…Alargue minhas fronteiras…

7comentários

Tenho andado assoberbado, como há muito tempo não acontecia.

Não tenho tido tempo nem para escrever, coisa que gosto muito de fazer e de que preciso, tanto quanto comer ou dormir.

Não tinha nada para postar aqui nesse domingo. Não queria falar de política, de candidaturas, de impugnações, nem de futebol, de Seleção Brasileira ou da Argentina. Se bem que não posso deixar de dizer que sinto mais orgulho dos vizinhos uruguaios que dos canarinhos sem graça de Dunga. Esporte de nível é o que apresentou a equipe uruguaia, força, garra, determinação, brio. Coisa bonita de se ver, mesmo perdendo. Comentar sobre Bruno, goleiro do Flamengo, isso nem cogito, da mesma forma que sobre Alessandro Martins.

Pois bem, sem saber o que postar, entrei em meu carro na intenção de ir para minha casa, em busca de algo que valesse a pena. Depois de enfiar a chave na ignição e ligar o motor, ato contínuo, liguei o rádio. O último a dirigi-lo havia deixado o rádio sintonizado na FM 92,3 , onde uma voz feminina disse uma frase que me Salvou: “Faça como Jabez!”. Essa frase resolveu o meu problema. Ela me deu o mote que eu precisava para escrever algo do qual eu pudesse me orgulhar e que não fosse apenas para cumprir tabela.

Meses atrás meu irmão Nagib Filho, que agora é evangélico, me mandou a “Oração de Jabez”. Uma oração simples, mas que resume tudo que se deve pedir a Deus.

O fato é que eu não tenho uma memória muito boa. Em verdade, não tenho uma memória normal, ela é seletiva, às vezes funciona, às vezes não. Não guardo nomes nem datas, mas o sentimento, isso eu não esqueço, isso eu apreendo.

Não conseguia me lembrar da oração e não queria nem podia recorrer ao Google, pois estava dentro do carro. Recorri a minha Jacira, que fez das palavras de Jabez sua oração mais freqüente. Liguei para ela e ela me mandou por SMS.

Abaixo você poderá ler a minha versão dessa que é, em minha opinião, a prece mais simples, bonita e eficaz que há.

“Oração de Jabez”

Abençoe-me Senhor!

E alargue minhas fronteiras.

Que tua mão esteja sobre mim.

E me preserve do mal, de modo que não me sobrevenha aflição.

7 comentários para "…Alargue minhas fronteiras…"


  1. Marcos Lima

    Meu deputado o senhor é bom até quando não tem sobre o que escrever. Sua falta de assunto é melhor que o assunto da grande maioria dos politicos e dos blogueiros dessa terra.
    Soube que realmente o senhor não será candidato nas eleições de outubro. Confesso que pensei que era marketing, que na hora H o senhor iria “atender aos apelos do povo” e iria se candidatar. É uma pena, quem perde com isso é o povo do Maranhão que não terá na Assembleia um político sério, um deputado competente. Mas é a vida. Que o senhor consiga o que deseja, que sua prece seja atendida.

  2. Maria de Lourdes Kominsky

    Linda oração. Você já foi abençoado. Que continue sendo.

  3. Nagib Filho

    “Deus, me abençoe e me alargue as fronteiras. Que seja comigo a tua mão, de modo que nenhuma aflição me sobrevenha. E Deus atendeu sua oração.”
    Não tem muito além disso na Biblia sobre Jabes. Em 1ª.Cronicas 4,10, além dda oração tem uma fato que me parece importante relatar. Diz o livro, que a mão, havia colocado o nome Jabes, pois ela tinha sofrido muito na hora de parir aquele menino e em hebraico antigo, Jabez siginica algo como “aquele que provoca dor”.
    Eu não poderia imaginar que uma pessoa com esse nome pudesse ter desfrutado de tantas bençãos como indica a ultima sentença do versiculo 10: “E Deus atendeu a sua oração”. A Biblia encerra o assunto aí, mas estudioso relatam que as bençãos recebidas por Jabes foram milagrosas. O livro de Cronicas é um livro massante mas esta história está escondida no meu de uma sequencia genealogica cansativa.
    Se você ler esta coluna e tiver interesse em ler o livro “A oração de Jabes”, possivelmente encontrará de forma gratuita na web. Mas se você não ler o livro, ainda assim fica lançado um desafio: Se por 40 dias ininterruptos, você fizer essa oração, verdadeiramente com fé, pois fé se sente e não se ver (como o vento!), vc poderá voltar a esta coluna e relatará os milagres que aconteceram em sua vida (não deixe de anotar diariamente até os pequenos os milagres que aconteceram). Tenha uma boa viagem.
    P S: Após os milagres, por favor, não mencione meu nome. Eu não tenho nada com isso. É entre você e Deus.

