História de um sonho

3comentários

Artigo publicado no domingo, 22/02/09, no Jornal O Estado do Maranhão

Lá pelos idos de 1985 eu estive nesta nossa cidade, em estreito contato com os amigos Ivan Sarney e Joaquim Haickel. Conversávamos sobre muitas coisas e, em especial, sobre cinema.

Joaquim via todos os filmes e falava com entusiasmo daqueles que mais gostava, citava nomes de diretores, muito deles que eu nem conhecia. Ivan, por sua vez, tinha feito alguns trabalhos na bitola do Super-8 e pelo que depreendi, só não foi em frente, até alcançar o 35 mm, por falta de estímulo, pois produzir um curta que seja é coisa complicada, envolve muita gente, os custos eram elevados.

Minha conversa com esses amigos tinha um objetivo: criarmos em São Luís, onde já havia o Festival Guarnicê de Cine – Vídeo, um Polo de Cinema. Na época havia festivais em Fortaleza, no Rio de Janeiro, em São Paulo, Curitiba e Gramado, no Rio Grande do Sul. Botar as mãos no “Kikito” (troféu gaúcho) era a glória para muitos realizadores.

O pólo cinematográfico funcionaria amparado pelas leis de incentivo e São Luís, já conhecida por aqui como terra de pintores e intelectuais, se tornaria ainda mais importante com seus cineastas em atividade.

O tempo passou, os festivais entraram em crise, junto com o cinema nacional, mas Joaquim Haickel seguiu cinéfilo e com muita garra para viabilizar suas invenções e vencer desafios.

Nessa época em que estivemos juntos Haickel marcava-se pela inquietação, extrema curiosidade e a mania de tudo querer renovar, virar pelo avesso, na condição de poeta rebelde e contista insatisfeito. Nunca desejou escrever conforme a cartilha oficial, sempre se inclinou pelas técnicas mais ousadas.

No conto “Pelo Ouvido”, número 12 da coletânea intitulada “A Ponte” (São Paulo, 1991) ele chega ao atrevimento de brincar com a lógica gramatical, debocha de pensamentos tidos e havidos como normais, aprofunda-se nessa coisa humana, porém misteriosa, que é a sensualidade, o desejo de um corpo pelo outro.

Os anos se passaram, o pólo de cinema não aconteceu, Haickel e Ivan transitaram e transitam pelos caminhos da política, sem deixar o que para eles é básico: o amor pela arte de escrever. Com isso Ivan colhe poesia e Haickel inebria-se com a sensualidade.

Seu conto “Pelo Ouvido”, o mais breve da coletânea, é aquele que nos leva ao universo da felicidade plena, essa coisa tão simples da mulher e do homem que têm afinidade e que se amam.

Em “São Luís – Uma Cidade no Tempo” Ivan compôs, através da junção de crônicas, um poema difícil de algum dia ser igualado. Com “A Ponte”, o poeta Joaquim Haickel (“O Quinto Cavalheiro”) firma-se na literatura como contista de grandes méritos e, agora, pelo que estou informado, como diretor cinematográfico premiado, inclusive no exterior.

Curiosamente, sua obra no cinema tem o mesmo título do Conto número 12. E pelo que consta na sinopse do curta, imagino que foi a partir dessa história (década de 90), que saiu o roteiro para a produção que vem fazendo sucesso e mostrando que Haickel é maranhense de múltiplos talentos!

Se o pólo de cinema, sobre o qual tanto conversamos, não aconteceu é, para mim, motivo de alegria saber que Haickel é, hoje, além de poeta e ficcionista, um diretor premiado e tem tudo para ir em frente, pois seu curta-metragem, tema desta nossa crônica, funciona como verdadeiro teste para quem ingressa, com a cara e a coragem, no mundo mágico das imagens.

Falta que o prezado amigo Ivan Sarney siga pelo mesmo caminho, agora que as câmeras filmadoras operam milagres, o material sensível tem preço baixo. as casas exibidoras que não se modernizaram estão fechando as portas O cinema via TV democratizou-se, passou para dentro das casas, a imagem em alta definição é um sucesso!

