Sampaio passa com louvor em teste na Baixada!

0comentário

O novo time do Sampaio foi muito bem nos dois primeiros dois jogos que fez na temporada: empatou com a seleção de Bequimão por 0 x 0 em um gramado em péssimas condições e venceu de goleada o Atlético de Pinheiro por 5 x 1. Ainda é cedo para dizer que a equipe está pronta para a Copa do Brasil, mas começar uma preparação vencendo é importante.

Os dois bons resultados do Sampaio nos dois amistosos foi possível por haver continuidade no clube, pois a diretoria conservou a comissão técnica e a base do time venceu a Taça Cidade de São Luís. Embora ache que a Tricolor precisa de mais três jogadores para completar o elenco, o atual grupo tem total condição de passar para a segunda fase da Copa do Brasil e Copa União.

Infelizmente, apenas Sampaio, JV Lideral e Iape deram continuidade aos trabalhos e por isso, na minha opinião serão os times que brigarão pelo titulo da Copa União. Já o grupo formado pelas equipes desorganizadas: Moto, Maranhão, Bacabal, Nacional e Imperatriz, brigarão apenas para não ficarem entre os últimos da disputa e não serem rebaixadas.

Por coincidência o grupo dos times organizados foi o primeiro a começar os trabalhos enquanto o dos desorganizados ainda está formando seus elencos e muitos ainda nem começaram a treinar. Culpa pela desorganização destes times é da Federação Maranhense de Futebol (FMF), que inverteu o calendário de disputas e colocou o Estadual no segundo semestre.

Pela sua organização, o Sampaio é hoje uma das principais forças do futebol maranhense e pela sua torcida e tradição é atualmente a melhor equipe do Maranhão e que na temporada de 2010 brigará por títulos.

sem comentário »

Moto Clube ou São José de Ribamar?

3comentários

Estive na apresentação do time do Moto Clube, mas pensei que estava na do São José de Ribamar, pois dos 21 jogadores (apenas 17 apresentados) nada menos que 10 deles já jogaram no Peixe-pedra. De novidade não teve nada, porque todos atletas contratados passaram pelo futebol maranhense e jogaram até no próprio Papão.

Confesso que fiquei decepcionado com a apresentação do “novo” elenco do Moto, pois não sequer uma cara nova. A diretoria do clube fez tanto mistério por nada, pois os jogadores que ali estavam na sua maioria eram atletas do próprio clube ou jogadores do São José que não despertaram interesse de nenhum outro clube.

Já o nível técnico do grupo é na teoria ainda mais baixo que o do ano passado que tantas decepções deu ao torcedor. Discordo da diretoria que disse ter montado um time para vencer a Copa União, pois com esse elenco o Papão só não vai ser rebaixado, porque o regulamento da competição e a FMF não deixa.

3 comentários »

Confusão no Tribunal de Justiça Desportivo…

0comentário

O final de mandato de do presidente do Tribunal de Justiça Desportivo do Maranhão (TJD-MA), Ribamar Marques, está virando uma verdadeira guerra. Após tomar conhecimento de uma assembléia extraordinária convocada por um grupo de auditores, o presidente atacou e disse que estão tento tirá-lo do cargo a força.

O clima esquentou quando o presidente Ribamar Marques disse que “eles querem colocar o Moto logo na Primeira Divisão reformando a decisão da Comissão Disciplinar. Por isso me consideram um obstáculo para a manobre que desejam e querem me tirar do Tribunal”, disse.

Um dos auditores do TJD-MA que solicitou a assembléia extraordinária, Petrônio Alves, insinuou que o presidente Ribamar Marques não gosta de trabalhar no Tribunal. “Ele leva toda papelada para trabalhar em seu escritório. Não queremos que ele saia, mas que trabalhe”, alfinetou.

Não sei onde essa confusão vai parar, mas espero até para a manutenção da ordem e da instituição que os membros do TJD-MA cheguem a um entendimento e que a justiça prevaleça na casa.

sem comentário »

O Moto será ainda pior em 2010!

