Declaração de amor incondicional ou simplesmente

8comentários

Bilhetinho para Laila H.

Minha pequenina, redonda e brilhante pérola da ostra dançante de Ariel;

Minha delicada, saltitante, estabanada e bambinica gazela;

Minha jovem Nala, felina manhosa, que se enroscava em mim enquanto dormia;

Minha papa-légua veloz e fugidia;

Minha ursinha, ora Puf, ora Matraca Trica. Colimérica, unhuda e aparentemente braba;

Minha menininha do chapeuzinho cor-de-rosa que nunca teve medo de lobo mau;

Minha Dumbinha, doce e voadora;

Minha centaura aventureira, apaixonada e sonhadora;

Minha escultura grega, branca como algodão;

Minha instalação interrompida… Desobediente e inquieta como eu;

Minha louca… Madalena, Rodó, Camille C., Silvia P., Clarisse L….

Meu poema concreto feito de luz e som; (Tem certas coisas que eu não sei dizer…)

Meu melhor pedaço de mim em forma de mulher;

Meu foco e meu eco;

Meu longa-metragem baseado em fatos reais e oníricos;

Chamar-te assim, invocando os personagens de tua infância me faz sentir que mais uma vez você é a minha menina, pequenininha, ainda em meu colo, aprendendo a falar o nome das coisas, as cores…

Chamar-te por metáforas que nos unem e nos esclarecem…

Chamar-te assim só pra poder ficar mais doce e dizer que te amo muito, sem querer parecer um bobo e assumindo desde logo que o sou, e com muita satisfação, dizer que sinto o maior orgulho de você por tudo que você é e por sua forma de ser.

Essa semana você me deixou muito feliz e orgulhoso quando liguei para sua casa, pra falar com você e me disseram que você havia acordado cedinho e saído para trabalhar. Você já havia me dito, mas a ficha não havia caído! Só caiu naquele dia. Fiquei radiante. Você, sem a interferência de ninguém, quer dizer, sem a minha interferência, arrumou um emprego numa agencia de propaganda. Vi seu avô em você nessa hora. Arregaçando as mangas, enfrentando a vida e vencendo, matando um leão por dia.

Estou muito feliz, de uma maneira que nunca estive. É uma sensação maravilhosa e nova, essa a de saber que você consegue se virar sozinha, que já sabe quebrar os ovos e fazer a sua própria omelete.

Não tenho mais nada pra te dizer, a não ser que eu te amo muito! E que por tua causa amaldiçoou diariamente Abrão e blasfemo. Graças a Deus!

J.H.

8 comentários para "Declaração de amor incondicional ou simplesmente"


  1. SARAI

    Por que amaldiçoas Abrão todos os dias e blasfemas? Por que amaldiçoas, blasfemas e dás graças, a Deus? Por que encerrar o teu bilhetinho a Laila H. com Abrão? E foi justamente esse H que me levou de volta ao genes do gênesis.
    Abrão (e Abraão) era apenas um tolo que nunca pensava. Ao se casar com Sarai, a quem se referia como “minha irmã e filha de meu pai”, vivia atormentado pela falta de um varão, levando Sarai a oferecer sua escrava Agar de quem nasce Ismael.
    Tempos depois três anjos são precisos para anunciar a Abrão que Sarai vai ser mãe de Isaque. E assim Abrão passa a se chamar Abraão e Sarai de Sara, pois a promessa do nascimento do filho havia se concretizado. Com Ismael e Isaque Abrão ganhou um A e Sara perdeu o I.
    Mas, Sara, sem o I, começou a ter problemas com Agar, que passou a se achar mais importante. Ismael é enviado para o sul, junto com Agar e não demora muito Abraão, pega Isaque, escondido de Sara, leva-o para longe, tal qual na história de Caim e Abel, pega uma faca para matá-lo e é preciso que mais um anjo seja posto em serviço para evitar que Isaque seja morto pelo pai.
    Conta a bíblia que Abraão estava pronto para matar o filho para provar seu amor a Deus. Por não pensar Abraão iria fazer justamente o oposto, pois só provaria seu amor a Deus se fosse capaz de amar ao filho ao ponto de defendê-lo, de lutar por ele, pela vida do filho, em qualquer circunstância, pois é assim que Deus ama e luta, nunca desistindo de nenhum dos seus filhos.
    Conta o Livro dos Jubileus, que é uma obra apócrifa, no capítulo 17, que foi o diabo que teria pedido a Deus que Abraão fosse testado em relação ao filho.
    Com tanto pai e/ou mãe matando os filhos ou largando-os por conta do acaso acho que até o exército angélico foi imolado em nome da fé cega, que se opõe totalmente ao que Deus é. Ou seria Deus cego, louco e irracional?
    Nietzsche disse que só podia acreditar num Deus que soubesse dançar… Eu só posso acreditar num Deus que não seja cego, louco e irracional, pois eu criatura fui criada à imagem e semelhança. Com olhos para ver e mente para pensar racionalmente.
    Não é blasfêmia amaldiçoar a burrice. Graças, a Deus! Blasfêmia é aplaudir e alimentar a burrice, vivendo sem graça e em desgraças.
    Histórias são para serem entendidas, para não mais serem repetidas. Essa é a função da história.