José Louzeiro
Escritor, jornalista e membro da Academia Maranhense de Letras

3 comentários »

Ser Maranhense

10comentários

Enviado por um amigo 
 
Um resumo do que é ser maranhense:
maranhense no são joão não tem quadrilha – tem bumba-meu-boi
maranhense quando se espanta não fala: Noossa! Fala:Éééguuuaaas!
maranhense não vai pro reggae – vai pra radiola
maranhense não fala você – fala tu
maranhense não usa tiara – usa traca
maranhense não toma coca-cola- toma Guaraná Jesus
maranhense não chama atenção – é esparroso
não existe maranhense gay- existe maranhense qualira!
maranhense não é moleque -é piqueno
maranhense não tem filho – tem menino
maranhense não é convencido- só quer se amostrar
maranhense não fica com fome – fica brocado
maranhense não come – ranga
comida de maranhense não é jantar – é cumê
maranhense não fica com vergonha – fica encabulado
maranhense não vê nada estranho – vê algo cabuloso
maranhense não espia – maroca
maranhense não é chato – é ralado
maranhense não estraga a festa – azia
maranhense não é mão-de-vaca – é canhenga
maranhense não sente agonia – e sim arrilia
maranhense não é o próximo do futebol – é o desafiado
maranhense não é burro – é abestado
maranhense não bate- dále
maranhense não dá um murro – dá um bog
maranhense não fica intrigado = fica invocado
maranhense não é rápido – é zilado
maranhense não vai pra farra – vai pra bagaceira
maranhense não se apressa – cuida
maranhense não fala sim – fala uhum
maranhense não fala não – fala hum hum
maranhense não fala hã – fala huuum
maranhense não se fode- se lasca
maranhense não fica fudido – fica na roça
maranhense não imita – arremeda
maranhense não é feio – é uma mucura
maranhense não é dedo-duro – é inredão
maranhense não acha uma coisa muito legal – acha fudendo
maranhense não se manca – se toca
maranhense não quebra nada – escangalha
maranhense não é puta- é nigrinha
maranhense não é ruim – é fulero
maranhense não toma banho – banha
maranhense não fica quieto- se acomoda,ou se aquieta
maranhense não fica satisfeito – fica cheiinho
maranhense não toma açaí – toma jussara
maranhense não tem pasta – tem escarcela

10 comentários »

