400!

7comentários

Algumas semanas atrás a Academia Maranhense de Letras realizou sua reunião semanal na residência do nosso querido confrade José Chagas. A reunião foi um sucesso e outras reuniões como aquela nós faremos também em casa de queridos companheiros, como Carlos de Lima, José Filgueiras, Manoel Lopes…

Em casa de Chagas, dentre os vários assuntos que foram tratados, o mais importante foi o das ações comemorativas aos 400 anos de São Luís, que como todos estamos cansados de saber acontecerá no ano que vem.

Todos concordamos que essa data não pode passar em branco. A Academia terá as suas atividades comemorativas, mas ficou acertado que faremos também sugestões para que tanto o governo municipal como o governo estadual promovam atividades no sentido de marcar esta data tão importante para nossa capital.

Quanto a mim, acredito já ter feito grande parte do que posso fazer, tendo em vista que destinei todas as minhas emendas parlamentares, no valor de dois milhões e meio de reais, referentes ao ano de 2011, para execução de projetos na área da cultura, basicamente em São Luis.

Tais recursos estão destinados à Secretaria da Cultura e à Academia Maranhense de Letras para a realização de filmes, digitalização e catalogação de acervos audiovisuais pré-existentes; ao Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão e à AML para editoração de livros alusivos a essa data… Uma parcela menor dessas emendas foi destinada a outras entidades para realização de ações também na área da cultura.

Existem também outros projetos bastante simples de serem implementados, como por exemplo, a idéia que lancei meses atrás para concretizarmos uma parceria entre a AML, a prefeitura municipal e a Secretaria de Turismo do Estado para a identificação dos prédios históricos de São Luís, no sentido de que se coloquem nos respectivos prédios, placas que os identifiquem para uso turístico.

É também simples a sugestão para que a PMSL reforme nossas principais praças como o Largo do Carmo e a Praça João Lisboa, cujas outrora bem alinhadas pedras portuguesas encontram-se em verdadeiro desalinho.

Há um projeto com o qual eu sonho já há muitos anos e nunca pude realizar enquanto deputado, mas acredito que isso possa ser feito agora que estamos todos motivados com as festividades dos 400 anos de nossa cidade. É uma coisa muito simples, basta que haja vontade política, tanto por parte dos poderes executivos e legislativos de São Luis como do Maranhão e a efetiva participação da população e do empresariado, para transformarmos um inexistente parque estadual de preservação ambiental, uma capoeira, um matagal chamado Sítio Rangedor em um Parque Zoo-Botânico, direcionado ao ensino pedagógico de crianças, jovens e adultos, quanto à importância da preservação de nossa flora e da nossa fauna. Este seria verdadeiramente um grande presente para nossa gente e para nossa comuna.

Outras sugestões ainda poderiam surgir. Eventos como a realização de um festival de música de câmara, que já está sendo cogitado pela Aliança Francesa.

No setor de esporte, área de minha atuação, o ideal seria realmente abrirmos o Estádio Castelão, para um jogo Brasil X França, reeditando em manifestação esportiva as batalhas travadas pelos comandados de Jerônimo de Albuquerque e os de Daniel de La Touche, quase 400 anos atrás. Por outro lado, estamos fazendo de tudo para que no ano que vem já possamos ter de volta, em pleno funcionamento o Ginásio Costa Rodrigues. Também estamos estudando a possibilidade de sediarmos o campeonato mundial de Handebol de Praia, de trazermos para cá um desafio internacional de Judô, com França e Portugal, além de implantarmos um Núcleo de Esporte de Base no Complexo Esportivo do Outeiro da Cruz, e quem sabe até, em parceria com a iniciativa privada, construirmos uma arena para shows também no CEDOC.

Por falar em Jerônimo de Albuquerque e Daniel de La Touche, a Dupla Criação formada pelos desenhistas Iramir e Beto Nicácio em conjunto com a Guarnicê Produções, deste locutor que vos fala, está produzindo um desenho animado sobre a fundação de São Luís. Esse mesmo grupo já tem em fase de finalização outro filme em desenho animado intitulado “A Ponte”, que retrata um pedaço bem sólido de nossa cidade, mas de maneira bem poética.

Ainda no setor de cinema, Frederico Machado, Arturo Sabóia, Francisco Colombo, Breno Ferreira e eu estamos cogitando a possibilidade de produzirmos um longa-metragem de ficção, dirigido a cinco mãos, onde possamos retratar alguns personagens da cidade que tanto amamos, numa espécie de São Luís eu te amo.

Há também um importante filme baseado no Poema Sujo de nosso conterrâneo Ferreira Gullar que está sendo produzido e dirigido pelo grande documentarista Sílvio Tendler, que precisa de financiamento local de apenas 50 mil reais, coisa que o governo ou uma dessas grandes empresas que estão se instalando no Maranhão poderiam suprir.