3comentários

A diretoria do Moto prometeu um time diferente em 2009. Realmente a equipe será distinta a anterior, porém, mais fraca. Com um grupo formado com refugo, com toda certeza o Papão de 2010 dará muita decepção ao torcedor. Os dirigentes do clube não se entendem e vivem em conflito. Para piorar a situação, os diretores não tem dinheiro para tocar a equipe e esperam a ajuda de torcedores e empresários.

Até admiro a boa vontade e o esforço de Arimateia Viegas e Biné Borges, mas ambos não tem dinheiro para bancar o time no início da temporada. Nessa época do ano, sem verba de patrocínio e renda de jogos, os dirigentes são obrigados a meter a mão no bolso para sustentar a equipe. Se não fosse pela ajuda do Conselho Deliberativo que adiantou uma importante quantia em dinheiro a diretoria do Moto, o clube não teria como contratar os jogadores que estavam apalavrados.

Aliás, por causa da crise financeira o Moto perdeu vários jogadores que pretendia contratar para outros clubes e por medo de calote, a maioria dos atletas pediu um mês de adiantamento para assinar contrato com a equipe.

Pior são as ações que os torcedores e os dirigentes estão fazendo para arrecadar fundos e comida para colocar o time profissional. A primeira foi um jogo de estrelas decadentes, que só tinha três atletas de famosos: Kleber Pereira, Márcio Araújo e Leo Silva. Nessa partida foram arrecadados cerca de 400 Kg de alimentos, só espero que não paguem os jogadores com arroz e feijão. Agora, estão promovendo um pagode no qual tudo arrecadado com a venda de comida e bebida será destinado ao pagamento dos atletas.

O que os dirigentes estão esquecendo é do dia-dia de um clube, as concentrações e as despesas de viagem com deslocamento e hospedagem, que custam muito mais que a folha de pagamento e são despesas que não tem um valor fixo. Quando estas despesas surgirem quem pagará? O meu temor é que todas estas despesas virem uma bola de neve e o time não tenha como jogar todas as partidas da Copa União.

3 comentários »

Time do Sampaio é inferior ao do ano passado!

0comentário

Observei o primeiro treino coletivo do Sampaio e posso afirmar que o atual time não é melhor que o do ano passado. O sistema defensivo continua “bom”, mas o meio de campo e o ataque ainda precisam ser reforçados com urgência para a Copa do Brasil. Para uma competição local como a Copa União, a equipe do Tricolor “dá para o gasto”, mas para uma disputa nacional será complicado.

O que falta ao Sampaio é um meia de criação habilidoso e canhoto, um verdadeiro camisa 10. O Kléo é um “bom” jogador de meio de campo, porém, é muito inconstante, pois tem partidas em que é genial e outras que passa despercebido. O Zé Augusto também é outro “bom” maia, mas as constantes lesões o transformam em um mistério, pois ninguém sabe se ele jogará como em 2002.

No ataque, o Sampaio não tem um homem de referência como o Tico Mineiro em 2009 e acho também poderá ter problemas nesse setor. O jogar de frente que o Tricolor contratou, Bruno Ítalo, é muito jovem e figura como uma promessa. O ideal seria trazer um jogador mais experiente para a função.

O Sampaio estreará na Copa do Brasil sem sequer ter feito uma partida oficial na temporada e jogo amistoso contra seleção de interior na é a mesma coisa de jogar contra um time profissional. O adversário do Tricolor na Copa, o São Domingo (SE) quando fizer a sua estréia já terá disputado cinco jogos do Campeonato Sergipano.

Se o Sampaio realmente tem interesse em passar da primeira fase da Copa do Brasil precisa se reforçar, pois para compensar a falta de ritmo de jogo é preciso melhorar a qualidade do grupo.

sem comentário »

Dos 27 campeonatos estaduais, o Maranhense é o único que começará depois da Copa do Mundo

0comentário

O portal Globo Esporte destacou que o Campeonato Maranhense será o único estadual que será realizado no segundo semestre de 2010. Por causa da Federação Maranhense de Futebol (FMF), o futebol local mais uma vez foi exposto. Com intenção clara de proteger o Moto, a entidade que dirige o futebol além de colocar o time de forma ilegal na Série B de 2009 ainda inverteu o calendário de competições deixando o Campeonato Maranhense fora de sintonia com o restante do país.