365 FILMES PRA NÃO PRECISAR DE PSICANALISE

11comentários

Nº FILMES

1 007 (SAGA)
2 21 GRAMAS
3 1492 – A CONQUISTA DO PARAISO
4 1900
5 2001, UMA ODISSEIA NO ESPAÇO
6 À ESPERA DE UM MILAGRE
7 A UM PASSO DA ETERNIDADE
8 ACONTECEU NAQUELA NOITE
9 ACORRENTADOS
10 ACOSSADO
11 ADEUS MENINOS
12 AGONIA E EXTASE
13 AI, INTELIGENCIA ARTIFICIAL
14 ALFIE, O SEDUTOR
15 ALGUEM TEM QUE CEDER
16 ALIEN, O OITAVO PASSAGEIRO
17 ALL THAT JAZZ, O SHOW DEVE CONTINUAR
18 AMADEUS
19 AMARCORD
20 AMARGO PESADELO
21 AMNÉSIA
22 AMOR ALÉM DA VIDA
23 ANASTACIA , A PRINCESA ESQUECIDA
24 ANATOMIA DE UM CRIME
25 APOCALIPSE NOW
26 APOLO 13, DO DESASTRE AO TRIUNFO
27 ASAS DO DESEJO
28 ASSASINOS POR NATUREZA
29 ASSASSINATO NO EXPRESSO ORIENTE
30 ASSIM ESTAVA ESCRITO
31 ATO DE CORAGEM, UM
32 ATRAÇÃO FATAL
33 ATTICA – A SOLUÇÃO FINAL
34 AVENTURAS DE ROBIN HOOD , AS
35 AVENTURAS DO BARÃO MUNCHAUSEN, AS
36 BABA QUASE PERFEITA, UMA
37 BAILE, O
38 BARRABAS
39 BEBÊ DE ROSEMARY , O
40 BELA DA TARDE , A
41 BEN-HUR
42 BERLIN AFAIR
43 BÍBLIA , A
44 BLADE RUNNER, O CAÇADOR DE ANDROIDES
45 BOLEIROS
46 BONS COMPANHEIROS , OS
47 BRAVURA INDOMITA
48 BRILHO ETERNO DE UMA MENTE SEM LEMBRANÇAS
49 BURACO DA AGULHA , O
50 BYE BYE BRASIL
51 CABRA MARCADO PARA MORRER
52 CÃES DE ALUGUEL
53 CALOR DA NOITE , NO
54 CAMILE CLAUDEL
55 CAMPEÃO , O
56 CAMPO DOS SONHOS, O
57 CANÇÃO DA VITORIA, A
58 CANGACEIRO , O
59 CANHÕES DE NAVARONE, OS
60 CANTANDO NA CHUVA
61 CARLOTA JOAQUINA – PRINCESA DO BRASIL
62 CARNE TRÊMULA
63 CARRIE, A ESTRANHA
64 CARRUAGENS DE FOGO
65 CARTEIRO E O POETA , O
66 CASABLANCA
67 CASAMENTO DE MARIA BRUN, O
68 CASO DOS IRMÃOS NAVES, O
69 CENTRAL DO BRASIL
70 CÉU PODE ESPERAR , O
71 CEU QUE NOS PROTEGE, O
72 CHAPLIN
73 CHINATOWN
74 CIDADÃO KANE
75 CIDADE DE DEUS
76 CINEMA PARADISO
77 CLOSER, PERTO DEMAIS
78 COCOON
79 COMO ÁGUA PARA CHOCOLATE
80 CONDE DE MONTE CRISTO , O
81 CONDESSA DESCALÇA , A
82 CONDUZINDO MISS DAISY
83 CONQUISTA SANGRENTA
84 CONRACK
85 CONSPIRAÇÃO, A
86 CONTA COMIGO
87 CONTATOS IMEDIATOS DE TERCEIRO GRAU
88 CONVERSAÇAO , A
89 COR PURPURA , A
90 CORAÇÃO VALENTE
91 CORCUNDA DE NOTREDAME , O
92 CORPO QUE CAI, UM
93 CORPOS ARDENTES
94 COZINHEIRO, O LADRÃO, SUA MULHER E O AMANTE, O
95 CREPÚSCULO DOS DEUSES
96 CRIMINOSO DECENTE, UM
97 CRUZ DE FERRO, A
98 CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON, O
99 CYRANO DE BERGERAC
100 DE VOLTA PARA O FUTURO
101 DESTINO BATE A SUA PORTA , O
102 DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL
103 DEZ MANDAMENTOS , OS
104 DIA DEPOIS DE AMANHÃ, O
105 DO MUNDO NADA SE LEVA
106 DOCE VIDA, A
107 DOGVILLE
108 DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS
109 DOUTOR JIVAGO
110 DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA
111 DR. FANTÁSTICO
112 DRÁCULA DE BRAM STOKER)
113 DUAS FACES DE UM CRIME, AS
114 DUMBO
115 DUNA
116 E. T. – O EXTRATERRESTRE
117 EASY RIDER, SEM DESTINO
118 EDWARD MÃOS DE TESOURA
119 EL CID
120 ELEITOS , OS
121 ELIZABETH
122 EM NOME DE DEUS