Mas os melhores presentes, que tanto a administração municipal quanto a administração estadual podem dar à nossa capital e ao seu povo são as ações de preservação do nosso patrimônio histórico e de nossa memória, manutenção de nossos bens e logradouros públicos, além é claro, da realização das indispensáveis obras estruturantes que tanto carecemos… Mas isso não é coisa só para o ano que vem, é coisa para sempre.

7 comentários para "400!"


  1. João da Silva

    Joaquim,
    Gostaria que você não levasse a mal o fato de usar um pseudônimo para comentar essa sua crônica, mas preciso me preservar de algum mal entendido ou de alguma fofoca, coisas muito comuns no mundo em que vivemos.
    Já estava com saudade de seus textos tanto aqui em seu blog quanto no jornal O Estado do Maranhão. Aos domingos a primeira coisa eu faço é pegar o jornal para ver se tem algum artigo seu, todos sempre muito bons e quase sempre versando sobre assuntos de grande importância. De todos os escritores daquela página, você é o melhor, pelo menos para mim…
    Eu concordo com tudo que você diz aqui nesse texto, só não creio que algo vá ser feito pelas autoridades. Os governos, tanto o municipal quanto o estadual, de agora e de antes, não estão preocupados verdadeiramente. Eles só querem é usufruir do dinheiro e do poder que vem com seus cargos e seus mandatos.
    Continue insistindo em sua caminhada. São poucas as pessoas com as quais nós, quem pensa e ama essa terra podemos confiar, e você é uma dessas poucas pessoas.

  2. mauricio rodrigues amorim

    otima essa ideia do parque zoo-botanico
    seria maravilhoo se tivessemos em nossa cidade um lugar assim

  3. ari

    VEÍCULO DO PREF. DE ALTAMIRA DO MARANHÃO É APREENDIDO PELA POLÍCIA CIVIL

    O PREFEITO DE ALTAMIRA DO MA TEVE UM DOS SEUS CARROS (UNO MILE) APREENDIDOS PELA POLÍCIA CIVIL DEVIDO A UMA DIVÍDA NO VALOR DE R$ 25.000,00, DIVÍDA ESTA DO TEMPO DE SUA CAMPNHA EM 2008. O PIOR DE TUDO É QUE O VEÍCULO AVALIADO EM R$ 8.000,00 ESTÁ COM 10 PARCELAS ATRAZADAS JUNTO AO BANCO FINANCIADOR. ANTES QUE VCS ESTRANHEM UM PREFEITO PROPRIETÁRIO DE UNO MILE, AÍ VAI A EXPLICAÇÃO: O PREF. COLOCA TODOS OS SEU BENS NO NOME DAS IRMÃS E DOS CUNHADOS, POIS NA VERDADE ELE ANDA É DE L-200 E HILUX SW4, TODOS ELES BLINDADOS( VOLTO A REPETIR BLINDADOS). PORQUE SERÁ Q/ SEUS CARROS SÃO B LINDADOS? SERÁ QUE TEM MEDO DE ALGUMA COISA? ALTAMIRA PASSA POR UM DOS PIORES MOMENTOS NA SUA HISTÓRIA, ATRASO NOS SALÁRIOS, SEM SAÚDE, SEM EDUCAÇÃO. ESSA É A VERDADE SOBRE O MUNICÍPIO DE ALTAMIRA.

  4. ari

    DEU NO BLOG DE JORGE ARAGÃO –
    http://colunas.imirante.com/platb/jorgearagao/2011/05/19/prefeito-de-altamira-teve-veiculo-penhorado/#comments

    Prefeito de Altamira teve veículo penhorado?

    qui, 19/05/11por jorgearagao |categoria Maranhão| tags Altamira do Maranhão, Arnaldo Gomes
    O prefeito de Altamira do Maranhão, Arnaldo Gomes (PT), pode ter passado por uma situação no mínimo constrangedora, as “fontes” ouvidas pelo Blog afirmam que ele teve seu carro penhorado para pagamento de débitos junto a escritório de advocacia em Vitorino Freire.

    Pela denúncia que chegou ao Blog, o escritório de advocacia prestava serviço gratuito a Arnaldo Gomes desde 2004, inclusive nas campanhas eleitorais de 2004 e 2008. Entretanto, o acordo seria caso Arnaldo se elegesse pagaria pelos serviços prestados, sendo feito um acordo onde notas promissórias foram inclusive assinadas.

    Em 2008, quando Arnaldo Gomes conseguiu se eleger prefeito no município de Altamira do Maranhão, chegou a assinar duas notas promissórias uma no valor de R$ 15 mil e outra no valor de R$ 25 mil.

    O problema, segundo a denúncia, é que após tomar posse no cargo Arnaldo Gomes teria se recusado a pagar pelos serviços prestados. Diante da negativa do pagamento o escritório de advocacia não viu outra solução senão entrar com uma ação contra Arnaldo Gomes na comarca de Vitorino Freire pedindo a penhora dos bens do prefeito para pagamento da dívida.