    Resposta: Meu querido irmão, é ai que começamos a discordar. O meu Deus, o Deus em quem acredito e em quem deposito minha fé e minha esperança, não precisa de quarenta dias de orações. Acredito que se eu me dirigir a ele uma única vez com fé verdadeira, com amor verdadeiro, essa única vez valerá por mil. O meu Deus tudo sabe, tudo vê e tudo pode, logo ele saberá imediatamente o que vai realmente em meu coração, em minha mente e em minha alma.

  4. ROSE DE CARVALHO

    Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.

    Joaquim, todos nós temos este sentimento dentro de nós, a necessidade de proteção de um “ser” muito maior que nós, que sempre virá ao nosso socorro em momentos difíceis. Rezar, Orar, as Preces Formais … são formas que cada um de nós temos de nos expressar com o pai! Possamos nós, buscar ao senhor, em todos os momentos de nossa vida, nos de aflições e nos de glórias e de todas as formas, ate da forma mais pessoal, menos formal que encontremos. Mas, além disso, para mim, a oração é algo sublime, e essa é linda sim. Há situações na vida – de sofrimento, dor, provações – que parecem ser definitivas… São quadros que parecem que nunca vão mudar…
    As reações das pessoas diferem nestas situações. Há aqueles que se acomodam, suportando o pesado fardo; outros além de suportar, ainda realimentam o sofrimento! Mas há também aqueles que reagem!
    ORAR é o momento de entrar em contato com nossa alma. É ouvi-la, senti-la e tornar-se parte dela. A oração é um diálogo com DEUS quando falamos com a alma, com o coração como fez Jabez quando invocou a DEUS os tres pedidos:
    Que alargasse suas fronteiras, que seja comigo a tua mão, que me livres do mal.
    Façamos como Jabez, reconheçamos a nossa necessidade, invoquemos o Deus de Israel, e façamos o nosso pedido em oração, de forma simples, objetiva, direta. Assim como Deus ouviu e atendeu a JABEZ. Ele também atenderá ao clamor do nosso coração.

  5. Eliane

    Bom dia Joaquim,

    Muito bonito o seu texto, porém acho que vc precisa falar de política. vc é um ser sobretudo político, e no meu entender parece ter sido cerceado de concorrer as eleições por motivos que não me interessam, porém, o direito conquistado durante os seus longos anos de carreira ninguém tira e vc é uma referencia na politica maranhense e não pode ser calado, precisa manifestar-se. acredito que os seus eleitores estão sequiosos por suas opiniões.

    um abraço

  6. Valéria Lyra

    Não costumo ler seu Bolg, mas o título “Alargue minhas fronteiras” me chamou atenção. Já li o livro mencionado e estou lendo a sequencia do mesmo. Achei muito interessante a forma como vc aproveitou (de forma brilhante) a ausência de assunto e nos presenteou com uma declaração de amor ao Nosso Deus. É difícil ver homens públicos declarando amor ao Todo Poderoso, até porque querem competir com Ele. Passo a admirá-lo e pretendo prestar mais atenção nos seus textos. Parabéns!

  7. CHIGA PORTUGAL

    SR. JOAQUIM O SR. PROPOCIONA MOMENTOS DE PAZ E RESPONSABILIDADE Á QUEM TEM DEUS COMO O GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO. NÃO ME ESPANTO COM O POLITICO QUE VOCÊ É, POIS COLHEÇO E CONVIVO COM OUTROS QUE PODEMOS TER ADMIRAÇÃO POR SUAS POSTURAS NA VIDA, ALGUNS SÃO TAMBEM SEUS AMIGOS ( CHICO GOMES , ROSEANA SARNEY )

    ABRAÇOS
    CHIGA PORTUGAL.

deixe seu comentário