123 EM NOME DO PAI
124 EMBRIAGUEZ DO SUCESSO, A
125 ENCOURAÇADO POTEMKIN , O
126 ENCURRALADO
127 ENTRE DEUS E O PECADO
128 ERA DO RÁDIO , A
129 ESCAFANDRO E A BORBOLETA, O
130 ESCOLHA DE SOFIA, A
131 ESTRADA DA VIDA , A
132 ESTRANHO NO NINHO , UM
133 EU SOU A LENDA
134 EU, TU, ELES
135 EXCALIBUR
136 EXCÊNTRICA FAMILIA DE ANTÔNIA , A
137 EXORCISTA , O
138 EXPERIMENTO FILADELFIA , O
139 EXPRESSO DA MEIA NOITE , O
140 FABULOSO DESTINO DE AMELIE POULAIN, O
141 FALCÃO NEGRO EM PERIGO
142 FALE COM ELA
143 FANTASIA
144 FANTASTICA FABRICA DE CHOCOLATE, A
145 FEITIÇO DE AQUILA , O
146 FELICIDADE NÃO SE COMPRA , A
147 FESTA DE BABETE , A
148 FESTIM DIABÓLICO
149 FILADELFIA
150 FILHA DE RYAN , A
151 FOOTLOOSE, RITIMO LOUCO
152 FORREST GUMP, O CONTADOR DE HISTÓRIAS
153 FRANCO ATIRADOR, O
154 FUGINDO DO INFERNO
155 FUNNY GIRL – A GAROTA GENIAL
156 GANDHI
157 GENERAL, A
158 GENIO INDOMAVEL
159 GOLPE DE MESTRE
160 GOONIES , OS
161 GRANDE ILUSÃO, A
162 GRANDE MOTIM, O
163 GREYSTOKE, A LENDA DE TARZAN
164 GRITO DE LIBERDADE, UM
165 GRITOS DO SILÊNCIO, OS
166 GUERA DO FOGO, A
167 GUERRA NAS ESTRELAS
168 HAIR
169 HANNA E SUAS IRMÃS
170 HENRIQUE V
171 HOMEM DE ALCATRAZ , O
172 HOMEM E DEZ DESTINOS, UM
173 HOMEM QUE MATOU O FACINORA , O
174 HOMEM QUE QUERIA SER REI , O
175 HOMEM-ELEFANTE , O
176 HORAS, AS
177 HOTEL RUANDA
178 IDENTIDADE BOURNE, A
179 ILUMINADO , O
180 IMPERDOAVEIS , OS
181 IMPERIO DOS SENTIDOS
182 INCRÍVEL EXERCITO DE BRANCALEONE , O
183 INDIANA JONES
184 INFIDELIDADE
185 INSTINTO SELVAGEM
186 INTOCÁVEIS , OS
187 INVASÕES BARBARAS, AS
188 IRONWEED
189 JAMAICA ABAIXO DE ZERO
190 JANELA INDISCRETA
191 JESUS DE NAZARÉ
192 JEZEBEL
193 JFK, A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR
194 JOGADOR, O
195 JULES E JIM, UMA MULHER PARA DOIS
196 JULGAMENTO EM NUREMBERG
197 JÚLIO CÉSAR
198 JURASSIC PARK – O PARQUE DOS DINOSSAUROS
199 JURI, O
200 KINSEY – VAMOS FALAR DE SEXO
201 KOYAANISQATSI
202 KRAMER VS. KRAMER
203 LABIRINTO DO FAUNO, O
204 LADRÃO DE BICICLETAS
205 LANTERNAS VERMELHAS
206 LARANJA MECÂNICA
207 LAWRENCE DA ARABIA
208 LENDA DO PIANISTA DO MAR, A
209 LISTA DE SCHINDLER , A
210 LOUCA OBSESSÃO
211 LUA DE FEL
212 LUCIO FLAVIO, O PASSAGEIRO DA AGONIA
213 LUZES DA RIBALTA
214 M – O VAMPIRO DE DUSSELDORF
215 MAHABARATA
216 MAIOR ESPETACULO DA TERRA , O
217 MALCOM X
218 MALVADA, A
219 MANHATTAN
220 MAR A DENTRO
221 MARCA DA MALDADE , A
222 MARTY
223 MARY POPPINS
224 MATRIX, A SAGA
225 MEIA NOITE NO JARDIM DO BEM E DO MAL
226 MELHOR É IMPOSSÍVEL
227 MENTE BRILHANTE, UMA
228 MEU PÉ ESQUERDO
229 MEU TIO
230 MINHA BELA DAMA
231 MINORITY REPORT, A NOVA LEI
232 MISERÁVEIS , OS
233 MISSÃO , A
234 MONTANHA DOS SETE ABUTRES , A
235 MORANGOS SILVESTRES
236 MULHER FAZ O HOMEM , A
237 MUNDO SEGUNDO GARP , O
238 NASCE UMA ESTRELA
239 NASCIDO PARA MATAR
240 NINOTCHKA
241 NO CALOR DA NOITE
242 NOITE AMERICANA , A
243 NOIVO NEURÓTICO, NOIVA NERVOSA
244 NOME DA ROSA , O
245 NOVE E MEIA SEMANAS DE AMOR