    Da referida ação, resultou o seguinte: Na primeira nota, no valor de R$ 15 mil, o juiz teria penhorado R$ 3 mil da conta de Arnaldo Gomes e não permitido mais que ele pudesse movimentar a conta bancária em seu nome.

    Na segunda nota, no valor de R$ 25 mil, teria culminado com a apreensão de um veículo Fiat Uno 2003, de cor verde. A apreensão teria sido feita por um oficial de justiça a mando do juiz da comarca de Vitorino Freire, Dr. Jairo que é responsável pelo caso.

    Arnaldo Gomes – O Blog desde que recebeu a denúncia tentou entrar em contato com Arnaldo Gomes para ouvir sua versão, mas não obteve sucesso. Conseguiu apenas ouvir da assessoria da FAMEM que já havia conversado com o prefeito de Altamira do Maranhão.

    Segundo as informações repassadas ao Blog, Arnaldo Gomes admite sim o débito, mas assegura que seu veículo não foi apreendido nem pela polícia e nem pela justiça. A informação passada é que Arnaldo deixou de pagar o veículo e o devolveu amigavelmente ao Banco.

    Com relação ao débito, Arnaldo Gomes além de admitir, afirmou que estaria disposto a saná-lo, mas que só não o fez porque as promissórias teriam sido executadas de uma única vez.

  5. leopoldovaz

    Joaquim

    Voce conhece a proposta do IHGM? para os 400 anos? pois é, ninguém conhece, embora mandemos a todos os órgãos de nossa imprensa informativo desde fevereiro… ninguém publica qualquer informação.

    Seria interessante se unissemos esforços – a AML e o IHGM e a programação proposta fosse conjunta… esforços e custos minimizados, sem duplicidade e sabemos das dificuldades de se arrecadar algum para esse tipo de evento…

    Creio que temos condições de, provocadas as duas instituições, sentar e conversar… passo a bola…

  6. ari

    DEU NO BLOG DO LUIS CARDOSO

    À ‘exemplo’ de vários municípios, em Altamira do Maranhão impera o nepotismoPolítica 21-05-2011 às 12:52 24 comentários

    Arnaldo Gomes (PT)
    Virou moda no Maranhão! Seguindo o ‘exemplo’ de Brejo de Areia, São João Batista, Amarante, Grajaú, Raposa, Jenipapo dos Vieiras, Parnamara, Jatobá, Conceição do Lago-Açu e vários outros municípios, Altamira do Maranhão também registra um escandaloso nepotismo.

    Em sua maioria, os cofres públicos são despejados em salários para a família do prefeito Arnaldo Gomes (PT).

    Denuncie: sabe de algum caso de nepotismo em sua cidade? Envie para o blog

    A situação de Altamira do Maranhão, pelo visto, não é nada diferente de outros municípios já denunciados neste blog, conforme lista abaixo:

    1 – Arlene – Irmã do prefeito e Secretária de Assistência Social, Gestora do Programa Bolsa Família e Professora
    2 – Arteilde – Irmã do prefeito e Secretária de Saúde, Diretora do Hospital e Enfermeira
    3 – Arleilde – Irmã do prefeito e Orientadora Pedagógica
    4 – Arteane – Irmã do prefeito e Orientadora Pedagógica
    5 – Arleide – Irmã do prefeito e Vereadora e prefeita de fato
    6 – Arthur – Irmão do prefeito e Advogado da Prefeitura
    7 – Leonilton – Cunhado do prefeito e Secretário Adjunto de Saúde e Bioquímico
    8 – Rosemiro – Cunhado do prefeito e Técnico em Manutenção dos Computadores do Município
    9 – Pedro Convel – Cunhado do prefeito e Secretário de Finanças
    10 – Antonio Gonçalo – Tio do prefeito; recebe sem trabalhar, espécie de faz tudo
    11 – Poliana – Enteada da irmã do prefeito/Arleide e Dentista do Município
    12 – Silvia – Prima do prefeito e Auxiliar na Secretária de Assistência Social
    13 – Sra. Dora – Mãe do prefeito; recebe sem trabalhar
    14 – Maria Antonia – Tia do prefeito; recebe sem trabalhar
    15 – Elane – Prima do prefeito e Atendente de Saúde
    16 – Wacson – Primo do prefeito e Fiscal do Município

  7. Ana

    Joaquim, em se tratando de 400 (anos de São Luís) o presente que eu gostaria mesmo de receber era um simpático livrinho de coletâneas dos seus contos (se você não tiver 400, pode até acrescentar a participação de outros escritores “contistas” para fechar a coletânea) de contos rápidos que retratam a “evolução” da cidade, como cenário bares antigos etc como você sempre descreve neles, só não esqueça de se aceitar a sugestão me presentear com o primeiro exemplar hehehehe que eu como leitora maníaca faço questão absoluta de guardar e “devorar” me deleitando com as histórias. . . aguardo novidades literárias . . . ando com saudades das suas palavras sábias e divertidas. . .

deixe seu comentário