milagre!

1comentário

Em uma terra que não costuma valorizar seus talentos, principalmente, no futebol. Agora não apenas os jogadores estão provando que a prata da casa tem qualidade como os técnicos de futebol. O treinador Sandow Feques, o mesmo que foi preterido pelos times grandes da São Luís, mostrou seu talento ao conquistar o Campeonato Maranhense de 2009 com o modesto JV Lideral, agora tem uma proposta para dirigir a equipe do Gais, da Suécia.

Essa mesma equipe do Gais já levou o artilheiro e o vice-artilheiro do Estadual, o meia Romarinho com 13 gols e o atacante Toninho, respectivamente, também ambos do JV Lideral e agora quer o técnico. Se Sandow vai ou não vai para a Suécia é algo que só importa a ele, mas o fato de um time da Europa valorizar um treinador local merece destaque, pois as equipes grandes daqui Sampaio e Moto não deram a mínima atenção para ele.

Acho que já passou da hora dos dirigentes dos clubes maranhenses começarem a valorizar os talentos da terra das palmeiras onde cantam os sabiás e deixarem de lado esse xenofobismo às avessas para o bem do futebol daqui, que agoniza há anos.

1 comentário »