246 NOVIÇA REBELDE , A
247 O QUE É ISSO, COMPANHEIRO?
248 O QUE TERA ACONTECIDO A BABY JANE?
249 OLD BOY
250 ONDE COMEÇA O INFERNO
251 OPERAÇÃO FRANÇA
252 PAGADOR DE PROMESSA , O
253 PANTERA COR DE ROSA , A
254 PAPILLION
255 PARIS, TEXAS
256 PATTON, REBELDE OU HERÓI?
257 PECADO MORA AO LADO, O
258 PEIXE GRANDE E SUAS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS
259 PEQUENO GRANDE HOMEM
260 PEQUENO PRÍNCIPE, O
261 PEQUENO ROMANCE, UM
262 PERDIDOS NA NOITE
263 PIAF, UM HINO AO AMOR
264 PIANO, O
265 PINOQUIO
266 PIXOTE – A LEI DO MAIS FRACO
267 PLANETA DOS MACACOS, O
268 PODEROSO CHEFÃO, O
269 PONTE DO RIO KWAI , A
270 PONTES DE MADISON , AS
271 POVO CONTRA LARRY FLYNT, O
272 PRÊT-À-PORTER
273 PRIMEIRA NOITE DE UM HOMEM , A
274 PRISCILLA, A RAINHA DO DESERTO
275 PROFECIA , A
276 PROFESSOR ALOPRADO, O
277 PROFISSIONAL , O
278 PROPOSTA INDECENTE
279 PSICOSE
280 PULP FICTION
281 QUANTO MAIS QUENTE MELHOR
282 QUATRO CASAMENTOS E UM FUNERAL
283 QUATRO PLUMAS, AS
284 QUEIMADA
285 QUERELLE
286 QUERO SER GRANDE
287 QUILOMBO
288 QUIZ SHOW – A VERDADE DOS BASTIDORES
289 QUO VADIS?
290 RAIN MAN
291 RAINHA MARGOT , A
292 RASTROS DE ÓDIO
293 RAZÃO E SENSIBILIDADE
294 REDE DE INTRIGAS
295 REDS
296 REGRAS DA VIDA
297 REI E EU , O
298 REI LEÃO , O
299 RELIQUIA MACABRA
300 RETRATOS DA VIDA
301 RICARDO III
302 ROCKY, UM LUTADOR
303 ROSA PÚRPURA DO CAIRO, A
304 ROY BEAN , O HOMEN DA LEI
305 RUA CHAMADA PECADO, UMA
306 SE MEU APARTAMENTO FALASSE
307 SEABISCUIT, ALMA DE HEROI
308 SEDE DE VIVER
309 SEDUÇÃO
310 SELVAGENS CÃES DE GUERRA
311 SEM LEI, SEM ALMA
312 SENHOR DOS ANEIS, O – A SAGA
313 SETE NOIVAS PARA SETE IRMÃOS
314 SETE SAMURAIS , OS
315 SETIMO SELO, O
316 SEVEN – OS SETE CRIMES CAPITAIS
317 SHOW DE TRUMAN, O
318 SHREK
319 SILÊNCIO DOS INOCENTES, O
320 SINDICATO DE LADRÕES
321 SLEEPERS, A VINGANÇA ADORMECIDA
322 SOB O DOMINIO DO MAL
323 SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS
324 SONHO DE LIBERDADE , UM
325 SPARTACUS
326 SUSPEITOS , OS
327 TAXI DRIVER, MOTORISTA DE TÁXI
328 TEMPOS MODERNOS
329 TERRA EM TRANSE
330 TESTA DE FERRO POR ACASO
331 TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO
332 THELMA E LOUISE
333 TICO-TICO NO FUBÁ
334 TIGRE E O DRAGÃO, O
335 TITANIC (DESTINO DE POSEIDON , O
336 TOMATES VERDES FRITOS
337 TOOTSIE
338 TOQUE DE RECOLHER
339 TOURO INDOMÁVEL
340 TOY STORY
341 TRAFFIC
342 TRÊS HOMENS EM CONFLITO
343 TRÊS MASCARAS DE EVA , AS
344 TRÊS MOSQUETEIROS , OS
345 ÚLTIMA SESSÃO DE CINEMA , A
346 ÚLTIMA TENTAÇÃO DE CRISTO , A
347 ÚLTIMO DOS MOICANOS, O
348 ULTIMO GRANDE HEROI, O
349 ÚLTIMO IMPERADOR , O
350 V DE VINGANÇA
351 VELHO E O MAR , O
352 VELUDO AZUL
353 VENTO E O LEÃO , O
354 VENTO LEVOU, E O
355 VENTO SERA SUA HERANÇA, O
356 VERÃO DE 42
357 VESTÍGIOS DO DIA
358 VIDA DE BRIAN , A
359 VINHAS DA IRA, AS
360 VIVA ZAPATA!
361 VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS, A
362 WILLOW, NA TERRA DA MAGIA
363 X,Y e Z
364 YOJIMBO, O GUARDA COSTAS
365 ZELIG