Assim como no caso da inclusão do Moto na Série B no mesmo ano que caiu, os dirigentes da FMF se defendem dizendo que não há nada de ilegal em colar o Estadual no segundo semestre, mas há no mínimo algo de errado ou anormal.

A mudança atrapalha diretamente as equipes que estão na Copa do Brasil: Sampaio e JV Lideral, que serão obrigados a estrear na disputa sem sequer ter feito um jogo oficial na temporada.

A Copa União deveria ser um paliativo para não deixar os times que não estão no Campeonato Brasileiro muito tempo parados, mas acabou tornando-se a competição mais importante do calendário local.

Os atletas também são prejudicados, pois perdem a oportunidade de usar o Estadual como uma vitrine para alcançar um time grande no Brasileiro.

O Globo Esporte destacou: “Dos 27 estaduais desta temporada, 16 têm o pontapé inicial no mês de janeiro, quatro começam em fevereiro, cinco em março, e uma competição já teve a primeira fase disputada no ano passado: o Campeonato Paraense, onde os clubes de maior tradição só entram a partir da segunda fase. Apenas no Maranhão, por causa da polêmica da partida entre Chapadinha e Viana, que ainda está nos tribunais, a competição está programada para o segundo semestre. Por ora, as 11 equipes maranhenses disputam a recém-criada Copa União, que vale vaga para a Copa do Brasil de 2011”. Eles só se equivocaram no númerod e participantes, pois com a saída do São José de Ribamar, a competição terá 10 participantes.

Esse tipo de artimanha só afasta o torcedor dos estádios, pois o mesmo não vê transparência e profissionalismo nas disputas. A torcida sente-se enganada, pois enquanto todos os demais Estados da Federação já conhecem seus campeões, o campeonato daqui sequer começou.

sem comentário »

COELHO NETTO DEIXARÁ SAUDADES NO JORNALISMO MARANHENSE!

0comentário

A imprensa maranhense perdeu um dos seus principais representantes com o falecimento do jornalista Coelho Netto. O professor Coelho, como era carinhosamente chamado por nós alunos dele, foi responsável pela formação de centenas de profissionais de Televisão nas décadas de 80 e 90. Quando em atividade, revolucionou a forma de fazer telejornalismo no Maranhão.

Tive a honra e o privilégio de trabalhar ao lado de Coelho Netto e com ele aprendi muito. Na verdade, o professor foi quem me lançou no telejornalismo. Ainda me lembro do nosso primeiro encontro na TV Difusora quando me contratou como estagiário e pouco tempo depois me promoveu a repórter. Dono de uma serenidade e um bom humor que conquista a todos, sempre me dava conselhos que me serve de orientação profissional até hoje.

Sempre dedicado ao jornalismo, Coelho Netto era um profissional diferenciado. O professor era o melhor redator de editorias para TV e um grande apresentador de telejornal. Apesar de ter concentrado grande parte de sua carreira ao telejornalismo, ele também dominava outros veículos como jornal, revista e rádio. Ultimamente, o mestre dedicava seu tempo no Congresso de Jornalistas e Radialistas do Maranhão, que realizava todos os anos em São Luís. O evento por ele produzido era uma excelente ocasião para troca de experiência entre profissionais para o aperfeiçoamento da profissão e para a homenagem de profissionais locais.

O professor Coelho Netto com toda certeza deixará saudades em discípulos formados por ele, como eu, e nas pessoas que apreciavam um bom jornalismo. Vá em paz professor e fique com Deus.

sem comentário »

A JUSTIÇA DESPORTIVA MARANHENSE É CEGA E PARALÍTICA

0comentário

Não gosto muito de falar sobre a área jurídica, mas por se tratar de um assunto do futebol local é bom destacar; que o “Moto Club” está comunicando a Federação Maranhense de Futebol (FMF) o fim do mandato do presidente do Tribunal de Justiça Desportivo (TJD), Ribamar Marques. A questão a ser destacada aqui não é se mandato de fato acabou ou não, mas a quem interessa a saída de Marques do TJD.