  2. alberto bastos cantanhede

    muito culta essa sarai, muito profunda, mas me parece ser uma pessoa bem insensivel e nao notou o tanto de amor e carinho que tem no inicio deste bilhete, nao viu a forma carinhosa e pessoal que o autor usa para chamar a pessoa a quem se destina a mensagem.

  3. paula

    Cara, que coisa mais linda! Queria que alguém fizesse algo assim pra mim…

  4. leitor

    Você deve ser alguém do bem ( não exclui você poder ser também um pouco do mal, etc…) já dizia um professor de filosofia que tive: desconfiem de quem se diz totalmente do bem ou totalmente do mal, ninguém é tudo isso…. com certeza porque uma declaração de amor de um pai para uma filha assim tão humana, lúdica e cheia de lembranças é mais que uma declaração de amor à filha, parece também uma prova de amor à vida.

  5. jorge gobel

    Garotinho, garotinho, o tempo passa, nossos meninos crescem e começam a querer ser dono do próprio nariz. Isso a gente nunca aceita pois estamos sempre querendo meter o bedelho nas suas decisões. Lalá sempre se mostrou muito auto-suficiente e pessoas assim sabem sempre o que querem e quando querem. Ela com certeza vai se tornar uma grande profissional naquilo que ela escolheu seguir. E com mais certeza ainda, vai nos fazer sentir um grande orgulho. Parabens pelo texto e pela filha que tu tens. Voce merece tudo isso. Beijão.

  6. gustavo mamede

    Meu querido poeta,

    No momento em que li essa linda declaração de amor, lembrei exatamente das minhas 02(duas) pedras preciosas que Deus, nosso senhor me ofertou. (as duas são mulheres).

    Passo noites ao som das águas, imaginando o que poderei fazer para proteger, ensinar, ajudar, enfim, colocar em prática a minha função de anjo de guarda, responsabilidade tamanha que não sei se mereço.

    Nesse momento, sentindo as lágrimas caindo sob a minha face, após ter feito essa leitura, sinto-me preparado em dedicar-me até o final dos meus dias as minhas duas filhas.

    Eu amo vocês minhas filhas, sem limites….

    Deus abençõe a vc e sua família

    Gustavo Mamede
    Advogado

  7. Tati

    Joaquim, lendo um poema desse confesso que dah ateh vontade de ter filhos!!!
    Deve ser algo sublime mesmo!
    Adorei o verso “Meu melhor pedaço de mim em forma de mulher”
    Parabens pela inspiracao, pelo poema, pela arte e por Laila!
    Have a great day!

  8. Leitor

    O blog de sua filha está melhor que o seu nos últimos dias….

deixe seu comentário