11 comentários »

A vida é a nossa empresa mais importante.

6comentários

Antes eu pensava que a vida era uma mera questão de contabilidade. Era só colocarmos as coisas em suas devidas colunas, de créditos e debito, que chegaríamos facilmente à conclusão se estaríamos fazendo o certo, se estariam sendo positivas as nossas ações. 

Hoje, um pouco mais experiente, acredito que além de balanço contábil, devemos fazer também uma boa auditoria e até em alguns casos contratarmos uma competente consultoria.

6 comentários »

Meu retrato de Quiron.

7comentários

Republicado hoje pela premente necessidade de deixar claro, a quem interessar possa, como pensa, sente e age um legitimo sagitário, filho de Quiron.   

Quiron era o maior centauro do Olímpo. Arqueiro, médico e filosofo, ele foi também preceptor de Apolo, de Aquiles e de Jasão, a quem ensinou alem da arte da guerra, a música e até mesmo a medicina.

Esse meu amigo, é o tipo de sujeito que chega em casa com duas sacolas na mão. Uma trazida do supermercado e a outra do videoclube. Chega disposto a tomar um demorado banho, depois prepara uma massinha com atum e tomates frescos e come com pão e vinho, revendo um daqueles maravilhosos filmes épicos: Ben-Hur, Agonia e êxtase ou Lawrence da Arábia… Isso se ele não trouxe no meio desses, algum filme sobre a aplicação da justiça: Doze homens e uma sentença, O vento será tua herança ou O sol é para todos.

Para Quiron que é a personificação do sagitariano, os princípios são inegociáveis. Eles ainda acreditam que a justiça, além de cega, é certeira.

Dê para um sagitariano uma causa, seja ela política, cultural, científica ou social, se ele a aceitar como sua, vai disparar feito uma seta em defesa dela, com uma empolgação só equiparável a sua proverbial falta de tato ou seu senso extremado de honra.