Engana-se quem pensa que o principal interessado pela saída de Marques é o advogado do Moto, Willians Dourado, autor do comunicado. Embora, Marques tenha arquivado o recurso do Moto, contra o resultado do julgamento da Segunda Comissão Disciplinar que decidiu desconsiderar a participação do clube na 2ª divisão Maranhense de 2009, porque o documento deveria ter sido ao TJD e não à Segunda Comissão Disciplinar, o advogado não interesse pessoal em sua saída.

Pelas declarações de Marques:“O Tribunal sempre agiu, agora os resultados dos julgamentos você sabe que são feitos de acordo com a vontade do presidente da Federação”, o principal interessado em sua saída do TJD é o próprio presidente da FMF, Alberto Ferreira, que não aceita ser contrariado.

A briga entre os dois: Ribamar Marques x Alberto Ferreira está sendo boa para o futebol, pois o presidente da FMF passou a ter alguém para patrulhar suas ações no comando da entidade que dirige por cerca de 20 anos.

Porém, se o mandato de Marques chegou ao final, o auditor decano Hugo Napoleão deverá assumir a presidência, realizar a eleição e posse dos novos presidente e vice-presidente do TJD para o biênio 2010 e 2011. E torcermos para que assuma um presidente independente e a justiça desportiva maranhense deixe de ser cega e paralítica.

sem comentário »

Sampaio cada vez mais organizado em um futebol totalmente bagunçado!

0comentário

Os jogadores do Sampaio Corrêa se reapresentaram na manhã desta segunda-feira, no Parque José Carlos Macieira. Antes de subirem ao campo, os atletas tiveram uma conversa com o presidente em exercício do clube, Nilson Garcia, que expôs as metas do Tricolor.

Logo de cara dá para ver que o Sampaio está cada vez mais organizado. Com praticamente todos os jogadores contratados se apresentando e com a definição de metas a cumprir. O vice-presidente Nilson Garcia anunciou que a primeira meta será passar para a segunda fase da Copa do Brasil, que não será nenhuma missão impossível, pois o Tricolor enfrentará o inexpressivo São Domingos (SE). A diretoria dará 20% da premiação da Confederação Brasileira de Futebol por classificação por fase, que ser cerca de R$ 20 mil, para os atletas se cumprirem o objetivo inicial.

Com relação à equipe, o que me preocupa é que dos 37 jogadores contratados não há nenhum lateral-esquerdo de oficio. Porém, acho que esse não é o grupo definitivo da temporada e alguns atletas podem ser dispensados e outros devem vir, que é normal em um time de futebol.

O quer me deixa realmente preocupado é a bagunça do futebol maranhense. Com o objetivo de proteger o Moto e outros clubes apadrinhados, a Federação Maranhense de Futebol adiou o início da temporada para depois do Carnaval. Por causa do adiamento da Copa União, Sampaio e JV Lideral estrearão na Copa do Brasil sem sequer ter jogado uma partida oficial como aconteceu em 2009.

Sampaio, JV Lideral e Iape, que já começaram suas atividades não podem ser prejudicados pela inoperância do Moto, Maranhão entre outros, que se quer confirmaram presença na Copa União. Como diz o ditado popular “quem não tem competência não se estabelece”, isto é, se os dirigentes dos outros clubes não tem como colocar seus clubes em atividade não é justo punir os que podem.

Culpa da Federação Maranhense de Futebol, que tem que parar de atrapalhar os clubes daqui para que o nosso futebol saia do buraco. É só lembrar o que fizeram com o Moto. Botaram o time para disputar de forma ilegal a Série B no mesmo ano que caiu e o papão além de não conseguir a vaga provocou uma das piores vergonhas do futebol mundial, Viana 11 x 0 Chapadinha.

Não satisfeito, o presidente da FMF, Alberto Ferreira, inventou uma Copa União e inverteu o calendário de competições para que o Moto rebaixado não ficar parado no primeiro semestre, mas a diretoria do Papão ainda não confirmou presença na disputa por falta de dinheiro.

De nada adianta os clubes se organizarem se ainda somos obrigados a conviver com “velhos” dirigentes da FMF. É como ter duas pessoas remando em um barco em direções opostas. O Maranhão voltará a elite quando Alberto Ferreira deixar o futebol.

sem comentário »