Gozador, certa vez numa reunião de condomínio alguém protestou porque sua empregada subia pelo elevador social e ele que adorava escandalizar a todos, emudeceu os condôminos, declarando que eles haviam se enganado, “ela na verdade é minha namorada”.

Franco e avesso a todo tipo de subterfúgio, ele sempre faz e diz o que pensa, e na maioria das vezes faz e diz sem pensar. É aí que ele normalmente leva grandes tombos, despencando direto do Olímpo de seus nobres ideais para uma realidade menos acolhedora. É quando descobre, por exemplo, que alguém a quem ele defendera fervorosamente, na verdade é culpado. Com o mesmo empenho que defendera aquele amigo, agora o obriga a assumir suas responsabilidades.

Por andar sempre hipnotizado por metas longínquas, às vezes os centauros tropeçam em seus próprios pés. Nada grave, ele continuará otimista, porque nasceu sob o signo de Júpiter, o mais mão-aberta dos deuses. E sua sorte, mesmo que tarde, jamais lhe faltará.

Os mais freqüentes distúrbios de um sagitariano são o otimismo incurável, a ansiedade crônica e o tédio mortal. O primeiro pode ser suavizado, embora, graças a Zeus, nunca completamente sanado. A ansiedade crônica pode ser tratada à base meditação e maracujina. Quanto ao tedium vitae, a mais grave das afecções que um sagitariano pode contrair, o remédio é fácil: basta ele inventar uma nova meta, qualquer uma, aprender a pilotar um Boeing ou a falar chinês clássico. Ele  pode vir a desistir do brevê de piloto no dia do exame, e não passar das primeiras três aulas de mandarim, mas nesse percurso, estará curado.

Quem tentar enquadrá-lo, sugerindo que ele consulte um profissional, perderá  tempo.  Ele não pára quieto em casa, menos ainda no divã. 

A concepção sagitariana de romance é muito esportiva, mas eles são honestamente devotados a todos os seus amores.  Por isso, para ele, contar para sua nova namorada que ela é a trigésima quarta em sua vida é o fato mais natural do mundo, e ele ainda acrescenta, sinceramente, que ela é a mais incrível de todas as mulheres que já passaram por sua vida. E se esta quiser ser a definitiva, é necessário adotar uma estratégia de displicente autocontrole: nunca perguntar ao seu centauro com quem ele almoçou, nunca lhe dar ultimatos e jamais partir para cenas melosas.

Ele na verdade não passa de um menino, um moleque que tem a boca maior que o estômago. Ah! Não leve tão a sério os exageros do centauro e você conviverá com um campeão em cumplicidade, solidariedade e amizade. E olha, um amigo, para ele, vale mais que cem amantes.

Quiron tem pavio curto, e memória mais curta ainda.  Se inflama por qualquer motivo. Diz e faz os outros dizerem barbaridades, e depois esquece, mas é incapaz de guardar qualquer ressentimento…

Poderia falar mais sobre esse meu amigo, mas preciso ir ver o que fazer pra comer, vem uns amigos pra cá, hoje eu trouxe uns filmes de Capra, Do mundo nada se leva, A mulher faz o homem, A felicidade não se compra … 

7 comentários »

De quem é a culpa!?

5comentários

(Fragmento de uma crônica antiga, bem presente)

No final vamos acabar descobrindo que todos os personagens, de qualquer historia, de uma forma ou de outra, uns mais outros menos, tem sua cota de culpa e de responsabilidade no desfecho do enredo que protagonizam. Sejam como atores principais ou como meros figurantes, mas uma coisa é certa, a parte maior da culpa cabe sempre a quem detém o poder, a quem manda, ou a quem delega esse mandato. Dessa culpa ninguém pode fugir.

5 comentários »

… É refresco!

8comentários

Tomar decisões não é uma coisa fácil! É complicado, principalmente se você pretende fazer isso usando a coerência e o bom senso.

Ano passado recebi um pedido de um grande amigo meu a quem devo muitos e impagáveis favores. Político de grande peso eleitoral em seu município, esse meu amigo pediu que eu não descansasse enquanto um adversário seu, na verdade nosso, um sujeito realmente ordinário, não fosse cassado. Ele me pediu que me empenhasse ao máximo para que o dito cujo perdesse o mandato de vereador, tendo em vista o flagrante descumprimento às normas eleitorais vigentes. O safado infeliz mudou de partido quando isso não era possível fazer.

Quando ele me falou isso, imediatamente me veio à lembrança um pedido semelhante, mas, ao inverso, que me fizera uma semana antes outro amigo, desta vez um vereador de outro município. Este, que também é gente boa e meu amigo de primeira hora, pediu-me para que eu não permitisse que ele fosse cassado, pois também mudara de partido fora do prazo.

Eu discordo peremptoriamente da interpretação do Tribunal Superior Eleitoral – TSE sobre a decisão de a quem pertence o mandato eletivo, sobre qual é a intenção do eleitor ao votar e eleger este ou aquele candidato. Em minha modesta opinião o eleitor escolhe esse ou aquele representante independentemente do partido a que ele pertença. Por exemplo, todos nós sabemos que para o eleitor de Lula não importa se ele é do PT, do PSB, do PCdoB, do PDT ou do PMDB. O mesmo acontece com Maluf, Gabeira, Collor, Ciro, Clodovil…

Acho que tenho um exemplo que pode provar a minha tese. Caso Romário se candidatasse a deputado pelo Rio de Janeiro, tanto alguns vascaínos quanto outros flamenguistas iriam certamente votar nele, não importando se ele fosse filiado ao PV ou ao PRB.

Os manuais de política, dos mais elementares aos mais complexos, mandam que se encarem os casos que citei anteriormente de forma pragmática. Da mesma forma como faria um advogado que fosse contratado por aqueles meus dois sujeitos, um querendo que acompanhasse o processo para garantir a cassação de um desafeto e o outro para defendê-lo, para que ele não fosse cassado.

Qualquer advogado pegaria os dois casos sem nenhum constrangimento ou medo de ferir a ética. Pois, pelo fato de serem processos diferentes e interesses não conflitantes, mesmo que ele, o advogado, tivesse perante a mesma corte de justiça, no caso a eleitoral, se posicionar usando argumentos completa e diametralmente opostos, de um caso para o outro, ele estaria no seu papel de advogado.

Essa aparente falta de coerência às vezes me incomoda, mas ao mesmo tempo me faz refletir sobre minha atividade política. E é bem ai que se localiza todo o mistério do exercício da política, é exatamente aí que reside o meu dilema em relação a ela: o político correto, coerente, sensato, deve propugnar uma única verdade para correligionários e adversários? Deve colocar acima de seus interesses partidários e eleitorais a defesa da coerência? Coerência e política podem andar juntas sem que uma prejudique a outra? Deve o político ter um juiz dentro de si, que julgue a todo instante o que fazer e o que deixar de fazer? Ou ele deve simplesmente defender os interesses de seus eleitores, não importando para isso nenhuma noção de coerência ou de juízo de valor?

Talvez não esteja conseguindo ser bem claro, por isso vou tentar exemplificar melhor: imagine um congressista que tenha sido eleito com o decisivo apoio do Movimento dos Sem-Terra. Um dia ele tem que votar uma lei, que apesar de correta, coerente e justa, impedira definitivamente que se faça reforma agrária em terras realmente produtivas, coisa que o MST discorda totalmente. Como você acha que deve agir esse parlamentar? Votar a favor da lei ou, mesmo sabendo ser a tal lei correta e justa, votar contra ela, mas em defesa dos interesses daqueles que o elegeram?

E então, você ainda pensa que ser político é fácil!?

8 comentários »

A Verdade

9comentários

Mais um texto da Sessão Pensamentos
 
Quando você estabelece qual o tipo de verdade que você quer ouvir, nesse momento você estabelece que o que você quer ouvir pode ser uma grande mentira.

9 comentários »